RSS

Arquivo da tag: enviado

Líder da Chechênia nega ter enviado combatentes para a Ucrânia

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Ramzan Kadyrov, líder da Chechênia, nega ter enviado tropas à Ucrânia (Foto: Musa Sadulayev/AP Photo)Ramzan Kadyrov, líder da Chechênia, nega ter enviado tropas à Ucrânia (Foto: Musa Sadulayev/AP Photo)

O líder da Chechênia, apoiado pelo Kremlin, negou ter enviado combatentes para a Ucrânia para apoiar os separatistas pró-Rússia, mas disse que alguns deles podem ter ido por vontade própria.

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, mostrou-se preocupado com Moscou nesta semana após relatos sobre combatentes chechenos e de outros lugares seguindo para Ucrânia, com o objetivo de se juntar às rebeliões contra a liderança de Kiev.

O líder checheno Ramzan Kadyrov repetiu as negativas de Moscou em relação ao envolvimento, mas disse que reconhecia alguns dos combatentes em fotos da Ucrânia.

“Nós não os enviamos. Eles não são absolutamente nossos funcionários”, ele disse em uma entrevista que será exibida no programa de TV russo neste sábado (31).

“Se uma pessoas deixa por vontade própria (a Rússia), não temos o direito de impedir isso. Essa é uma decisão dela”.

Kadyrov não descartou o envio de combatentes chechenos para a Ucrânia, se for ordenado a fazê-lo, pelo presidente Vladimir Putin, que se reserva o direito de usar a força na Ucrânia se a população de língua russa estiver em perigo.

“Se houver uma ordem, vamos cumpri-la com prazer porque qualquer guerreiro é um defensor do seu povo, da sua Pátria”, disse Kadyrov.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Itamaraty não foi procurado sobre corpo enviado por correio no Japão

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O governo brasileiro informou nesta terça-feira (27) que nenhuma autoridade brasileira dos postos diplomáticos no Japão foi notificado ou procurado oficialmente sobre o caso de uma enfermeira cujo cadáver foi enviado de Osaka para Tóquio por um serviço de entrega expressa. Segundo agências internacionais, uma brasileira é suspeita de participação no crime.

Por meio da assessoria, o Itamaraty informou que as autoridades tiveram conhecimento do crime pela imprensa, mas que não foram procuradas pela polícia e nem receberam pedido de ajuda de familiares.

O corpo de Rika Okada, de 29 anos, percorreu cerca de 400 quilômetros e foi descoberto em uma caixa de papelão de 2 metros. No formulário de entrega, o conteúdo da encomenda foi descrito como sendo uma “boneca”. A caixa estava dentro de um contêiner alugado – espaço muito usado por japoneses como garagem ou depósito – na cidade de Hachioji, subúrbio da capital japonesa.

A “encomenda” foi entregue primeiro em um apartamento, alugado em nome de uma brasileira, cuja identidade não foi divulgada pela polícia. Os investigadores suspeitam que a brasileira e uma mulher chinesa possam estar envolvidas em um possível assassinato de Rika. As duas viajaram no início do mês para Xangai, na China, e não voltaram mais ao Japão.

Segundo a BBC, a brasileria teria se entregado nesta terça (27) ao Consulado Geral do Japão em Xangai. A polícia japonesa havia solicitado sua extradição porque ela teria viajado com um passaporte japonês falso, informou a emissora Fuji TV. Além do documento, a polícia suspeita que a brasileira tenha usado os cartões de crédito de Rika. O valor total dos gastos passa de US$ 10 mil (mais de R$ 22 mil).

O Itamaraty disse ainda que as autoridades brasileiras em Xangai também não foram notificadas oficialmente sobre o assunto.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Enviado da ONU para Síria diz que vai pressionar G20 por reunião de paz

Enviado especial da ONU para a Síria, Lakhdar Brahimi fala durante uma coletiva de imprensa na Unesco no dia 29 de agosto (Foto: Francois Guillot/ AFP)Enviado especial da ONU para a Síria, Lakhdar Brahimi fala durante uma coletiva de imprensa na Unesco no dia 29 de agosto (Foto: Francois Guillot/ AFP)

O enviado especial da ONU para a Síria, Lakhdar Brahimi, vai realizar conversas com líderes mundiais durante uma cúpula do G20 na Rússia para pressionar pela realização de uma conferência internacional com o objetivo de acabar com a guerra civil na Síria.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse em um comunicado que Brahimi viajou para São Petersburgo, onde o grupo de países desenvolvidos e em desenvolvimento G20 se reúne a partir desta quinta-feira (5) para dois dias de conversações.

Acompanhe a cobertura em tempo real.

“Enquanto o mundo está focado em preocupações sobre o possível uso de armas químicas na Síria, devemos nos esforçar ainda mais para a Conferência Internacional sobre a Síria, que terá lugar em Genebra”, disse o comunicado.

“Uma solução política é a única maneira de acabar com o derramamento de sangue na Síria”, disse Ban.

Rússia e Estados Unidos anunciaram em maio que iriam tentar reunir o governo sírio e representantes da oposição em uma conferência internacional, mas nenhuma data foi definida e não há qualquer sinal de que o encontro possa ser realizada em um futuro próximo.

