RSS

Arquivo da tag: Exguerrilheiro

Tribunal confirma vitória de ex-guerrilheiro em El Salvador

O ex-guerrilheiro e candidato de esquerda Salvador Sánchez Cerén venceu a eleição presidencial de El Salvador, segundo a apuração final do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE), após quatro dias de confusão por denúncias de fraude da direita.

Sánchez Cerén, da governante Frente Farabundo Martí para a Libertação Nacional (FMLN), recebeu 50,11% dos votos (1.495.815) e Norman Quijano, da Aliança Republicana Nacionalista (Arena), 49,89% (1.489.451), segundo a recontagem das atas eleitorais, anunciou o presidente do TSE, Eugenio Chicas.

No domingo, a apuração preliminar mostrava o mesmo resultado, mas Quijano protestou e exigiu a contagem “voto a voto”. O candidato de direita também pediu a anulação do processo por considerar que aconteceu “fraude”.

“O povo unido jamais será vencido” e “Salvador, presidente”, gritavam os militantes da FMLN diante do hotel da capital do país no qual o TSE instalou o centro de operações.

Sánchez Cerén, de 69 anos e atual vice-presidente do primeiro governo de esquerda de El Salvador, presidido desde 2009 por Mauricio Funes, venceu o primeiro turno de 2 de fevereiro com 48,9% dos votos, contra 38,9% de Quijano, o que exigiu um segundo turno.

Candidato presidencial Salvador Sanchez Ceren e sua esposa Margarita Villalta durante a votação no domingo (2) (Foto: Jose Cabezas/ AFP)Candidato presidencial Salvador Sanchez Ceren e sua esposa Margarita Villalta durante a votação no domingo (2) (Foto: Jose Cabezas/ AFP)

Ele será o primeiro ex-guerrilheiro a assumir a presidência de El Salvador e o quarto na América Latina, depois do nicaraguense Daniel Ortega, do uruguaio José Mujica e da brasileira Dilma Rousseff.

O futuro presidente assumirá o cargo em 1º de junho em um país abalado pela violência, pela pobreza que afeta 40,7% dos 6,2 milhões de habitantes com uma economia que cresceu apenas 1,9% em 2013.

Após o anúncio do TSE, os partidos políticos tem três dias para apresentar recursos. A proclamação oficial do vencedor deve acontecer na próxima semana.

O TSE também deve decidir sobre um recurso de nulidade da eleição, mas declarou “improcedentes” outros dois sobre a contagem “voto por voto”, porque o número de cédulas impugnadas não superava a diferença entre os dois candidatos e não alterava o resultado da apuração preliminar.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Ex-guerrilheiro anuncia vitória em El Salvador; direita denuncia fraude

O ex-guerrilheiro Salvador Sánchez Cerén reivindicou vitória no domingo (9) na eleição presidencial de El Salvador, com vantagem mínima sobre o candidato de direita Norman Quijano, que denunciou uma “fraude”, enquanto o tribunal eleitoral não declarou um vencedor.

Sánchez Cerén, do partido governante Frente Farabundo Martí para a Libertação Nacional (FMLN), obteve 50,11% dos votos, contra 49,89% de Quijano, da opositora Aliança Republicana Nacionalista (Arena), segundo a apuração de 100% das urnas, um resultado surpreendente, já que as pesquisas apontavam o amplo favoritismo da esquerda.

Candidato presidencial Salvador Sanchez Ceren e sua esposa Margarita Villalta durante a votação no domingo (2) (Foto: Jose Cabezas/ AFP)Candidato presidencial Salvador Sanchez Ceren e sua esposa Margarita Villalta durante a votação no domingo (2) (Foto: Jose Cabezas/ AFP)

“Vencemos no primeiro turno e agora voltamos a triunfar no segundo turno. Temos que fazer com que em El Salvador se respeite a vontade do povo”, afirmou Sánchez Cerén, atual vice-presidente de 69 anos.

Mais cedo, Quijano, prefeito da capital de 67 anos, se declarou “em pé de guerra” para defender, “se necessário com a vida”, o que considera sua vitória.

“Não vamos permitir fraudes ao estilo chavista ou (Nicolás) Maduro como na Venezuela. Aqui estamos em El Salvador”, disse Quijano, que denunciou uma fraude.

Diante da margem de diferença, de apenas 6.634 votos, o Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) pediu para que todos aguardem a contagem manual das atas, que começará nesta segunda-feira e pode durar três dias.

Ao mesmo tempo, o presidente do TSE, Eugenio Chicas, defendeu o processo de apuração.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,