RSS

Arquivo da tag: garoto

Policial joga basquete com garoto em folga e comove cidade nos EUA

A polícia de San Antonio, no Texas (EUA), está tentando identificar um policial, mas não porque ele tenha feito algo errado, e sim por ter parado durante a folga a para jogar basquete com um menino de 12 anos.

Jacob Aguirre contou à emissora “KENS” que estava sozinho na quadra quando o oficial se aproximou dele. “Pensei que eu estivessem encrencado”, brincou o rapaz, que começou a jogar basquete com o policial.

A mãe do garoto, Monica Aguirre, observou a cena pela janela, e gravou um vídeo para postá-lo em sua página no Facebook (veja o vídeo).

Mãe flagrou policial jogando basquete com garoto em San Antonio, nos EUA (Foto: Reprodução/Facebook/Monica Aguirre)Mãe flagrou policial jogando basquete com garoto em San Antonio, nos EUA (Foto: Reprodução/Facebook/Monica Aguirre)

“[Jacob] teve uma ótima experiência hoje. Ele estava treinando sozinho quando um policial decidiu jogar um pouco com ele. Antes de mais nada, ele estava fora de serviço. Obrigado senhor policial”, escreveu a americana na postagem.

O vídeo se tornou bastante popular entre amigos e familiares, e começou a ser compartilhado por diversos usuários.

Agora, o departamento de polícia de San Antonio deseja identificar o policial, não só para que possam colocá-lo em contato com a família, mas também porque Jacob deseja uma revanche, já que perdeu o jogo por depois pontos.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Garoto se arrisca para salvar filhote de cervo de enchente em Bangladesh

Um garoto chamado Belal arriscou a própria vida para salvar um filhote de cervo em uma enchente em Bangladesh, segundo a agência de notícias britânica Caters. O menino pulou nas águas agitadas do Rio Noakhali para resgatar o animal, segurando-o apenas com uma mão acima de sua cabeça.

Pessoas que observavam o arriscado salvamento aplaudiram quando o garoto conseguiu atravessar a água. De acordo com o site do jornal britânico “Daily Mail”, o flagrante foi feito pelo fotógrafo Hasibul Wahab.

“Ele foi um garoto muito corajoso. O rio estava tão cheio de água e a maré estava alta, por isso achamos que ele poderia se afogar”, disse Wahab.

Garoto atravessa cervo por águas agitadas, ficando com a cabeça encoberta (Foto: Caters News/The Grosby Group)Garoto atravessa cervo por águas agitadas, ficando com a cabeça encoberta (Foto: Caters News/The Grosby Group)Belal mostra o cervo a salvo após o resgate (Foto: Caters News/The Grosby Group)Belal mostra cervo a salvo após resgate em Bangladesh (Foto: Caters News/The Grosby Group)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Garoto de 4 anos se emociona ao ouvir música e vídeo vira hit na web

O pequeno Jackson, de apenas 4 anos de idade, foi flagrado emocionado e chorando ao ouvir a música “Say Something” da banda Great Big World, enquanto fazia uma viagem de carro com o pai (veja o vídeo).

Jackson ficou emocionado e chorou ao ouvir música enquanto andava de carro com o pai (Foto: Reprodução/YouTube/Mark Blitch)Jackson ficou emocionado e chorou ao ouvir música enquanto andava de carro com o pai (Foto: Reprodução/YouTube/Mark Blitch)

Ao ver a reação da criança diante da música, o pai Mark Blitch chegou até a perguntar se Jackson estava chateado ao ouvir a canção, e se gostaria de mudar a estação de rádio. Contudo, o menino pede para continuar ouvindo a música, e permanece chorando de emoção diante da câmera.

O caso é bem parecido com Mary Lynne Leroux, um bebê à época que ficou emocionada ao ouvir a mãe, Amanda, cantando “My Heart Can’t Tell You No”, do cantor britânico Rod Stewart. Essa gravação chegou a ser vista quase 30 milhões de vezes (assista).

