RSS

Arquivo da tag: Foxconn

Apple pede a Foxconn que fabrique dois modelos de iPhone, diz jornal

A Apple pediu para a fabricante de seus produtos, a chinesa Hon Hai –dona das fábricas Foxconn—, para começar a produzir tanto o iPhone original quanto um modelo do aparelho a baixo custo em setembro, publicou o jornal “Wall Street Journal” nesta segunda-feira (19).

Os planos de fabricação reforçam os rumores de que duas versões de iPhone serão lançados no mês que vem, durante evento tradicionalmente reservado pela Apple para apresentação de seus novos produtos. No entanto, não está claro se os dois aparelhos serão apresentados no mesmo dia.

A fabricante da Apple começou a produzir componentes em massa para dois tipos de iPhone em junho, um com case de metal e uma versão mais barata, de acordo com o periódico.

Segundo o analista de tecnologia Gene Munster, da consultoria norte-americano Piper Jaffray, liberadas nesta segunda-feira (13), o modelo de iPhone a baixo custo, chamado

provisoriamente de 5C, não deve conter o assistente inteligente de voz Siri e pode custar US$ 300.

Já o próximo iPhone original, chamado de 5S, deve incluir um sensor de impressão digital apenas para realizar o destravamento do celular.

Uma das pioneira em celulares inteligentes, a Apple vem enfrentando forte concorrência de outras fabricantes como a Samsung e, principalmente, do sistema operacional Android, do Google, que roda nos aparelhos da sul-coreana e de outras empresas.

No segundo trimestre de 2013, os smartphones foram os mais vendidos no Brasil, superando os modelos mais simples, uma tendência que ocorre em todo o mundo.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de agosto de 2013 em Música, Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Novo iPhone? Foxconn contrata 10 mil funcionários para fábrica do smartphone

Empresa taiwanesa confirnmou contratação para sua principal unidade de produção do aparelho, na China. Última versão, iPhone 5, foi lançado em setembro de 2012. A fabricante Foxconn, principal montadora de aparelhos da Apple, contratou cerca de 10 mil funcionários para sua maior unidade para produção de iPhones na China. As informações são do Wall Street Journal.

A fabricante de Taiwan não quis comentar seus planos de produção. A companhia se limitou a dizer que continuará expandindo sua força de trabalho na cidade de Zhengzhou para atender a demanda de clientes.

Fontes próximas ao assunto ouvidas pelo WSJ informam que a produção da próxima versão do iPhone deve começar no segundo trimestre. O último modelo do aparelho, o iPhone 5, foi apresentado pela Apple em setembro do ano passado.

Disponível no Brasil com preços a partir de 2.400 reais (versão desbloqueada), o iPhone 5 “brasileiro” é o mais caro do mundo.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Novo iPhone? Foxconn contrata de olho em aparelho, diz WSJ

Empresa taiwanesa confirnmou contratação para sua principal unidade de produção do aparelho, na China. Última versão, iPhone 5, foi lançado em setembro de 2012. A fabricante Foxconn, principal montadora de aparelhos da Apple, contratou cerca de 10 mil funcionários para sua maior unidade para produção de iPhones na China. As informações são do Wall Street Journal.

A fabricante de Taiwan não quis comentar seus planos de produção. A companhia se limitou a dizer que continuará expandindo sua força de trabalho na cidade de Zhengzhou para atender a demanda de clientes.

Fontes próximas ao assunto ouvidas pelo WSJ informam que a produção da próxima versão do iPhone deve começar no segundo trimestre. O último modelo do aparelho, o iPhone 5, foi apresentado pela Apple em setembro do ano passado.

Disponível no Brasil com preços a partir de 2.400 reais (versão desbloqueada), o iPhone 5 “brasileiro” é o mais caro do mundo.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Greve da Foxconn na China interrompe produção do iPhone 5, diz grupo trabalhista

Milhares de trabalhadores entraram em greve em uma fábrica da Foxconn na China nesta sexta-feira, 5/10, interrompendo algumas linha de produção, informou o grupo de direitos trabalhistas China Labor Watch.

Segundo o grupo, que alega ter recebido as informações de funcionários da fábrica, a greve na unidade de Zhengzhou da Foxconn começou na tarde de hoje (horário local) e envolveu um número entre 3 mil e 4 mil trabalhadores.

