RSS

Arquivo da tag: falas

Além de Jota Quest, lista tem artistas com falas polêmicas em shows

Rogério Flausino se apresenta no Circuito Banco do Brasil em Salvador, no sábado (31) (Foto: Divulgação/Vitor Nomoto/Circuito BB)Jota Quest toca em Salvador, no sábado (31)
(Foto: Divulgação/Vitor Nomoto/Circuito BB)

A banda Jota Quest foi vaiada durante o show que fez em Salvador, no sábado (31). A reação da plateia aconteceu depois que o vocalista Rogério Flausino disse que os baianos poderiam ficar até tarde na “festa”. Ele brincou ao comentar que baiano “não trabalha” em qualquer dia da semana, não só domingo. Depois das vaias, ele se desculpou. Disse que precisava “discutir a relação” e se explicou, dizendo que é mineiro e sempre escuta piadas com queijo. “Eu queria que vocês me perdoassem. Eu amo isso aqui, venho sempre no carnaval. Estou sempre aqui e foi só uma brincadeira”, disse.

Assim como o Jota Quest, outros artistas brasileiros já causaram polêmica com declarações durante shows. Veja abaixo lista com os casos mais recentes:

Gusttavo Lima durante show em Iperó (SP) (Foto: Thiago Nicolau / Novo Agito)Gusttavo Lima durante show em Iperó (SP)
(Foto: Thiago Nicolau / Novo Agito)

Gusttavo lima

O sertanejo Gusttavo Lima fez desabafo durante um show em março deste ano, dizendo que a apresentação poderia ser a última de sua carreira. No palco, diante do público, ele discursou: “São 14 anos de carreira, dez cantando em barzinho. Tô pensando seriamente… Talvez este seja um dos últimos shows que eu vou fazer na minha vida. Eu já não aguento mais, eu já não suporto mais.” Relembre o caso.

Vocalista Chorão (à direita) dá bronca em baixista Champignon durante show do Charlie Brown Jr. neste sábado (8) (Foto: Reprodução/YouTube)Vocalista Chorão (à direita) dá bronca em baixista
Champignon durante show do Charlie Brown
(Foto: Reprodução/YouTube)

Chorão

O vocalista do Charlie Brown Jr., Chorão, fez longo discurso contra Champignon, baixista do grupo, em show Apucarana (PR) em novembro de 2012. Após cerca de 4 minutos de acusações do líder da banda, o baixista deixou o palco. O vídeo foi registrado por uma pessoa presente na apresentação e postado no mesmo dia no YouTube. Chorão, que morreu em 2013, dirige-se ao companheiro de banda e afirma que Champignon deveria “ficar muito grato” por ter sido aceito de volta à banda, da qual se desligou em 2005, para retornar no ano passado. “Você não tem nem coragem de falar a verdade”, prossegue o cantor, referindo-se a uma suposta acusação de que teria “roubado” o grupo. Em seguida, ele questiona um outro músico, Marcão: “Eu roubei alguém nessa porra dessa banda?”. A resposta é negativa. Relembre o caso.

Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas, durante show em Boa Vista (Foto: Rodrigo Menaros/G1)Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas
(Foto: Rodrigo Menaros/G1)

Tico Santa Cruz

O vocalista do Detonautas Roque Clube se irritou durante um show da banda em agosto deste ano, em evento do Diretório Central de Estudantes (DCE) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Em vídeo divulgado na internet, Tico Santa Cruz se demonstra insatisfeito com a qualidade dos equipamentos de som e interrompe a apresentação. “Este PA serviria no máximo para 1,5 mil pessoas, e tem mais de 10 mil pessoas aqui. Então, eu agradeço a vocês que estão aqui na frente. E, a vocês que estão aí detrás, eu peço mil desculpas por não conseguirmos atingi-los aí com nosso som. Mas, faremos o esforço máximo para que esta noite seja inesquecível e divertida”. A sigla PA, em inglês, Public Audition, é usada para se referir ao som que alcança o público em shows e eventos. Relembre o caso.