Já o vídeo de Jackson, postado há apenas 5 dias, foi assistido mais de 219 mil vezes.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Garoto se pendura em mala e ‘pega carona’ com a mãe na China

02/02/2014 10h00 – Atualizado em 02/02/2014 10h00

Garoto 'pegou carona' em mala enquanto era arrastado por estação de trem na China (Foto: China Daily/Reuters)Garoto ‘pegou carona’ em mala enquanto era arrastado por estação de trem na China (Foto: China Daily/Reuters)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

‘Vivo um personagem e quero esquecer quando voltar ao Brasil’, diz garoto de programa

O estigma em torno da prostituição masculina e o temor de serem descobertos por família e amigos no Brasil são alguns dos fatores que dificultam a apuração de dados sobre a presença de garotos de programa brasileiros na Grã-Bretanha.

Apesar de não haver dados oficiais, uma pesquisa divulgada em dezembro pela British HIV Association (BHIVA) aponta que 39% dos trabalhadores do sexo na Inglaterra são sul-americanos. Deste total, 97% são brasileiros.

São homens que querem ganhar dinheiro com a indústria do sexo, que apesar da recessão na Grã-Bretanha, continua muito lucrativa. As leis britânicas não classificam como ilegal a prostituição punindo apenas quem solicita e paga por sexo ou aqueles que exploram comercialmente a atividade sexual de outras pessoas.

Agentes de saúde sexual ouvidos pela BBC Brasil confirmaram que os brasileiros formam a maior parte de seus pacientes.

Eles são na maioria jovens, com idades entre 25 e 35 anos, e usam o dinheiro dos programas para ajudar a família no Brasil, pagar os estudos ou complementar a renda que ganham com outros empregos.

Muitos trabalham na atividade temporariamente, enquanto outros querem se estabelecer no país porque apreciam a abertura de Londres ‘ao estilo de vida gay’, como avalia Gregory King, enfermeiro-chefe do Working Men project, clínica de saúde sexual do sistema de saúde público britânico (NHS).

Mas, segundo ele, independentemente das intenções e do tempo em que atuam na indústria do sexo, parece ser consenso o fato de que estes brasileiros, em diferentes proporções, sofrem com o estigma e querem preservar o anonimato.

A BBC Brasil conversou com brasileiros que fazem programa em Londres. Apesar de concordar em conceder a entrevista, eles não quiseram enviar fotos ou gravar matérias de vídeo.

No depoimento em primeira pessoa abaixo, o carioca Augusto (nome fictício) conta por que trabalha com prostituição, como lida com o dilema emocional e o quer para o futuro.

‘Eu vivo um personagem quando estou trabalhando. Não dou verdade ao que faço e quando voltar para o Brasil quero esquecer.

Eu vim para Londres porque estava muito decepcionado com minha vida profissional no Brasil. Tenho 25 anos, sou formado em administração de empresas e nunca consegui um emprego na área. No meu último estágio ganhava R$ 400 por mês e depois que me formei fui mandado embora.

Consegui um visto de estudante há três meses e vim morar com um amigo, também brasileiro. Ele é professor de educação física, já fazia programa e me explicou como eu também poderia ganhar um bom dinheiro com isso.

Mas eu não queria só fazer programa. Então também consegui emprego em um bar, onde trabalho das 23h às 2h. A rotina é puxada. Às vezes eu saio do bar, vou atender os clientes e no dia seguinte tenho aula de inglês.

Fico muito cansado, mas fazer o que? Não estou em Londres para descansar, estou aqui para ganhar dinheiro. Meu objetivo é juntar uma grana para voltar para o Brasil no final do ano e abrir um negócio. Uma granja, no interior do Rio. (Ele não revela quanto pretende guardar).

Só o trabalho no bar me sustentaria. O salário varia por causa da gorjetas, mas em média tiro 1,5 mil libras por mês. Mas quero mais.

Cobro £ 200 por hora e posso fazer um desconto de £ 50 se o cliente quiser mais tempo. Eu prefiro os programas que duram mais, para que não sejam uma coisa tão mecânica, só sexo e dinheiro.