Os trabalhadores estão insatisfeitos por causa das exigências mais rigorosas de controle de qualidade introduzidas para o novo smartphone da Apple, informou o China Labor Watch. Outro motivo de revolta seria o fato de precisarem trabalhar durante um feriado nacional da China.

“Segundo os trabalhadores, várias linhas de produção do iPhone 5 de diversas unidades estavam paralisadas hoje durante todo o dia”, disse o grupo, que também informou que os inspetores de controle de qualidade foram atacados.

A Apple não respondeu imediatamente ao nosso pedido por comentário e a Foxconn, em Taiwan, não pôde ser encontrada para falar sobre o assunto.

Leia também:

– Review: iPhone 5 é o próximo passo na evolução dos smartphones

iphone5_435

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , ,

Foxconn nega greve na China e garante produção do iPhone 5

A Foxconn se pronunciou nesta segunda-feira, 8/10, negando as informações de que seus funcionários na China haviam entrado em greve na última sexta. Segundo a companhia de Taiwan, as únicas perturbações aconteceram no início da semana passada e foram solucionadas rapidamente.

No entanto, o grupo de direitos trabalhistas China Labor Watch afirma que as questões ainda não foram resolvidas. De acordo com um analista do grupo, as fábricas da empresa na China enfrentam não apenas problemas trabalhistas, mas também com a abordagem geral de produção e atenção global às suas práticas.

A declaração da Foxconn chega após o China Labor Watch informar que entre 3 mil e 4 mil trabalhadores da empresa na região chinesa de Zhengzhou entraram em greve na semana passada, causando a interrupção de algumas linhas de produção do iPhone 5.

As causas para a paralisação seriam os controles de qualidade maiores, assim como um pedido para trabalhar durante um feriado nacional no país asiático.

Veja também:

– Review: iPhone 5 é o próximo passo na evolução dos smartphones

iphone5_435

A Foxconn, em sua própria defesa, alega que os funcionários que trabalharam no feriado fizeram isso de forma voluntária e receberam pagamentos três vezes maior do que o valor normal por hora. A companhia também afirma que os únicos problemas com os trabalhadores ocorreram em 1 e 2 de outubro e foram “Imediatamente resolvidos e as medidas tomadas, incluindo fornecer equipes adicionais para as linhas de produção em questão”, de acordo com informações da Reuters.

Além disso, a Foxconn afirma que as informações das greves são imprecisas e que o trabalho não parou na unidade de Zhengzhou ou qualquer outro local. “A produção continua conforme o planejado”, informa o comunicado.

Vale notar que as unidades chinesas de produção da Foxconn já tiveram problemas. No mês passado, 2 mil trabalhadores se rebelaram em uma fábrica na cidade de Taiyuan após o que os funcionários descreveram como “comportamento agressivo” dos seguranças do local.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de fevereiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Foxconn nega greve na China e garante produção do iPhone 5

A Foxconn se pronunciou nesta segunda-feira, 8/10, negando as informações de que seus funcionários na China haviam entrado em greve na última sexta. Segundo a companhia de Taiwan, as únicas perturbações aconteceram no início da semana passada e foram solucionadas rapidamente.

No entanto, o grupo de direitos trabalhistas China Labor Watch afirma que as questões ainda não foram resolvidas. De acordo com um analista do grupo, as fábricas da empresa na China enfrentam não apenas problemas trabalhistas, mas também com a abordagem geral de produção e atenção global às suas práticas.

A declaração da Foxconn chega após o China Labor Watch informar que entre 3 mil e 4 mil trabalhadores da empresa na região chinesa de Zhengzhou entraram em greve na semana passada, causando a interrupção de algumas linhas de produção do iPhone 5. 

As causas para a paralisação seriam os controles de qualidade maiores, assim como um pedido para trabalhar durante um feriado nacional no país asiático.

Veja também:

– Review: iPhone 5 é o próximo passo na evolução dos smartphones

iphone5_435

A Foxconn, em sua própria defesa, alega que os funcionários que trabalharam no feriado fizeram isso de forma voluntária e receberam pagamentos três vezes maior do que o valor normal por hora. A companhia também afirma que os únicos problemas com os trabalhadores ocorreram em 1 e 2 de outubro e foram “Imediatamente resolvidos e as medidas tomadas, incluindo fornecer equipes adicionais para as linhas de produção em questão”, de acordo com informações da Reuters.

