RSS

Arquivo da tag: explorar

Vice-premiê russo diz que país pode explorar Estação Espacial até 2020

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A Rússia não tem a intenção de estender a exploração da Estação Espacial Internacional para além de 2020, como desejado pelos americanos, indicou nesta terça-feira (13) o vice-primeiro-ministro russo, Dmitry Rogozin, conhecido por sua retórica anti-ocidental.

“Nossas previsões indicam que teremos a necessidade da ISS até 2020”, declarou Rogozin, encarregado do setor espacial no governo, citado pela agência de notícias Interfax. “Depois de 2020, gostaríamos de redirecionar esses recursos financeiros para projetos espaciais com mais futuro”, disse ele.

“Os nossos colegas americanos manifestaram interesse em estender os trabalhos da ISS até 2024, mas a Agência Espacial Federal e o Fundo de Pesquisas estão prontos para fazer algumas novas propostas estratégicas relacionadas ao desenvolvimento da indústria espacial russa após 2020”, explicou.

Em janeiro, a agência espacial americana (Nasa) anunciou a extensão da vida útil da ISS, um laboratório espacial colocado em órbita em 1998, que custou no total US$ 100 bilhões, até 2024. Mas, enquanto “o segmento russo pode existir independentemente do americano, o dos Estados Unidos não pode operar de forma independente da Rússia”, ressaltou Rogozin.

As espaçonaves russas Soyuz são, desde o fim das operações com as naves espaciais americanas, a única maneira de transportar e repatriar tripulação da ISS.

Dmitry Rogozin está entre as autoridades russas que sofreram sanções da União Europeia pela crise ucraniana. Ele alertou no final de abril que os Estados Unidos estão “expondo” seus astronautas na ISS ao adotarem sanções contra Moscou que podem afetar a indústria espacial russa.

O engenheiro de voo e astronauta da Nasa Joe Acaba, que está a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), registra a aurora austral, ou 'luzes do Sul', a mais de 380 km da Terra. (Foto: AP/Joe Acaba/Nasa)Parte da Estação Espacial Internacional fotografada por astronauta. Ao fundo, a aurora boreal (Foto: AP/Joe Acaba/Nasa)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Empresa controlada por Abu Dhabi quer explorar satélites no Brasil

A Agência Nacional das Telecomunicações (Anatel) recebeu nesta terça-feira (29) as propostas de sete empresas interessadas em participar do leilão de posições orbitais, para serem ocupadas com satélites destinados a atuar com serviços de telecomunicações. Os envelopes serão abertos na próxima terça (6).

Ainda sem presença no Brasil, a Star Satellite é a surpresa da lista. A companhia é uma subsidiária da Yah Satellite Comunications Company (Yahsat), uma empresa controlada pelo Mubadala, um fundo de investimento do governo de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes , que fica no Oriente Médio. Apesar de não orbitar sobre o Brasil, a Yahsat é dona de satélites que conectam 140 países no Oriente Médio, África, Europa e sudoeste asiático.

As outras companhias que participam do leilão são a Eutelsat do Brasil, Hispamar Satélites, SES DTH, Star One, Telesat Brasil e Inmarsat. Todas, exceto a britânica Inmarsat, possuem alguma posição orbital no Brasil.

No pleito, serão leiloadas até quatro posições orbitais para satélites geoestacionários (que permanecem “parados” sobre um ponto fixo sobre a Terra). Com lance mínimo de R$ 12,2 milhões, vence quem oferecer valor maior.

Um única companhia poderá arrematar até duas posições, que serão exploradas por 15 anos, período que poderá ser prorrogado apenas uma única vez por igual tempo.

Se repetir o roteiro do último, este leilão promete ser disputado. Em 2011, nove companhias participaram de um pleito que registrou grande ágio. Também quatro posições orbitais foram colocadas à disposição, ao lance mínimo de R$ 3,9 milhões cada uma. O valor arrecadado foi superior a R$ 250 milhões.

