RSS

Arquivo da tag: email

E-mail ‘seguro’ do governo terá ‘porta dos fundos’, admite Serpro

Um executivo do Serviço de Processamento de Dados do governo federal (Serpro) admitiu que o sistema de e-mail seguro do governo, chamado de Expresso, terá uma “porta dos fundos” ou “backdoor” – uma “chave mestra” que permitirá ler qualquer mensagem protegida pelo sistema.

“Por lei, pelo Marco Civil da Internet, eu tenho que garantir a auditabilidade desses meios de comunicação. Se eu uso criptografia ponto a ponto, como as boas práticas nos indicam, eu faço com que aquela criptografia seja invisível para qualquer outra pessoa. Se eu não tiver um modelo HSM de chave mestra, ela passa a ser não auditável. Ou seja, eu estou descumprindo questões legais”, afirmou Marcos Melo, coordenador de ações governamentais do Serpro.

A declaração foi feita pelo executivo durante o 12º Fórum de Certificação Digital (CertForum) nesta quarta-feira (28), em resposta a um questionamento feito por Paulo Roque, da Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes). Há um vídeo do canal do YouTube do site “Convergência Digital” disponível na web (assista) com a pergunta de Roque e a resposta de Melo.

O Marco Civil da Internet não determina especificações para requerimentos de auditoria de conteúdo das comunicações, apenas de registros de acesso, que normalmente não sofrem interferência de criptografia em conteúdo. A lei possui, no entanto, algumas regras específicas para administração pública. Melo não informou qual artigo especificamente do Marco Civil, ou de outra legislação, exige que o sistema do governo tenha a “chave mestra”.

Segundo ele, a chave mestra usará um módulo de segurança em hardware (HSM, na sigla em inglês) que dependerá de autorização de múltiplas pessoas para ser ativado. Só então é possível abrir o e-mail protegido. Isso garantiria a segurança do processo.

Após essa resposta, Roque perguntou a Melo se essa “porta dos fundos” do sistema não poderia ser explorada por organizações com muitos recursos, como a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA). Melo disse que não pode garantir que nenhum sistema é 100% seguro, mas que o projeto do Expresso é aberto e tem sido realizado com a cooperação de diversos especialistas para que o sistema fosse o mais seguro possível. “Tudo que está feito, tudo que está sendo estudado, é para que o sistema seja seguro, inclusive da NSA”, afirmou.

A criptografia mais comum para uso em e-mails, baseada no protocolo PGP, usa o modelo ponto a ponto mencionado por Melo. Nele, somente o destinatário da mensagem é capaz de decifrar o conteúdo da mesma. Gratuita e aberta, a tecnologia foi usada, por exemplo, pelo jornalista Glenn Greenwald para se comunicar com Edward Snowden, que vazou documentos da NSA.

Snowden também usava o provedor de e-mails Lavabit que fazia uso de criptografia ponto a ponto. Para obter acesso às mensagens dos clientes, o governo norte-americano solicitou que fosse criado um mecanismo de porta dos fundos no serviço. O dono da empresa resolveu fechá-la em vez de ceder às solicitações do governo.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Vulnerabilidade no iPhone deixa anexos de e-mail desprotegidos

iPhone 5C é o smartphone de 'baixo custo' da Apple (Foto: Divulgação/Apple)iPhone tem falha descoberta nos e-mails
(Foto: Divulgação/Apple)

Um pesquisador alemão descobriu uma vulnerabilidade no iPhone que deixa os anexos das mensagens de e-mail sem a proteção da criptografia presente desde o iOS 4. De acordo com Andreas Kurtz, os arquivos ficam disponíveis para a leitura quando um iPhone ou iPad é conectado a um PC, mesmo que o aparelho esteja bloqueado com senha.

A Apple confirmou a brecha e disse que está trabalhando em uma solução que será parte da próxima atualização do iOS.

A falha não permite que alguém leia os dados do aparelho remotamente, apenas permite que os dados sejam acessados caso alguém já tenha o aparelho em mãos. Se estivesse funcionando corretamente, o recurso de criptografia impediria a leitura de qualquer informação armazenada no dispositivo, mesmo que ele seja roubado.

Aparelhos mais novos da Apple estão mais protegidos, porque eles não permitem a leitura de arquivos por meio do computador. No entanto, se for possível burlar essa limitação, os arquivos ficariam novamente acessíveis. Kurtz conseguiu com sucesso ler os anexos de e-mails armazenados em um iPhone 4.

A criptografia de dados no iPhone está disponível desde o iPhone 3GS e com o iOS 4. O iPad 2 e o iPhone 4 tem a criptografia ativada por padrão, desde que uma senha de bloqueio seja configurada no aparelho.

Outros sistemas
A criptografia de dados no Android normalmente não vem ativada de fábrica e não está disponível em todos os modelos. Nos aparelhos em que ela está disponível, é possível criptografar a memória interna do aparelho e também o cartão SD.

O Windows Phone 8 tem um recurso de criptografia, mas ele não está ativado de fábrica e não pode ser ativado pelo usuário. A única maneira de usá-lo é conectando o telefone aos aplicativos para empresas oferecidos pela Microsoft. O recurso, portanto, é restrito para empresas.

Para quem não pode usar a criptografia no aparelho, a única forma de proteger os dados é tentando realizar uma limpeza remota dos dados do telefone no caso de perda ou roubo.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

E-mail para instalar WhatsApp em computador é golpe de hackers

E-mail spam que comunica uma suposta versão do WhatsApp para computadores, mas, na verdade, direciona internauta para download de programa malicioso que rouba senhas bancárias. (Foto: Reprodução/Trend Micro)E-mail spam que comunica uma suposta versão do
WhatsApp para computadores, mas, na verdade,
direciona internauta para download de programa
malicioso que rouba senhas bancárias. (Foto:
Reprodução/Trend Micro)

Aproveitando a visibilidade da compra do WhatsApp pelo Facebook por US$ 16 bilhões, cibercriminosos iniciaram no Brasil uma campanha de envio de e-mails que simula o comunicado do lançamento do aplicativo para computadores. O intuito da mensagem, porém, é levar o internautas a baixar um arquivo malicioso que rouba informações bancárias.

A Trend Micro identificou o golpe, em que cibercriminosos enviam um spam por e-mail comunicando a falsa novidade de que o WhatsApp, enfim, será disponibilizado para computadores que rodem os sistemas operacionais Windows e Mac.

A mensagem indica um link para o suposto download do programa, que, na verdade, é um malware bancário, identificado como TSPY_BANKER.YZV. Quando instalado no computador, o programa malicioso recupera logins e senhas armazenados no sistema da máquina.

Assim, acessos a sistemas que exigem identificação digital, como o de bancos, correm o risco de fornecer dados de acesso aos criminosos.

Como o programa tem mensagens em português, a Trend Micro acredita que o alvo do ataque sejam internautas brasileiros.

Nesta terça-feira, Jan Koum, cofundador e presidente-executivo do WhatsApp, afirmou que o aplicativo não será disponibilizado nem para computadores nem para tablets. Rivais do app, como o Viber e o Skype, podem ser utilizados em outros dispositivos além dos smartphones.

A disputa entre aplicativos de mensagem esquentou nesta terça quando, em um contra-ataque ao anúncio do WhatsApp de que vai liberar ligações telefônicas entre usuários, o Viber lançou uma campanha em que permitirá aos usuários que façam chamadas gratuitas pelo app para telefones fixos durante duas semanas –mas o prazo pode ser prorrogado.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

E-mail público dos Correios deve se chamar Mensageria Digital

O serviço de e-mail público e gratuito que os Correios pretendem começar a oferecer em meados de 2014 deve se chamar Mensageria Digital, informou a estatal nesta terça-feira (10).

O projeto, que já vinha sendo estudado pelos Correios, ganhou força nas últimas semanas após as denúncias de que informações de usuários de serviços como o Gmail, do Google, e o Hotmail, da Microsoft, são acessadas por programas de espionagem do governo dos Estados Unidos.

No dia 1º de setembro, reportagem do Fantástico mostrou documentos classificados como ultrassecretos, que fazem parte de uma apresentação interna da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que indicam que a presidente Dilma Rousseff e o que seriam seus principais assessores foram alvo direto de espionagem da NSA. Um código indica isso.

A revelação, que abalou as relações entre Brasil e EUA, foi classificada pelo ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, como “inadmissíveis” e “inaceitáveis”, caso comprovadas.

Diante da denúncia, o Ministério das Comunicações revelou que os Correios trabalham no projeto de e-mail nacional e apontou que ele poderia ser oferecido aos brasileiros como opção aos serviços de empresas norte-americanas. Para tentar dar mais privacidade aos usuários brasileiros contra a vigilância dos EUA, o e-mail dos Correios será criptografado.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Selah Sue cantará com Maria Rita no Sunset: ‘Nos conhecemos por e-mail’

Selah Sue (Foto: Divulgação)A cantora belga Selah Sue, de 24 anos, vem ao Brasil pela primeira vez (Foto: Divulgação)

Ao lado de Maria Rita, com quem se apresenta no Palco Sunset, a belga Selah Sue será uma das primeiras atrações do Rock in Rio, no dia 13 de setembro. Dois dias depois, toca em Florianópolis.

Aos 24 anos, a cantora foi eleita pela revista “Rolling Stone” como uma das boas novidades de 2012. A aceitação da mistura de pop, soul, funk, reggae, jazz e hip hop pode ser comprovada pelo clipe de “Raggamuffin”. Ele já passou das 13 milhões de visualizações no Youtube.

Além dos fãs, seus vídeos fizeram com que ela se tornasse conhecida o suficiente para chamar atenção de alguns de seus ídolos, como Cee-Lo Green. Ele canta na estreia da cantora. Outro admirador ilustre é Prince, que durante ida à Bélgica, em 2010, chamou a cantora para abrir seu show em Antuérpia. O convite veio apenas uma hora antes da apresentação. Mas a parceria da vez é com Maria Rita. O repertório do dueto pode surpreender o público do Rock in Rio. Até porque não dá para adiantar nada sobre o dueto: as moças não ensaiaram e só se conhecem por e-mail. “É tudo uma questão de ‘vamos ver’, sabe? Teremos tempo quando eu chegar aí”, explica.

Selah Sue (Foto: Divulgação)Selah Sue (Foto: Divulgação)

G1 – Você irá se apresentar no mesmo dia de David Guetta e Beyoncé. Como acha que poderá ser recebida pelo público deles?
Selah Sue –
Não sei… A única coisa que dificulta um pouco para mim é que os ingressos se esgotaram imediatamente, claro, por causa da Beyoncé, e acho que meus fãs podem não ter tido a chance de comprar, já que foi tão rápido. Mas o bom é que eu não vou me apresentar no mesmo horário que ela, senão ia ser ainda mais difícil para as pessoas irem me assistir (risos). Mas, fora isso, sinto-me realmente honrada por estar no mesmo line-up que Beyoncé e outros grandes nomes.

Não nos encontramos, mas nos conhecemos por e-mail, trocando mensagens sobre o que devemos fazer no palco. Não sabemos o que vamos fazer, isso é típico dos artistas, somos todos bem preguiçosos”

G1 – Já se encontrou com Maria Rita? Planejaram como vai ser o show, como vão decidir o setlist?
Selah Sue –
Não, não nos encontramos, mas nos conhecemos por e-mail. Estamos em contato, trocando mensagens sobre o que devemos fazer no palco. Vai ser bacana. Mas não sabemos exatamente o que vamos fazer, isso é típico dos artistas, somos todos bem preguiçosos (risos). E eu estou em turnê agora, então é tudo uma questão de “vamos ver”, sabe? Teremos algum tempo quando eu chegar aí também, tempo para ensaiar e nos encontramos, então tudo vai dar certo.

G1 – Você já disse que pensava em ser bailarina ou psicóloga. Quando e como se decidiu pela música?
Selah Sue –
Quando tinha dezoito anos. Eu estudava psicologia, mas fui meio que descoberta por tocar músicas em um bar. Meu empresário me viu e um artista chamado Mylo me levou para turnê, me incentivou a compor músicas. Mas os festivais eram na época das minhas provas na faculdade, então precisei tomar uma decisão. Levei três anos para lançar meu primeiro disco, para crescer e saber o que queria, para cantar melhor ao vivo. Não tive que lutar para fazer música ou para fazer sucesso, entende? Tudo foi muito natural.

G1 – Em seu site, você diz que foi ‘escolhida pelos fãs na rede’. Quando começou a divulgar seu trabalho online, tinha ideia de que teria um retorno assim tão grande?
Selah Sue –
Foi através do Myspace e da internet em geral que minha gravadora me descobriu, assim como meu empresário e fãs. Agora estou em turnê pelos Estados Unidos e quando pergunto ao público como eles me conheceram, já que eu não toco muito nas rádios, todos respondem que foi pela internet.

Selah já abriu show de Prince: ‘Cheguei em cima da hora’

G1 – Você gravou com Cee-Lo Green e já abriu show do Prince. Como foram essas experiências?
Selah Sue –
Queria ter um convidado no disco, e chamei o Cee-Lo Green, porque os vocais são maravilhosos. Para mim, é o melhor vocalista de soul do mundo. E ele aceitou, foi ótimo. Já Prince, bom, abrir para ele foi uma das melhores experiências.

Selah Sue (Foto: Divulgação)Selah Sue já pensa em novo disco
(Foto: Divulgação)

G1 – E é verdade que o próprio Prince a escolheu e fez o convite?
Selah Sue –
Sim, e, aliás, isso foi tipo uma hora antes do show. Ele me disse que gostaria que eu fizesse a abertura e eu cheguei em cima da hora para cantar. E depois do show ele veio falar comigo, tinha assistido e me deu uns conselhos, desejou boa sorte. Ele foi muito legal.

G1 – E pretende ter algum convidado para seu próximo disco?
Selah Sue –
Sim, claro. Minha lista é tão grande… Meu objetivo é trabalhar com Flying Lotus algum dia, e com Danger Mouse como produtor, seria incrível. E em relação a vocalistas… Erykah Badu e Lauryn Hill seriam maravilhosas, amo tanto Lauryn. Estou mirando alto (risos), mas por que não?

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de setembro de 2013 em Música

 

Tags: , , , , ,

Correios podem ter e-mail gratuito e criptografado, diz ministério

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Genildo Lins, disse nesta segunda-feira (2) que os Correios estudam a criação de um serviço público e gratuito de e-mail que contaria com criptografia, para tentar evitar espionagem como a realizada pelo governo dos Estados Unidos.

De acordo com Lins, a intenção de criar o serviço foi discutida em uma reunião que aconteceu antes de surgirem as denúncias de que brasileiros têm mensagens de email e informações telefônicas monitorados pela inteligência norte-americana.

O objetivo dos Correios, disse ele, é criar uma certificação digital, serviço pago que funciona como uma espécie de carimbo que garante a veracidade de documentos enviados pela internet. Para proteger esses documentos, a estatal quer criptografá-los. Num passo seguinte, a mesma tecnologia poderia ser utilizada para oferecer email gratuito à população.

“Para os Correios, trata-se de uma oportunidade de negócios”, disse Lins. “Tratamos desse assunto antes das denúncias, por isso não se trata de uma resposta contra a espionagem. Mas acelerar esse processo [para criar o email criptografado], é uma boa resposta”, completou.

O secretário-executivo admitiu que o custo para manter um serviço de e-mail criptografado é alto. Mas apontou que, a exemplo do que fazem hoje empresas como Google e Facebook, os Correios podem vender anúncios para financiá-lo.

Espionagem contra Dilma
No domingo (1º), reportagem do Fantástico mostrou documentos classificados como ultrassecretos, que fazem parte de uma apresentação interna da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que indicam que a presidente Dilma Rousseff e o que seriam seus principais assessores foram alvo direto de espionagem da NSA. Um código indica isso.

O jornalista Glenn Greenwald, coautor da reportagem, foi quem recebeu os papéis das mãos de Edward Snowden – o ex-analista da NSA que deixou os EUA com documentos da agência com a intenção de divulgar o sistema de espionagem americano no mundo.

Nesta segunda, o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, afirmou que, se comprovadas, as denúncias de espionagem contra a presidente Dilma são “inadmissíveis” e “inaceitáveis”. Figueiredo deu entrevista coletiva ao lado do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e os dois falaram em nome do governo brasileiro.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Correios podem ter e-mail gratuito e criptografado, diz ministério

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Genildo Lins, disse nesta segunda-feira (2) que os Correios estudam a criação de um serviço público e gratuito de e-mail que contaria com criptografia, para tentar evitar espionagem como a realizada pelo governo dos Estados Unidos.

De acordo com Lins, a intenção de criar o serviço foi discutida em uma reunião que aconteceu antes de surgirem as denúncias de que brasileiros têm mensagens de email e informações telefônicas monitorados pela inteligência norte-americana.

O objetivo dos Correios, disse ele, é criar uma certificação digital, serviço pago que funciona como uma espécie de carimbo que garante a veracidade de documentos enviados pela internet. Para proteger esses documentos, a estatal quer criptografá-los. Num passo seguinte, a mesma tecnologia poderia ser utilizada para oferecer email gratuito à população.

“Para os Correios, trata-se de uma oportunidade de negócios”, disse Lins. “Tratamos desse assunto antes das denúncias, por isso não se trata de uma resposta contra a espionagem. Mas acelerar esse processo [para criar o email criptografado], é uma boa resposta”, completou.

O secretário-executivo admitiu que o custo para manter um serviço de e-mail criptografado é alto. Mas apontou que, a exemplo do que fazem hoje empresas como Google e Facebook, os Correios podem vender anúncios para financiá-lo.

Espionagem contra Dilma
No domingo (1º), reportagem do Fantástico mostrou documentos classificados como ultrassecretos, que fazem parte de uma apresentação interna da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que indicam que a presidente Dilma Rousseff e o que seriam seus principais assessores foram alvo direto de espionagem da NSA. Um código indica isso.

O jornalista Glenn Greenwald, coautor da reportagem, foi quem recebeu os papéis das mãos de Edward Snowden – o ex-analista da NSA que deixou os EUA com documentos da agência com a intenção de divulgar o sistema de espionagem americano no mundo.

Nesta segunda, o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, afirmou que, se comprovadas, as denúncias de espionagem contra a presidente Dilma são “inadmissíveis” e “inaceitáveis”. Figueiredo deu entrevista coletiva ao lado do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e os dois falaram em nome do governo brasileiro.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 4 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,