Além disso, a Foxconn afirma que as informações das greves são imprecisas e que o trabalho não parou na unidade de Zhengzhou ou qualquer outro local. “A produção continua conforme o planejado”, informa o comunicado.

Vale notar que as unidades chinesas de produção da Foxconn já tiveram problemas. No mês passado, 2 mil trabalhadores se rebelaram em uma fábrica na cidade de Taiyuan após o que os funcionários descreveram como “comportamento agressivo” dos seguranças do local.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Greve da Foxconn na China interrompe produção do iPhone 5, diz grupo trabalhista

Milhares de trabalhadores entraram em greve em uma fábrica da Foxconn na China nesta sexta-feira, 5/10, interrompendo algumas linha de produção, informou o grupo de direitos trabalhistas China Labor Watch.

Segundo o grupo, que alega ter recebido as informações de funcionários da fábrica, a greve na unidade de Zhengzhou da Foxconn começou na tarde de hoje (horário local) e envolveu um número entre 3 mil e 4 mil trabalhadores. 

Os trabalhadores estão insatisfeitos por causa das exigências mais rigorosas de controle de qualidade introduzidas para o novo smartphone da Apple, informou o China Labor Watch. Outro motivo de revolta seria o fato de precisarem trabalhar durante um feriado nacional da China.

“Segundo os trabalhadores, várias linhas de produção do iPhone 5 de diversas unidades estavam paralisadas hoje durante todo o dia”, disse o grupo, que também informou que os inspetores de controle de qualidade foram atacados.

A Apple não respondeu imediatamente ao nosso pedido por comentário e a Foxconn, em Taiwan, não pôde ser encontrada para falar sobre o assunto. 

Leia também:

– Review: iPhone 5 é o próximo passo na evolução dos smartphones

iphone5_435

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , ,

Foxconn nega greve na China e garante produção normal do iPhone 5

A Foxconn se pronunciou nesta segunda-feira, 8/10, negando as informações de que seus funcionários na China haviam entrado em greve na última sexta. Segundo a companhia de Taiwan, as únicas perturbações aconteceram no início da semana passada e foram solucionadas rapidamente.

No entanto, o grupo de direitos trabalhistas China Labor Watch afirma que as questões ainda não foram resolvidas. De acordo com um analista do grupo, as fábricas da empresa na China enfrentam não apenas problemas trabalhistas, mas também com a abordagem geral de produção e atenção global às suas práticas.

A declaração da Foxconn chega após o China Labor Watch informar que entre 3 mil e 4 mil trabalhadores da empresa na região chinesa de Zhengzhou entraram em greve na semana passada, causando a interrupção de algumas linhas de produção do iPhone 5. 

As causas para a paralisação seriam os controles de qualidade maiores, assim como um pedido para trabalhar durante um feriado nacional no país asiático.

Veja também:

– Review: iPhone 5 é o próximo passo na evolução dos smartphones

iphone5_435

A Foxconn, em sua própria defesa, alega que os funcionários que trabalharam no feriado fizeram isso de forma voluntária e receberam pagamentos três vezes maior do que o valor normal por hora. A companhia também afirma que os únicos problemas com os trabalhadores ocorreram em 1 e 2 de outubro e foram “Imediatamente resolvidos e as medidas tomadas, incluindo fornecer equipes adicionais para as linhas de produção em questão”, de acordo com informações da Reuters.

Além disso, a Foxconn afirma que as informações das greves são imprecisas e que o trabalho não parou na unidade de Zhengzhou ou qualquer outro local. “A produção continua conforme o planejado”, informa o comunicado.

Vale notar que as unidades chinesas de produção da Foxconn já tiveram problemas. No mês passado, 2 mil trabalhadores se rebelaram em uma fábrica na cidade de Taiyuan após o que os funcionários descreveram como “comportamento agressivo” dos seguranças do local.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Foxconn nega greve na China e garante produção normal do iPhone 5

A Foxconn se pronunciou nesta segunda-feira, 8/10, negando as informações de que seus funcionários na China haviam entrado em greve na última sexta. Segundo a companhia de Taiwan, as únicas perturbações aconteceram no início da semana passada e foram solucionadas rapidamente.