A licitação seguirá os modelos já adotados nas últimas edições, em 1998, 1999, 2001, 2006 e 2011. Os vencedores poderão escolher uma entre 16 posições orbitais, nas bandas C, Ku e Ka.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Anatel marca para maio leilão que dá direito de explorar satélites no país

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) confirmou para 6 de maio o leilão de direito de uso de satélites sobre o Brasil. A sessão está marcada para começar às 10h na sede da agência, em Brasília. As informações constam do edital publicado na edição desta segunda-feira (24) do Diário Oficial da União.

Uma mesma empresa poderá arrematar até duas posições orbitais

Serão leiloadas até quatro posições orbitais para satélites geoestacionários (que ficam “estacionados”), que serão usadas no transporte de sinais de telecomunicações. O lance mínimo para cada uma dessas posições é de R$ 12,2 milhões. Vence a disputa quem oferecer o maior valor.

Uma mesma empresa poderá arrematar até duas posições orbitais. Empresas que já exploram satélites geoestacionários sobre o país também podem participar do leilão. A vitória dá direito de uso da posição por 15 anos, prazo que pode ser prorrogado uma única vez por igual período.

As empresas interessadas devem entregar os envelopes com as propostas no dia 29 de abril, às 10h, na sede da Anatel, em Brasília.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Sepultura vai ‘explorar voz grave’ de Zé Ramalho em show no Rock in Rio

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Zé Ramalho e Sepultura se apresentam juntos no dia 22 de setembro no Palco Sunset (Foto: Isabela Marinho/ G1)Zé Ramalho e Sepultura tocam juntos no dia 22 de setembro no Palco Sunset (Foto: Isabela Marinho/ G1)

Além de poder ver o repeteco do dueto do Sepultura com o Tambores du Bronx, sucesso na edição de 2011 do Rock in Rio, os fãs da banda de heavy metal terão dose dupla na edição 2013 do festival. Já se sabe que essa parceria deu certo. Mas o que dizer do dueto inusitado de Sepultura e Zé Ramalho? Provavelmente vai funcionar. A banda de metal e o cantor paraibano já se juntaram para gravar “Dança das Borboletas” – composição de Zé Ramalho e Alceu Valença – para o filme “Lisbela e o Prisioneiro” e em vídeo para a TV Globo, esta será a primeira performance ao vivo. Faltando um mês para o show que encerra a programação do Palco Sunset no Rock in Rio, os artistas adiantaram um pouco do repertório em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira (22) na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

'Danças das Borboletas' estará no repertório do show (Foto: Isabela Marinho/ G1)‘Danças das Borboletas’ estará no repertório do
show (Foto: Isabela Marinho/ G1)

O repertório inclui, além de “Dança das Borboletas”, “Jardim das Acácias” e “Admirável Gado Novo” de Zé Ramalho, que ganharão novos arranjos. “A gente está explorando e quer fazer uma coisa nova com a voz grave do Zé Ramalho”, disse o guitarrista Andreas Kisser, acrescentando que a insólita junção se dá pela atitude de ambas as partes. “Tecnicamente cada um tem suas diferenças, mas quando você se expressa honestamente através da arte não existe estilo. A gente se conectou por isso e temos o privilégio de fazer a música do Zé Ramalho de maneira diferente”, concluiu.

O cantor, que aceitou o desafio de usar sua voz potente em “Ratamahatta” do Sepultura, disse estar entusiasmado por participar “de um festival do porte do Rock in Rio aos 60 anos e ao lado de uma banda poderosa como o Sepultura, que já tocou nos quatro cantos do mundo inteiro”. Zé, presente na edição do Rock in Rio em 2001, contou ainda que a participação lhe rendeu prestígio em casa. “Agora meus quatro filhos homens passaram a me respeitar  muito depois que souberam que eu ia tocar com o Sepultura. Agora eles me olham diferente”, acrescentando que embora a tarefa pareça simples e fácil, a apresentação é uma grande responsabilidade e que é preciso oferecer o máximo para a plateia do Rock in Rio.

Zé Ramalho disse a Derrick Green que seus filhos irão tietá-lo (Foto: Isabela Marinho/ G1)Zé Ramalho disse a Derrick Green que seus filhos irão tietá-lo (Foto: Isabela Marinho/ G1)Agora meus quatro filhos  passaram a me respeitar muito depois que souberam que eu ia tocar com o Sepultura”

Zé Ramalho deixou claro que, mesmo que o seu som seja conhecido pela característica regional, foi arrastado para a música por causa do rock. “Eu era jovem e ouvi no rádio uma música dos Beatles e aquilo me deu uma agonia, uma vontade de tocar um instrumento. Depois é que consegui juntar a música trazida da minha região com essa eletrificada. Raul Seixas já falava que Gonzagão e Elvis Presley eram próximos”, disse. A paixão pela guitarra fez com que convidasse Sérgio Dias Baptista e Pepeu Gomes para gravar “Dança das Borboletas” em ocasiões diferentes. Após a coletiva, ele brincou com Derrick Green que no dia do show seus filhos vão “tietar” o vocalista do Sepultura.

Quanto a possíveis críticas do público de heavy metal à junção com o cantor paraibano, Kisser não se preocupa. “Nosso fã está sempre esperando o inesperado da banda. Cada um tem um gosto, uma liberdade de expressão e a gente respeita isso. A gente aprende a conviver com as críticas e cresce através delas”.

Diretor artístico do Palco Sunset, o músico Zé Ricardo falou do desafio de superar o sucesso da apresentação do Sepultura com Tambores du Bronx e que acredita que a junção do heavy metal com Zé Ramalho seja uma boa aposta.  “A gente vem da participação do Sepultura em 2011 no Sunset grandiosa, que arrebatou o Rock in Rio. Fiquei na expectativa do que teria nesta edição para ter esse arrebatamento. Quando falamos no nome do Zé eu fiquei aliviado. De cara identifica essa junção pela atitude dos dois. O público do Sepultura é exigente, que conhece música, que estuda, que sabe quem é o baterista, o guitarrista, a ‘batera’ que ele usou para gravar a música tal”.

Vocalista Derrick Green agitou o público roqueiro (Foto: Alexandre Durão/G1)Derrick Green agitou o público roqueiro na edição de 2011 do Rock in Rio (Foto: Alexandre Durão/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de agosto de 2013 em Música

 

Tags: , , ,

Dell fornece servidores para Nasa explorar o planeta Marte

Para o projeto foram utilizados os equipamentos Dell Power Edge, agrupados em dois clusters de computação de alto desempenho

A Dell acaba de contribuir com a NASA (agência espacial dos EUA) em sua mais recente missão para explorar o planeta Marte. Para isso, foi utilizado um robô batizado de “Curiosity”, que pousou ontem (6/8) em território marciano.

A empresa é a fornecedora dos servidores encarregados de analisar os dados responsáveis por garantir o pouso do equipamento – não tripulado – no “Planeta Vermelho”. A intenção era assegurar essa parte essencial da missão, considerada a maior do gênero. Por meio do conglomerado de sistemas Dell, os pesquisadores puderam calcular, testar e validar os procedimentos necessários para o pouso do robô em Marte. 

Para o projeto foram utilizados servidores Dell Power Edge, agrupados em dois clusters de HPC (High Performance Computing), ou seja, de computação de alto desempenho. Os aparelhos foram monitorados pelo laboratório de lançamentos da NASA, situado na cidade de Pasadena, na Califórnia.

Com as informações colhidas pelo Curiosity, os pesquisadores planejam estudar evidências de água em Marte, bem como fazer uma investigação para descobrir se o planeta já apresentou condições favoráveis à vida. Mais informações podem ser encontradas em um post de blog da Dell.

Especial - IT Leaders 2011

O ITBOARD materializa a nova plataforma de conversas do Século XXI. Concentra o diálogo sobre tecnologia e inovação movido a tweets de quem está imerso nesses assuntos. ENTRE NA CONVERSA

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Dell fornece servidores para Nasa explorar o planeta Marte

Para o projeto foram utilizados os equipamentos Dell Power Edge, agrupados em dois clusters de computação de alto desempenho

A Dell acaba de contribuir com a NASA (agência espacial dos EUA) em sua mais recente missão para explorar o planeta Marte. Para isso, foi utilizado um robô batizado de “Curiosity”, que pousou ontem (6/8) em território marciano.

