RSS

Arquivo da tag: econmico

Papa diz que sistema econômico atual é incapaz de criar emprego

O Papa Francisco disse nesta quinta-feira (20) que o desemprego é fruto de um sistema econômico que tem como ídolo o dinheiro, reafirmando a crítica que já havia feito em novembro do ano passado.

“O desemprego é a consequência de um sistema econômico que se tornou incapaz de criar trabalho porque colocou no centro um ídolo, o dinheiro”, declarou o pontífice em discurso feito nesta manhã para um grupo de sete mil trabalhadores de siderúrgicas na província de Terni, na região de Úmbria, na Itália, que passam por uma grave crise que tem gerado demissões em massa.

O Papa disse ainda que o trabalho é um bem de todos e deve estar disponível para todos. Ele orientou a enfrentar a grave fase com criatividade e solidariedade.

O Papa Francisco é recebido por trabalhadores de fábricas em audiência especial realizada no Vaticano nesta quinta-feira (20) (Foto: Andrew Medichini/AP)O Papa Francisco é recebido por trabalhadores de fábricas em audiência especial realizada no Vaticano nesta quinta-feira (20) (Foto: Andrew Medichini/AP)

Francisco reafirmou que o trabalho é essencial para a sociedade, para as famílias e para os indivíduos, e não tem apenas uma finalidade econômica e de lucro.

“Tem, sobretudo, uma finalidade que diz respeito ao homem e à sua dignidade. Se faltar o trabalho, fere-se esta dignidade”.

Neste sentido, Francisco lamentou que os jovens possam ficar com desânimo crônico ou apatia. Ele pediu para que as pessoas não percam a esperança ou caiam no pessimismo.

O Papa pediu também para que se reavivem as raízes da fé e da adesão a Jesus Cristo. Uma fé que seja “viva e vivificante”.

“É aqui que está o princípio inspirador das opções de um cristão: a sua fé. A fé move montanhas! Uma fé acolhida com alegria, vivida a fundo e com generosidade pode conferir à sociedade uma força humanizada”.

Ao finalizar o discurso, o Papa orientou as pessoas a manterem a esperança em um futuro melhor.

“Se cada um fizer a parte que lhe cabe, consolidando uma atitude de solidariedade e partilha fraterna, será possível conseguir sair do pântano de uma fase econômica e laboral árdua e difícil”.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

EUA ‘apertam’ embargo econômico a Cuba, denuncia governo da ilha

Cuba disse nesta segunda-feira (7) que os Estados Unidos recrudesceram o embargo econômico aplicado há mais de meio século ao regime comunista local, ao impor cada vez mais multas a entidades norte-americanas e estrangeiras que mantêm negócios com a ilha.

A denúncia consta em uma resolução que condena o “bloqueio” econômico a Cuba e que será apresentada pelo 20º ano consecutivo na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que deve votar e aprovar o texto no dia 29.

“A situação não mudou…, o bloqueio não só se mantém como também em algumas esferas se recrudesceu”, disse o vice-chanceler Abelardo Moreno em entrevista coletiva.

Segundo ele, entre janeiro de 2009 e setembro de 2013 o governo de Barack Obama impôs multa de quase US$ 2,45 bilhões a 30 entidades norte-americanas e estrangeiras que mantiveram negócios com Cuba, o que viola as leis dos EUA.

Em 2009, ao tomar posse, Obama prometeu iniciar uma nova fase nas relações entre os dois países, o que resultou em medidas limitadas para liberalizar as viagens e as remessas financeiras dos EUA para Cuba.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Analistas mostram preocupação com preço de iPhone ‘econômico’

iPhone 5C (Foto: Divulgação/Apple)iPhone 5C (Foto: Divulgação/Apple)

O preço mais elevado do que o esperado do novo iPhone “econômico” da Apple aliviou preocupações sobre as margens de lucro da empresa, mas despertou desconfiança sobre a companhia não estar sendo agressiva o suficiente para lutar contra o Android, do Google.

As ações da Apple caíam cerca de 3% (US$ 480,50) antes de o mercado abrir nesta quarta-feira (11), um dia depois da companhia ter revelado o iPhone 5S, modelo topo de linha equipado com um leitor de impressões digitais, e o 5C, mais barato e destinado a mercados emergentes.

“Nossa preocupação é que a incapacidade/relutância da Apple em lançar uma oferta de baixo custo para os mercados emergentes quase garante que a empresa vá continuar perdendo participação de mercado em smartphones”, disseram os analistas da Sanford C. Bernstein, em relatório.

Ainda assim, o Bernstein manteve sua classificação de “outperform” (desempenho acima do mercado) para as ações da Apple, e espera que os novos iPhones tenham pouco impacto sobre as margens da empresa.

O analista Stuart Jeffrey, da Nomura Equity Research, elevou seu preço-alvo para as ações da Apple de US$ 420 para US$ 480 e afirmou que a empresa pode ter assegurado margens estáveis para os próximos trimestres com o 5C. O aparelho irá custar US$ 99 com contrato de operadora, e US$ 549 sem.

