RSS

Arquivo da tag: espera

Apple espera que cofundador da Beats ajude com mercado musical

Jimmy Iovine, cofundador da Beats, Tim Cook, presidente-executivo da Apple, o rapper Dr. Dre e também cofundador da Beats e Eddy Cue, vice-presidente de software da Apple. (Foto: Divulgação/Business Wire)Jimmy Iovine, cofundador da Beats, Tim Cook,
presidente-executivo da Apple, o rapper Dr. Dre e
Eddy Cue, vice-presidente de software da Apple
(Foto: Divulgação/Business Wire)

A mais nova grande contratação da Apple não tem certeza se seu cargo tem nome e não se comprometerá a trabalhar em tempo integral na sede da empresa, mas a fabricante do iPhone aposta no cofundador da Beats, Jimmy Iovine, para guiá-la num dinâmico mercado de música.

O veterano da indústria fonográfica se junta à Apple como parte da aquisição de US$ 3 bilhões da fabricante de equipamentos de áudio e transmissão de música Beats. E o “ouvido” de Iovine para música e sua experiência na indústria do entretenimento são valiosas para a Apple, disse o vice-presidente de softwares e serviços para Internet, Eddy Cue, na quarta-feira (28).

“A música está morrendo do modo como a conhecemos. Ela não tem crescido da maneira que todos queremos que ela cresça”, disse Cue, ao lado de Iovine, numa conferência de tecnologia no sul da Califórnia.

Junto ao rapper e cofundador da Beats, Dr. Dre, Iovine chega à Apple num momento em que serviços de streaming de música como Pandora e Spotify estão ganhando popularidade. A expectativa é de que os serviços de transmissão eventualmente ofusquem os downloads de músicas oferecidos pelo iTunes, a própria loja on-line da Apple.

O serviço de música por assinatura da Beats obteve 250 mil usuários em seus três primeiros meses de disponibilidade, segundo Iovine, um número relativamente modesto em comparação aos 10 milhões de assinantes pagantes do Spotify.

“Temos que acertar este modelo. Não sabemos o modelo exato ainda, mas temos que colocar esteróides nessa coisa e fazer isso rápido”, disse Iovine.

Iovine, de 61 anos, é mais conhecido como fundador da Interscope Records, casa de artistas como Eminem e Lady Gaga. Ele disse que existe há muito tempo uma distância entre o Vale do Silício e Hollywood, lacuna que a Apple e a Beats buscarão preencher.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Apple espera que cofundador da Beats ajude com mercado musical

Jimmy Iovine, cofundador da Beats, Tim Cook, presidente-executivo da Apple, o rapper Dr. Dre e também cofundador da Beats e Eddy Cue, vice-presidente de software da Apple. (Foto: Divulgação/Business Wire)Jimmy Iovine, cofundador da Beats, Tim Cook,
presidente-executivo da Apple, o rapper Dr. Dre e
Eddy Cue, vice-presidente de software da Apple
(Foto: Divulgação/Business Wire)

A mais nova grande contratação da Apple não tem certeza se seu cargo tem nome e não se comprometerá a trabalhar em tempo integral na sede da empresa, mas a fabricante do iPhone aposta no cofundador da Beats, Jimmy Iovine, para guiá-la num dinâmico mercado de música.

O veterano da indústria fonográfica se junta à Apple como parte da aquisição de US$ 3 bilhões da fabricante de equipamentos de áudio e transmissão de música Beats. E o “ouvido” de Iovine para música e sua experiência na indústria do entretenimento são valiosas para a Apple, disse o vice-presidente de softwares e serviços para Internet, Eddy Cue, na quarta-feira (28).

“A música está morrendo do modo como a conhecemos. Ela não tem crescido da maneira que todos queremos que ela cresça”, disse Cue, ao lado de Iovine, numa conferência de tecnologia no sul da Califórnia.

Junto ao rapper e cofundador da Beats, Dr. Dre, Iovine chega à Apple num momento em que serviços de streaming de música como Pandora e Spotify estão ganhando popularidade. A expectativa é de que os serviços de transmissão eventualmente ofusquem os downloads de músicas oferecidos pelo iTunes, a própria loja on-line da Apple.