E os clientes gostam disso, dizem que não faço o tipo garoto de programa tradicional, que está ali só para fazer sexo, ganhar dinheiro e ir embora. E acabam me procurando de novo.

Já fiz £ 3 mil em um final de semana e quando é assim fico sem trabalhar uma semana ou mais.

Eu prefiro os clientes estrangeiros, que estão em Londres a passeio ou a trabalho. E evito os ingleses porque eles geralmente são muito pesados, querem usar drogas. Eu não uso, mas às vezes finjo que estou sob efeito de alguma coisa.

Também não gosto dos que oferecem mais para não usar camisinha. Essa clientela não me interessa.

Eu sou bissexual, mas prefiro atender os homens. Aliás, eles são a maior parte dos clientes. Todas as mulheres que me chamaram estavam com homens porque são eles que têm o dinheiro.

Eu sempre vou até os clientes, em hotéis, na maior parte das vezes. E eles adoram os brasileiros, o nosso jeito de ser. Acham a gente sexy.

Às vezes é dificil lidar com o dilema emocional. Já tive que usar viagra quando não estava com vontade e algumas vezes não consegui ter ereção.

Mas vejo tudo isso como uma fase. Sou uma outra pessoa aqui e minha família e amigos no Brasil nem imaginam que faço programa. Por isso tomo muito cuidado para não ser identificado nos sites em que coloco meus anúncios.

Sou de uma família de classe média, estudei em escola particular e tive uma educação muito tradicional.

Mas estou muito focado no meu objetivo, que é recuperar o tempo perdido no Brasil e ganhar dinheiro. Para isso, faço o que for preciso.’

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , , ,

Veja garoto que rasgou dinheiro e outros desastres com economias

Rasgando dinheiro
Um menino de quatro anos rasgou mais de 3.500 iuanes (R$ 1.365) que seus pais guardavam debaixo da cama em Xi’an, na província de Shaanxi, na China. Deixado sozinho pela mãe, o menino encontrou o dinheiro em uma caixa e começou a rasgá-lo em pedaços enquanto seus pais estavam na sala. O casal levou o dinheiro a um banco local, onde cinco funcionários conseguiram, depois de quase três horas de trabalho, recuperar 3.585 iuanes e trocar as cédulas para a família (leia a matéria).

Menino de quatro anos rasgou o dinheiro que seus pais guardavam debaixo da cama (Foto: Reprodução/Weibo)Menino de quatro anos rasgou o dinheiro que seus pais guardavam debaixo da cama (Foto: Reprodução/Weibo)

Cão devorou notas
O americano Wayne Klinkel conseguiu o reembolso de cinco cédulas de US$ 100 que seu cão de estimação chamado “Sundance” havia devorado em abril de 2013. O dinheiro foi devolvido pelo Departamento do Tesouro norte-americano em outubro daquele ano. Klinkel, morador de Montana, chegou a recolher as fezes do animal, depois de lavar os restos das notas, colou os pedaços e enviou o material para o setor de impressões do Tesouro (leia a matéria).

Americano recolheu pedaços de cédulas em fezes para tentar reembolso (Foto: Eliza Wiley/The Independent Record/AP)Americano recolheu pedaços de cédulas em fezes para tentar reembolso (Foto: Eliza Wiley/The Independent Record/AP)

Formigas destroem dinheiro
Uma mulher levou cerca de 400 mil iuans (R$ 139 mil) em junho de 2013 ao banco em Foshan, na província de Guangdong, na China, na tentativa de trocar o dinheiro, pois a maioria das cédulas tinha ficado destruída ao ser comida por formigas. O banco trocou grande parte das cédulas, mas cerca de 60 mil iuans (cerca de R$ 21 mil) estavam em péssimo estado e foram recusados. A mulher, que não teve o nome divulgado, guardava o dinheiro em sua casa (leia a matéria).

