RSS

Arquivo da tag: frente

Sai da frente, queridinha

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Este é um blog de humor, portanto nada aqui deve ser levado a sério. Os comentários contidos aqui são de responsabilidade de seu criador, e não refletem de forma alguma, a opinião do autor do site…. E eu tenho uma vaca chamada Jairo. Política de privacidade.

Fonte: ahnegao.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: ,

Ativistas protestam com animais mortos em frente a símbolo de Berlim

Ativistas levaram animais mortos para a frente do Portão de Brandemburgo, em Berlim (Foto: Fabrizio Bensch/Reuters)Ativistas levaram animais mortos para a frente do Portão de Brandemburgo, em Berlim (Foto: Fabrizio Bensch/Reuters)

Ativistas de direitos dos animais fizeram nesta terça-feira (25) uma vigília solene em frente ao Portão de Brandenburgo, um dos pontos turísticos mais famosos de Berlim, na Alemanha. Cada um dos cerca de 100 ativistas levou um animal morto em laboratórios experimentais e fazendas pecuaristas para protestar contra a criação instensiva de galinhas, cabritos, leitões e outros bichos para experiências e para a indústria alimentícia.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Ativistas protestam com animais mortos em frente a símbolo de Berlim

Ativistas levaram animais mortos para a frente do Portão de Brandemburgo, em Berlim (Foto: Fabrizio Bensch/Reuters)Ativistas levaram animais mortos para a frente do Portão de Brandemburgo, em Berlim (Foto: Fabrizio Bensch/Reuters)

Ativistas de direitos dos animais fizeram nesta terça-feira (25) uma vigília solene em frente ao Portão de Brandenburgo, um dos pontos turísticos mais famosos de Berlim, na Alemanha. Cada um dos cerca de 100 ativistas levou um animal morto em laboratórios experimentais e fazendas pecuaristas para protestar contra a criação instensiva de galinhas, cabritos, leitões e outros bichos para experiências e para a indústria alimentícia.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Chegada de frente fria pode dissipar nuvem de poluição em Pequim

Mulheres caminham com máscara em rua de Pequim, que sofre há uma semana com a presença de uma névoa de poluição (Foto: Ng Han Guan)Mulheres caminham com máscara em rua de Pequim, que sofre há uma semana com a presença de uma névoa de poluição (Foto: Ng Han Guan)

A poluição em Pequim e boa parte da região norte da China, envoltos em uma densa névoa tóxica há uma semana, alcançou nesta quarta-feira (26) níveis alarmantes, de acordo com meteorologistas, que também preveem a chegada de uma frente fria esta noite com fortes ventos, que devem dissipar o nevoeiro.

Segundo informações da agência EFE, o índice de qualidade do ar superou os 500 pontos, considerado o nível máximo, durante várias medições realizadas ao longo do dia.

A visibilidade era tão precária que parte dos muitos arranha-céus da capital chinesa não podiam ser observados.

Pequim, uma das cidades mais poluídas do mundo, sofre com esse grave problema ambiental há anos. A situação é especialmente grave no inverno, quando há uso intenso de carvão, proveniente de aquecedores.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Papa substitui cardeal à frente de autoridade financeira do Vaticano

O Papa Francisco substituiu nesta quinta-feira (30) um cardeal que desempenhou um papel central nas finanças do Vaticano durante mais de uma década, seu gesto mais recente para reformar o organismo financeiro associado a seu antecessor.

O Vaticano afirmou que o Papa aceitou a demissão do cardeal Atillio Nicora como presidente da Autoridade de Informação Financeira do Vaticano (AIF), seu organismo regulatório interno.

Nicora, de 76 anos, exercia funções de alto nível nas finanças do Vaticano desde 2002. Ele foi substituído pelo bispo Giorgio Corbellini, de 66 anos, que tem um histórico de reformas dentro da burocracia do Vaticano.

A mudança, que se segue à troca de quatro cardeais ligados ao banco do Vaticano em 15 de janeiro – incluindo o brasileiro dom Odilo Scherer – acontece no momento em que Francisco se aproxima do primeiro aniversário de um pontificado marcado pela austeridade e sobriedade.

Com o gesto desta quinta-feira, o Papa rompeu quase totalmente com a estrutura financeira que herdou de Bento 16, que se aposentou no ano passado.

Entre 2002 e 2011, Nicora serviu como chefe da Administração do Patrimônio da Sé Apostólica (Apsa), que cuida dos investimentos imobiliários da cidade-Estado e dos portfólios financeiros e de ações e ainda atua como departamento de compras e de recursos humanos.

Entre 2007 e 2013, ele também integrou uma comissão de cardeais que supervisionou o problemático Banco do Vaticano, que atualmente passa por um processo de reforma para adaptá-lo aos padrões internacionais de transparência e contra a lavagem de dinheiro.

Um relatório de 2012 da Moneyval, um comitê de monitoramento do Conselho da Europa, expressou preocupação de que havia pessoas com cargos tanto na AIF, cujo mandato inclui a regulação do banco, quanto no próprio banco.

Velha Guarda
Nicora deixou o posto de supervisor do banco no ano passado, mas manteve seu cargo na AIF até quinta-feira.

A AIF terá um papel vital na reorganização das finanças do Vaticano nos próximos meses, quando as reformas de Francisco devem se intensificar. A Autoridade de Informação conduzirá uma investigação dentro do banco em breve a pedido da Moneyval.

