RSS

Arquivo da tag: fundo

BNDES destina R$ 146,7 mi do Fundo Amazônia para ações em três estados

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai destinar R$ 146,7 milhões para três projetos de melhoria da gestão ambiental nos estados da Bahia, Rondônia e Pará, de modo a contribuir para o combate ao desmatamento e à degradação florestal.

Os recursos, não reembolsáveis e provenientes do Fundo Amazônia, apoiarão ações em pelo menos 313 municípios.

O apoio à Bahia, no valor de R$ 31,7 milhões, destina-se à implementação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e corresponde a 85% do total a ser investido pelo Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos da Bahia (Inema) no projeto, cujo interveniente é o governo estadual, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA).

O CAR é o registro eletrônico de informações espaciais georreferenciadas dos imóveis rurais, com delimitação das áreas de proteção permanente, reserva legal, remanescentes de vegetação nativa, área rural consolidada e áreas de interesse social e de utilidade pública. Seu objetivo é traçar um mapa digital, que serve como base para o diagnóstico ambiental.

A operação com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) de Rondônia, no valor de R$ 32,6 milhões, beneficiará 52 municípios, com ações voltadas para a proteção das unidades de conservação estadual e para a consolidação do CAR.

Denominado Programa Municípios Verdes (PMV), o projeto do governo do Pará, apoiado com R$ 82,4 milhões pelo Fundo Amazônia, tem como meta principal reduzir em 80% o desmatamento no Estado até 2020 com a compensação de novos desmatamentos, a partir de tal ano, visando o desmatamento líquido zero.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Ibama solta 13 animais silvestres recolhidos em Passo Fundo, RS

Gavião é solto por servidora do Ibama em Passo Fundo, RS (Foto: Reprodução/RBS TV)Gavião é solto por servidora do Ibama em Passo Fundo, RS (Foto: Reprodução/RBS TV)

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) soltou 13 animais silvestres na tarde desta sexta-feira (2) em Passo Fundo, no norte do Rio Grande do Sul. Seis cobras, entre cruzeiras e jararacas; três cágados, dois gaviões, uma tartaruga e um jacaré do papo amarelo haviam sido recolhidos por estarem expostos a situações de risco à sobrevivência.

Os animais estavam no Hospital Veterinário da cidade, onde foram tratados e passaram por uma triagem antes de retornar à natureza. Parte deles foi apreendida, e outra havia sido encontrada por moradores perto das residências, e por isso foi recolhida.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Nokia lança fundo para investir US$ 100 milhões em carros conectados

A empresas de sistemas de telecomunicações Nokia lançou nesta segunda-feira (5) um fundo de investimento com US$ 100 milhões em caixa para financiar empresas que desenvolvam sistemas para carros conectados.

A companhia finlandesa vendeu sua área de aparelhos móveis para a Microsoft, que anunciou a conclusão da aquisição na semana passada. Ainda assim, a Nokia continua a ser uma das maiores fornecedoras de telecomunicações e tecnologia do mundo.

Segundo a companhia, o fundo irá identificar “companhias cujas inovações serão importantes para um mundo de veículos inteligentes e conectados”. A aproximação da empresa com o setor automotivo não é recente. A Nokia já é dona do serviço de mapas e de geolocalizçaão HERE, que funciona tanto em computadores quanto em smartphones e tablets.

Gerenciado pela Nokia Growth Partners (NGP), o fundo trabalhará em sintonia com as necessidades do HERE.

“Nos últimos anos, houve uma onda de inovação que trouxe avanços tecnológicos que levaram a veículos mais acessíveis, seguros, limpos, aumentando a conectividade e a inteligência deles. Os veículos se tornaram uma nova plataforma para adoção de tecnologia muito similar aos celulares e tablets”, afirmou Paul Asel, da NGP, em comunicado.

“Nós acreditamos que carros conectados equipados com reconhecedores de local precisos e sensores de dados podem se tornar um poderoso dispositivo capaz de ajudar aos motoristas a ter consciência do mundo em torno dele”, afirmou Michael Halbherr, presidente-executivo do HERE. O fundo atuará nos Estados Unidos, Índia, China e Europa.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Com Venezuela como pano de fundo, EUA enviam secretários ao Brasil

Uma crise política regional e a recuperação econômica incipiente compõem o pano de fundo de duas visitas que autoridades americanas farão ao Brasil na semana que vem.

A secretária-assistente de Estado dos EUA para o Ocidente, Roberta Jacobson, visitará o Brasil e o Paraguai para discutir “temas de interesse mútuo, incluindo cooperação bilateral e preocupações regionais”, informou em nota o Departamento de Estado americano.

Já o secretário do Tesouro, Jacob Lew, se encontrará na segunda-feira em São Paulo com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, para discutir temas econômico-financeiros.

A visita de Jacobson é descrita pelo Itamaraty como “de rotina”, mas não se descarta que a Venezuela entre na pauta, já que temas regionais também são tratados em encontros bilaterais.

Segundo a assessoria de imprensa da pasta, porém, a subsecretária não se encontrará com o ministro Luiz Alberto Figueiredo.

