RSS

Arquivo da tag: escolha

Homens armados atacam Congresso líbio antes de escolha de novo premiê

Homens armados atacaram nesta terça-feira (29), na cidade de Tripoli, a sede do Congresso Geral Nacional (CGN, Parlamento) da Líbia, que se preparava para eleger um novo chefe de Governo, de acordo com deputados citados pela agência de notícias AFP.

“Homens armados atacaram o Congresso. Não sabemos suas motivações. Suspendemos nossos trabalhos e a votação foi adiada para a próxima semana”, indicou à AFP o deputado Tahar Mokni.

A sede do Congresso é alvo frequente de ataques de grupos armados, como o realizado em 2 de março, quando dois deputados foram feridos.

De acordo com os membros do Congresso, este novo ataque ocorreu após uma briga entre manifestantes armados e os guardas do Congresso.

Os deputados foram retirados do prédio, mas disparos continuaram a ser ouvidos nas proximidades do Congresso, segundo testemunhas.

Pouco antes do ataque, os congressistas se preparavam para escolher, entre dois candidatos, quem ocupará o cargo de primeiro-ministro.

A escolha ocorre mais de um mês após a demissão do então primeiro ministro Ali Zidan.

Ahmed Miitig, empresário da cidade de Misrata (oeste) e Omar Al-Hassi, universitário de Benghazi (leste), foram os mais votados no primeiro turno, com 67 e 34 votos respectivamente, de um total de 152 deputados presentes.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Cientistas associam neurônio à escolha de companheiro por peixes

No peixe-arroz, neurônio TN-GnRH3 está ligado à preferência feminina por acasalar com machos que já conhece (Foto: Courtesy of Dr. Kiyoshi Naruse (National Institute for Basic Biology))No peixe-arroz, neurônio TN-GnRH3 está ligado à preferência feminina por acasalar com machos que já conhece (Foto: Courtesy of Dr. Kiyoshi Naruse (National Institute for Basic Biology))

As células nervosas dos peixes desempenham um papel importante na inclinação das fêmeas em acasalar com machos que já conhecem. Esta é a descoberta de estudo conduzido por cientistas japoneses e publicada na revista “Science”.

Segundo os pesquisadores, em várias espécies de vertebrados a familiaridade social afeta a preferência feminina de acasalamento. Por meio de uma série de experimentos em aquários eles descobriram que, nos peixes, o neurônio TN-GnRH3 é que modula esta preferência feminina.

Os pesquisadores monitoraram o tempo em que o peixe-arroz japonês, também conhecido como medaka, demora para acasalar desde a primeira tentativa de cortejo. Em peixes que tenham se visto uns aos outros antes de interagir este tempo é menor, comparado com aqueles que não se viram.

Ao estudar os neurônios nos cérebros desses animais, os cientistas mostraram que quando uma fêmea reconhece um macho os neurônios TN-GnRH3 entram em atividade. Segundo os especilistas, os neurônios ficam minimamente ativos na maioria do tempo, “silenciando” o interesse de uma fêmea em um macho que nunca viu. No entanto, quando ela avista um macho que já conhece, a familiaridade visual inflama a atividade dos neurônios.

Por sua vez, a atividade destes neurônios libera ao cérebro uma enxurrada de moléculas conhecidas como peptídeos, que tornam a fêmea mais aberta a um relacionamento. Portanto, os TN-GnRH3 servem como uma espécie de portão para ativar as preferências de acasalamento e influenciam na escolha do companheiro para acasalamento.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

HD, SSD ou disco híbrido: qual o melhor escolha para a sua empresa?

Cada tecnologia de armazenamento tem suas vantagens e desvantagens. Aprenda a selecionar aquela que melhor atende às suas necessidades.

No passado, escolher a melhor opção em armazenamento para o seu PC era tão simples quanto encontrar o maior HD que coubesse em seu orçamento. Infelizmente a vida não é mais tão simples. A relativamente recente ascensão das unidades de estado sólido (SSDs) e discos híbridos (que combinam um SSD e um HD tradicional) alterou significativamente o panorama do mercado de armazenamento, criando uma variedade de opções confusas para o consumidor tradicional.

