RSS

Arquivo da tag: encontrado

Barco que pode ter saído do Japão após tsunami é encontrado nos EUA

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Barco que pode ter sido arrastado do Japão até os EUA após o tsunami de 2011 foi encontrado em Ocean Shores, no estado de Washington (Foto: Ocean Shores Police Department/AP)Barco que pode ter sido arrastado do Japão até os EUA, após o tsunami de 2011, foi encontrado na cidade de
Ocean Shores, no estado de Washington, Costa Oeste do país (Foto: Ocean Shores Police Department/AP)

As autoridades do estado de Washington, na Costa Oeste dos Estados Unidos, estão investigando se um pequeno barco encontrado no litoral da cidade de Ocean Shores, na segunda-feira (28), chegou ao local cruzando o Oceano Pacífico após o tsunami que atingiu o Japão em março de 2011.

Segundo a porta-voz do Departamento de Ecologia do estado, Linda Kent, a embarcação estava coberta por algas.

O barco foi recolhido e será testado para saber se não carrega espécies invasivas ao ecossistema local.

Uma grande quantidade de objetos de todo tipo chegou à Costa Oeste dos EUA após ter sido arrastada pelo tsunami e atravessar o Pacífico. Muitos itens também foram encontrados no Alasca.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , ,

Inseto fêmea encontrado no Brasil tem pênis e penetra macho

O órgão erétil feminino é inserido no macho para sugar esperma e comida (Foto: Kazuniro Yoshizawa/Divulgação/BBC)O órgão erétil feminino é inserido no macho para sugar esperma e comida (Foto: Kazuniro Yoshizawa/BBC/
Divulgação)

Cientistas japoneses afirmam ter descoberto no Brasil um inseto fêmea com pênis. Esta é a primeira vez que especialistas identificaram um animal do sexo feminino que também carrega o órgão masculino.

Já os machos possuem aberturas parecidas com vaginas e são penetrados pela fêmea, que suga esperma e alimento (fluidos seminais nutritivos).

O acasalamento dura de 40 a 70 horas, relatam os pesquisadores na revista “Current Biology”.

“Apesar da inversão do papel sexual já ter sido identificada em vários animais, o Neotrogla é o único exemplo em que o órgão sexual também é trocado”, disse o principal autor do estudo, Kazunori Yoshizawa, da Universidade de Hokkaido, no Japão.

Os insetos – de quatro espécies distintas do gênero Neotrogla – foram encontrados em cavernas de Minas Gerais, da Bahia e do Tocantins. O pênis da fêmea foi apelidado de “gynosome”.

Uma vez dentro do macho, a parte membranosa do “gynosome” se infla e, com inúmeros espinhos, mantém os dois insetos grudados.

Quando os pesquisadores tentaram separar o macho da fêmea, o abdômen dele foi arrancado do tórax sem quebrar o acoplamento genital.

Essa inversão incomum de papéis pode ter sido impulsionada pelo ambiente pobre de recursos em que os animais vivem, especulam os pesquisadores. Nesse caso, a fêmea aproveita o acasalamento também para se alimentar.

Esses insetos curiosos oferecem novas oportunidades para testar ideias sobre seleção sexual, conflitos entre os sexos e evolução dessa “novidade”.

“Será importante desvendar por que, entre tantos animais com papéis sexuais invertidos, apenas os insetos Neotrogla desenvolveram um pênis feminino elaborado”, disse Yoshitaka Kamimura, da Universidade de Keio, também no Japão.

Agora, a primeira tarefa dos cientistas será estabelecer uma população saudável desses insetos em laboratório.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Mt. Gox afirma ter encontrado 200 mil bitcoins em carteira ‘esquecida’

A casa de câmbio Mt. Gox afirmou nesta sexta-feira (21) que encontrou 200 mil bitcoins “esquecidas” no dia 7 de março, uma semana depois de a empresa japonesa de moeda virtual ter entrado com pedido de falência. Ela diz ter perdido todas as 850 mil bitcoins que possuía, avaliadas em US$ 500 milhões.

De acordo com a Mt. Gox, liderada pelo francês Mark Karpeles, o montante foi encontrado em uma carteira on-line, de formato antigo, que não era usada desde junho de 2011 e que se pensava que estava vazia. Após o pedido de falência, ela foi checada novamente.