Chinesa tentou trocar cerca de 400 mil iuans após cédulas serem comidas por formigas (Foto: Stringer/Reuters)Chinesa tentou trocar cerca de 400 mil iuans após cédulas serem comidas por formigas (Foto: Stringer/Reuters)

Economias no sapato
Um casal no Texas levou um susto e quase perdeu US$ 3,3 mil depois que um senhor levou a uma instituição de caridade um saco cheio de roupas e sapatos, sendo que um dos pares era usado como esconderijo para 33 notas de US$ 100. Felizmente, assim que um colaborador percebeu que havia a quantia no sapato, alertou Richard Lopez, responsável pela instituição, que guardou o sapato por uma semana, para ver se alguém viria buscar o dinheiro. De fato, a senhora dona das economias apareceu, e deu uma descrição detalhada do calçado e da quantia perdida (leia a matéria).

Economias de senhora eram guardadas em calçado, que acabou indo para doação por engano (Foto: Reprodução)Economias de senhora eram guardadas em calçado, que acabou indo para doação por engano (Foto: Reprodução)

Comido por cupins
Em junho de 2012, uma jovem taiwanesa perdeu cerca de 1 milhão de dólares taiwaneses (cerca R$ 68 mil) por causa de um ataque de cupins em sua residência, onde o dinheiro estava guardado. A jovem descobriu que todo dinheiro acumulado para financiar seus estudos de pós-graduação no exterior e que estava guardado em uma caixa metálica, haviam sido comidos pelos insetos. O Banco de Taiwan se comoveu com a situação da jovem e aceitou trocar 26 mil dólares taiwaneses (leia a matéria).

Jovem guardava dinheiro acumulado em oito anos de trabalho. (Foto: Reprodução)Jovem guardava dinheiro acumulado em oito anos de trabalho. (Foto: Reprodução)

Enterrado em celeiro
Durante a feira mundial sobre dinheiro realizada em 2010 em Boston, no estado de Massachusetts (EUA), Eric Walsh, funcionário do Departamento do Tesouro dos EUA, mostrou notas de US$ 100 danificadas pela água depois que foram enterradas em uma mochila em celeiro pelo proprietário. O homem conseguiu recuperar o dinheiro após entregar as cédulas para análise do Departamento de Tesouro (leia a matéria).

Eric Walsh, funcionário do Departamento do Tesouro dos EUA, mostra notas danificadas de US$ 100 durante feira mundial sobre dinheiro em Boston, nos EUA. Segundo o órgão, as notas foram danificadas pela água depois que foram enterradas em uma mochila em ce (Foto: Steven Senne/AP)Eric Walsh, funcionário do Departamento do Tesouro dos EUA, mostra notas danificadas de US$ 100 durante feira mundial sobre dinheiro em Boston, nos EUA. Segundo o órgão, as notas foram danificadas pela água depois que foram enterradas em uma mochila dentro de um celeiro (Foto: Steven Senne/AP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Garoto de 10 anos vence concurso com repolho gigante de 41 kg

Durante a Feira Estatal do Alasca, realizada na cidade de Palmer, nos EUA, conhecida por ser a “casa” dos recordes com flores e vegetais gigantes, Keevan Dinkel, de apenas 10 anos, levou o título de 2013 com um repolho de 41 kg.

Os organizadores informaram que esta foi a primeira vez que uma pessoa tão jovem ganhou um dos concursos realizados na feira.

Com apenas 10 anos, Keevan Dinkel venceu feira anual com repolho de 41 kg (Foto: Reprodução/Facebook/Alaska State Fair)Com apenas 10 anos, Keevan Dinkel venceu feira anual com repolho de 41 kg (Foto: Reprodução/Facebook/Alaska State Fair)Keevan Dinkel ao lado das 'Fadas do Repolho' antes da pesagem oficial (Foto: Reprodução/Facebook/Alaska State Fair)Keevan Dinkel ao lado das ‘Fadas do Repolho’ antes da pesagem oficial (Foto: Reprodução/Facebook/Alaska State Fair)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,