RSS

Arquivo da tag: Dylan

Bob Dylan divulga cover de Frank Sinatra e cria expectativa sobre álbum

AppId is over the quota
AppId is over the quota
'Shadows in the night', de Bob Dylan (Foto: Divulgação)‘Shadows in the night’, de Bob Dylan (Foto:
Divulgação)

Bob Dylan divulgou surpreendentemente na terça-feira (13) em seu site uma versão da celebrada canção de Frank Sinatra, “Full moon and empty arms”, alimentando expectativas de que possa lançar um álbum este ano.

O americano de 72 anos, que chega à Europa no mês que vem com a turnê “Never ending tour”, também publicou uma foto do que parece ser a capa de um álbum com o nome de “Shadows in the night”.

O canto de Sinatra em “Full moon and empty arms” é sustituído pela célebre voz baixa e ligeiramente rouca de Dylan, nesta versão do hit de 1945 escrito por Buddy Kaye e Ted Mossman.

O porta-voz de Dylan não respondeu ao pedido da AFP por mais detalhes, mas revelou à revista Rolling Stone: “Esta música faz realmente parte de um futuro álbum que sairá este ano”.

O desenho da capa do álbum que aparece em sua página na web imita o estilo do legendário selo da gravadora de jazz Blue Note, indicou a revista.

A rádio pública NPR especulou que as pistas sugerem que o próximo álbum será composto por covers de músicas clássicas, uma homenagem que Dylan, famoso por hits como “The times they are a-changin”, já fez com clássicos do folk, quando em 1992 lançou “Good as I’ve been to you”, e, em 1993, “World gone wrong”.

Dylan, que tem uma longa carreira com 11 prêmios Grammy — um deles em homenagem à sua excelência –, completa 73 anos no dia 24 de maio.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Música

 

Tags: , , , , , ,

Série de pinturas de Bob Dylan é exposta em Nova York

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Uma mulher observa as telas ‘Still life with peaches’ e ‘Train tracks, 2013’, de Bob Dylan. As obras são parte da mostra ‘The drawn blank series’, exibida pela galleria Ross Art Group, em Nova York (Foto: AFP Photo/Stan Honda)Uma mulher observa as telas ‘Still life with peaches’ e ‘Train tracks, 2013’, de Bob Dylan. As obras são parte da mostra ‘The drawn blank series’, exibida pela galleria Ross Art Group, em Nova York (Foto: AFP Photo/Stan Honda)

Bob Dylan, lenda americana da música pop, apresentou nesta semana em Nova York uma pequena exposição de pintura composta por 40 obras que mostram seu talento como pintor.

Intitulada “Drawn blank series”, a série nasceu a partir de esboços feitos pelo músico entre 1989 e 1992 que incluem uma mulher de costas, uma ferrovia, uma aquarela da vista de uma varanda e natureza morta.

Seus desenhos em preto e branco foram divulgados em 1994 em um livro que teve um considerável sucesso.

Em 2006, a diretora do museu alemão Kunstsammlungen Chemnitz, Ingrid Mössinger, pediu que o cantor os pintasse e ampliasse o acervo, explicou Mickey Ross, proprietário da galeria Ross Art group, que expõe algumas das obras em Nova York.

Dylan, que completará 73 anos no dia 24 de maio, trabalhou durante oito meses no projeto e produziu 170 pinturas e aquarelas coloridas, com traços muitas vezes simples.

Algumas das obras foram expostas pela primeira vez na Alemanha no fim de 2007. Algumas vezes, o mesmo desenho deu lugar a diversas pinturas com cores diferentes, como no caso do retrato de uma mulher de costas com um vestido verde, rosa ou azul.

Os títulos das obras são sombrios, sem nenhuma explicação: “É muito importante para Bob Dylan. Não quer dizer ao visitante o que deve reter”, explica Mickey Ross.

As obras apresentadas em Nova York são vendidas a preços que variam entre US$ 2,5 mil e US$ 400 mil.

Bob Dylan (Robert Zimmerman, seu verdadeiro nome) é uma lenda viva da música americana do século 20 e uma grande influência para várias gerações de artistas. Em 2012 ele lançou o álbum “Tempest”, que marcou seus 50 anos de carreira.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Música

 

Tags: , ,

Manuscrito de ‘Like a rolling stone’, de Bob Dylan, será leiloado

AppId is over the quota
AppId is over the quota
O manuscrito da música 'Like a rolling stone', do norte-americano Bob Dylan, será leiloado dia 24 de junho (Foto: AP Foto/Sotheby’s)O manuscrito da música ‘Like a rolling stone’, do norte-americano Bob Dylan, será leiloado dia 24 de junho (Foto: AP Foto/Sotheby’s)

O manuscrito da música “Like a rolling stone”, do norte-americano Bob Dylan, um dos grandes clássicos da história do rock, será leiloado em junho por um preço que pode bater um recorde de até US$ 2 milhões, indicou nesta quinta-feira (1º) a casa Sotheby’s.

Trata-se do manuscrito “mais importante de música popular a ir a leilão, é a canção que transformou Dylan de cantor folk em ícone do rock”, disse a Sotheby’s em comunicado. A letra de “Like a rolling stone”, escrita por Dylan em 1965, será vendida em 14 de junho.