Rita Lee faz show em Barra dos Coqueiros (SE) (Foto: Reprodução/ TV Sergipe)Rita Lee faz show em Barra dos Coqueiros (SE)
(Foto: Reprodução/ TV Sergipe)

Rita Lee

Momentos após show em janeiro de 2012, em Sergipe, a cantoria Rita Lee afirmou pelo Twitter que foi detida pela Polícia Militar por causa do que havia dito durante sua apresentação. Ela foi uma das três atrações da noite do sábado (28) do Festival Verão Sergipe, e cantava na praia Atalaia Nova, no município de Barra dos Coqueiros, próximo à capital Aracaju. “Polícia dando trabalho p/ mim, quer me prender, embasamento legal ñ há, ñ retiro uma palavra do q disse, o show era meu! [sic]”, afirmou Rita Lee em seu perfil. A cantora foi detida porque teria xingado policiais que faziam a segurança no local de “cachorros” e “filhos da puta”, segundo testemunhas. Relembre o caso.

Joelma, da banda Calypso (Foto: Flávio Alves / G1)Joelma, da banda Calypso (Foto: Flávio Alves/G1)

Joelma

Um desabafo da cantora Joelma, da banda Calypso, sobre a vontade de seguir carreira gospel, feito em junho deste ano, no São João da Capitá, no Recife, gerou um mal-entendido nas redes sociais. Algumas pessoas divulgaram em seus perfis que a artista havia anunciado o fim do grupo. Não era verdade, ela apenas havia comentado sobre desejo de lançar disco gospel, em dar fim à banda. Relembre o caso.

'Lavei a alma aqui', disse Luciano (Foto: Joka Madruga/G1)Luciano canta em Curitiba (Foto: Joka Madruga/G1)

Luciano

Uma briga momentos antes de um show em Curitiba (PR) abalou Zezé di Camargo e Luciano em novembro de 2011. Luciano chegou a anunciar o término da dupla, mas assessoria dos cantores negou o fim da parceria, em seguida. No Teatro Guaíra lotado, o público que esperava ver a dupla foi surpreendida: apenas Zezé cantou e disse que Luciano foi embora. Meia hora depois, Luciano apareceu: “Não era para eu estar aqui agora. Até o final do ano vou cumprir todos os meus compromissos. Mas o ano que vem o meu irmão vai continuar a carreira sozinho, e vocês vão ser com certeza a segunda voz que ele sempre mereceu e que merece para o resto da vida. Valeu de coração e obrigado”. Relembre o caso.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Música

 

Tags: , , , , ,

Além de Jota Quest, lista tem artistas com falas polêmicas em shows

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Rogério Flausino se apresenta no Circuito Banco do Brasil em Salvador, no sábado (31) (Foto: Divulgação/Vitor Nomoto/Circuito BB)Jota Quest toca em Salvador, no sábado (31)
(Foto: Divulgação/Vitor Nomoto/Circuito BB)

A banda Jota Quest foi vaiada durante o show que fez em Salvador, no sábado (31). A reação da plateia aconteceu depois que o vocalista Rogério Flausino disse que os baianos poderiam ficar até tarde na “festa”. Ele brincou ao comentar que baiano “não trabalha” em qualquer dia da semana, não só domingo. Depois das vaias, ele se desculpou. Disse que precisava “discutir a relação” e se explicou, dizendo que é mineiro e sempre escuta piadas com queijo. “Eu queria que vocês me perdoassem. Eu amo isso aqui, venho sempre no carnaval. Estou sempre aqui e foi só uma brincadeira”, disse.

Assim como o Jota Quest, outros artistas brasileiros já causaram polêmica com declarações durante shows. Veja abaixo lista com os casos mais recentes:

Gusttavo Lima durante show em Iperó (SP) (Foto: Thiago Nicolau / Novo Agito)Gusttavo Lima durante show em Iperó (SP)
(Foto: Thiago Nicolau / Novo Agito)

Gusttavo lima

O sertanejo Gusttavo Lima fez desabafo durante um show em março deste ano, dizendo que a apresentação poderia ser a última de sua carreira. No palco, diante do público, ele discursou: “São 14 anos de carreira, dez cantando em barzinho. Tô pensando seriamente… Talvez este seja um dos últimos shows que eu vou fazer na minha vida. Eu já não aguento mais, eu já não suporto mais.” Relembre o caso.