A empresa disse ainda que moveu as 200 mil bitcoins de carteiras on-line para off-line entre os dias 14 e 15 de março “por medidas de segurança”. “Essas movimentações de bitcoins, incluindo a mudança na maneira como essas moedas são armazenadas, foram reportadas à corte e a supervisores por conselhos”.

Muitos dos 127 mil credores da Mt. Gox, que temem ter perdido seus investimentos após a casa de câmbio pedir recuperação judicial, estão céticos em relação ao que a empresa disse que aconteceu com as bitcoins que perdeu. No pedido de falência, a Mt. Gox afirmou também que US$ 28 milhões estavam “faltando” de suas contas bancárias japonesas.

Bitcoins são compradas e vendidas por redes ponto a ponto que são independentes de um controle central. O valor da moeda digital disparou no ano passado e o total de valor é estimado hoje em cerca de US$ 7 bilhões.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Vendedor de sucata dos EUA pode ter encontrado relíquia de US$ 20 mi

Ovo Faberge encontrado pelo vendendor de sucatas (Foto: REUTERS/Prudence Cuming Associates/Wartski/Handout)Um dos ovos Fabergé desaparecidos, em imagem
divulgada pelo antiquário londrino Wartski
(Foto: Reuters)

Quando um vendedor de sucata do Meio-Oeste dos Estados Unidos comprou um ornamento dourado em um mercado de pulgas, nem passou pela sua cabeça que era dono de um ovo Fabergé avaliado em US$ 20 milhões pertencente à corte da Rússia imperial.

Em um mistério digno das tumultuadas histórias de elites russas, o ovo dourado de 8 centímetros foi retirado às pressas de São Petersburgo depois da Revolução Bolchevique de 1917 e ficou desaparecido durante décadas nos Estados Unidos.

Um homem não identificado nos EUA avistou o ovo enquanto procurava objetos de ouro e o comprou por US$ 14 mil esperando conseguir um dinheiro fácil vendendo-o a um derretedor de metais. Mas não houve compradores, porque ele tinha superestimado o valor do relógio e das joias dentro do ovo.

Desesperado, o homem pesquisou na Internet e se deu conta de que podia estar com o ovo que o czar russo Alexander III deu à sua mulher, Maria Feodorovna, na Páscoa de 1887. Quando o vendedor de sucata procurou o antiquário londrino Wartski, ficou chocado.

“Ele estava com a boca seca de medo, nem conseguia falar. Um homem de jeans, tênis e camisa xadrez me mostrou foto do ovo imperial perdido. Eu sabia que era genuíno”, disse Kieran McCarthy, diretor do antiquário Wartski, à Reuters.

“Ele ficou completamente fora de si, não conseguia acreditar no tesouro que tinha”, disse McCarthy, que em seguida viajou a uma pequena cidade norte-americana para inspecionar o ovo de ouro amarelo na cozinha do vendedor.

O antiquário Wartski comprou o ovo para um colecionador particular não identificado. McCarthy disse não poder revelar a identidade do homem que encontrou o ovo, o valor da venda ou o colecionador, embora tenha declarado que este último não é russo.

A Reuters não pôde verificar a história sem a identidade dos envolvidos, e quando indagado se a história não era fantástica demais para ser verdade, McCarthy afirmou:

“Somos antiquários, então duvidamos de tudo, mas esta história é tão maravilhosa que não dava para inventar, está além da ficção e faz parte da lenda dos antiquários, não há nada igual”.

Os ovos requintados de Peter Carl Fabergé se tornaram mitológicos desde que foram criados para os czares russos. Só a realeza e bilionários podem ter esperanças de colecioná-los. Entre seus proprietários atuais estão a rainha Elizabeth, da Inglaterra, e o Kremlin.

Peter Carl Fabergé fabricou cerca de 50 ovos imperiais para os czares russos entre 1885 e 1916. Quarenta e dois sobreviveram, de acordo com Fabergé. Outros foram feitos para mercadores.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Quadro de Rembrandt é encontrado na França 15 anos após o roubo

A polícia francesa recuperou em Nice, sudeste do país, um quadro do pintor holandês Rembrandt que havia sido roubado de um museu municipal em julho de 1999, informaram fontes ligadas à investigação.

