RSS

Arquivo da tag: falsos

Zoo de Itatiba usa ovos falsos para ampliar reprodução de flamingos

A reprodução de flamingos em cativeiro tem sido um sucesso no zoológico de Itatiba(SP). Essas aves, que chamam a atenção pela beleza, com penas brancas e rosas, ganharam até um berçário no local. Todo o trabalho é desenvolvido por uma equipe de biólogos, veterinários e tratadores que monitoram tudo.

Para que a reprodução aconteça uma forcinha é dada aos animais. Os biólogos fornecem água e barro para que as aves montem os ninhos e comecem o processo. Depois de botar os ovos, a mamãe flamingo começa a chocar e daí vem mais uma vez a intervenção humana. Os ovos verdadeiros são retirados e ovos falsos são colocados no local. “É mais garantido fazer um manejo aritificial no setor de maternidade,  que você vai ter um número maior de filhotes e um cuidado mais intensivo”, diz o biólogo Felipe Garcia.

Os ovos são encaminhados para uma incubadora, ficam a temperatura de 37º C e umidade em torno de 50%. São quase 20 dias neste processo. Depois do nascimento, os animais permanecem em observação.

Depois das primeiras 24 horas em observação os animais são encaminhados para o local conhecido como creche. Os filhotes que ficam ali por aproximadamente uma semana. Eles recebem cuidados especiais, como por exemplo a temperatura adequada. Um aquecedor deixa a temperatura de 30º C para que os filhotes fiquem confortáveis.

Outra atenção especial é com a alimentação. Quem prepara a papinha é o tratador Sérgio Silva. Os ingredientes são para dar energia aos filhotes. “Como são filhotinhos a alimentação é líquida, a base de água, ração, ovo e carne”, conta Sérgio.

Esses cuidados duram aproximadamente um mês. Enquanto recebem atenção especial os visitantes podem acompanhar tudo de pertinho. “Ver a reprodução dos animaizinho em cativeiro é muito impressionante”, diz a representante comercial Isabela Azevedo.

O zoológico funciona diariamente das 9h às 17h. O ingresso custa R$ 18 para crianças com até 11 anos, professores e estudantes. As pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 20. Já a entrada para os demais visitantes custa R$ 30. O endereço é Rodovia Dom Pedro I, km 95,5, em Itatiba.

Ovos verdadeiros são retirados e ovos falsos são colocados no ninho (Foto: Reprodução/ TV TEM)Ovos verdadeiros são retirados e ovos falsos são colocados no ninho (Foto: Reprodução/ TV TEM)new WM.Player( { videosIDs: “3172485”, sitePage: “aftvtemg1/sorocaba/videos”, zoneId: “129110” } ).attachTo($(“#3172485”)[0]);

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Mexicanos sofrem com onda de ‘falsos sequestros’

Uma banda do País Basco, Espanha, sofreu um falso sequestro enquanto se apresentava no México.

Os quatro integrantes do grupo indie Delorean receberam um telefonema no hotel onde se hospedavam na Cidade do México.

Segundo informações da imprensa, a pessoa que ligou dizia ser da polícia e recomendou que os músicos saíssem de onde estavam e fossem para outro hotel, pois corriam o risco de ficar em meio a um tiroteio.

Quando eles já estavam instalados no outro hotel, receberam outro telefonema na qual foram informados que estavam sendo sequestrados.

Enquanto tudo isto ocorria, alguém ligava para a família dos músicos e exigia um resgate de, inicialmente, 300 mil euros (mais de R$ 895 mil). Finalmente, o preço do resgate foi fechado em 10 mil euros (quase R$ 30 mil). Todas as ameaças aos músicos e negociações para extorquir as famílias foram feitas por telefones celulares.

A primeira denúncia do golpe foi feita na Espanha. Depois de ser alertada, a polícia mexicana, em conjunto com os policiais espanhóis, conseguiu desvendar a trama na madrugada desta terça-feira.

Os músicos, que fazem uma mistura de pós-punk com música eletrônica, tinham chegado ao México no dia 3 de outubro e participaram de um festival de música eletrônica e cinema em 5 de outubro. O plano inicial era viajar até San Francisco, nos Estados Unidos, para outra apresentação.

Mas, agora a banda parece ter suspendido a turnê e deve voltar à Espanha. Até o momento, ninguém foi preso.

Estratégias
Os mexicanos desenvolveram algumas estratégias para lidar com o falso sequestro, um tipo de extorsão cada vez mais comum no país.

‘Quando minha filha adolescente sai para ir ao cinema, sempre lembro a ela para não emprestar o celular a nenhum desconhecido. Eles às vezes pedem alegando alguma emergência. É aí que eles guardam o número dos familiares e, enquanto a pessoa está dentro do cinema, com o celular desligado, eles ligam para dizer que a pessoa foi sequestrada’, disse à BBC um pai de família mexicano que não se identificou.