Uma fonte do Vaticano disse que teria sido constrangedor para Nicora ter qualquer papel na investigação dos departamentos nos quais outrora teve cargos altos.

Ele disse que Nicora era parte da velha guarda, que teve que ser posta de lado por causa de sua associação passada tanto com o banco quanto com a Apsa durante um dos períodos mais turbulentos para as finanças do Vaticano.

Nicora estava no comitê supervisor de cardeais do banco, oficialmente conhecido como Instituto para as Obras de Religião (IOR) em 2012, quando o então presidente do IOR, Ettore Gotti Tedeschi, foi demitido pelo conselho não-clerical do banco.

O conselho disse que ele era um mau gerente, mas Gotti Tedeschi afirmou ter sido demitido por querer que o banco fosse mais transparente.

A Apsa, outro departamento que Nicora encabeçou durante anos, está sendo investigado pelo Promontory Financial Group, uma empresa independente.

O monsenhor Nunzio Scarano, um prelado que trabalhou na Apsa durante 22 anos como contador e está preso sob acusações de contrabando e lavagem de dinheiro, disse a magistrados italianos que a Apsa operava como um banco paralelo.

Scarano disse que pessoas de fora podiam ter conta na Apsa, embora seja contra seu regulamento.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Como se comportar na frente de uma câmera

Este é um blog de humor, portanto nada aqui deve ser levado a sério. Os comentários contidos aqui são de responsabilidade de seu criador, e não refletem de forma alguma, a opinião do autor do site…. E eu tenho uma vaca chamada Jairo. Política de privacidade.

Fonte: ahnegao.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Greenpeace protesta em frente à embaixada russa em Brasília

Ativistas ligados ao Greenpeace fizeram um protesto na manhã desta sexta-feira (27) em Brasília em frente à embaixada russa pela libertação da bióloga brasileira Ana Paula Maciel, detida na Rússia após ato contra uma plataforma petrolífera. Os manifestantes pretendem ainda entregar uma carta ao embaixador Sergey Akopov pedindo a liberação de Ana Paula e outros ativistas presos.

Ativistas do Greenpeace organizaram manifestação em frente à embaixada da Rússia em Brasília (Foto: Luciana Amaral/G1)Ativistas do Greenpeace organizaram manifestação em frente à embaixada da Rússia em Brasília (Foto: Luciana Amaral/G1)

Ana Paula faz parte do grupo de 30 ativistas do Greenpeace que foram presos semana passada durante protesto contra uma das plataformas da empresa Gazprom, no Ártico. O grupo tentou escalar a plataforma. O navio em que eles estavam  foi interceptado pela guarda costeira russa no mar do Norte. Segundo autoridades russas, o grupo continuou o protesto em pleno mar mesmo depois da guarda-costeira disparar tiros de advertência.

Segundo a coordenadora de campanha de clima e energia do Greenpeace Brasil, Fernanda Alves, a manifestação na Rússia foi pacífica e não tem como os ativistas serem acusados de qualquer crime. “A única atividade que nós fizemos foi um protesto pacífico para a não exploração de petróleo no Ártico que pode acarretar em mudanças climáticas e para as próximas gerações”.

Procurada pelo G1, a embaixada informou que o embaixador estava em reunião interna e que, até as 11h, não tinha previsto na agenda um encontro com os manifestantes do Greenpeace.

Processo
O tribunal da cidade de Murmansk, no norte da Rússia, interrogou individualmente os ativistas detidos nesta quinta-feira (26). De acordo com o Greenpeace Brasil, 15 pessoas já passaram pelo julgamento: 11 tiveram a prisão prolongada por mais dois meses e 4, incluindo Ana Paula, ficarão sob custódia por três dias até a nova audiência.

Segundo o Greenpeace Brasil, ainda não se sabe por que o tribunal está proferindo duas decisões diferentes para membros do mesmo grupo.

Manifestantes do Greenpeace carregam cartazes com fotos da bióloga brasileira detida (Foto: Luciana Amaral/G1)Manifestantes do Greenpeace carregam cartazes com fotos da bióloga brasileira detida (Foto: Luciana Amaral/G1)

Os 30 militantes detidos são acusados de pirataria, crime que pode ser punido com até 15 anos de prisão na Rússia.

Perfil
A bióloga Ana Paula Maciel, de 31 anos, morava em Porto Alegra e faz parte do Greenpeace desde 2006. Ela já foi detida em outras duas manifestações da ONG.

No mesmo ano em que entrou no Greenpeace, a brasileira foi detida em Santarém, no Pará, após participar do bloqueio do porto de carga e descarga de soja da empresa multinacional Cargill. Na ocasião, eles protestavam contra a destruição da Amazônia e o avanço das plantações de soja na região.

Em 2009, Ana Paula foi detida durante uma ação no Caribe. O Greenpeace não soube precisar quantos dias ela ficou presa nas duas vezes, mas afirmou que foram “poucos dias”.

O Greenpeace informou que a brasileira integra atualmente a tripulação fixa da embarcação Arctic Sunrise, utilizada para ações ambientais na região do Ártico. Longe do Brasil desde o dia 11 de junho, a previsão inicial era de Ana Paula voltar ao país no fim de outubro.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,