A crise política elevou o tom das trocas de acusações entre Washington e Caracas. Os EUA responsabilizam a repressão das forças de segurança venezuelanas pela violência nos protestos de rua, que já resultaram em 28 mortos.

Depois de uma fracassada tentativa de pressionar a Venezuela na Organização dos Estados Americanos (OEA), o governo americano vem expressando uma opinião cautelosa sobre a comissão criada pela União das Nações Sul-Americanas (Unasul) para mediar o diálogo entre oposição e governo.

Um porta-voz do Departamento de Estado, Noel Clay, disse à BBC Brasil que a comissão deve ser “aceita por todas as partes” e propor um diálogo que inclua “aqueles na oposição que crêem que seus direitos democrátcos estão sendo violados”.

“Acreditamos que o acompanhamento (da crise venezuelana) por uma parte neutra, aceitável a todos as partes possa promover um diálogo honesto na Venezuela.”

“Intervencionismo”
Porém, o tom de cautela tem sido elevado pelo próprio secretário de Estado americano, John Kerry, que nesta semana não descartou invocar a Carta Democrática Interamericana para buscar sanções contra a Venezuela.

Nesta sexta-feira, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, acusou os EUA de “intervencionismo desesperado” por causa das declarações.

“É evidente o intervencionismo desesperado do governo dos EUA”, disse Maduro. “Isto está levando o presidente (Barack) Obama a um abismo. Ele vai quebrar a cara contra a Venezuela e acabar se isolando na América Latina e Caribe.”

Kerry expressou desconforto ao dizer que os EUA não estão sendo “ouvidos” pelos países sul-americanos.

Em 2003, os EUA estiveram entre as seis nações do chamado Grupo de Amigos da Venezuela, uma iniciativa do governo de Luiz Inácio Lula da Silva que possibilitou negociações diretas entre governo e oposição venezuelanos para tentar superar um impasse político na época.

No Congresso americano, a inquietação em torno da atual crise venezuelana levou três senadores, dois democratas e um republicano, a abrir espaço para ações unilaterais americanas contra a Venezuela.

Legislação apresentada pelos parlamentares disponibilizaria US$ 15 milhões para organizações civil venezuelanas – muito provavelmente de oposição – e permitiria à Casa Branca adotar sanções contra autoridades venezuelanas acusadas de reprimir os protestos.

“Agora é a hora de ações que exponham, envergonhem e punam os assassinos e vândalos do regime de Maduro, que são responsáveis pela repressão violenta contra venezuelanos inocentes”, disse o senador republicano Marco Rúbio, uma liderança cubano-americana da Flórida e um dos autores do projeto.

“Agora é hora de estar ao lado do povo venezuelano e aumentar a pressão sobre Maduro.”

“Parceria econômica”
Já a visita do secretário americano do Tesouro, Jacob Lew, será enfocada em questões econômicas e financeiras, disse a jornalistas em Washington um porta-voz do Departamento do Tesouro americano.

O secretário é diretamente subordinado a Obama, e portanto é uma das autoridades americanas de mais alta hierarquia a visitar o Brasil desde o cancelamento da visita da presidente Dilma Rousseff a Washington, marcada para outubro passado.

“O tema revelações continua sendo discutido pelas autoridades apropriadas”, disse o porta-voz americano. ‘Vamos enfocar (a visita) nas parcerias econômicas e a forte relação que temos neste espaço.”

Na segunda-feira, o secretário americano do Tesouro se encontrará em São Paulo com Mantega e Tombini. Um dos temas que podem ser discutidos na reunião é a reforma do Fundo Monetário Internacional (FMI), cuja reunião anual de primavera ocorre em menos de um mês.

O Congresso americano ainda não aprovou a reforma das cotas do Fundo, que daria mais poder de voz a países emergentes, como o Brasil. Os EUA reiteram que acreditam na “importância do FMI para a economia global” e na necessidade de “modernizar” a instituição para que reflita a ordem econômica atual.

O Fundo está em discussões com o governo ucraniano – que tem o apoio dos EUA – para desenhar um programa de reformas econômicas para alcançar “governança sólida e crescimento sustentável”, nas palavras da diretora-geral do FMI, Christine Lagarde.

Uma missão do Fundo está em Kiev desde o dia 4 de março e deve voltar até o dia 21.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Microsoft lança fundo para startups que pode chegar a R$ 300 milhões

A Microsoft Ventures, braço de investimento da Microsoft, e a BES Ativos Financeiros (Besaf) anunciaram nesta quinta-feira (13) o lançamento de um fundo de investimento com foco no desenvolvimento em startups, empresas jovens de base tecnológica, no Brasil.

Batizado de Brasil Aceleradora de Start-ups, o fundo também tem a Qualcomm entre os sócios. A operação começa com R$ 10 milhões já captados, mas pode atingir até R$ 300 milhões.

Serão oferecidos investimentos entre R$ 120 mil e R$ 3 milhões, faixa que as startups geralmente não conseguem captar junto a aceleradoras ou fundos para que sustentar seu crescimento.

