RSS

Arquivo da tag: encontrados

Pelo menos 13 migrantes do Níger são encontrados mortos no Sahara

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Pelo menos 13 das dezenas de migrantes do Níger abandonados por contrabandistas no deserto do Sahara na semana passada foram encontrados mortos no sul da Argélia, disseram uma autoridade local e uma fonte militar do Níger nesta sexta-feira (9).

Alat Mougaskia, representante local do governo de Niamei, na cidade de Arlit, no norte do país, disse que 13 corpos foram confirmados em uma localidade, e que se acredita que 33 outras pessoas do mesmo comboio, na maioria mulheres e crianças, tenham morrido em outros lugares, mas seus corpos ainda não foram encontrados.

“Estas pessoas parecem ter procurado abrigo, mas morreram pela falta de alimento e água”, declarou uma fonte militar do Níger à Reuters, pedindo anonimato e estimando em 30 os mortos.

Não houve comentários de imediato das autoridades argelinas.

O Níger está em uma encruzilhada de rotas migratórias que ligam o norte da África ao resto do continente. O país se comprometeu a reprimir o contrabando depois que 92 migrantes morreram tentando fazer a mesma viagem para a Argélia no final do ano passado.

As autoridades dos dois lados da fronteira procuraram os migrantes nesta semana depois que seis mulheres e oito crianças que eram parte do comboio de migrantes abandonado por seu motorista no deserto foram resgatados por forças de seguranças argelinas, informaram as autoridades.

A maioria dos migrantes a caminho da Argélia é de mulheres e crianças do sudeste remoto do Níger que são enviadas para mendigar do lado de fora de mesquitas argelinas. A rota líbia, entretanto, é popular entre os jovens de todo oeste africano que procuram trabalho na Líbia ou uma vida melhor na Europa.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Cinco pinguins são encontrados degolados no litoral do Peru

O Centro de Reprodução e Resgate do Pinguim de Humboldt do Peru denunciou nesta segunda-feira (21) a morte de cinco aves, que foram degoladas e tinham perfurações no pescoço, na praia de Media Luna do distrito de Puerto Eten, na região de Lambayeque, no norte do país.

O responsável pelo centro de resgate, Guillermo Baigorria, declarou ao “Canal N” que um dos pinguins mortos estava no ninho e acrescentou que “quem fez isto tem um afã subalterno (ordenado por terceiros)”. “Não consigo pensar outra coisa”, continuou.

Em uma praia no centro foram encontrados uma fêmea e um macho de dois anos, além de outra fêmea de oito meses, enquanto em outra estavam dois pinguins, entre oito e nove anos, com pequenos orifícios no pescoço.

A promotora Karen Padilla, da Primeira Promotoria de Prevenção do Delito, que lida com as questões ambientais, explicou a RPP Notícias que os animais “apresentam cortes de seis por quatro centímetros aproximadamente e com o pescoço exposto”.

Os restos das aves serão submetidos à autópsia no laboratório do Serviço Nacional de Saúde Agrária do Peru.

O centro de reprodução e resgate do pinguim de Humboldt, espécie em risco de extinção, funciona há quatro anos em Lambayeque, no norte do Peru, e tem agora 16 animais em bom estado de saúde, confirmou a promotora.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Treze corpos são encontrados em fossa clandestina no México

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Pelo menos 13 corpos foram retirados de uma fossa clandestina descoberta na quarta-feira, perto da Cidade do México, informou a Procuradoria nesta sexta (23), acrescentando que cinco deles pertencem ao grupo de 12 jovens sequestrados em maio em um bar da capital.

O subprocurador de Controle Regional, Renato Sales, disse em entrevista coletiva que, na fossa, “foram encontrados os restos mortais de 13 pessoas”. Cinco delas puderam ser identificadas como parte dos jovens sequestrados em plena luz do dia, em um bar no centro. O caso pôs em xeque a segurança da capital mexicana.

Sales disse que uma das vítimas, um rapaz, foi identificada por testes de DNA e que também há “dados suficientes” para acreditar que os corpos de outros três homens e uma mulher pertencem ao grupo desaparecido.

As autoridades anunciaram na quinta-feira a descoberta de uma fossa clandestina em um parque natural de Tlalmanalco, município do estado do México (centro), 30 km ao sudeste da capital.

De imediato, foram iniciadas as investigações para determinar se as vítimas pertenciam aos 12 sequestrados – sete homens e cinco mulheres entre 16 e 34 anos – por um grupo armado, na manhã do dia 26 de maio, na saída do bar After Heaven. O local fica a apenas alguns metros de uma sede policial e do movimentado Paseo de la Reforma.

Segundo a prefeitura, o sequestro aconteceu por uma disputa entre as gangues La Unión e Tepis, envolvidas com a venda de drogas no bairro de Tepito.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,