Escolher o melhor “disco” para suas necessidades pode parecer uma tarefa árdua, mas não se preocupe: estamos aqui para ajudar. Vamos explicar a seguir as principais vantagens, e desvantagens, de cada uma das mais populares opções de armazenamento nos PCs hoje em dia. Guarde esta informação para tomar a melhor decisão da próxima vez que precisar de mais espaço em disco. Se você é como eu, não vai demorar.

Discos rígidos (HDs)

Os discos rígidos (HD, do inglês Hard Disk) são o padrão em armazenamento de dados em desktops e notebooks há décadas. Como resultado o termo “disco rígido” acabou se tornando um genérico para qualquer sistema de armazenamento, como “gilette” é para lâminas de barbear ou “band-aid” para curativos.  Embora os discos rígidos modernos sejam muito mais avançados e com melhor desempenho do que seus antecessores, a tecnologia básica não mudou: todos eles consistem de um “prato” magnético que gira em alta velocidade, combinado a cabeças de leitura e gravação que se movem sobre a superfície do prato para recuperar ou armazenar dados. Não muito diferente, em conceito, de um toca-discos. Lembra deles?

hd_aberto-360px.jpg
Um HD tracional, mostrando os três
pratos (sobrepostos) onde os dados são
armazenados e o braço mecânico com
a cabeça de leitura e gravação

A tecnologia é madura, confiável e relativamente barata comparada às outras opções de armazenamento. A maioria dos HDs tem um custo por gigabyte que pode ser medido em poucos centavos. Eles também estão disponíveis em grandes capacidades, podendo chegar a até 4 TB em discos domésticos. Geralmente são conectados ao computador através de uma interface SATA, presente em todas as placas-mãe modernas, e não necessitam de nenhum software especial para “conversar” adequadamente com um sistema operacional moderno.

Em outras palavras, os HDs tradicionais são espaçosos, simples e baratos.

Entretanto, na maioria das situações eles não tem um desempenho tão bom quanto os discos híbridos ou SSDs. Os modelos mais rápidos atualmente podem ler e gravar dados a uma taxa de 200 MB por segundo, com tempo de acesso (o tempo necessário para chegar à informação que deve ser lida) de menos de 8 millisegundos, números muito inferiores do que mesmo as unidades SSD mais baratas (sobre as quais falaremos mais adiante). Quanto mais rápida a velocidade de rotação do prato, mais rápido é o HD. Por exemplo, um disco de 7.200 RPM tem desempenho superior ao de um de 5.400 RPM, já que é necessário menos tempo para chegar às informações.

Os HDs são mais indicados para os usuários que precisam lidar com grandes quantidades de informações e não estão preocupados em conseguir o máximo de desempenho de seu sistema. Se você é um usuário de PC que não faz muito mais do que ler e-mail, navegar na web e editar alguns documentos, deve ficar satisfeito com um HD tradicional. Só não vá usar o PC equipado com SSD de um amigo, porque depois que você experimentar a incrível velocidade destas unidades, vai ser difícil voltar para mesmo o mais rápido dos HDs tradicionais.

Unidades de estado sólido (SSDs)

De muitas formas as unidades de estado sólido (SSDs, do inglês “Solid State Drive”) são similares aos HDs. Elas geralmente se conectam ao computador através de uma interface SATA (embora haja versões com interface PCI-Express, para usos que exigem desempenho máximo) e, do ponto de vista do usuário, armazenam os arquivos da mesma forma. Entretanto os SSDs trocam os pratos magnéticos e cabeças de leitura e gravação por chips de memória flash (NAND) não volátil, como os usados em cartões de memória e pendrives. Com isso, não há partes mecânicas ou magnéticas envolvidas.

Graças a isso as unidades SSD tem desempenho muito superior e são a opção de armazenamento mais rápida atualmente disponível. Eles são muito mais rápidos que os HDs na leitura e escrita de dados na maioria das tarefas, e também podem chegar até as informações muito mais velozmente.

ssd_ocz_vector-360px.jpg
O Vector, da OCZ, é um dos SSDs mais velozes do mercado

Os HDs mais rápidos podem ler e gravar dados a uma taxa de 200 MB por segundo, com um tempo de acesso de alguns poucos millisegundos. Mas as unidades SSD mais rápidas podem chegar a 550 MB/s, facilmente “saturando” a capacidade de uma interface SATA, e os tempos de acesso são de tipicamente uma fração de um millisegundo. Em resumo, os SSDs resultam em um sistema muito mais “ágil”, com tempos de boot, lançamento de aplicativos e cópia de arquivos incrivelmente curtos. 

