RSS

Arquivo da tag: ficar

Bêbada é resgatada após cair de janela e ficar presa em varal na China

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Bombeiros da cidade de Changzhou, na província de Jiangsu, na China, conseguiram resgatar com sucesso uma mulher bêbada que havia caído de uma janela do quarto andar de um prédio, e que felizmente acabou presa em um varal de roupas.

A mulher, com mais de 20 anos, estava alcoolizada e sentada na beira da janela e se segurando em uma das barras quando, de acordo com o jornal chinês “News 163”, um dos apoios quebrou, fazendo a chinesa perder o equilíbrio.

As equipes de resgate chegaram rapidamente ao local, e conseguiram arrombar a porta do apartamento e trazer a mulher para dentro de casa em segurança.

Depois da operação, a mulher teria se recusado a responder às perguntas dos bombeiros, e não explicou por que estava sentada na janela daquela maneira ou a razão pela qual estava alcoolizada.

Mulher bêbada foi resgatada após ficar presa em varal na China (Foto: Reprodução/Weibo/cz119)Mulher bêbada foi resgatada após ficar presa em varal na China (Foto: Reprodução/GloboNews)new WM.Player( { videosIDs: “3316453”, sitePage: “g1/planetabizarro/videos”, zoneId: “110461” } ).attachTo($(“#3316453”)[0]);

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Furão desastrado é resgatado após ficar entalado em tijolo

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O usuário “arbman101” publicou um vídeo no YouTube no qual mostra o resgate de um furão atrapalhado, que acabou ficando entalado ao tentar passar por um buraco no meio de um tijolo (veja o vídeo).

Um homem que trabalhava perto do local viu a situação de apuros em que estava o mamífero, e decidiu livrá-lo do tijolo usando as ferramentas que levava consigo.

Ao martelar uma espátula no bloco, a pedra quebrou e o furão conseguiu sair, aparentemente sem ferimentos.

Furão precisou de ajuda para coneguir se libertar de tijolo (Foto: Reprodução/YouTube/arbman101)Furão precisou de ajuda para coneguir se libertar de tijolo (Foto: Reprodução/YouTube/arbman101)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Preguiça tem estômago especial para ficar de cabeça para baixo, diz estudo

Bicho preguiça em Caraguatatuba (Foto: Carlos Pereira)Preguiça de três dedos em Caraguatatuba (Foto: Carlos Pereira)

As preguiças de três dedos tem um desenho abdominal único: suas vísceras são fixadas nas costelas inferiores de forma a impedir que sejam espremidas contra os pulmões enquanto ficam penduradas de cabeça para baixo, revelou um estudo publicado esta quarta-feira (23).

Endêmica na América do Sul e Central, a preguiça passa grande parte da vida pendurada pelas patas traseiras para alcançar as folhas jovens e tenras que crescem na ponta dos galhos.

Com seu metabolismo lento, a preguiça pode demorar um mês para digerir uma única folha e o animal é capaz de armazenar um terço de seu peso corporal em urina e fezes, que ela excreta cerca de uma vez por semana.

“Isto significa que o estômago e o intestino compõem uma parte considerável de sua massa corporal”, disse Rebecca Cliffe, do Laboratório Swansea de Movimentação Animal em Gales, co-autora do estudo publicado no “Biology Letters”, periódico da Royal Society.

“Com sua fonte de energia limitada, seria energeticamente muito custoso, se não impossível, para a preguiça respirar enquanto permanece de cabeça para baixo”, afirmou à AFP.

Cliffe e uma equipe de pesquisas disseram acreditar ter resolvido o mistério: muitas aderências únicas no abdômen ancoram órgãos como fígado, estômago e rins, evitando que pressionem o diafragma enquanto o animal está em posição invertida.