Duas pessoas que estavam com a obra foram detidas após uma investigação do Departamento Central de Luta contra o Tráfico de Bens Culturais (OCBC), com o apoio da polícia de Nice.

A tela, de 60 centímetros por 49 centímetros, com o título “O menino e a bolha de sabão”, pertence ao Estado francês e foi roubada do museu municipal de Draguignan (sudeste).

O quadro estava avaliado em 20 milhões de francos (3,79 milhões de euros atualmente) quando foi roubado. As fontes não informaram onde o quadro ficou nos últimos 15 anos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Cantora Courtney Love diz que pode ter encontrado avião sumido

Imagem divulgada pela cantora em sua página do Facebook mostra o que ela acha que pode ser a localização do avião desaparecido (Foto: Reprodução/Facebook/Courtney Love)Imagem divulgada pela cantora em sua página do Facebook mostra o que ela acha que pode ser a localização do avião desaparecido (Foto: Reprodução/Facebook/Courtney Love)

A cantora americana Courtney Love publicou em seu perfil no Facebook uma imagem de um site de visualização via satélite apontando uma mancha no mar e dizendo que ela não é uma especialistas, mas que a imagem “parece um avião e uma mancha de óleo”. Courtney se referia ao Boeing 777 da empresa Malaysia Airlines, desaparecido desde o dia 7 deste mês duas horas após decolar de Kuala Lumpur.

A imagem publicada por Courtney é do site colaborativo Tomnod, em que as pessoas tentam identificar objetos e lugares base em imagens via satélite. De acordo com o DigitalGlobe, que fornece as imagens de satélite para o Tomnod, as fotos são atualizadas diariamente.

Segundo a cantora, a mancha está a 1,6km da ilha de Pulau Perak, próximo à Malásia. O site Tomnod, no entando, informou em sua página do Facebook que a imagem compartilhada por Courtney mais parece a de outros barcos navegando pela região.

O número de países envolvidos nos esforços para encontrar a aeronave chega a 26. A busca se concentra em dois amplos corredores em terra e mar.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Programador diz ter encontrado ‘porta dos fundos’ em aparelhos Samsung

Programadores do sistema Replicant, uma adaptação do Android que usa apenas componentes de código aberto, dizem ter encontrado uma “porta dos fundos” em smartphones e tablets da Samsung que permitiria acessar e até modificar remotamente todos os dados do aparelho. Paul Kocialkowski, desenvolvedor do Replicant, publicou a descoberta na quarta-feira (12) no site da Free Software Foundation (FSF), que defende o uso de software livre.

A brecha teria sido encontrada durante o processo de “engenharia reversa” realizado para tornar o Replicant compatível com os aparelhos da linha Galaxy. No entanto, os programadores ainda não encontraram uma forma de executá-la.

De acordo com os desenvolvedores do Replicant, dispositivos da Samsung como o Nexus S, Galaxy S, S2, e S3, e o tablet Galaxy Tab 2 10.1 possuem uma função que permite acessar as informações dos aparelhos por meio de seus coprocessadores de rádio, também chamados de modem.

O modem do celular executa um software específico fornecido por cada fabricante. No caso, o programa da Samsung incluído no Android cria uma “ponte” entre os dois softwares, dando ao coprocessador de rádio controle sobre o sistema. Esse recurso, se ativado remotamente, poderia garantir acesso às informações armazenadas nos dispositivos da empresa.

“Devido ao fato que o modem é um software proprietário e pode ser controlado remotamente, e esse é um fato aceito e não faz parte da nossa pesquisa, achamos que é relevante considerar o modem comprometido e chamar o problema de uma ‘porta dos fundos'”, afirmou Kocialkowski ao G1.

O caso seria mais sério no smartphone Galaxy original, onde o programa que recebe os comandos é executado como superusuário “root”, o que dá acesso a todas as funções do aparelho. Em versões mais novas, o programa é limitado aos arquivos armazenados em um cartão SD.

Segundo o desenvolvedor, o problema poderia ser, por exemplo, explorado por um governo com a ajuda de operadoras de telefonia.