Vocalista Chorão (à direita) dá bronca em baixista Champignon durante show do Charlie Brown Jr. neste sábado (8) (Foto: Reprodução/YouTube)Vocalista Chorão (à direita) dá bronca em baixista
Champignon durante show do Charlie Brown
(Foto: Reprodução/YouTube)

Chorão

O vocalista do Charlie Brown Jr., Chorão, fez longo discurso contra Champignon, baixista do grupo, em show Apucarana (PR) em novembro de 2012. Após cerca de 4 minutos de acusações do líder da banda, o baixista deixou o palco. O vídeo foi registrado por uma pessoa presente na apresentação e postado no mesmo dia no YouTube. Chorão, que morreu em 2013, dirige-se ao companheiro de banda e afirma que Champignon deveria “ficar muito grato” por ter sido aceito de volta à banda, da qual se desligou em 2005, para retornar no ano passado. “Você não tem nem coragem de falar a verdade”, prossegue o cantor, referindo-se a uma suposta acusação de que teria “roubado” o grupo. Em seguida, ele questiona um outro músico, Marcão: “Eu roubei alguém nessa porra dessa banda?”. A resposta é negativa. Relembre o caso.

Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas, durante show em Boa Vista (Foto: Rodrigo Menaros/G1)Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas
(Foto: Rodrigo Menaros/G1)

Tico Santa Cruz

O vocalista do Detonautas Roque Clube se irritou durante um show da banda em agosto deste ano, em evento do Diretório Central de Estudantes (DCE) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Em vídeo divulgado na internet, Tico Santa Cruz se demonstra insatisfeito com a qualidade dos equipamentos de som e interrompe a apresentação. “Este PA serviria no máximo para 1,5 mil pessoas, e tem mais de 10 mil pessoas aqui. Então, eu agradeço a vocês que estão aqui na frente. E, a vocês que estão aí detrás, eu peço mil desculpas por não conseguirmos atingi-los aí com nosso som. Mas, faremos o esforço máximo para que esta noite seja inesquecível e divertida”. A sigla PA, em inglês, Public Audition, é usada para se referir ao som que alcança o público em shows e eventos. Relembre o caso.

Rita Lee faz show em Barra dos Coqueiros (SE) (Foto: Reprodução/ TV Sergipe)Rita Lee faz show em Barra dos Coqueiros (SE)
(Foto: Reprodução/ TV Sergipe)

Rita Lee

Momentos após show em janeiro de 2012, em Sergipe, a cantoria Rita Lee afirmou pelo Twitter que foi detida pela Polícia Militar por causa do que havia dito durante sua apresentação. Ela foi uma das três atrações da noite do sábado (28) do Festival Verão Sergipe, e cantava na praia Atalaia Nova, no município de Barra dos Coqueiros, próximo à capital Aracaju. “Polícia dando trabalho p/ mim, quer me prender, embasamento legal ñ há, ñ retiro uma palavra do q disse, o show era meu! [sic]”, afirmou Rita Lee em seu perfil. A cantora foi detida porque teria xingado policiais que faziam a segurança no local de “cachorros” e “filhos da puta”, segundo testemunhas. Relembre o caso.

Joelma, da banda Calypso (Foto: Flávio Alves / G1)Joelma, da banda Calypso (Foto: Flávio Alves/G1)

Joelma

Um desabafo da cantora Joelma, da banda Calypso, sobre a vontade de seguir carreira gospel, feito em junho deste ano, no São João da Capitá, no Recife, gerou um mal-entendido nas redes sociais. Algumas pessoas divulgaram em seus perfis que a artista havia anunciado o fim do grupo. Não era verdade, ela apenas havia comentado sobre desejo de lançar disco gospel, em dar fim à banda. Relembre o caso.

'Lavei a alma aqui', disse Luciano (Foto: Joka Madruga/G1)Luciano canta em Curitiba (Foto: Joka Madruga/G1)

Luciano

Uma briga momentos antes de um show em Curitiba (PR) abalou Zezé di Camargo e Luciano em novembro de 2011. Luciano chegou a anunciar o término da dupla, mas assessoria dos cantores negou o fim da parceria, em seguida. No Teatro Guaíra lotado, o público que esperava ver a dupla foi surpreendida: apenas Zezé cantou e disse que Luciano foi embora. Meia hora depois, Luciano apareceu: “Não era para eu estar aqui agora. Até o final do ano vou cumprir todos os meus compromissos. Mas o ano que vem o meu irmão vai continuar a carreira sozinho, e vocês vão ser com certeza a segunda voz que ele sempre mereceu e que merece para o resto da vida. Valeu de coração e obrigado”. Relembre o caso.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de setembro de 2013 em Música

 

Tags: , , , , ,