A Rússia, anfitriã da cúpula do G20, se opõe a possíveis ataques militares lideradas pelos EUA para punir o presidente sírio, Bashar al-Assad, por um suposto ataque com armas químicas. O conflito na Síria pode ofuscar as negociações de cúpula do G20 sobre a economia global.

arte síria 3/9 (Foto: 1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , ,

Navio quebra-gelo russo é enviado para resgatar catamarã no Ártico

Imagem de julho de 2011 mostra o francês Sebastien Roubinet, da Expedição Adrenalina, fazendo testes em seu catamarã híbrido, capaz de velejar em água e gelo, no rio Saint-Laurent, na província de Quebec, Canadá (Foto: Adrenaline Expedition/AFP)Imagem de julho de 2011 mostra o francês Sebastien Roubinet, da Expedição Adrenalina, fazendo testes em seu catamarã híbrido no rio congelado Saint-Laurent, em Quebec, Canadá (Foto: Adrenaline Expedition/AFP)

Um navio quebra-gelo russo foi enviado nesta segunda-feira (2) para resgatar um catamarã preso no Ártico. A embarcação encalhada fazia parte da Expedição Adrenalina, uma aventura de três meses pelo Oceano Ártico que começou no dia 6 de julho, partindo de Point Barrow, no norte do Alasca, com destino à ilha de Spitzberg, no arquipélago de Svalbard, na Noruega.

A viagem do catamarã híbrido – capaz de andar sobre a água e o gelo – é comandada pelos velejadores franceses Sebastien Roubinet e Vincent Berthet.

A imagem acima, feita em julho de 2011, mostra Roubinet fazendo testes com a embarcação no rio Saint-Laurent, em Riviere-du-Loup, província de Quebec, no Canadá.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Navio quebra-gelo russo é enviado para resgatar catamarã no Ártico

Imagem de julho de 2011 mostra o francês Sebastien Roubinet, da Expedição Adrenalina, fazendo testes em seu catamarã híbrido, capaz de velejar em água e gelo, no rio Saint-Laurent, na província de Quebec, Canadá (Foto: Adrenaline Expedition/AFP)Imagem de julho de 2011 mostra o francês Sebastien Roubinet, da Expedição Adrenalina, fazendo testes em seu catamarã híbrido no rio congelado Saint-Laurent, em Quebec, Canadá (Foto: Adrenaline Expedition/AFP)

Um navio quebra-gelo russo foi enviado nesta segunda-feira (2) para resgatar um catamarã preso no Ártico. A embarcação encalhada fazia parte da Expedição Adrenalina, uma aventura de três meses pelo Oceano Ártico que começou no dia 6 de julho, partindo de Point Barrow, no norte do Alasca, com destino à ilha de Spitzberg, no arquipélago de Svalbard, na Noruega.

A viagem do catamarã híbrido – capaz de andar sobre a água e o gelo – é comandada pelos velejadores franceses Sebastien Roubinet e Vincent Berthet.

A imagem acima, feita em julho de 2011, mostra Roubinet fazendo testes com a embarcação no rio Saint-Laurent, em Riviere-du-Loup, província de Quebec, no Canadá.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Enviado da ONU à Síria denuncia mais incidentes com armas químicas

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O enviado das Nações Unidas à Síria disse nesta quarta-feira (28) que dezenas de soldados sírios inalaram gás tóxico em novos incidentes no país e pediu que a organização internacional faça uma investigação.

O embaixador Bashar Jaafari disse a jornalistas que havia pedido ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que estendesse o mandato da equipe que investiga o uso de armas químicas na Síria para incluir esses novos incidentes, que ele classificou de “atrozes”.

Jaafari disse que dezenas de soldados sírios estavam recebendo tratamento em hospitais depois dos incidentes que ocorreram em 22, 24 e 25 de agosto nos subúrbios de Damasco.

As declarações de Jafaari foram feitas no momento em que os embaixadores dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU -Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia e China- examinam um projeto de resolução elaborado por Londres que permitiria uma resposta militar contra a Síria, segundo fontes diplomáticas.

arte síria versão 28.08 (Foto: Arte/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Coreia do Norte cancela visita de enviado dos EUA

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A Coreia do Norte cancelou seu convite para que o governo dos Estados Unidos enviasse um representante para negociar a libertação de um cidadão americano detido nesse país desde novembro, informou o departamento de Estado nesta sexta-feira (30).

“Estamos surpresos e decepcionados com a decisão da Coreia do Norte”, assinalou em um comunicado o departamento de Estado, que havia anunciado esta semana a viagem de um representante para tentar libertar Kenneth Bae, sentenciado a 15 anos de trabalhos forçados por conspiração contra o regime de Kim Jong-un.

O departamento de Estado disse ainda que Washington quer uma explicação para esse cancelamento.

“Fizemos todos os esforços para que a viagem do embaixador Robert King pudesse realizar a visita como estava previsto ou em uma data posterior”, afirmou a porta-voz Marie Harf.

King, que é esperado en Washington neste sábado, tem o cargo de embaixador e estava servindo no nordeste asiático desde 19 de agosto. Devia viajar à Coreia do Norte nesta sexta, numa visita humanitária para libertar Kenneth Bae.

Bae, um operador turístico coreano-americano cujo nome coreano é Pae Jun-Ho, foi detido em novembro quando entrou no país pelo porto.

Pyongyang, que proíbe qualquer manifestação religiosa, disse que Bae era um evangelista cristão que introduziu material subversivo no país.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,