Até a publicação desta reportagem, a Samsung não se pronunciou sobre o caso.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Filhote de peixe-boi com 1,89 metro é encontrado morto no litoral do Piauí

Um filhote de peixe-boi marinho foi encontrado na praia de Barra Grande, no Piauí (Foto: Projeto Biomade patrocínio Petrobras)Filhote de peixe-boi marinho foi achado em Barra Grande no Piauí (Foto: Biomade)

Pescadores encontraram um filhote de peixe-boi marinho morto na praia de Barra Grande, município de Cajueiro da Praia, Litoral do Piauí. Técnicos do projeto Biomade e Manati/Aquasis foram acionados e revelaram que no estômago do filhote havia fios de seda, material utilizado para confeccionar cordas de embarcações. O animal que possui 1,89 metro de comprimento é do sexo feminino e foi resgatado já em alto estado de decomposição.

Filhote de peixe-boi é do sexo feminino e possui 1.89 metros de comprimento (Foto: Projeto Biomade patrocínio Petrobras)Filhote é do sexo feminino e possui 1.89 metros
(Foto: Projeto Biomade patrocínio Petrobras)

De acordo com Edlanye Mendes, coordenadora de campo do projeto Biomade, os fios de seda foram encontrados após necropsia.  Edlanye Mendes disse ainda que não é comum encontrar peixe-boi no Litoral do Piauí. Segundo ela, o último registro deste tipo de encalhe aconteceu em 2005.

“No Brasil há apenas 500 peixes-boi. Um estudo mostrou que existem na área do litoral piauiense apenas 16 animais. Isso porque o habitat natural deles está mudando. A maioria dos casos de encalhe acontecem com filhotes porque as mães precisam procurar alimentação e eles não conseguem acompanhá-las neste trajeto. Como os filhotes de peixes-boi são muito pequenos, eles não têm condições de se alimentar sozinhos e ficam fracos, logo são facilmente jogados para a praia pela maré alta”, explicou.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Relógio suíço moderno encontrado em tumba de 400 anos!

Um relógio suíço teria sido descoberto em uma tumba da época da dinastia Ming, na China. Como o objeto só poderia existir atualmente seria ele uma prova de viajantes do tempo?  

A notícia surgiu em 2008, mas voltou à mídia no dia 18 de janeiro de 2014, depois de ser (re)publicada no blog do canal de TV por assinatura History. De acordo com o texto, o pesquisador Jiang Yanyo, curador do Museu de Guanxi, disse em entrevista que o estranho artefato é um relógio de metal, encontrado em dezembro de 2008, na tumba de Si Qing, da dinastia Ming, de 400 anos de idade. O relógio tem apenas 100 anos e contém a inscrição “Suíça”, um país inexistente durante a dinastia Ming.

O pesquisador disse ainda que ele e sua equipe estavam escavando o solo em volta do caixão quando um pedaço de pedra caiu no chão, fazendo um som metálico. Ao limpar o objeto, perceberam se tratar de um anel – que, depois de limpo, mostrou ser um relógio com a inscrição “Suíça”.

A descoberta abriu as portas de inúmeras teorias que vão desde a possibilidade de seres de outros planetas terem nos visitado em épocas remotas ou de viajantes do tempo, que voltaram aos séculos passados e, por um descuido, deixaram cair o artefato no local.

Será que isso é verdadeiro ou falso?

Relógio "moderno" teria sido encontrado dentro de tumba de 400 anos! Será? (foto: Reprodução/Facebook) Relógio “moderno” teria sido encontrado dentro de tumba de 400 anos! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Quando a notícia apareceu em 2008, cogitamos que poderia ser apenas um viral para a divulgação de algum novo filme de Hollywood. No entanto, o tempo passou e nada mais foi dito sobre isso. Até que, no dia 18 de janeiro de 2014, o canal History resolveu requentar uma matéria que ele mesmo havia publicado em junho de 2013.

Sob o título de “Mistério ainda sem respostas”, o History fez o que ele sabe fazer de melhor: Enrolar a audiência com matérias que não acrescentam em nada do que já se sabe. Simplesmente pegaram uma história interessante antiga e disseram que “continua como está”!

Ao contrário do que fez o History Channel, resolvemos dar uma pesquisada ao bom e velho estilo do E-farsas, usando a própria internet como ferramenta (aliás, isso poderia ter sido feito por qualquer estagiário da prestigiada rede de TV por assinatura).