Outra vantagem dos SSDs é a durabilidade. Como não tem partes móveis, as unidades de estado sólido não são suscetíveis aos danos ou degradação de desempenho causados nos HDs por vibrações e movimentos. Derrube um notebook contendo um HD tradicional e você tem uma boa chance de perder dados. Mas um SSD nem vai sentir o impacto.

Mas os SSD também tem desvantagens. A primeira é que são muito mais caros, em termos de custo por gigabyte, que um HD tradicional. Bons discos para o mercado doméstico custam em média de US$ 0,70 a US$ 1 por gigabyte, enquanto um HD tradicional pode custar 10 vezes menos. E as unidades de estado sólido não chegam perto da capacidade dos HDs: os modelos mais populares tem capacidade entre 120 e 256 GB, com modelos de 512 GB ou 1 TB reservados apenas àqueles com orçamentos bem grandes.

O desempenho de um SSD também depende de quão “cheio” ele está, ou se teve uma grande quantidade de dados excluídos dele. Tecnologias como a TRIM podem ajudar a recuperar o desempenho de um SSD “sujo”, mas exigem suporte específico tanto nos drivers quando no sistema operacional (as versões 7 e 8 do Windows tem suporte a TRIM). E como a capacidade é pequena e o desempenho é afetado por quão cheio está o drive, muitos usuários de SSDs acabam movendo regularmente arquivos menos críticos (como documentos e coleções de arquivos multimídia) para HDs tradicionais.

Outra preocupação: quando os SSDs falham, eles costumam fazer isso sem aviso. Os HDs, entretanto, começam a dar sinais de uma falha iminente gerando um erro via S.M.A.R.T. (um sistema de monitoramento da saúde do disco) ou sofrendo com alguns blocos ruins. Em nossa experiência os SSDs simplesmente “morrem” sem dar quase nenhum alerta.

As unidades de estado sólido são mais indicadas para usuários experientes de PCs, que buscam alto desempenho. Se você não se importa em gerenciar múltiplos discos e tem dinheiro suficiente, combinar um SSD rápido com um HD de alta-capacidade resulta no melhor dos dois mundos. O SSD pode armazenar o sistema operacional e os aplicativos usados com maior frequência, e o HD pode ficar com o restante dos dados. Mas para um usuário casual de um PC, esta estratégia pode acabar sendo um incômodo.

Discos híbridos

Discos híbridos são uma mistura de um HD com um SSD, combinando os pratos magnéticos e ampla capacidade dos HDs com um SSD veloz mas de pequena capacidade em uma única unidade.

Estes discos monitoram os dados que são lidos do HD, e armazenam uma cópia dos arquivos acessados mais frequentemente no SSD. Na próxima vez em que eles forem necessários, serão lidos do SSD, com um desempenho muito maior

Algumas das vantagens dos discos híbridos incluem o baixo custo, alta capacidade e facilidade de gerenciamento. Eles costumam custar um pouco mais que um HD tradicional, mas bem menos do que uma unidade de estado sólido. E como o volume de cache é oculto do sistema operacional e gerenciado automaticamente, os usuários não precisam ficar escolhendo o que vai no SSD e o que vai no HD. O tempo de boot é reduzido, e a capacidade é equivalente à de um HD tradicional.

hd_hibrido_ocz_revo-360px.jpg
OCZ RevoDrive, um híbrido de HD e SSD

Mas os discos híbridos deixam a desejar com dados novos. Ao gravar arquivos, ou acessar aqueles usados com pouca frequência, o desempenho é equivalente ao de um HD comum, e eles precisam de um período de “aclimatação” até aprenderem quais dados colocar no cache. E devido ao fato de que dependem de software para funcionar, podem ser um pouco mais difíceis de configurar. 