O fundo visa investir em startups focadas em educação, defesa e segurança cibernéticas, saúde, petróleo e gás, energia, aeroespacial e aeronáutica, eventos esportivos, agricultura e meio ambiente, finanças, telecomunicações, mineração e tecnologias estratégicas.

Em um primeiro momento, o fundo utilizará o processo de seleção da Acelera Partners, rede de aceleradoras constituída por sócios independentes.

A Besaf é uma gestora de recursos controlada pelo BES Investimento do Brasil e Espírito Santo Activos Financeiros.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Sony negocia venda da divisão de PCs Vaio a fundo japonês, diz fonte

Série S pesa 1,72 kg e tem autonomia de 6,5h (Foto: Gabriel dos Anjos/G1)Sony negocia venda de computadores Vaio para
fundo de investimento japonês (Foto: G1)

A Sony está negociando com um fundo de investimento japonês a venda da sua deficitária divisão de computadores Vaio, afirmou uma fonte familiarizada com o assunto nesta quarta-feira (5).

As vendas dos PCs tradicionais têm diminuído com a popularização dos smartphones e tablets. A previsão para as remessas mundiais de computadores totaliza 278 milhões de unidades em 2014, uma queda de 7% em relação a 2013, de acordo com o grupo de pesquisas Gartner.

Uma nova companhia seria formada pelo Japan Industrial Partners para assumir as operações da Vaio no Japão, disse a fonte. O fundo comprador deve manter praticamente os 1 mil postos de trabalho da divisão em uma nova empresa no país, na qual a Sony terá apenas uma pequena participação. Segundo o jornal financeiro japonês “Nikkei”, o valor da venda da unidade gira em torno de 50 bilhões de ienes (cerca de US$ 493 milhões).

O “Nikkei” acrescenta que a nova companhia continuaria vendendo computadores com a marca Vaio no Japão, mas que o nome poderia desaparecer de vários outros países. No entanto, o canal de TV japonês “NHK” informou no sábado (1º) que a companhia chinesa de tecnologia Lenovo negocia a compra da marca Vaio no exterior.

A Sony entrou no mercado de computadores em 1996 e é a nona maior fabricante mundial de PCs. Porém, a empresa que chegou a vender 9 milhões de unidades em seus melhores momentos registrou queda para 5,8 milhões em 2013, de acordo com o “Nikkei”. Sua cota de mercado não superava 1,9% nos primeiros meses do ano passado, segundo o instituto IDC.

O sucesso dos tablets e smartphones, que substituem os notebooks, representou um duro golpe ao mercado de computadores pessoais. Espera-se que os telefones celulares dominem as remessas globais de dispositivos, com 1,9 bilhão de entregas em 2014, um aumento de 5% em relação a 2013, disse o Gartner.

A venda do negócio de PCs levaria a Sony a uma perda líquida pela primeira vez em dois anos no ano fiscal que se encerra em 31 de março, afirmou o “Nikkei”. A empresa de eletrônicos irá reportar seus resultados trimestrais na quinta-feira (6).

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Vídeo feito no fundo do mar mostra ‘abraço mortal’ de molusco em peixe

O vídeo feito por técnicos do aquário da Baía de Monterey, nos EUA, mostra a lula prendendo um peixe que é o dobro de seu tamanho (Foto: Reprodução/YouTube/MBARI)O vídeo feito por técnicos do aquário da Baía de Monterey, nos EUA, mostra a lula prendendo um peixe que é o dobro de seu tamanho (Foto: Reprodução/YouTube/MBARI)

Cientistas de uma instituição dos Estados Unidos gravaram uma “batalha” entre uma pequena lula e um peixe que é o dobro do seu tamanho em que, curiosamente, o molusco acabou vencedor.

As imagens foram feitas com a ajuda de uma câmera submarina controlada remotamente por técnicos do Aquário da Baía de Monterey, na Califórnia. De acordo com o site “Livescience”, o confronto ocorreu a 450 metros de profundidade.

O vídeo, publicado este mês no YouTube, mostra o molusco com seus tentáculos segurando um exemplar da espécie Pseudobathylagus milleri.

Segundo a narração do vídeo, feita por Bruce Robinson, cientista do Instituto de Pesquisa do Aquário da Baía de Monterey, o invertebrado imobilizou o vertebrado em uma área marinha muito profunda e escura, longe dos olhos humanos.

No vídeo, o peixe tenta se desvencilhar das “garras” da lula, que segue nadando em direção ao fundo do mar, agarrada à presa.

Os tentáculos seguram com força a espinha dorsal do peixe, que tenta escapar sacudindo seu corpo, o que é perceptível na gravação.

O molusco o prendeu de uma maneira tão forte que não foi possível o peixe fugir — e acabou virando alimento da lula. Veja o vídeo (em inglês).

De acordo com o professor José Eduardo Marian, do Departamento de Zoologia da Universidade de São Paulo (USP), lulas são predadores vorazes, que se alimentam principalmente de peixes e crustáceos. Quando localiza sua presa (no caso do vídeo, um peixe), este molusco utiliza um par de tentáculos dotados de ventosas para capturá-la.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,