A empresa é a fornecedora dos servidores encarregados de analisar os dados responsáveis por garantir o pouso do equipamento – não tripulado – no “Planeta Vermelho”. A intenção era assegurar essa parte essencial da missão, considerada a maior do gênero. Por meio do conglomerado de sistemas Dell, os pesquisadores puderam calcular, testar e validar os procedimentos necessários para o pouso do robô em Marte. 

Para o projeto foram utilizados servidores Dell Power Edge, agrupados em dois clusters de HPC (High Performance Computing), ou seja, de computação de alto desempenho. Os aparelhos foram monitorados pelo laboratório de lançamentos da NASA, situado na cidade de Pasadena, na Califórnia.

Com as informações colhidas pelo Curiosity, os pesquisadores planejam estudar evidências de água em Marte, bem como fazer uma investigação para descobrir se o planeta já apresentou condições favoráveis à vida. Mais informações podem ser encontradas em um post de blog da Dell.

Especial - IT Leaders 2011

O ITBOARD materializa a nova plataforma de conversas do Século XXI. Concentra o diálogo sobre tecnologia e inovação movido a tweets de quem está imerso nesses assuntos. ENTRE NA CONVERSA

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

ForeSee abre escritório no Brasil para explorar mercado de internet

Empresa vai fornecer serviço em nuvem para medição e análise da satisfação dos internautas para sites de e-commerce, bancos e governos, entre outros.

O mercado brasileiro de marketing online ganha um novo serviço para medir e analisar a satisfação dos internautas que passam pelos sites. É a solução da ForeSee, companhia norte-americana, que acaba de anunciar entrada no País. A empresa inaugurou um escritório no Brasil e sua operação será comandada pela executiva Silvia Miraldo.

A ForeSee vai atuar no País por meio de um sócio local, que é a J3M Holding, criada por investidores brasileiros para apoiar a entrada de empresas internacionais de TI no País. Essa é a terceira companhia controlada pelo grupo de investidores.

As outras duas são a também norte-americana Embarcadero Technologies, dona da ferramenta de desenvolvimento Delphi, que abriu escritório aqui no ano passado; e a Engine, provedora nacional de sistema de gestão empresarial (ERP) da SAP em nuvem, que estreou operação no começo de 2012.

Durante visita a São Paulo, o CEO da ForeSee, Larry Freed, considerou o Brasil importante na estratégia de expansão da companhia. Ele destacou que a economia local é crescente e que a internet brasileira está avançando muito rápido, levando muitos serviços e negócios para o mundo digital, principalmente agora com a computação na nuvem.

O executivo deu como exemplo de quanto o mercado brasileiro está aquecido pela chegada da gigante norte-americana Amazon, que se lançou no País com ofertas de cloud computing e planeja abertura das operações de e-commerce. “O Brasil oferece muitas oportunidades de negócios”, entusiasma-se.

Segundo dados do Ibope-Nielsen, mais de 77,8 milhões de brasileiros navegam na web. Freed acredita que as organizações terão de acompanhar mais de perto o comportamento e avaliar a satisfação dos internautas que fazem compras eletrônicas e acessam serviços online.

“É importante que os clientes que passam pelo site tenham uma boa experiência para que retornem, ainda mais agora com as redes sociais”, ressata o executivo, que se especializou em analisar a satisfação de consumidores de e-commerce e é autor do livro “Managing Foward: How to Move From Measuring the Past To Managing the Future.  

Sediada no estado de Michigan, a ForeSee fornece um serviço na nuvem que faz a medição e análise da experiência dos internautas para apoiar nas iniciativas de marketing online. Esse trabalho é realizado com base na metodologia do American Customer Satisfation Index (CSI), criada pela companhia para medir o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos.