Os milhares de sites e blogs sensacionalistas e criadores das teorias mais malucas e absurdas possíveis sugerem que o tal relógio achado na China poderia ser:

Um artefato deixado por algum visitante de outro planeta que, sem querer, deixou vestígios de sua visita;Objeto de um viajante do tempo que, sem querer, deixou vestígios de sua visita;Foi enviado para o passado intencionalmente por alguma equipe de pesquisa que, de alguma forma, descobriu como viajar no tempo;

Qual dessas teorias é a mais provável? E se acrescentarmos que houve uma contaminação do local da escavação? Essa, sim, seria a mais racional!

É bem provável que um objeto tão pequeno como aquele não faça um barulho perceptível ao cair no chão. Além disso, o minirrelógio parece estar esverdeado (possivelmente) pela presença de cobre e uma inscrição “Swiss” seria muito pequena (para esse tamanho) para ser lida a olho nu.

De qualquer maneira, o fato do relógio ter parado às 10:10 pode ser devido ao fato de que o objeto, na verdade, seja apenas um enfeite – como um brinco – que só mostra mesmo esse horário.

Relógio visto de lado se parece mais com um anel ou com um brinco! Relógio visto de lado se parece mais com um anel ou com um brinco!

Podemos ver que em todas as propagandas de relógio, os aparelhos são sempre apresentados com os ponteiros marcando 10 horas e 10 minutos (ou 1h50m). Já reparou?

A explicação para isso, conforme explicado no Metamorfose Digital, é que os ponteiros dos relógios nas propagandas formam um “V”, que significa “aceitável”, além de que a posição pode ainda ser identificada como um sorriso.

Todas as propagandas de relógios mostram os ponteiros marcando 10:10. Já reparou? (foto: Divulgação) Todas as propagandas de relógios mostram os ponteiros marcando 10:10 ou 1:50. Já reparou? (foto: Divulgação)

Descartando todas as teorias de viajantes do tempo e de visitantes extraterrestres, ficamos com a mais provável: Contaminação do local de pesquisa!

A equipe do pesquisador Jiang Yanyo (que, na verdade, se chama Jiang Yanyu e o History escreveu errado) pode ter encontrado vestígios de objetos mais recentes misturados à lama e terra em torno da tumba. Isso, se a gente descartar a possibilidade da tumba ter menos de 400 anos.

É bom ressaltar que a matéria do History não disse que o relógio foi achado do lado de fora do enorme bloco de pedra, que era o objeto do estudo de Jiang Yanyu e de sua equipe. Do jeito que o achado foi noticiado, dá a impressão que o relógio estava dentro da tumba de Si Qing.

Uma prova para essa teoria da contaminação é uma reportagem publicada no dia 29 de novembro de 2008, em chinês, pela agência Xinhua. De acordo com a matéria, durante o transporte do caixão de concreto houve um vazamento de um líquido marrom de dentro do bloco, comprovando que houve infiltração no solo e, por consequência, o caixão havia sido contaminado por elementos de outras datas!

Vazamento mostra que houve infiltração e possível contaminação da tumba! (foto: Divulgação/Xinhua) Vazamento mostra que houve infiltração e possível contaminação da tumba! (foto: Divulgação/Xinhua)

Muita gente acha que os povos antigos não eram capazes de fazer coisas bacanas como um relógio minúsculo como esse, mas acredite, mas houve um tempo em que usar “relógios de dedo” era moda (e um luxo) na Europa e Estados Unidos!

Abaixo, um recorte de um anúncio de um desses relógios, de 1938:

Relógio de dedo Relógio de dedo de 1938! (foto: Reprodução)

E esse relógio Rolex, de 1950:

relogio_tumba5

E se você acha que relógios de dedo de quase 100 anos de idade são muito recentes, dá só uma olhada nesse suíço, de 1890:

Relógio-anel de 1999999 Relógio-anel de 1890! (foto: Reprodução/Antique)

Curiosidade: A fábrica Vacheron Constantin foi fundada em 1755 e é considerada a fábrica mais antiga de relógios ainda em operação na Suíça.

Outra curiosidade: A Suíça existe como Confederação Suíça desde 1291!

A inscrição “Swiss Made” (feito na Suíça) foi adotada no final do século 19 pelos fabricantes de relógios para comprovar a autenticidade dos produtos fabricados naquele país. É um tipo de carimbo, grafado na frente do mostrador, geralmente localizado acima do numero 6. São duas palavras e não apenas “Swiss” como mostrado na notícia. Possivelmente, o tal relógio seja uma cópia chinesa barata!

Inscrição "Feito na Suíça" é um comprovante de autenticidade do relógio! (foto: reprodução/Wikipédia) Inscrição “Feito na Suíça” é um comprovante de autenticidade do relógio! (foto: reprodução/Wikipédia)

O relógio suíço apareceu na Genebra em meados do século 16. Na época, a China mantinha o comércio marítimo com o Portugal, Espanha, Japão e Holanda. É possível, portanto, que o “morador” do caixão (datado em torno do ano de 1600) tenha sido um viajante endinheirado, ou poderia ter comprado o relógio exótico de algum um comerciante que passou por aquelas bandas.

Essa é uma notícia antiga que foi ressuscitada pelo blog de uma rede de TV que não tinha nada de bom para publicar naquele dia. O achado não tem nada de anormal ou extraterrestre e é muito provável que o relógio tenha sido de alguém que andou por aqueles lados há alguns anos e perdeu seu adorno. Uma análise mais detalhada no relógio poderia determinar a sua possível origem, mas parece que ninguém deu muita atenção para o objeto, pois não se falou mais no assunto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Fonte E-farsas

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Monstro marinho encontrado na praia de Grumarejo, Sergipe!

Pescadores da Praia do Grumarejo, em Sergipe, teriam achado restos mortais do que perece ser um animal marinho pré-histórico. Mas será que essa notícia é real?

Notícia que foi publicada em inúmeros sites e blogs afirma que o estranho bicho teria sido encontrado já sem vida por um pescador que chegava à praia, por volta das 5 horas da manhã, para trabalhar.

Especialistas, segundo o artigo, dizem que o estranho animal tem cerca de 12 metros de comprimento e que ainda não havia sido pesado. Possui dentes afiados como os das piranhas e não aparenta ter nenhum mecanismo que permita a respiração debaixo d’água.

Abaixo, uma das fotos do corpo do animal que teria assustado e atraído a curiosidade dos moradores da região:

Monstro gigante teria sido encontrado morto em Sergipe! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução/Facebook) Monstro gigante teria sido encontrado morto em Sergipe! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução/Facebook)

A notícia tem várias características que constituem um boato digital:

Não é datadaUsa nomes de entidades para conseguir mais credibilidadeCita nomes de pessoas que não existemTrata de um assunto que atraia a curiosidade de muitos leitores

Não se sabe! Não há na notícia nenhuma menção do dia em que os pescadores teriam achado o animal…

Certamente, quem criou essa história não a fixou em uma data para que o boato possa ficar voltando a aparecer na web de tempos em tempos. Quem ler esse hoax daqui a uns anos poderá achar que se trata de uma notícia fresca.

Outro detalhe importante na “notícia” é onde o tal bicho teria sido encontrado. Ao buscar por “Grumarejo” no Google, só temos como resultado endereços de sites e blogs que copiaram a mesma história.

Ao que tudo indica, a praia do Grumarejo não fica em Sergipe! Aliás, não encontramos essa praia em nenhum estado brasileiro.

Será que procuramos direito?  Pode ser. Quem conhecer essa praia, favor nos mandar um link nos comentários que comprove a sua existência.

A única prova que temos do tal achado é uma foto que mostra alguns pecadores arrastando um estranho ser na areia. Mas a foto não é real!

A imagem original foi tirada na praia do Meco, que fica à 40 km de Lisboa (Portugal). Compare as duas fotografias:

monstro-gigante-nordeste_compara

Quem criou esse boato sobre o monstro marinho de Sergipe foi o site humorístico Jornal VDD no dia 18 de dezembro de 2013. Apesar do Jornal VDD avisar que as notícias ali postadas são fictícias e humorísticas, muitos sites e blogs resolveram republicar a matéria como se ela fosse real!

O texto foi criado pelos humoristas do Jornal VDD, mas a fotomontagem do animal é mais antiga. Encontramos referências a essa farsa em junho de 2012.

História falsa! Foto forjada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Fonte E-farsas

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,