RSS

Arquivo da tag: fontes

Suíça investiga lavagem de dinheiro de fontes ligadas a Yanukovich

Vicktor Yanukovich foi deposto da presidência da Ucrânia (Foto: Gleb Garanich/Reuters)Vicktor Yanukovich foi deposto da presidência
da Ucrânia (Foto: Gleb Garanich/Reuters)

A Suíça abriu duas investigações de lavagem de dinheiro contra pessoas ligadas ao presidente ucraniano deposto Vicktor Yanukovich, publicou neste domingo (23) o jornal “Zentralschweiz am Sonntag”.

Um dos processos investiga duas pessoas do entorno do ex-líder, e o segundo é contra um “desconhecido”, explicou o promotor Michael Lauber em entrevista.

Pouco depois da cassação de Yanukovitch, a Suíça anunciou ter congelado fundos depositados um dos filhos do ex-presidente, Aleksandr, e de outras 18 pessoas, 11 delas antigos ministros de Yanukovich.

Semanas depois foram congeladas as contas de outros nove ucranianos, entre eles Victor, outro filho do presidente, e do ex-primeiro-ministro Nikolai Azarov.

As autoridades suíças congelaram todos os bens e recursos econômicos em nome dessas pessoas, que incluem ativos financeiros como depósitos bancários, cheques, letras de câmbio, títulos de dívida, obrigações, derivados e dividendos.

E especificaram que todos são acusados de violações dos direitos humanos e de evasão de capitais.

O Conselho Federal suíço especificou que se os fundos forem efetivamente de origem ilícita – e isto deve ser provado nos tribunais ucranianos – serão devolvidos a Kiev.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

BlackBerry negocia venda com Google, Cisco e SAP, dizem fontes

A fabricante de smartphones BlackBerry estaria em negociação com o Google, a Cisco Systems e a SAP para vender participações ou a totalidade da empresa, afirmam a Reuters diversas fontes familiarizadas com o assunto.

O negócio seria uma alternativa ao acordo para fechar o capital da BlackBerry por cerca de US$ 4,7 bilhões firmado no dia 23 de setembro com um consórcio liderado pela Fairfax Financial Holdings, maior acionista da fabricante de smartphones.

A BlackBerry, que tem sede em Ontário, no Canadá, pediu por manifestações preliminares de interesse de potenciais compradores estratégicos, que também incluem a Intel e empresas asiáticas como LG e Samsung.

Google, Intel, Cisco, LG e SAP não quiseram comentar. A Samsung não estava imediatamente disponível.

Não está claro quais dessas companhias fizeram ou irão fazer ofertas. Mas os potenciais compradores estão especialmente interessados no servidor de rede da BlackBerry e na patente de portfólio, embora dúvidas sobre o valor de seus ativos permaneçam sendo um problema, dizem as fontes a Reuters.

Um porta-voz da BlackBerry disse em um e-mail para a Reuters: “O comitê especial, com a assistência de conselheiros independentes financeiros e legais da BlackBerry, está conduzindo uma robusta revisão das alternativas estratégicas”. Mas ele não quis dar mais detalhes.

Prejuízos
Possíveis ofertantes estão procedendo com cautela dadas as incertezas sobre a BlackBerry, que em setembro relatou um prejuízo trimestral de quase US$ 1 bilhão por conta das fracas vendas dos aparelhos Z10.

A fabricante canadense vendeu menos de 2 milhões de aparelhos que rodam o BlackBerry 10, novo sistema operacional da companhia e aposta para voltar a ser relevante no mercado de smartphone, segundo dados divulgados ao mercado na terça-feira (1º).

De junho a julho de 2013, foram vendidos 5,9 milhões de smartphones, mas 4,2 milhões eram BlackBerry 7.

A BlackBerry registrou um prejuízo de US$ 965 milhões no trimestre fechado em agosto e teve receita 45% menor em relação ao mesmo período do ano passado, de US$ 1,6 bilhão. A companhia planeja cortar 4.500 empregos, ou mais de um terço da sua força de trabalho.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Arábia Saudita aumenta prontidão militar pela Síria, dizem fontes

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A Arábia Saudita, que apoia os rebeldes que lutam para derrubar o presidente sírio, Bashar al-Assad, aumentou seu nível de alerta militar em antecipação a um possível ataque ocidental na Síria, disseram fontes familiarizadas com o assunto nesta sexta-feira (30).

Os Estados Unidos pedem medidas punitivas contra o governo de Assad, em resposta a uma suspeita de ataque com armas químicas contra um subúrbio de Damasco em 21 de agosto, quando centenas de pessoas foram mortas.

O nível de prontidão defensiva da Arábia Saudita foi elevado para “dois” a partir de “cinco”, informou à Reuters uma fonte militar saudita que não quis ser identificada. “Um” é o mais alto nível de alerta.

“É uma necessidade, ninguém sabe o que vai acontecer”, disse a fonte.

A fonte disse que outros países da região, incluindo Jordânia, Turquia e Israel pareceram também elevar seu nível de prontidão militar.