Com essa técnica, a empresa atende além, de 200 sites do governo americano, clientes como Citbank, Nestlé, Procter&Gamble, Microsoft e Adidas.  Segundo Freed, essas companhias usam a solução da ForeSee para analisar a satisfação dos clientes que passam pelos seus sites e saber que medidas para melhorar a navegação, inclusive pelos dispositivos móveis. 

A solução da ForeSee gera uma pesquisa exibida nos portais, pedindo para que os consumidores avaliem o serviço online. Os dados são analisados e comparados com as melhores práticas para sinalizar para as empresas que mudanças devem ser feitas.

Alvo da empresa no Brasil

Silvia Miraldo, diretora executiva da ForeSee no Brasil, observa que muitos consumidores, que acessam sites de e-commerce têm intenção de comprar, mas não fecham o negócio por dificuldades em navegar pelas lojas online. Ela constata que, às vezes, eles não conseguem achar o preço do produto, que é item básico, mas que nem sempre apresentado com clareza.

A executiva menciona que muitos clientes de seguradoras,  por exemplo, ligam para o call center em busca de informações que poderiam estar no site, que é um serviço que custa menos para a empresa do que o atendimento humano.

“Existe um abismo entre empresa e cliente”, afirma Silvia que espera que as pesquisas de satisfação sinalizem como as companhias podem aprimorar as operações online para gerar melhores experiências.

O alvo da ForeSee no Brasil são site de governo eletrônico, instituições financeiras, ecommerce e portais de conteúdo. Seu primeiro cliente conquistado no País é o portal de notícias Gizmod.

Segundo Silvia, a empresa contratou o serviço da companhia para medir a satisfação dos leitores e também direcionar as campanhas de marketing e publicidade.  A ForeSee não revelou investimentos para o Brasil com a nova operação, nem expectativa de retorno da operação no País.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Atos e Huawei vão explorar outsourcing em telecom

AppId is over the quota
Objetivo da parceria é unir soluções das duas empresas para ajudar teles a melhorar serviços e infraestrutura de TI.

A prestadora de serviços de TI Atos e a fabricante chinesa Huawei anunciam uma parceria para atender o crescente mercado mundial de telecomunicações e operadoras que operam em nível mundial.

Juntas, as empresas oferecem soluções e serviços para operadores que necessitam melhorar ou substituir o seu legado de TI ou fazer investimentos em uma rede móvel virtual de habilitação plataforma para os seus negócios de atacado.

Com a união, as empresas informam que seus clientes  terão acesso às mais recentes tecnologias que contém novos e inovadores serviços e os beneficiará reduzindo custos operacionais.

Especial - IT Leaders 2011

O ITBOARD materializa a nova plataforma de conversas do Século XXI. Concentra o diálogo sobre tecnologia e inovação movido a tweets de quem está imerso nesses assuntos. ENTRE NA CONVERSA

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de junho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Totvs e Itautec se unem para explorar mercado de farmácia

AppId is over the quota
Empresas empacotaram soluções das duas marcas para gestão integradas desse tipo de negócio.

A Totvs fechou uma parceria com a Itautec para oferecer ao mercado um pacote completo para gestão de farmácias e drogarias. O produto reúne solução das duas companhias para gerenciamento de loja de forma centralizada, com controle de todas as práticas e de acordo com a legislação que rege o setor.

Integram ao pacote o sistema de gestão empresarial da Totvs e a solução de frente de loja Itautec, o SIAC Store. O produto contempla funcionalidades específicas para farmácias e drogarias, com destaque para a identificação de genéricos, a identificação de medicamentos com receitas, CRM, PBMs (Pharmacy Benefit Management) e ferramentas para a gestão de toda a empresa, como BI, ECM/BPM, Sped, compras e suprimentos, distribuição, estoque e custos, financeiro, fiscal e RH.
A nova solução agrega também o Scope, sistema responsável pelo gerenciamento do processo de transferência eletrônica de fundos (TEF), desenvolvido pela Itautec para efetuar pagamento. Segundo as empresas, o sistema é aderente às especificações e normas de segurança das principais operadoras de cartão de crédito do mercado.

A Totvs e a Itautec fornecem, além do software, infraestrutura, treinamento, suporte e implantação, em todo o território nacional.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,