RSS

Arquivo da tag: Fssil

Homem rouba fóssil e pode pegar até 45 anos de prisão nos EUA

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Um homem de 35 anos pode pegar até 45 anos de prisão após ser acusado de roubar um fóssil inestimável de uma trilha, dentro de uma área de preservação ambiental.

Jared Ehlers deixa côrte federal em Salt Lake City, em Utah (EUA) após se declarar inocente do roubo de uma pegada de dinossauro de 190 milhões de anos (Foto: Rick Bowmer/AP)Jared Ehlers deixa côrte federal em Salt Lake City, em Utah (EUA) após se declarar inocente do roubo de uma pegada de dinossauro de 190 milhões de anos (Foto: Rick Bowmer/AP)

Promotores afirmam que Jared Ehlers retirou uma pedra contendo uma pegada de dinossauro da região da área de recreação Sand Flats, próximo à cidade de Utah. A pegada, que contém a marca de três dedos, é do período jurássico e tem mais de 190 milhões de anos, de acordo com os paleontólogos.

Equipes tentaram recuperar o fóssil desde fevereiro deste ano, mas acreditam que Ehlers tenha jogado o arenito no rio Colorado, mas o homem se recusou a explicar o motivo.

A advogada do acusado, Tara Isaacson, afirma que o cliente estava interessado na pegada, e planejava guardá-la para si. “Ele se sente terrível. Não pensava em quão sério isso seria”, afirmou a mulher, garantindo que o cliente não tinha interesse de vender o fóssil.

Jared pode pegar até 45 anos de prisão se for acusado de roubo e danos à propriedade do governo, destruição de provas e remoção de recursos paleontológicos.

O americano se apresentou ao tribunal e se declarou inocente, e tem o julgamento de quatro dias marcado para 7/7. Até lá, Ehlers permanecerá em liberdade condicional.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Morador de cidade do interior de São Paulo encontra fóssil de dinossauro

Sérgio Bispo mostra o local onde identificou o objeto posteriormente identificado com um fóssil de dinossauro (Foto: William Nava/Divulgação)Sérgio Bispo mostra o local onde identificou o objeto posteriormente identificado com um fóssil de dinossauro (Foto: William Nava/Divulgação)

Um objeto que aflorava em uma rocha na beira de um riacho chamou a atenção de Sérgio Bispo, morador da pequena Álvaro de Carvalho, cidade com menos de 5 mil habitantes no interior de São Paulo. Quando visitou o Museu de Paleontologia de Marília, tempos depois, viu que aquilo se parecia muito com os fósseis de dinossauro ali expostos.

Após uma visita ao sítio, o coordenador da instituição, William Nava, deu o veredicto: o que Bispo encontrara era realmente um fóssil de dinossauro que viveu na região em algum momento do período Cretáceo, entre 65 milhões e 80 milhões de anos atrás.

Segundo Nava, Bispo esteve no museu em dezembro, quando contou ter visto alguma coisa parecida com um osso preso em uma pedra. A rocha, que fica dentro de uma fazenda de café de Álvaro de Carvalho, está próxima à nascente de um riacho que deságua no Rio Paraná. O pesquisador resolveu conferir pessoalmente, pois a descrição conferia com a de um fóssil.

William Nava mostra fóssil de dinossauro já removido da rocha (Foto: Valter Saia/Divulgação)William Nava mostra fóssil de dinossauro já
removido da rocha (Foto: Valter Saia/Divulgação)

Durante três dias, Nava escavou o local, com a ajuda de Bispo, para retirar o osso incrustado. “Removemos com martelo e picareta; a rocha era bem resistente”, conta o pesquisador.  O alto teor de carbonato de cálcio, segundo ele, permitiu que o osso se transformasse em fóssil.

“Pela morfologia desse fóssil, atribuo a um titanossauro, só não dá para precisar que parte do esqueleto é. Uma das extremidades está conservada e a outra não”, disse Nava.  O osso tem cerca de um metro de comprimento.

Segundo o paleontólogo Max Cardoso Langer, professor da Universidade de São Paulo (USP) e presidente da Sociedade Brasileira de Paleontologia, a região do oeste paulista, onde foi feita a descoberta, é caracterizada pela presença de rochas cretáceas com vestígios de dinossauros.

“No cretáceo, essa região era uma bacia sedimentar, uma região mais baixa para onde os segmentos eram transportados e depositados. Quando havia uma carcaça no meio, ela era preservada como fóssil”, diz. Ele explica que isso não quer dizer que aquela região abrigava mais dinossauros do que o resto do país, mas que em outras áreas esses ossos não se preservaram tão bem quanto lá.

“É interessante o fato de um morador ter reportado, isso mostra que há um trabalho de conscientização na região. Lá os moradores já conhecem o assunto e, quando encontram, reportam aos especialistas”, diz. Ele acrescenta que pessoas não especializadas não devem retirar, por conta própria, fragmentos como esse, pois eles podem ser danificados. Langer lembra também que os fósseis não podem ser comercializados.

A peça resgatada, segundo Langer, parece ser o osso de um membro de um dinossauro herbívoro que viveu no período cretáceo superior.