O serviço de música por assinatura da Beats obteve 250 mil usuários em seus três primeiros meses de disponibilidade, segundo Iovine, um número relativamente modesto em comparação aos 10 milhões de assinantes pagantes do Spotify.

“Temos que acertar este modelo. Não sabemos o modelo exato ainda, mas temos que colocar esteróides nessa coisa e fazer isso rápido”, disse Iovine.

Iovine, de 61 anos, é mais conhecido como fundador da Interscope Records, casa de artistas como Eminem e Lady Gaga. Ele disse que existe há muito tempo uma distância entre o Vale do Silício e Hollywood, lacuna que a Apple e a Beats buscarão preencher.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Produtora de ‘Candy Crush’ espera valer até US$ 7,6 bilhões em IPO

Imagem do jogo "Candy Crush" (Foto: Divulgação)Empresa de ‘Candy Crush’ (foto) abrirá capital
(Foto: Divulgação)

A King Digital Entertainment, produtora do jogo para redes sociais e celulares “Candy Crush Saga”, espera ser avaliada em até US$ 7,6 bilhões quando abrir seu capital ainda em março, em meio a uma forte demanda por investimentos em empresas de internet e tecnologia.

A King, baseada em Dublin, Irlanda, afirmou nesta quarta-feira que espera precificar a oferta de 22,2 milhões de ações entre US$ 21 e US$ 24 por papel. No topo da faixa indicativa, a companhia poder ser avaliada em cerca de US$ 7,6 bilhões.

Analistas têm questionado se a King poderá dar continuidade ao seu forte crescimento e evitar o destino de outras produtoras de jogos para redes sociais como a Zynga e Rovio, cujo sucesso dependia quase que inteiramente de um único título.

“Candy Crush”, lançado em novembro de 2012, foi o aplicativo gratuito mais baixado e de maior receita em 2013.

O fundador e presidente-executivo da King, Riccardo Zacconi, que tem liderado a companhia aberta na Suécia em 2003, terá participação de 9,5% na empresa após o IPO.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Após deixar o hospital, náufrago espera repatriação para El Salvador

Montagem mostra o pescador antes do desaparecimento e após ser encontrado, 13 meses depois o naufrágio (Foto: Jose Cabezas/Hilary Hosia/AFP)Montagem mostra o pescador antes do desaparecimento e após ser encontrado, 13 meses depois o naufrágio (Foto: Jose Cabezas/Hilary Hosia/AFP)

O governo de El Salvador espera ter de volta ao país em breve o pescador José Salvador Alvarenga, que ficou à deriva por mais de um ano no oceano Pacífico e cuja família acreditava que estivesse morto porque não sabia de seu paradeiro há oito anos, afirmou a chancelaria do país centro-americano.

Alvarenga, de 37 anos, reapareceu na semana passada em um recife das Ilhas Marshall e foi transferido na terça-feira (4) para Majuro, capital do país no Pacífico Sul. Ele recebeu alta de um hospital e foi levado para um alojamento temporário até que possa ser repatriado para El Salvador.

Em Gaita Palmera, cidade onde vive sua mãe a 102 km da capital, o clima é de apreensão e espera pela chegada do famoso morador. Em entrevistas à emissoras de TV locais, a mãe de Alvarenga, Maria Julia Alvarenga, falou que espera pelo filho em casa.  Na terça-feira (4), mãe e filho falaram pelo telefone. O pescador disse à mãe que foi a esperança de reencontrar a família que o manteve vivo.

Ele também afirmou que acreditava que ficaria louco, após tanto tempo à deriva, e que sobreviveu, segundo ele, comendo pássaros e tartarugas. Já seus pais, que vivem em El Salvador, temeram seriamente por sua vida.

Não sabíamos o paradeiro de nosso filho. Há oito anos não tínhamos notícias dele. Nós aqui pensávamos que estava morto”María Julia Alvarenga,
mãe do náufrago

“Não sabíamos o paradeiro de nosso filho. Há oito anos não tínhamos notícias dele. Nós aqui pensávamos que estava morto. Graças a meu Deus está vivo e nos reencontraremos muito em breve”, desabafou a mãe do pescador, María Julia Alvarenga, de 59 anos, ao jornal ‘El Mundo’.