Porém, isso não foi o suficiente para o BofA Merrill Lynch e a Credit Suisse. Ambos rebaixaram as ações da Apple para “neutro”, ante recomendação anterior de “compra” e “outperform”.

“Em vez de oferecer preços atraentes para os consumidores, movendo o iPhone 5C para um segmento novo e de preços crescentes, a Apple manteve uma estratégia de preços premium, direcionando o alvo para smartphones entre US$ 400 e US$ 800”, afirma Kulbinder Garcha, analista do Credit Suisse, em relatório.

“Esse segmento não tem previsão de um crescimento significativo a longo prazo. Esta decisão, na margem, é boa para a rentabilidade, mas não para o crescimento”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Ministro venezuelano diz que grande dívida chavista é êxito econômico

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A Venezuela alcançou sucesso na área social durante o governo de 14 anos de Hugo Chávez e nos quatro meses de seu sucessor, Nicolás Maduro, mas tem como dívida com a população o êxito econômico, disse neste domingo (1º) o ministro das Finanças, Nelson Merentes.

O país produtor de petróleo tem a maior inflação da América e está a caminho de fechar o ano com um dos índices mais altos do mundo. A economia venezuelana também enfrenta desaceleração em meio à forte escassez de produtos básicos e à dependência do petróleo.

“Este é um governo aprovado em 18 eleições, que tem sido bem sucedido no social, mas que ainda falta ter sucesso econômico”, disse Merentes à televisão Televen.

“O que é isso? Entrar em uma rota de crescimento estável, passar uma quantidade de anos em que todos os fatores da economia estejam crescendo”, completou.

Neste esforço, o ministro lembrou que o governo de Maduro tem se reunido com empresários locais e disse que fará o mesmo com os líderes de câmaras de produção para avaliar problemas como a falta de divisas, logística portuária e reclamações trabalhistas.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Ministro venezuelano diz que grande dívida chavista é êxito econômico

AppId is over the quota
AppId is over the quota

A Venezuela alcançou sucesso na área social durante o governo de 14 anos de Hugo Chávez e nos quatro meses de seu sucessor, Nicolás Maduro, mas tem como dívida com a população o êxito econômico, disse neste domingo (1º) o ministro das Finanças, Nelson Merentes.

O país produtor de petróleo tem a maior inflação da América e está a caminho de fechar o ano com um dos índices mais altos do mundo. A economia venezuelana também enfrenta desaceleração em meio à forte escassez de produtos básicos e à dependência do petróleo.

“Este é um governo aprovado em 18 eleições, que tem sido bem sucedido no social, mas que ainda falta ter sucesso econômico”, disse Merentes à televisão Televen.

“O que é isso? Entrar em uma rota de crescimento estável, passar uma quantidade de anos em que todos os fatores da economia estejam crescendo”, completou.

Neste esforço, o ministro lembrou que o governo de Maduro tem se reunido com empresários locais e disse que fará o mesmo com os líderes de câmaras de produção para avaliar problemas como a falta de divisas, logística portuária e reclamações trabalhistas.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Sony lança modelo econômico do PlayStation 3 nos EUA por US$ 200

Anúncio do modelo de 12 GB do PS3 no site da Sony (Foto: Reprodução)Novo modelo de 12 GB do PS3 no site da Sony
(Foto: Reprodução)

Com o lançamento do seu console de nova geração marcado para novembro, a Sony anunciou nos Estados Unidos um novo modelo mais econômico do PlayStation 3. Com 12 GB de armazenamento interno em memória flash, o aparelho custa US$ 200 (cerca de R$ 482) e já está disponível para venda lá fora.

No Brasil, o PS3 comercializado oficialmente pela Sony vem com um disco rígido interno de 250 GB e custa R$ 1,1 mil. O G1 procurou a empresa para saber se há algum plano de lançar o PS3 de 12 GB no país.

De acordo com a Sony, o novo PS3 é compatível com HDs externos, que podem ser ligados ao console por uma das portas USB. O videogame também suporta a instalação de um HD interno.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Telefonia móvel impacta no crescimento econômico, dizem GSMA e Deloitte

Estudo avalia ainda que governos devem ter comunicação móvel como parceira do crescimento econômico e investir em infraestrutura de banda larga.

20 de novembro de 2012 – 14h01

A GSMA e a Deloitte divulgaram hoje a primeira avaliação completa sobre os benefícios adicionais dos serviços de telefonia móvel como a tecnologia 3G e serviços de dados móveis, e seu impacto no crescimento econômico. O relatório “Qual é o Impacto da Telefonia Móvel no Crescimento Econômico?” (“What Is the Impact of Mobile Telephony on Economic Growth?”) fornece a primeira previsão do impacto do uso de dados móveis no crescimento do PIB, em mercados desenvolvidos e em desenvolvimento. 

O estudo baseia-se em pesquisa de uso de dados e de crescimento econômico em 14 países, fornecida pela Cisco Systems, com base em seu “Índice de Rede Visual” (VNI — Visual Networking Index), bem como em estudos da Deloitte sobre o impacto da telefonia móvel na produtividade, em 79 países, e  penetração da tecnologia 3G, em 96 países.