Ele afirma que muitos outros pais dão este mesmo conselho aos filhos desde que a onda de falsos sequestros começou no país.

Em um falso sequestro, os criminosos ligam para uma pessoa dizendo que estão com um familiar da vítima e exigindo uma quantia relativamente baixa, que pode ser levantada nas poucas horas em que a pessoa supostamente sequestrada não pode ser localizada.

Tudo se baseia na sugestão e em nenhum momento ocorre violência física.

Como no Brasil, os falsos sequestradores do México também fazem telefonemas aleatórios para ver se alguém cai no golpe. E já foram feitas denúncias de que estas chamadas são feitas de dentro de prisões mexicanas.

Não existem estatísticas para este tipo de crime no país. Mas o governo, sim, coleta dados sobre sequestros relâmpagos e sequestros comuns: 105 mil destes ocorreram apenas no ano passado, segundo revelou há poucos dias o Instituto Nacional de Estatística e Geografia do México, o Inegi.

Com estes números, o México é o primeiro páis do mundo em número de sequestros, mesmo sem levar em conta os casos que não são denunciados.

Algumas organizações, como o Conselho Cidadão de Segurança Pública, afirmam que o número total de sequestros pode chegar ao dobro do número oficial.

Consequências
A divulgação do sequestro da banda Delorean nas redes sociais já teve consequências: o DJ espanhol John Talabot anunciou o cancelamento de sua turnê no México por motivos de segurança e se solidarizou com os músicos da banda indie.

Talabot faria uma apresentação no próximo domingo na Cidade do México e depois viajaria por várias cidades mexicanas.

Pouco depois do anúncio da liberação do grupo Delorean de seu falso sequestro (também chamado de ‘sequestro virtual’ no México), o Ministério do Interior mexicano informou o desmantelamento de uma gangue de sequestradores no Estado de Guerrero, da qual 13 integrantes eram policiais.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , ,

Calendário agrícola é alvo de críticas na Suíça por usar ‘falsos agricultores’

Um tradicional calendário que deveria trazer os mais belos agricultores da Suíça gerou críticas depois que foi revelado que os homens que aparecem na edição 2014 do calendário não são agricultores, mas modelos, e que alguns dos participantes nem sequer são suíços.

Seis dos “agricultores” que retratam os meses do calendário são, na verdade, modelos gregos. Além disso, suas fotos haviam sido tiradas inicialmente para uma campanha publicitária de uma marca de roupas íntimas.

Tradicional calendário foi alvo de críticas por trazer modelos, e não agricultores (Foto: Reprodução/bauernkalender.ch)Tradicional calendário foi alvo de críticas por trazer modelos, e não agricultores (Foto: Reprodução/bauernkalender.ch)Seis dos 'agricultores' que retratam os meses do calendário são, na verdade, modelos gregos (Foto: Reprodução/bauernkalender.ch)Seis dos ‘agricultores’ que retratam os meses do calendário são, na verdade, modelos gregos (Foto: Reprodução/bauernkalender.ch)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Sorteios falsos de iPhone viram motivo de piada no Facebook

Prática enganosa fez com que muitos usuários brasileiros criassem montagens divertidas. Supostos prêmios incluem celular antigo, sanduíches do Chaves e enxada

Os conhecidos sorteios falsos de iPhone no Facebook já viraram motivo de piada entre os usuários brasileiros da maior rede social do mundo.

Agora, ao descer pelo Feed de Notícias, é cada vez mais comum ver amigos(as) e páginas compartilhando divertidas montagens fazendo piada com a mesma linha de texto adotada pelos falsos sorteios de iPhone, iPad e aparelhos Android que aparecem com frequência no Facebook desde o ano passado.

sorteiochavespresuntofacebook01.jpg

Entre as sátiras que vimos na última semana, tem espaço para tudo: desde supostos de sorteios de enxadas até os famosos sanduíches de presunto do seriado “Chaves”. Como não poderia de ser, também há espaço para um celular bem antigo da Nokia, em oposição aos smartphones de última geração “oferecidos” nos sorteios falsos. Em todos os casos, o motivo para o sorteio é o mesmo: a falta da película protetora de plástico, motivo alegado em 11 de 10 sorteios falsos de iPhone e outros aparelhos.

Confira abaixo algumas das piadas feitas com esses sorteios falsos. Não deixe de apontar qual sua favorita, além de postar outras que não publicamos nessa reportagem.

sorteionokiafacebook02.jpg

sorteioenxadafacebook02.jpg

sorteiobananafacebook02.jpg

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Quase 85 mil usuários do Chrome foram infectados com games falsos do Angry Birds

Pesquisa de empresa de segurança revela que esses títulos não oficiais coletam dados dos usuários e também exibem propaganda adicional

Jogos falsos imitando títulos da série Angry Birds na loja web do Google Chrome podem seqüestrar seu navegador e exibir anúncios extras em sites. De acordo com a empresa de segurança Barracuda Networks, quase 85 mil usuários do Chrome já instalaram esses jogos falsos.