“Estas aderências aparentemente inócuas provavelmente são importantes para a provisão de energia e a sobrevivência do animal”, destacou o estudo. Segundo Cliffe, elas poderiam reduzir em 13% o gasto de energia da preguiça.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Bebê é resgatado após ficar entalado em máquina de lavar na China

Equipes de resgate foram chamadas em uma casa de Nanquim, na província de Jiangsu, na China, depois que um menino de 2 anos ficou preso em uma máquina de lavar ao tentar recuperar um brinquedo. Assista ao vídeo.

Bombeiros precisaram serrar máquina de lavar para resgatar bebê de 2 anos preso na china (Foto: Reprodução/YouTube/Charles Farley)Bombeiros precisaram serrar máquina de lavar para resgatar menino de 2 anos preso na china (Foto: Reprodução/YouTube/Charles Farley)

O garoto teria subido no equipamento em busca do brinquedo e ficado com as duas pernas presas.

Os bombeiros chegaram ao local e precisaram desmontar e serrar a máquina com cuidado, para que a criança fosse resgatada com segurança.

Após uma operação de 30 minutos, o menino conseguiu sair e, felizmente, não sofreu ferimentos – apenas um susto.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Gata é resgatada após ficar 3 dias presa em poste nos EUA

Uma equipe do Controle de Animais de Las Cruses, no estado do Novo México (EUA), conseguiu resgatar com sucesso uma gata que passou três dia presa no topo de um poste de energia.

De acordo com a funcionária Mary Ly Ward, a gata “Athena” teria subido no poste ao tentar escapar de coiotes, e não conseguiu mais descer. Com a ajuda de uma plataforma elevatória, a mulher conseguiu ter acesso ao animal e trazê-lo ao chão em segurança.

Depois de o felino receber soro para combater sua desidratação, Athena foi devolvida ao dono, o americano David Eason.

Funcionária sobe no topo de poste para resgatar gata 'Athena' em Las Cruses, no Novo México (EUA) (Foto: The Las Cruces Sun-News, Carlos Javier Sanchez/AP)Funcionária sobe no topo de poste para resgatar gata ‘Athena’ em Las Cruses, no Novo México (EUA) (Foto: The Las Cruces Sun-News, Carlos Javier Sanchez/AP)David Eason, dono da gata, segura embalagem de soro enquanto a veterinária Patricia Norris administra injeção em animal, que passou 3 dias preso em poste (Foto: The Las Cruces Sun-News, Carlos Javier Sanchez/AP)David Eason, dono da gata, segura embalagem de soro enquanto a veterinária Patricia Norris administra injeção em animal, que passou 3 dias preso em poste (Foto: The Las Cruces Sun-News, Carlos Javier Sanchez/AP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Musgo renasce 1.500 anos depois de ficar congelado na Antártica

Um musgo na Antártica renasceu após passar mais de 1.500 anos sob uma camada de gelo, um recorde que marca o maior ciclo vital de qualquer planta conhecida, revelou um estudo feito por cientistas britânicos e divulgado esta semana nos Estados Unidos.

A pesquisa, publicada no periódico “Current Biology”, descreve a primeira vez que um musgo conseguiu sobreviver durante um longo período de tempo.

Até agora, tinha-se o registro de um musgo que renasceu após apenas 20 anos. As bactérias eram, até então, a única forma de vida conhecida por sobreviver durante milhares, inclusive milhões de anos.

“Este experimento demonstra que organismos multicelulares, plantas neste caso, podem sobreviver a períodos de tempo muito mais longos do que se pensava anteriormente. Este musgo, parte chave do ecossistema, conseguiu sobreviver a períodos centenários ou milenares de avanço do gelo, como a Pequena Era do Gelo na Europa”, disse Peter Convey, do British Antarctic Survey, um dos autores do estudo.

Os cientistas capturaram amostras das profundezas de um banco de musgos congelados na Antártica.

Eles cortaram os núcleos desta planta e os colocaram em uma incubadora, a temperaturas e níveis de luz que estimulariam seu crescimento em condições normais. Depois de algumas semanas, o musgo começou a crescer.

Técnicas de datação de carbono mostraram que as plantas originais tinham pelo menos 1.530 anos de antiguidade.