“O crescimento de serviços de dados tem o potencial de promover o desenvolvimento econômico da mesma maneira que os serviços de voz o fizeram em gerações anteriores”, diz o parceiro de telecomunicações da Deloitte, Chris Williams. “Esse relatório oferece a primeira quantificação séria desse impacto e confirma as expectativas do setor de que ele é significativo. Os formuladores de política precisam considerar as implicações desse relatório no desenvolvimento de dados móveis”, afirma.

Entre as descobertas do estudo estão que a duplicação do uso de dados móveis resulta em um aumento de 0,5 ponto percentual na taxa de crescimento per capita do PIB em 14 países; os países que se caracterizam por um nível mais alto de uso de dados por conexão 3G observaram incremento em seu crescimento per capita do PIB de até 1,4 ponto percentual; elevação de 10% da penetração da tecnologia 2G para a 3G aumenta o crescimento per capita do PIB em 0,15 ponto percentual; e nos mercados em desenvolvimento, uma expansão de 10% na penetração da telefonia móvel aumenta a produtividade em 4,2 pontos percentuais.

3G no crescimento do PIB 

O relatório mede o impacto sobre o crescimento do PIB da mudança dos consumidores das conexões básicas 2G para conexões 3G. Essa análise feita em 96 mercados desenvolvidos e em desenvolvimento mostra o efeito positivo da substituição promovida pelos consumidores da conexão 2G para a conexão 3G. Uma elevação de 10% na penetração da tecnologia 3G aumenta o crescimento per capita do PIB em 0,15 ponto percentual.

“O total de conexões móveis ficará situado em 6,8 bilhões, com a penetração de assinantes de telefonia móvel em 45% até o final de 2012”, segundo o diretor para Assuntos Governamentais e Regulamentares da GSMA, Tom Philips.

“Nesse período de incertezas econômicas, os governos devem ver o setor de comunicações móveis como um parceiro essencial para o crescimento econômico e aprovar políticas que encorajem o investimento em infraestrutura de banda larga, que vai servir para aumentar a produtividade, bem como políticas que promovam o desenvolvimento de novos serviços de dados, que irão estimular a economia e beneficiar a sociedade”, declara Philips.

O impacto dos dados móveis 

O aumento em conexões 3G, baseadas na proliferação de dispositivos habilitados por dados que permitem a conexão móvel com a Internet, resultou em um crescimento enorme do uso de dados móveis. O uso total de dados móveis mais que dobrou, em média, todos os anos, de 2005 a 2010, em todos os 96 países na amostra. Nos países da Europa Ocidental, o crescimento foi de 350%.

Com o uso de dados do VNI da Cisco para os 14 países, o estudo revelou uma forte relação entre o uso de dados móveis por conexão 3G e o crescimento econômico. A duplicação do uso de dados móveis resulta em aumento de 0,5 ponto percentual na taxa de crescimento per capita do PIB nos 14 países.

O impacto do maior uso de dados móveis é mais forte em países onde o nível médio de consumo de dados móveis por conexão 3G é comparativamente maior. Países que se caracterizam por um nível mais alto de uso de dados por conexão 3G, tais como a Rússia, o Reino Unido e a Coreia do Sul, têm observado um aumento em seus crescimentos per capita do PIB de até 1,4 ponto percentual. O efeito é mais limitado em países onde o uso de dados móveis é atualmente menos prevalecente, tais como China, Índia, México e África do Sul.

“Esse estudo é um acréscimo importante ao corpo crescente de evidências empíricas que demonstram o impacto da largura de banda no crescimento econômico”, destaca o vice-presidente para Política de Tecnologia Global da Cisco, Robert Pepper. 

“Conforme as pessoas em todo o mundo se conectam cada vez mais à Internet, por meio de diversos dispositivos wireless para usar conteúdo rico a qualquer tempo, em qualquer lugar, isso cria uma enormidade de dados que está mudando a forma com que trabalhamos, vivemos e nos divertimos. O fato de o uso maior de dados através de largura de banda móvel de alta velocidade resultar em uma média maior de renda per capita destaca a necessidade de se fazer mais investimentos em redes wireless, bem como de aprovar políticas governamentais para estimular investimentos, incluindo a alocação de espectro adicional”, argumenta Pepper.

Produtividade 

Embora os efeitos de dados móveis sejam mais evidentes em mercados mais desenvolvidos, a telefonia móvel em mercados em desenvolvimento continua a produzir fortes benefícios por meio dos serviços de voz, com enorme potencial para benefícios adicionais, conforme as redes de dados móveis são implementadas. 

Nos mercados em desenvolvimento, uma expansão de 10% na penetração da telefonia móvel aumenta a produtividade em 4,2 pontos percentuais. Em vez de tentar coletar valores do setor de comunicações móveis por meio de tributação específica para o setor e taxas regulamentares mais altas, o governo pode procurar incentivar os investimentos nas redes de banda larga móveis, que irão trazer benefícios econômicos e sociais significativos.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,