Mesmo que na época de seu lançamento a música não tenha chegado aos primeiros lugares das paradas de sucesso por causa do fenômeno dos Beatles, a revista especializada “Rolling Stone” colocou a faixa no topo da lista das “500 melhores músicas de todos os tempos”.

“Like a rolling stone” marca uma ruptura tanto por sua duração de seis minutos, algo pouco comum na década de 1960, como por sua temática, a história de uma garota direita que caiu em desgraça, ironizada durante toda a letra de Dylan.

A venda do manuscrito de quatro páginas se junta a outra letra original de Dylan, “A hard rain’s a-gonna fall”, pela qual espera-se obter entre US$ 400 mil e US$ 600 mil, informou a casa de leilões. O recorde da Sotheby’s para um manuscrito de uma música de rock é detido por “A day in the life” de John Lennon, vendida por US$ 1,2 milhões em 2010.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Música

 

Tags: , , , ,

Oscar da internet premia Jay Z, Bob Dylan, Beyoncé, Pharell e Arcade Fire

Beyonce e o marido, Jay Z, em performance no Grammy. Jay Z é líder em indicações na premiação. (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)Beyonce e o marido, Jay Z, em performance no Grammy (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)

Beyoncé, Jay Z, a empresa Netflix e o site Airbnb são alguns dos ganhadores da edição mais recente do do prêmio Webby, considerado o Oscar da internet, anunciou a organização nesta segunda-feira (28).

A entrega dos prêmios, que será apresentada pelo ator Patton Oswalt, acontecerá no dia 19 de maio na sala Cipriani de Wall Street, indicou a Academia Internacional de Artes e Ciências Digitais.

Jay Z foi premiado pelo aplicativo de seu disco “Magna Carter holy grial”, junto com o site oficial de Beyoncé, o vídeo interativo “Happy” de Pharell Williams, o grupo Arcade Fire, o cantor Bob Dylan e os apresentadores Jimmy Kimmel e Conan O’Brian.

Lawrence Lessig será homenageado com o prêmio Webby por sua trajetória de ativismo em defesa da propriedade intelectual através do Creative Commons. A página de financiamento coletivo Kickstarter levou o prêmio de melhor lançamento do ano.

O grupo de hip-hop De La Soul receberá o prêmio de melhor artista do ano após a decisão de abrir mão dos restritivos direitos de propriedade intelectual e disponibilizar toda sua discografia on-line para ser baixada gratuitamente.

A IADAS também reconhecerá a equipe de bobslead (trenó para quatro pessoas) da Jamaica como melhor atleta do ano. O time conseguiu financiar pela internet sua viagem para participar dos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, que aconteceram em fevereiro.

A organização, que também reconhecerá outras empresas como QuizUp, Vin, Medium, Red Bull, Vimeo, J. Crew, Pandora e Wired, já premiou Barack Obama, Michael Bloomberg, Justin Bieber, o jornal americano “The New York Times” e o Skype, entre outros.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Oscar da internet premia Jay Z, Bob Dylan, Beyoncé, Pharell e Arcade Fire

Beyonce e o marido, Jay Z, em performance no Grammy. Jay Z é líder em indicações na premiação. (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)Beyonce e o marido, Jay Z, em performance no Grammy (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)

Beyoncé, Jay Z, a empresa Netflix e o site Airbnb são alguns dos ganhadores da edição mais recente do do prêmio Webby, considerado o Oscar da internet, anunciou a organização nesta segunda-feira (28).

A entrega dos prêmios, que será apresentada pelo ator Patton Oswalt, acontecerá no dia 19 de maio na sala Cipriani de Wall Street, indicou a Academia Internacional de Artes e Ciências Digitais.

Jay Z foi premiado pelo aplicativo de seu disco “Magna Carter holy grial”, junto com o site oficial de Beyoncé, o vídeo interativo “Happy” de Pharell Williams, o grupo Arcade Fire, o cantor Bob Dylan e os apresentadores Jimmy Kimmel e Conan O’Brian.

Lawrence Lessig será homenageado com o prêmio Webby por sua trajetória de ativismo em defesa da propriedade intelectual através do Creative Commons. A página de financiamento coletivo Kickstarter levou o prêmio de melhor lançamento do ano.

O grupo de hip-hop De La Soul receberá o prêmio de melhor artista do ano após a decisão de abrir mão dos restritivos direitos de propriedade intelectual e disponibilizar toda sua discografia on-line para ser baixada gratuitamente.

A IADAS também reconhecerá a equipe de bobslead (trenó para quatro pessoas) da Jamaica como melhor atleta do ano. O time conseguiu financiar pela internet sua viagem para participar dos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, que aconteceram em fevereiro.

A organização, que também reconhecerá outras empresas como QuizUp, Vin, Medium, Red Bull, Vimeo, J. Crew, Pandora e Wired, já premiou Barack Obama, Michael Bloomberg, Justin Bieber, o jornal americano “The New York Times” e o Skype, entre outros.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Música

 

Tags: , , , , , ,