Foto registra momento em que Nava faz a escavação para retirar fóssil de dinossauro (Foto: Valter Saia/Divulgação)Foto registra momento em que Nava faz a escavação para retirar fóssil de dinossauro (Foto: Valter Saia/Divulgação)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Aposentado de 84 anos acha fóssil de dinossauro perto de Las Vegas

Aposentado Harold Larson mostra o fóssil que ele encontrou este verão no parque estadual Spring Mountain Ranch, perto de Las Vegas. (Foto: AP Photo/Las Vegas Review-Journal, David Becker)Aposentado Harold Larson mostra o fóssil que ele encontrou este verão no parque estadual Spring Mountain Ranch, perto de Las Vegas. (Foto: AP Photo/Las Vegas Review-Journal, David Becker)

O paleontólogo americano Josh Bonde disse, nesta segunda-feira (16), que os fósseis de dinossauro encontrados por um morador em um parque estadual próximo de Las Vegas podem datar do período Triássico. Caso isso seja confirmado, esse pode ser o fóssil mais antigo de animal terrestre já encontrado no estado de Nevada.

O primeiro fragmento foi encontrado há alguns meses pelo engenheiro aposentado Harold Larson, de 84 anos, que mora na região. Uma equipe de pesquisadores encontrou, em seguida, outros ossos fossilizados na mesma área.

Bonde, que é professor de geociência e pesquisador da Universidade de Nevada, disse que a vértebra veio de uma camada de rocha que tem entre 220 e 230 milhões de anos. Ainda não há uma identificação precisa, mas Bonde disse ao “Las Vegas Review-Journal” que os fósseis encontrados no parque estadual Spring Montain Ranch pode ser de um período anterior ao dinossauro de 190 milhões de anos identificado no local em 2010.

Paleontólogo Josh Bonde, da Universidade de Nevada, analisa fóssil encontrado em parque estadual. (Foto: AP Photo/Las Vegas Review-Journal, David Becker)Paleontólogo Josh Bonde, da Universidade de
Nevada, analisa fóssil encontrado em parque
estadual. (Foto: AP Photo/Las Vegas
Review-Journal, David Becker)

Ele afirma que os ossos podem ter pertencido a um phytossauro, um ancestral do crocodilo, ou  a um metopossauro, um anfíbio gigante com uma cabeça larga, achatada e triangular.

Descrença
Larson, que vive em Las Vegas desde 1954, disse ao Review-Jornal que mesmo seu amigo Nick Saines, um geólogo da Red Rock Canyon Interpretive Association, não acreditou a princípio que a rocha encontrada era um fóssil. “A moral da história é que se você acredita em algo, você precisa continuar trabalhando nisso”, disse Larson.

O gerente regional da Divisão de Parques Estaduais de Nevada, Russ Dapsauski, disse que quaisquer fósseis encontrados em Spring Montain Ranch será encaminhado para o Musel de História Natural de Las Vegas para estudo.

Fósseis encontrados podem datar do final do período Triássico. (Foto: AP Photo/Las Vegas Review-Journal, David Becker)Fósseis encontrados podem datar do final do período Triássico. (Foto: AP Photo/Las Vegas Review-Journal, David Becker)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Fóssil de Sereia encontrada na Bulgária

Esqueleto fossilizado de uma sereia de 8 mil anos foi encontrado na Bulgária. Fotografia confirma a notícia, mas será verdadeira?

No dia 25 de junho de 2012, uma notícia começou a se espalhar pela web: arqueólogos búlgaros encontraram um esqueleto do que parece ser uma sereia. De acordo com vários blogs, o fóssil foi achado em uma praia próxima a Sozopol, na Bulgária e o senhor que aparece ao lado da sereia seria um professor e se chama Dimitrov.

Será que isso é verdadeiro ou farsa?

Sereia encontrada na Bulgária - Será? Sereia encontrada na Bulgária – Será? (imagem enviada por e-mail ao E-farsas)

Como o leitor já deve ter imaginado, a foto é falsa!

Uma breve análise na imagem já revela que foram sobrepostas duas fotografias distintas! A foto da “sereia”, na verdade, foi tirada de cima. Sim! Ela está deitada!

Na montagem, o esqueleto foi colocado de pé o professor foi adicionado ao lado, criando a ilusão.

Tudo começou com uma fotografia de um esqueleto que foi retirada de uma postagem de outubro de 2011 do blog de língua inglesa chamado Wasted on Archaeology.

Em junho de 2012, a foto foi modificada para ficar parecida com uma sereia em um concurso de fotomontagens promovido pelo site Worth1000 com o tema Anomalias Arqueológicas. A montagem foi feita pelo photoshopper the1calledDANO e ficou com o 6º lugar no concurso.

Agora, no final de junho, alguém adicionou o tal professor Dimitrov à montagem e a espalhou pela web!

Veja abaixo algumas das fotografias usadas na montagem:

A origem da sereia da Bulgária!

Já mostramos aqui no E-farsas outras sereias que teriam sido encontradas em várias partes do mundo, mas eram falsas. É o caso dessa sereia que teria sido descoberta no Taiti. Na verdade, era um boneco!

Outra sereia encontrada! Outra farsa! Outra sereia encontrada! Outra farsa!

A sereia da Bulgária não existe. Tudo não passou de uma montagem feita em cima de outra montagem de um esqueleto normal.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,