Para usuários que não querem ter de lidar com múltiplos discos ou não que trabalham sempre com os mesmos arquivos, um disco híbrido pode ser uma boa opção para melhorar o desempenho do sistema, sem abrir mão de espaço em disco.

Faça seu próprio híbrido

Algumas pessoas criam suas próprias soluções híbridas combinando um HD tradicional e um SSD com software de cache especializado. SSDs para cache vem com software proprietário incluso, embora você também possa usar a tecnologia Intel Smart Response se quiser usar um SSD que não foi projetado especificamente para cache.

Funcionalmente o arranjo opera da mesma forma que um disco híbrido, mas um SSD de cache geralmente tem capacidade maior do que a pouca quantidade de memória flash integrada à maioria dos discos híbridos. O que significa que uma parte maior de seus dados poderá ser armazenada no cache e se beneficiar do aumento no desempenho. Por outro lado, você tem que comprar tanto um HD quanto um SSD, o que pode sair caro. Você também precisa configurar o arranjo manualmente, ao passo que um disco híbrido é uma solução “plug and play”, muito mais simples.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Nova CEO do Yahoo fortalece BYOD com opções de escolha de smartphones

Marissa Mayer enviou um memorando aos funcionários, que poderão optar entre iPhone 5, Samsung Galaxy S3, HTC Um X, HTC EVO 4G LTE e 920 Nokia Lumia, que serão oferecidos pela empresa.

17 de setembro de 2012 – 14h18

Nova CEO do Yahoo, Marissa Mayer, enviou e-mail a todos os funcionários (que trabalham em tempo integral e parcial) nos Estados Unidos, prometendo um novo Apple, Samsung, Nokia, HTC ou smartphone.

“As pessoas estão felizes”, disse uma fonte da empresa.

Esse programa que irá distribuir os smartphones está sendo chamado de”Celular Yahoo! inteligentes, Diversão inteligente!”.  Por meio do programa, os funcionários do Yahoo poderão escolher entre iPhone 5, Samsung Galaxy S3, HTC Um X, HTC EVO 4G LTE, ou 920 Nokia Lumia, que serão oferecidos pela empresa.

O Yahoo também irá adotar modelo de gestão que paga os planos de dados e voz nas contas dos telefones dos funcionários.  Outra notícia é que a empresa irá descontinuar o suporte de TI para telefones Blackberry.

De acordo com o memorando, a ideia  é que os funcionários do Yahoo tenham os mesmos smartphones dos usuários do Yahoo. “Gostaríamos que nossos funcionários tivesses dispositivos semelhantes aos dos nossos usuários, para que possamos pensar e trabalhar como a maioria dos nossos usuários faz.”

O programa vai custar ao Yahoo alguns milhões de dólares, que é a mudança do bolso para uma empresa com faturamento anual na casa dos bilhões de dólares. O benefício será uma força de trabalho mais bem informada e motivada.

Veja reportagem da Business Insider e o memorando divulgado pelo Yahoo, na íntegra.

Especial - IT Leaders 2011

O ITBOARD materializa a nova plataforma de conversas do Século XXI. Concentra o diálogo sobre tecnologia e inovação movido a tweets de quem está imerso nesses assuntos. ENTRE NA CONVERSA

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

“Apple está tentando limitar escolha dos consumidores”, acusa Samsung

Após a Apple entrar com um pedido para adicionar o Galaxy S III à lista de aparelhos que violariam suas patentes, a Samsung respondeu por meio de um comunicado em que acusa a rival de limitar as escolhas dos consumidores.

A lista de 21 produtos que a Apple quer banir nos Estados Unidos agora inclui o Galaxy S III e o Galaxy Note.

A Samsung emitiu um comunicado: “A Apple continua a recorrer a litigações pela competição no mercado em um esforço para limitar as escolhas dos consumidores. Vamos continuar a tomar as medidas legais necessárias para assegurar a disponibilidade de nossos produtos inovadores nos Estados Unidos.”

A Apple entrou em contato com a Justiça na sexta-feira, 31/8, para adicionar o Galaxy S III e outros produtos em uma denúncia  adicional. A acusação da companhia registra um total de oito patentes e identifica 17 produtos acusados.

