RSS

Arquivo da tag: Distrito

Bicho-preguiça é resgatado no Distrito Industrial, em Ananindeua

Bicho-preguiça Fêmea Encontrado Belém Pará (Foto: Divulgação/BPA)Bicho-preguiça foi encontrado dentro de casa em 
Ananindeua (Foto: Divulgação/BPA)

Um bicho-preguiça foi encontrado dentro de uma residência no bairro do Distrito Industrial, no município de Ananindeua, região metropolitana de Belém, neste domingo (18). Segundo o soldado Alcindo Souza, do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), o animal é fêmea e tem aproximadamente três meses de vida.

“A moça que mora na casa repassou para a gente. Pelo porte dela, que é um bebê, é difícil ter ido parar sozinha lá na casa, eles podem ter pego em uma estrada”, afirma Souza. O soldado estima que o mamífero, que se alimenta de folhas, tenha entre 22 e 25 centímetros. “Aparentemente, ela está bem, não foi maltratada. Agora está sendo alimentada no BPA”, diz.

De acordo com o BPA, encontrar a espécie é comum na região metropolitana devido ser cercada de árvores. “Aqui onde tem o batalhão, tem lugares que encontramos, às vezes, 4 ou 5 preguiças em uma árvore só. Lá [no Distrito Industrial] tem empresas, barulho, aí eles vão se afastando. Na verdade, eles [população] que estão no habitat do animal”, conclui o soldado Souza.

Bicho-preguiça Fêmea Encontrado Belém Pará (Foto: Divulgação/BPA)Mamífero foi encaminhado para o Batalhão de Polícia Ambiental, em Belém (Foto: Divulgação/BPA)

A fêmea de bicho-preguiça será analisada por uma veterinária do BPA, que vai avaliar as condições do animal para decidir se ele irá permanecer no batalhão ou se será encaminhada para outro local que tenha assistência, levando em consideração que o mamífero tem apenas três meses.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Distrito Federal aprova lei para instalação de antenas de celular

Medida tem o objetivo de acelerar a construção das redes móveis e uso racional da infraestrutura de telecom.

07 de novembro de 2012 – 18h30

O governo do Distrito Federal (GDF) regulamentou a Lei das Antenas. A medida tem como objetivo definir regras de instalação e uso racional dos espaços com infraestrutura de serviços de telecomunicações, energia elétrica, saneamento, entre outros.

Segundo o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a iniciativa, pioneira no País, também pode ser utilizada em outras cidades.
“Vai servir de exemplo (…) não tenho dúvida de que muitos municípios vão querer conhecer essa normatização e vão querer fazer parecido”, disse.

Com a nova legislação, o GDF quer agilizar a concessão de licenças para instalação das estruturas necessárias para melhoria dos serviços telefônicos móveis. O processo de tramitação deve durar, no máximo, 70 dias.

“O decreto reduziu para metade o prazo de tramitação. Em alguns lugares, o processo pode levar anos. O GDF definiu uma lista muito precisa dos documentos necessários. Isso representa diminuição de tempo e custos”, disse Bernardo.

O ministro destacou que “o principal problema” da telefonia móvel foi o crescimento sem planejamento e investimento das operadoras. “O serviço cresceu muito e as empresas não fizeram o investimento que tinham que fazer no tempo devido”, disse. Segundo ele, a falta de autorização para instalação de antenas tem servido de “argumento” para a má qualidade dos serviços.

“A desburocratização abre espaço para cobrar empresas com mais firmeza”, disse. No entanto, Paulo Bernardo destacou que não será possível transformar a cidade em um “paliteiro”, com torres em todos os lugares da cidade. Nesse sentido, o uso racional do espaço prevê o compartilhamento de infraestrutura dos diferentes prestadores de serviço.

*Com informações da Agência Brasil

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de fevereiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,