“Graças a Deus está vivo. Estamos muito felizes. Só quero tê-lo aqui conosco”, acrescentou sua mãe.

Mãe se emociona ao pensar no filho (Foto: Jose Cabezas/AFP)Mãe se emociona ao pensar no filho (Foto: Jose Cabezas/AFP)

Busca por repatriação
A chancelaria salvadorenha informou que está “dando toda a assistência necessária para que (Alvarenga) retorne ao país o mais rápido possível”, declarou a jornalistas o vice-chanceler para Salvadorenhos no Exterior, Juan José García. “Ainda não temos uma data (para a repatriação), que dependerá muito do estado de saúde de Alvarenga após 13 meses de travessia pelo oceano”, acrescentou García.

Alvarenga falou por telefone com sua família do Hospital de Majuro, segundo o médico Ron Mendoza, que assinalou que o sobrevivente só tem as enzimas do fígado elevadas, um problema que vinculou à inanição. García explicou que Alvarenga receberá o passaporte salvadorenho através da consulesa honorária de El Salvador nas Filipinas, María Josefina Bayont de Duarte.

Os parentes de Alvarenga se mostraram emocionados e surpresos por ter sobrevivido, publicou nesta terça-feira a imprensa salvadorenha, que deu ampla cobertura ao caso.

O pai, José Ricardo Orellana, de 65, disse por sua vez ao “La Prensa Grafica” que “com o poder de Deus seu filho sobreviveu a tantos meses no mar”. “Chorei ao vê-lo no computador. Não agüentei as lágrimas”, relatou Orellana ao “Diario de Hoy”, ao contar como foi ver fotos do filho na imprensa.

História
Segundo seus familiares, Alvarenga, o terceiro de cinco filhos, se mudou há mais de 15 anos para o México atraído pela pesca de tubarões e só retornou três vezes, a última em 2007.

O pescador teria saído do México no final de 2012 em uma expedição para pescar tubarões em águas de El Salvador junto de um companheiro que, segundo a versão do sobrevivente, morreu meses depois em alto-mar.

Eles partiram em uma embarcação de sete metros para uma viagem que se torceu por culpa de uma tempestade que os afastou do litoral e os deixou à deriva no Pacífico.

Em 30 de janeiro de 2014, o barco reapareceu em um recife perto de Ebon, um remoto atol das Ilhas Marshall, onde os aldeões encontraram Alvarenga, mas tiveram dificuldades para se comunicar com ele porque só falava espanhol.

Alvarenga disse ter sobrevivido a tantos meses em alto-mar bebendo o sangue de tartarugas quando faltava água da chuva e comendo aves e peixes que caçava com as mãos.

Mãe fala ao telefone com médicos e parentes para receber notícias do filho, pescador que sobreviveu após 13 meses à deriva (Foto: Jose Cabezas/AFP)Mãe fala ao telefone com médicos e parentes para receber notícias do filho, pescador que sobreviveu após 13 meses à deriva (Foto: Jose Cabezas/AFP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Casal acusado de matar filha adotiva de fome espera veredicto no Qatar

Um casal americano acusado de matar de fome sua filha adotiva Gloria, de 8 anos, para traficar os órgãos da menina, deverá permanecer no Qatar à espera de um veredicto, previsto para o dia 27 de março, informou nesta quarta-feira (5) uma fonte judicial.

O tribunal do Qatar rejeitou o pedido de Matthew e Grace Huang – americanos de origem asiática e residentes no país árabe desde 2012 por motivos trabalhistas – de retornar aos Estados Unidos para se reunir com seus outros dois filhos.

Os acusados, detidos pela morte de Gloria em janeiro de 2013, saíram em liberdade em novembro. No entanto, eles não podem deixar o país.

O casal defende sua inocência e diz que a menor – natural de Gana, na África, e adotada em 2009 – tinha problemas de alimentação. A garota morreu no dia 15 de janeiro do ano passado, de forma súbita.