Em junho, após a Samsung anunciar o lançamento do Galaxy S III, a Apple tentou ampliar o alcance do seu pedido preliminar para incluir esse smartphone, mas recebeu uma negativa do tribunal após a Samsung alegar que a adição exigiria mais tempo em descobertas e estudos.

As rivais se enfrentaram nos tribunais dos EUA no mês passado, com a Samsung saindo derrotada. Segundo a decisão do júri, a companhia sul-coreana terá de pagar 1 bilhão de dólares em danos.

samsungapple390x254.jpg

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

“Apple está tentando limitar escolha dos consumidores”, acusa Samsung

Após a Apple entrar com um pedido para adicionar o Galaxy S III à lista de aparelhos que violariam suas patentes, a Samsung respondeu por meio de um comunicado em que acusa a rival de limitar as escolhas dos consumidores.

A lista de 21 produtos que a Apple quer banir nos Estados Unidos agora inclui o Galaxy S III e o Galaxy Note.

A Samsung emitiu um comunicado: “A Apple continua a recorrer a litigações pela competição no mercado em um esforço para limitar as escolhas dos consumidores. Vamos continuar a tomar as medidas legais necessárias para assegurar a disponibilidade de nossos produtos inovadores nos Estados Unidos.”

A Apple entrou em contato com a Justiça na sexta-feira, 31/8, para adicionar o Galaxy S III e outros produtos em uma denúncia  adicional. A acusação da companhia registra um total de oito patentes e identifica 17 produtos acusados.

Em junho, após a Samsung anunciar o lançamento do Galaxy S III, a Apple tentou ampliar o alcance do seu pedido preliminar para incluir esse smartphone, mas recebeu uma negativa do tribunal após a Samsung alegar que a adição exigiria mais tempo em descobertas e estudos.

As rivais se enfrentaram nos tribunais dos EUA no mês passado, com a Samsung saindo derrotada. Segundo a decisão do júri, a companhia sul-coreana terá de pagar 1 bilhão de dólares em danos.

samsungapple390x254.jpg

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

NIC.br contesta escolha da Price para medir qualidade da banda larga

O NIC.br não ficou satisfeito com a escolha da PriceWaterhouseCoopers como Entidade Aferidora da Qualidade da Internet (EAQ). Por isso, já pediu a revisão do resultado à Anatel, conforme anunciado na última quarta-feira (7/03).

O protesto do NIC.br – entidade sem fins lucrativos – abrange inclusive o edital de seleção. Ele prevê uma medição processada dentro do sistema autônomo das prestadoras e não no computador do usuário, o que, supostamente, facilitaria a intervenção externa sobre os dados coletados.

A suspeita aumenta por conta da equipe responsável pela decisão. O Grupo de Implantação de Processos de Aferição de Qualidade (Gipaq) é formado por representantes das próprias operadoras, cujo sindicato – o SindiTelebrasil – se opôs a um exame conduzido no computador do internauta. A alegação era de que este poderia ser influenciado por condições de hardware, como baixa capacidade de processamento, ou de software, como infecção por malware.

Leia mais: Banda larga cresceu 70% no País em 2011

Outro problema, segundo a entidade, está no software eleito para avaliar a conexão do consumidor. O Speedtest.com, desenvolvido pela americana Ookla, não atenderia aos requisitos definidos, por não medir elementos como jitter e perda de pacotes – quando pedaços de informações ficam pelo caminho. Dessa forma, um aplicativo adicional seria necessário.

O NIC.br solicitou à Anatel um esclarecimento sobre a escolha, por ela tê-la fiscalizado, além de detalhes sobre como a medição funcionará. Na última semana, o Instituto Brasileiro de Defesa ao Consumidor (Idec) lamentou, em nota, a escolha da PriceWaterhouseCoopers, embora tenha comemorado a derrota da ABR Telecom, associação que tem as teles como filiadas.

“No entanto, também foi derrotado no processo o NIC.br (…) que tem experiência reconhecida na área, já tendo realizado medições desta natureza em parceria com o Inmetro e a Anatel”, concluiu a advogada do instituto, Veridiana Alimonti

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de junho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , ,