RSS

Arquivo da tag: egpcios

Seis soldados egípcios morrem em ataque no Cairo

Autoridades de segurança egípcias investigam um posto de controle, onde morreram seis soldados, após ataque realizado por homens armados ao norte do Cairo, Egito, neste sábado (15) (Foto: Eman Helal/AP Photo)Autoridades de segurança egípcias investigam um posto de controle, onde morreram seis soldados, após ataque realizado por homens armados ao norte do Cairo, Egito, neste sábado (15) (Foto: Eman Helal/AP Photo)

Um grupo de homens armados matou seis soldados em um posto de controle militar no Egito, neste sábado (15), onde as forças de segurança são alvos frequentes desde a destituição do presidente islamita, Mohamed Mursi, em julho de 2013.

A ação em Shubra al-Kheima, ao norte do Cairo, aconteceu dois dias depois que um atentado a um ônibus militar deixou um soldado morto e três feridos.

O ministério da Saúde confirmou o balanço de seis soldados mortos. Os criminosos abriram fogo ao fim da oração muçulmana da manhã, e, então, colocaram duas bombas no local, que tinham como alvos os serviços de emergência.

“Os soldados tiveram poucas possibilidades de defesa. Estavam rezando”, disse o porta-voz do exército, o coronel Ahmed Ali.

Os insurgentes, com base no Sinai, ampliaram os ataques contra soldados e policiais, que mataram mais de 200 integrantes das forças de segurança, para outras regiões do país, como a região do Delta do Nilo e a capital.

Governo acusa a Irmandade Muçulmana

O grupo jihadista Ansar Beit al-Maqdis, que afirma ser inspirado pela Al-Qaeda, reivindicou grande parte dos ataques, como a queda de um helicóptero em janeiro no Sinai.

Mas o novo governo dirigido de fato pelo exército atribui os ataques à Irmandade Muçulmana, a organização de Mursi que venceu todas as eleições desde a queda de Hosni Mubarak no início de 2011.

O grupo, que renunciou às armas há várias décadas, nega a acusação.

Após o ataque deste sábado, o exército afirmou que “um grupo armado pertencente ao grupo terrorista da Irmandade Muçulmana atacou um posto de controle da polícia militar”.

As autoridades egípcias iniciaram uma dura campanha de repressão contra os partidários de Mursi, único presidente eleito democraticamente no Egito, que matou mais de 1.400 manifestantes, segundo a Anistia Internacional.

Milhares de islamitas, em sua maioria membros da Irmandade, também foram detidos.

O novo governo egípcio declarou em dezembro que a Irmandade Muçulmana é uma “organização terrorista”, poucos meses depois da destituição de Mursi, que é réu em vários processos.

O grupo jihadista Ansar Beit al-Maqdis anunciou neste sábado a morte de um de seus fundadores, Tawfiq Mohamed Fareej, na detonação de material explosivo que ele transportava durante um acidente de trânsito.

O exército iniciou em meados de 2013 uma grande ofensiva no Sinai para expulsar os jihadistas. Os analistas afirmam que os insurgentes executam menos ataques atualmente, mas conseguiram espalhar as ações por todo o país.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Diplomatas egípcios sequestrados na Líbia foram libertados neste domingo

Cinco diplomatas egípcios sequestrados em Trípoli, capital da Líbia, foram libertados, de acordo com Abdul Razak Al-Grady, do ministério de Relações Exteriores do país.Eles haviam sido sequestrados como retaliação pela prisão no Egito de um comandante de uma milícia líbia.

“Todos eles foram libertados”, disse Al-Grady à Reuters, sem divulgar detalhes sobre como foi a liberação. Os diplomatas foram capturados em suas casas em Trípoli entre sexta-feira e sábado, forçando o Egito a evacuar a embaixada e o consulado em Benghazi.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,