Os golpistas atacaram quando a Rovio lançou o Bad Piggies, novo título da franquia Angry Birds, em 27 de setembro. Disponível na App Store por 1 dólar para iPhone e 3 dólares para o iPad, e de graça no Google Play, o Piggies rapidamente se tornou um sucesso, alcançando os Top downloads. Mas ao contrário de títulos anteriores, a Rovio não está oferecendo uma versão oficial do jogo para browser.

A falta de uma versão online gratuita para Piggies Bad abriu espaço para outros tentarem capitalizar sobre o sucesso. Poucos dias depois do lançamento, Jason Ding, pesquisador da Barracuda Networks, encontrou sete versões gratuitas na loja do Google Chrome. Nenhum era oficial, mas usam os Piggies dentro do título ou descrições, tornando-os fáceis de encontrar com uma simples pesquisa.

A Google Chrome Web Store convida desenvolvedores a submeter gratuitamente aplicativos  ou plug-ins para o browser, depois de uma taxa inicial de 5 dólares. Qualquer pessoa com o navegador pode, então, instalar e usá-los, seja em um PC com Windows, Mac, ou mesmo Linux. Segundo Ding, as versões de terceiros dos jogos da Rovio pedem para “acessar os seus dados em todos os sites” e também exibir anúncios adicionais ao visitar sites como Yahoo, MSN, eBay ou iMDB.

Venda de dados
“Um código especial no plug-in verifica a página visitada e insere seu próprio anúncio do site playook.info”, explica Ding em seu blog. “Os autores do plug-in podem adquirir todos os dados quando os usuários navegam com o Chrome e depois vender endereços de e-mail e até informações de cartão de crédito.”

Sem saber dos perigos destes falsos games, mais de 83 mil usuários do Chrome instalaram estes plug-ins infectados, estima a pesquisa da Barracuda. “E o número total ainda está subindo rapidamente por dia”, diz. 

O conselho é desinstalar o plugin imediatamente e alterar sua senha em outros sites, se possível. Além disso, o pesquisador aconselha a considerar as permissões solicitadas por apps, como “acessar seus dados em todos os sites” com um olhar crítico, pois jogos não necessitam de tais permissões para funcionar corretamente.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , , ,

Aplicativos falsos da Apple na Google Play enganam usuários Android

Versões “alternativas” de aplicativos como iMovie e GarageBand foram disponbilizadas na loja Android por algumas horas no final de semana.

Os usuários da loja Google Play foram surpreendidos no final de semana ao verem aplicativos iOS conhecidos como GarageBand e iMovie disponibilizados para a plataforma Android.

Como esperado, esses apps não eram legítimos, e foram tirados das prateleiras virtuais em algumas horas. Não foram revelados quantos usuários Android foram enganados a pagar pelos software falsos – que estavam sendo vendidos por cerca de metade do preço das versões originais para iOS.

Apesar de a Apple ter sido creditada como criadores dos aplicativos falsos, obviamente que a “maçã” não teve nada a ver com isso. Mas os executivos da empresa de Cupertino devem estar com um sorriso discreto pelo ocorrido, já que destaca o controle de qualidade bem mais baixo adotado pelo Google para apps Android em comparação a App Store, da própria Apple.

iosgoogleplay01

Recentemente, a Google Play atingiu superou os 700 mil aplicativos e empatou com a rival App Store nesse quesito.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Aplicativos falsos da Apple na Google Play enganam usuários Android

Versões “alternativas” de aplicativos como iMovie e GarageBand foram disponbilizadas na loja Android por algumas horas no final de semana.

Os usuários da loja Google Play foram surpreendidos no final de semana ao verem aplicativos iOS conhecidos como GarageBand e iMovie disponibilizados para a plataforma Android.

Como esperado, esses apps não eram legítimos, e foram tirados das prateleiras virtuais em algumas horas. Não foram revelados quantos usuários Android foram enganados a pagar pelos software falsos – que estavam sendo vendidos por cerca de metade do preço das versões originais para iOS.

Apesar de a Apple ter sido creditada como criadores dos aplicativos falsos, obviamente que a “maçã” não teve nada a ver com isso. Mas os executivos da empresa de Cupertino devem estar com um sorriso discreto pelo ocorrido, já que destaca o controle de qualidade bem mais baixo adotado pelo Google para apps Android em comparação a App Store, da própria Apple.

iosgoogleplay01

Recentemente, a Google Play atingiu superou os 700 mil aplicativos e empatou com a rival App Store nesse quesito.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,