“Apesar de ser um grande salto com relação à descoberta atual, isto representa a possibilidade de formas de vida complexas sobrevivendo a períodos ainda mais longos ao permanecer presos no permafrost ou no gelo”, disse Convey.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Taiwanês sobrevive após ficar 4 dias ‘sepultado’: ‘posso ter caído bêbado’

Homem é retirado de cova por bombeiros após 4 dias 'sepultado' em Taiwan (Foto: Departamento de Bombeiros do Condado de Nantou)Homem é retirado de cova por bombeiros após
4 dias ‘sepultado’ em Taiwan (Foto: Departamento
de Bombeiros do Condado de Nantou)

Um taiwanês que permaneceu por quatro dias dentro de um túmulo foi resgatado esta semana e se encontra hospitalizado em situação estável, informou neste sábado (15) a Polícia local.

O incidente ocorreu na aldeia Chaotun, no distrito de Nantou, e o protagonista, de sobrenome Chien, não se lembra exatamente como acabou sendo “sepultado”. “Posso ter caído bêbado”, disse ele à imprensa de Taiwan, afirmando também que talvez alguns amigos o tenham atirado como forma de brincadeira.

Quatro dias após Chien ter caído na vala, alguns visitantes do cemitério ouviram alguns ruídos e chamaram a polícia, que foi ao local junto aos bombeiros e encontrou o homem dentro da sepultura.

A fossa não estava tapada com terra, mas sim com uma pesada prancha de madeira que o homem não conseguiu levantar quando despertou. No interior, Chien sofreu ferimentos e picadas de insetos e sobreviveu graças a uma sacola de plástico com a qual conseguiu coletar a própria urina e bebê-la, segundo a polícia.

O incidente deixou atônita a sociedade taiwanesa. A Polícia busca pistas de como o homem chegou à fossa e ficou fechado no túmulo, que já tinha sido usado, mas estava aberto devido a operações de limpeza do cemitério.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Filhote de peixe-boi ferido é resgatado no AM, após ficar em tanque de casa

Animal foi resgato com lesões pelo corpo (Foto: Séfora Antela/Ampa)Animal foi resgato com lesões pelo corpo (Foto: Séfora Antela/Ampa)

Um filhote de peixe-boi ferido foi resgatado no município de Caapiranga, a 134 km de Manaus, nesta quarta-feira (26). Ele chegou à sede do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), na capital, por volta de 18h30 do mesmo dia. Segundo o órgão, o recém-nascido foi achado por duas crianças e ficou mantido em um tanque improvisado por comunitários durante uma semana, o que elevou o nível de estresse do animal.

O filhote viajou cerca de dez horas de Caapiranga até Manaus. Ele foi resgatado por fiscais do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), acionados pela Secretaria de Meio Ambiente do município. De acordo com o Inpa, o filhote estava na Comunidade Domiguinhos e recebia cuidados da família das crianças que o encontraram nadando sozinho em um lago.

Na manhã desta quinta (27), o filhote passou por um exame de biometria no Laboratório de Mamíferos Aquáticos (LMA), do Inpa. Veterinários do instituto informaram que o animal tem 11 quilos e mede 89 centímetros. Como ele está trocando de pele, os especialistas acreditam quem o recém-nascido tem aproximadamente 20 dias.

Ainda na tarde de quarta, o animal foi medicado com antibióticos e agora é alimentado por leite, uma fórmula láctea desenvolvida pelo LMA. Quando chegou ao instituto, ele ficou em um tanque mantido com água morna, temperatura considerada pelos veterinários como ideal. Ele deve permanecer isolado dos outros 49 animais que recebem acompanhamento no Inpa nos próximos dias para adaptação.