Matthew e Grace Huang com Gloria e outro de seus filhos em foto sem data; eles são acusados de terem causado a morte da menina (Foto: David House Agency/AP)Matthew e Grace Huang com Gloria e outro de seus filhos adotivos em foto sem data. Eles são acusados de terem causado a morte da menina no ano passado (Foto: David House Agency/AP)

O procurador-geral exige a pena de morte para Matthew e Grace, embora não tenham ocorrido execuções no Qatar nos últimos anos, segundo a defesa.

“Perdemos nossa filha (…) e esse tribunal nos roubou um ano de nossas vidas. Somos inocentes, nos sentimos como se tivessem nos sequestrado. Só queremos voltar para casa”, declarou Matthew a jornalistas após a audiência.

Segundo um site de partidários do casal, a menina, que vivia em um orfanato de Gana, tinha problemas de alimentação em decorrência da “situação de pobreza extrema que vivenciou durante sua infância”.

Os outros dois filhos de Matthew e Grace, também adotados e de origem africana, obtiveram autorização para viajar aos Estados Unidos com a avó em outubro do ano passado.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , , ,

Vaticano tem suspense à espera dos primeiros cardeais do Papa Francisco

As previsões se multiplicavam nesta sexta-feira (10) no Vaticano sobre a nomeação nos próximos dias ou semanas dos cerca de 14 novos cardeais que deverão dar mais peso aos países da América do Sul e Latina no “Colégio Sagrado”.

O primeiro consistório do Papa argentino está marcado para 22 de fevereiro. Segundo o padre Federico Lombardi, porta-voz da Santa Sé, é tradição que o Papa anuncie com mais de um mês de antecedência os nomes dos novos “príncipes da Igreja”, para que eles tenham tempo de preparar sua viagem a Roma para receber o barrete cardinalício.

Papa Francisco fala com fiéis durante a audiência geral desta quarta-feira (8) (Foto: Tony Gentile/Reuters)Papa Francisco fala com fiéis durante a audiência geral desta quarta-feira (8) (Foto: Tony Gentile/Reuters)

Vários especialistas começaram a divulgar suas listas de potenciais favoritos, enquanto o anúncio pode ser feito durante qualquer Angelus ou audiência geral.

O anúncio é muito aguardado, enquanto o Papa tem frequentemente denunciado um carreirismo na Igreja. Alguns temem seu estilo autoritário e estão com medo de perder seu poder.

Tornar-se cardeal deveria significar para o sortudo ser um conselheiro do Papa.

Francisco pode nomear pelo menos 14 novos cardeais com menos de 80 anos – eleitores em caso de conclave para a eleição de um novo Papa – para preencher as vagas vazias desde o último conclave de Bento XVI em 2012.

Francisco deve nomear cardeais da América Latina, incluindo os arcebispos de Buenos Aires, Santiago e Rio de Janeiro, e provavelmente outros.

Por uma questão de equilíbrio, ele deverá nomear cardeais da África, um continente que não lhe é familiar, e da Ásia, onde a Igreja, minoritária, está se expandindo.

O Papa é quase forçado, salvo uma grande surpresa, nomear como cardeal seu novo secretário de Estado, o “jovem” (58 anos) italiano Pietro Parolin, o alemão Gerhard Ludwig Müller, “guardião do dogma” (prefeito da Congregação da Doutrina da Fé) e o novo prefeito do clero, o italiano Beniamino Stella. Deve também dar o barrete a outro italiano, Lorenzo Baldisseri, secretário-geral do Sínodo, que desempenha um papel de confiança na preparação dos grandes encontros de bispos no final de 2014 e 2015 sobre a família.

No conclave de março de 2013, Jorge Mario Bergoglio, recém nomeado Papa deu seu barrete ao bispo Baldisseri, dizendo: “Agora você é metade cardeal”, segundo o vaticanista Marco Tosatti.

A alta representação dos italianos no “Colégio Sagrado”, que reúne todos os cardeais, incluindo os 120 eleitores do conclave, tem sido muitas vezes criticada.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Uma longa espera

espera

Olha, deve ter diamantes dentro dessa mala, porque… véi…

Sorry, I could not read the content fromt this page.

Fonte: ahnegao.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: ,