No entanto, o grupo de direitos trabalhistas China Labor Watch afirma que as questões ainda não foram resolvidas. De acordo com um analista do grupo, as fábricas da empresa na China enfrentam não apenas problemas trabalhistas, mas também com a abordagem geral de produção e atenção global às suas práticas.

A declaração da Foxconn chega após o China Labor Watch informar que entre 3 mil e 4 mil trabalhadores da empresa na região chinesa de Zhengzhou entraram em greve na semana passada, causando a interrupção de algumas linhas de produção do iPhone 5.

As causas para a paralisação seriam os controles de qualidade maiores, assim como um pedido para trabalhar durante um feriado nacional no país asiático.

Veja também:

– Review: iPhone 5 é o próximo passo na evolução dos smartphones

iphone5_435

A Foxconn, em sua própria defesa, alega que os funcionários que trabalharam no feriado fizeram isso de forma voluntária e receberam pagamentos três vezes maior do que o valor normal por hora. A companhia também afirma que os únicos problemas com os trabalhadores ocorreram em 1 e 2 de outubro e foram “Imediatamente resolvidos e as medidas tomadas, incluindo fornecer equipes adicionais para as linhas de produção em questão”, de acordo com informações da Reuters.

Além disso, a Foxconn afirma que as informações das greves são imprecisas e que o trabalho não parou na unidade de Zhengzhou ou qualquer outro local. “A produção continua conforme o planejado”, informa o comunicado.

Vale notar que as unidades chinesas de produção da Foxconn já tiveram problemas. No mês passado, 2 mil trabalhadores se rebelaram em uma fábrica na cidade de Taiyuan após o que os funcionários descreveram como “comportamento agressivo” dos seguranças do local.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Tecnologia de telas atrasa fábrica da Foxconn no Brasil, diz jornal

Após grande barulho com o anúncio da produção local de iPads e iPhones e de um investimento de 12 bilhões de dólares no Brasil, a fabricante Foxconn ainda não instalou suas novas unidades no país por conta de um impasse com o governo local sobre qual tecnologia usar na sua fábrica de telas de LCD (tela de cristal líquido). As informações são do jornal Folha de São Paulo, que publicou hoje, 17/7, uma reportagem especial sobre o assunto.

Segundo a publicação, o governo da presidenta Dilma Roussef quer que a companhia taiwanesa utilize sua tecnologia mais moderna para a fabricação de telas, com “minilâmpadas” LEDS (diodos que emitem luz). No entanto, a fabricante de produtos da Apple, Sony, HP, entre outras, resiste a abandonar os modelos mais antigos, que usam lâmpadas fluorescentes, de acordo com a Folha. Com a tecnologia OLED, é possível produzir telas mais finas e flexíveis.

Por essa falta de acordo, o governo brasileiro já teria dito ao diretor da Foxconn, Terry Gou, que não financiará o projeto de expansão da empresa por aqui, com investimento no valor de 12 bilhões de dólares, conforme anunciado em abril de 2011 após viagem da presidente Dilma até a China. Esse montante seria financiado pelo BNDES durante a primeira fase, avaliada em 4 bilhões de dólares.

novoipad_apps.jpg

Foxconn é conhecida mundialmente por montar produtos da Apple, como o novo iPad

Ainda segundo o jornal paulista, a crise econômica mundial deixaria Gou, da Foxconn, em uma situação mais tranquila para negociar, já que suas fábricas atuais na Ásia dariam conta da demanda mundial da companhia.

Vale lembrar que a Foxconn já possui unidades de montagem no interior de São Paulo, em Jundiaí, onde são produzidos produtos da Apple e outras gigantes do mercado de tecnologia, como Sony. Em fevereiro deste ano, o empresário brasileiro Eike Baptista, que também participaria do empreendimento, anunciou que a nova fábrica da empresa no país ficaria na cidade de Belo Horizonte, em MG.

Procurada pela Macworld Brasil, a assessooria da Foxconn ainda não havia respondido ao nosso pedido de comentário sobre o assunto até o fechamento dessa reportagem.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de agosto de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,