De acordo com Anselmo D’Affonseca, veterinário do Inpa, ainda é cedo para dizer se o animal está saudável. A avaliação completa do estado de saúde dele deve ser concluída em uma semana. “Ele chegou com lesões nas nadadeiras dorsais esquerda e direita. Por conta do estresse, está com dificuldades de se alimentar. Por isso, a cada sete dias, ele vai passar por biometria, porque nosso objetivo é verificar se ele vai ganhar peso”, disse o médico.

Nadadeiras do filhotes estão feridas (Foto: Séfora Antela/Ampa)Nadadeiras do filhotes estão feridas
(Foto: Séfora Antela/Ampa)

O filhote deve passar por um hemograma ainda nesta quinta. O exame faz a avaliação dos glóbulos vermelhos – para verificar se o animal apresenta sinais de anemina – e dos glóbulos brancos, que aponta os níveis de defesa do organismo. “Também vamos fazer um exame de fezes para tentar verificar se há algum parasita que pode atrapalhar o tratamento ou mesmo provocar diarreias”, afirmou D’Affonseca.

A assessoria da Associação Amigos do Peixe-Boi (Ampa) afirmou que o LMA recebe muitos filhotes da espécie na região onde a cidade de Caapiranga está localizada. Os veterinários acreditam que o animal resgatado nesta quarta nadava sozinho porque ficou órfão. Segundo a Ampa, normalmente, a mãe dos filhotes são mortas com arpão para servir de alimentação, e os recém-nascidos são descartados pelos pescadores.

O Inpa orienta que as pessoas comuniquem os órgãos de meio ambiente, caso encontrem animais da espécie em situação de risco. “Apesar da boa vontade, o filhote de peixe-boi foi mantido de forma errônea e poderia ter morrido. Além disso, nessas condições, esses animais ficam estressados e perdem o instinto selvagem, prolongando ainda mais o tempo de retorno à natureza”, disse.

Conforme a Ampa, o filhote pode levar até cinco anos para ser devolvido ao habitat natural.

Filhote recebe cuidados de veterinários do Inpa, em Manaus (Foto: Séfora Antela/Ampa)Filhote recebe cuidados de veterinários do Inpa, em Manaus (Foto: Séfora Antela/Ampa)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

‘Achava que ia ficar louco’, diz náufrago que ficou 13 meses à deriva

Náufrago Jose Salvador Alvarenga, 37, após ter sido resgatado em um barco perto das Ilhas Marshall. (Foto: Gee Bing/Foreign Affairs Department The Marshall Islands/AP)Náufrago Jose Salvador Alvarenga, 37, após ter sido
resgatado em um barco perto das Ilhas Marshall
(Foto: Gee Bing/Foreign Affairs Department The
Marshall Islands/AP)

“Achava que ia ficar louco”, contou José Salvador Alvarenga, o salvadorenho que foi pescar tubarões na costa mexicana do Pacífico em dezembro de 2012 e apareceu na última quinta-feira (4) nas Ilhas Marshall, depois de ter sobrevivido, segundo ele, comendo pássaros e tartarugas.

O pescador deu entrevista à AFP nesta segunda-feira (4), com uma densa barba ruiva. Ele relembra ter zarpado no dia 21 de dezembro de 2012 do porto de Paredón (perto de Tapachula, no estado mexicano de Chiapas) em uma embarcação batizada de “Camaronera de la Costa”, uma lancha muito pequena, junto a um jovem chamado Ezequiel.

“La Chancha”, como era conhecido no México, foi reconhecido na segunda-feira (3) pelos pescadores que trabalhavam com ele no município de Pijijiapan (Chiapas). Seus companheiros afirmam, inclusive, que foi pescar em novembro de 2012, e não em dezembro.

Mas para José Salvador e Ezequiel o dia de trabalho, pelo qual receberiam 1.500 pesos (110 dólares), se complicou quando começou a soprar o Norte, um vento muito forte.

Pensava que ia ficar louco, que não ia conhecer as pessoas, eu pensava. Olhava para meu pai, olhava para a minha mãe, as minhas irmãs, mas eram imaginações”

A 70 quilômetros da costa e sem motor, começaram a ficar à deriva, relata Alvarenga, de 37 anos. Seu companheiro, de 15 ou 16 anos, morreu quatro meses depois, de sede e fome, porque vomitava e não conseguia se alimentar de animais crus.

“Aguentou quatro meses. Mas depois fiquei sozinho. ‘Meu Deus, quando vou sair, quando vai me levar?’, eu pensava”‘, relata o náufrago, que diz ter lançado o cadáver de seu colega ao mar. Começou então um périplo de mais de um ano no qual sobreviveu comendo peixe, quando havia, e bebendo água da chuva ou sua própria urina.

“Levantava esperando patos, pássaros que viessem a minha lancha”, lembra fazendo longas pausas, como se custasse a se lembrar do que viveu. Também se alimentava de tartarugas que se aproximavam da lancha.

“Pensava que ia ficar louco, que não ia conhecer as pessoas, eu pensava. Olhava para meu pai, olhava para a minha mãe, as minhas irmãs, mas eram imaginações”, explica o pescador, que passava horas “sentado, vendo o céu, vendo o sol”.

Sua fé em Deus o manteve vivo, garante, embora também tenha pensado em cometer suicídio. “Não pensava em morrer, pensava que ia sair, forte. Mas em duas ocasiões quis me matar, agarrava a faca quando não havia água ou comida”, lembra.

Uma história com muitas perguntas
Sua história levanta muitas perguntas, começando pela de sua sobrevivência durante pelo menos treze meses em condições extremas, e seguindo por seu aspecto físico, relativamente saudável quando foi resgatado.

“Está melhor do que o esperado”, reconheceu o embaixador dos Estados Unidos nas Ilhas Marshall, Thomas Ambruster, um dos primeiros a vê-lo. No entanto, existem precedentes, como o de três pescadores que em 2005 foram resgatados nas Ilhas Marshall nove meses depois de terem se perdido na costa mexicana.

José Salvador Alvarenga apareceu na última quinta-feira (30) em uma praia do atol de Ebon, a 12.000 quilômetros da costa do México. Foi dormir e lembra que a primeira coisa que viu foi um coqueiro e depois uma casinha.Foi localizado por dois moradores locais. Estava desorientado e vestia apenas uma cueca esfarrapada.

“A primeira coisa que pensei era em comer, pensava em tortilha, ovo, frango, imaginava a comida”, lembra. O náufrago também disse estar ansioso para ver a filha, chamada Fátima Maeva.

Como não falava inglês, se comunicou através de desenhos e gestos e depois foi levado a Majuro, a capital das Ilhas Marshall, onde está hospitalizado. Sua mãe, que vive em El Salvador, o reconheceu na segunda-feira por fotografias.

“Agradeço a Deus por ver meu filho, acreditava que estava morto”, declarou à rede CNN María Julia Alvarenga, que vive com seu marido em Garita Palmera, 118 km a sudoeste de San Salvador. “Só quero tê-lo aqui conosco”, explicou, à espera de que o filho volte para casa.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

EUA dizem que presidente ucraniano tem firme intenção de ficar no poder

O presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovitch, tem a firme intenção de permanecer no poder e provavelmente recorrerá à intimidação e a meios fora da lei para assegurar sua reeleição em 2015, afirmou nesta quarta-feira (29) o chefe da inteligência americana (DNI), James Clapper, falando a uma comissão de senadores.

“Os acontecimentos políticos na Ucrânia vão continuar a ser pautados pela fúria púbica e a oposição frente aos abusos de poder do governo Yanukovitch”, aafirmou Clapper.

Em seu depoimento, ele também tratou da situação na Síria, afirmando que o regime sírio, cujo arsenal de armas químicas está prestes a ser destruído, é sem dúvida capaz de uma produção limitada de armas biológicas.

“Achamos que elementos do programa de armas biológicas da Síria superaram o estágio da pesquisa e desenvolvimento e que o regime é capaz de conduzir uma produção limitada”, afirmou ante a comissão.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,