Uma segunda fonte disse que a prontidão defensiva da Arábia Saudita tinha sido levantada na semana passada, o que fez com que todas as licenças de membros das Forças Armadas fossem canceladas.

As fontes não quiseram dar mais detalhes do que uma mudança no nível de alerta significa, mas analistas afirmam ser provável que algumas forças sejam deslocadas para as fronteiras.

No Kuweit, legisladores pediram a seu governo para informá-los sobre os planos de prontidão para lidar com as repercussões de um ataque contra a Síria, informaram os jornais locais.

O primeiro-ministro, o xeque Jaber al-Mubarak al-Sabah, realizou uma reunião de gabinete extraordinária na quinta-feira, informou a al-Watan.

O ministro do Interior, Sheikh Mohammad al-Hamad al-Sabah foi ordenado a tomar todas as medidas necessárias em caso de eventuais emergência resultantes dos ataques, segundo o jornal.

A Arábia Saudita, um importante aliado dos EUA, o Catar e outras potências muçulmanas sunitas apoiam os rebeldes, em maioria também sunitas, lutando contra Assad, que é da seita alauíta minoritária na Síria, um ramificação do islamismo xiita. Os rebeldes receberam reforços de jihadistas sunitas estrangeiros.

Assad conta com o apoio militar do Irã, do Hezbollah do Líbano e entre os xiitas iraquianos.

arte síria versão 28.08 (Foto: Arte/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Cameron ordenou cerco britânico a revelações de Snowden, dizem fontes

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, determinou ao seu principal assessor que buscasse impedir o jornal “The Guardian” de publicar as revelações de Edward Snowden sobre os programas secretos de espionagem dos governos britânico e norte-americano, segundo duas fontes ligadas diretamente ao assunto, segundo a agência de notícias Reuters.

A notícia de que o chefe de gabinete Jeremy Heywood manteve contatos com o “Guardian” para tentar impedir as revelações arrasta Cameron para o centro da tempestade desencadeada pela resposta do governo britânico ao noticiário envolvendo Snowden, ex-prestador de serviços da Agência de Segurança Nacional dos EUA, hoje asilado na Rússia.

Alan Rusbridger, editor do “Guardian”, disse na terça-feira que, depois de o jornal revelar os programas de espionagem, ele foi procurado por “um funcionário de altíssimo escalão que dizia representar as opiniões do primeiro-ministro”.

As fontes ouvidas pela Reuters identificaram esse funcionário como sendo Heywood, o principal assessor de Cameron para assuntos administrativos. “O primeiro-ministro pediu ao chefe de gabinete que lidasse com essa questão, isso é verdade”, disse uma fonte à Reuters.

Apoiadores do governo dizem que as informações vazadas por Snowden podem ameaçar a segurança nacional. Grupos de direitos humanos, por outro lado, acusam o governo de ter violado a liberdade de expressão ao reagir às revelações.

Isso inclui a detenção, no fim de semana, do companheiro brasileiro do repórter do Guardian que publicou as revelações, e a notícia de que o jornal foi obrigado pelas autoridades a destruir os computadores que continham informações fornecidas por Snowden.

O brasileiro David Miranda passou nove horas detido no aeroporto de Heathrow, em Londres, período em que teve aparelhos eletrônicos confiscados e foi interrogado sobre as atividades jornalísticas do seu companheiro, que vive no Rio de Janeiro.

Uma porta-voz de Cameron disse que não discutiria casos específicos, mas que “se informações altamente sensíveis estiverem sido mantidas de forma desprotegida, temos a responsabilidade de protegê-las”.

Cameron está de férias no sudoeste da Inglaterra.

O governo britânico vem tentando se distanciar da acusação feita por Rusbridger e da polêmica envolvendo a detenção de Miranda, com base em uma lei antiterrorismo. As autoridades dizem que ambas as situações atenderam a critérios operacionais de segurança.

Na terça-feira, a Casa Branca disse que não comentaria a destruição do material entregue por Snowden, mas o porta-voz John Earnest disse que seria inimaginável que autoridades dos EUA destruíssem discos rígidos de uma empresa de comunicações para proteger a segurança nacional. “É muito difícil imaginar um cenário em que isso fosse apropriado”, disse.

A Grã-Bretanha diz que suas agências de segurança agem de acordo com a lei, e que os vazamentos propiciados por Snowden são uma ameaça à segurança nacional.

O Brasil disse ao governo britânico que considerava “injustificável” a detenção do seu cidadão, que estava fazendo conexão em Londres para voltar ao Rio depois de ir a Berlim apanhar novos arquivos com uma jornalista de Berlim também contactada por Snowden.

Advogados que representam Miranda abriram um processo contra o governo e a polícia, acusando-os de abusarem dos seus poderes de combate ao terrorismo para se apropriarem de materiais jornalísticos sensíveis.

A secretária britânica do Interior, Theresa May, disse na terça-feira que a polícia agiu corretamente ao deter Miranda, por considerar que ele estava de posse de “informações furtadas e altamente sensíveis, que poderiam ajudar terroristas, que poderiam colocar vidas em risco”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , , ,