RSS

Arquivo da tag: detido

Taxista japonês que fazia passageiras urinarem em seu carro é detido

AppId is over the quota

A polícia japonesa anunciou nesta quinta-feira (8) a detenção de um motorista de táxi que oferecia as suas passageiras biscoitos recheados com um diurético, pelo mero prazer de vê-las urinar em seu carro.

Taxista japonês que fazia passageiras urinarem em seu carro é detido (Foto: Reuters)Taxista japonês dava diurético para fazer passageiras urinarem em seu carro (Foto: Reuters)

“Ficava excitado em ver as mulheres quando não podiam se conter”, declarou o motorista aos investigadores.

Segundo a fonte, a polícia encontrou em sua casa 50 vídeos nos quais apareciam mulheres urinando no carro, que eram filmadas com uma pequena câmera de segurança.

O taxista, cuja identidade não foi revelada, explicou que comprava diuréticos pela internet e, em seguida, os misturava aos biscoitos.

Uma das passageiras vítimas de seu fetiche, que foi filmada no fim de outubro de 2013 em Osaka, segunda maior cidade japonesa, apresentou uma denúncia contra o motorista, declarando que ele ofereceu a corrida no táxi pela metade do preço e vários biscoitos.

Além disso, o acusado negou-se a parar o táxi quando ela pediu para se dirigir a um banheiro, entregando a ela, em vez disso, um papel absorvente e encorajando-a a urinar.

“Aparentemente, adorava ver estas mulheres se retorcerem no banco traseiro de seu carro”, comentou um policial à AFP.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Governo ucraniano exige libertação de coronel detido na Crimeia

O premiê interino da Ucrânia, Olexander Turchynov, em foto desta terça-feira (11) em Kiev (Foto: Sergei Supinsky/AFP)O premiê interino da Ucrânia, Olexander Turchynov,
(Foto: Sergei Supinsky/AFP)

O presidente interino ucraniano, Olexander Turchynov, exigiu neste domingo (23) a libertação ‘imediata’ do coronel Iuri Mamtchur, comandante da base de Belbek, na Crimeia, invadida por forças pró-russas no sábado.

Turchynov confirmou, com isso, que o oficial está detido, como havia informado a imprensa ucraniana no dia anterior. Ele alertou depois para as ‘provocações’, a ‘chantagem’ e os ‘sequestros de cidadãos ucranianos e militares’ praticados, segundo o presidente interino da Ucrânia, ‘pelo contingente invasor’ na Crimeia que ‘tenta ocupar bases ucranianas’.

Ele advertiu que tinha dado aos ‘serviços competentes’ a ordem de preparar ‘medidas de resposta apropriadas’.

As forças pró-russas sequestraram quarta-feira na Crimeia, por um breve período, o comandante da Marinha ucraniana, contra-almirante Serguei Gaiduk. Outros ucranianos, partidários da unidade nacional, considerados ‘reféns’ por Kiev, também foram liberados.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Rodman diz não poder fazer nada por americano detido na Coreia do Norte

O jogador americano de basquete Dennis Rodman dá entrevista nesta segunda-feira (13) no aeroporto de Pequim, na China (Foto: Alexander F. Yuan/AP)O jogador americano de basquete Dennis Rodman dá entrevista nesta segunda-feira (13) no aeroporto de Pequim, na China (Foto: Alexander F. Yuan/AP)

O jogador americano de basquete Dennis Rodman pediu desculpas nesta segunda-feira (13) por não ter podido fazer nada durante sua viagem à Coreia do Norte para libertar um missionário americano detido no país.

“Sinto muito, não pude fazer nada”, declarou o ex-astro da NBA a um grupo de jornalistas no aeroporto de Pequim, onde fez escala em sua viagem de retorno.

Rodman fazia referência ao caso de Kenneth Bae, um missionário americano detido na Coreia do Norte e condenado a 15 anos de campo de trabalho por acusações de ter tentado derrubar o regime.

“Sinto muito, não sou presidente, não sou embaixador, sou Dennis Rodman”, acrescentou o ex-jogador dos Chicago Bulls.

“Quero dizer às pessoas que não importa o que esteja acontecendo no mundo, por um dia, só por um dia, sem política, sem todas essas coisas”, disse.

A viagem de Rodman e de outros ex-astros da NBA provocou polêmica nos Estados Unidos, onde os jogadores são acusados de conivência com o regime totalitário.

O grupo de jogadores participou de uma partida de exibição na última quarta-feira em Pyongyang, a capital do país, observados pelo número um da Coreia do Norte, Kim Jong-un, que naquele dia fazia aniversário. Dennis Rodman cantou inclusive “Parabéns para você” para o ditador.

Trata-se da quarta-visita de Rodman ao país em um ano.

Na semana passada, o ex-jogador declarou à CNN que Kenneth Bae deveria ter feito algo para ter sido condenado a 15 anos de prisão.

Bae, um missionário e guia turístico de 45 anos, foi detido em novembro de 2012 durante uma viagem à Coreia do Norte.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Brasileiro detido na Inglaterra se diz ‘decepcionado’ com Itamaraty

O companheiro do jornalista norte-americano Glenn Greenwald, David Miranda, afirmou nesta quarta-feira (09), em depoimento à CPI da Espionagem, que ficou “decepcionado” com a atuação do governo brasileiro no episódio em que foi detido por mais de nove horas no aeroporto de Heathrow, em Londres.

“Eu fiquei decepcionado com a resposta de imediato que a gente teve do Itamaraty, porque foi rápida, mas não foi suficiente. E até agora não vi nenhuma reposta concreta para que isso não se repita com outro brasileiro”, afirmou Miranda na comissão do Senado.

Miranda e Greenwald foram chamados a falar na CPI sobre as denúncias de que agências de inteligência dos Estados Unidos estariam espionando comunicações do governo brasileiro. Com base em documentos entregues por Edward Snowden – ex-colaborador da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês) – Greenwald revelou a estratégia de espionagem eletrônica do governo norte-americano.

arte cronologia snowden espionagem 30/9 (Foto: 1)

Em agosto, David Miranda, companheiro do norte-americano, foi interrogado durante quase nove horas por oficiais da Scotland Yard no aeroporto de Heathrow, quando tentava voltar ao Rio de Janeiro, onde mora. Ele trazia da Alemanha documentos que seriam analisados para a produção de reportagens.

No Senado, Miranda afirmou que só foi detido por ser brasileiro. “Eu fui retido na Inglaterra simplesmente pelo fato de ser brasileiro. Muitos jornalistas europeus que estão manuseando documentos passaram pela Inglaterra o tempo todo. Eu fui para a Alemanha e quando fui votar fui detido lá durante nove horas naquela sala e mais duas horas no aeroporto.”

Para Miranda, nos EUA e na Europa “ainda existe essa mentalidade de que os brasileiros e os países aqui de baixo são ainda colônias.” “Eles acharam que não ia ter nenhuma consequência”, afirmou.

Reposta do Brasil
Na ocasião da detenção de Miranda, o então ministro de Relações Exteriores, Antonio Patriota, telefonou para o ministro de Relações Exteriores britânico, William Hague, para cobrar explicações. Em uma conversa de dez minutos, manifestou a indignação do governo brasileiro com o episódio e disse que não se deve subestimar o apego brasileiro pelos direitos civis e liberdades individuais.

O Itamaraty também se manifestou sobre a detenção do brasileiro por nota e classificou o ato como “injustificável”, avisando que o “governo brasileiro espera que incidentes como o registrado hoje com o cidadão brasileiro não se repitam”.

“O Governo brasileiro manifesta grave preocupação com o episódio ocorrido no dia de hoje em Londres, onde cidadão brasileiro foi retido e mantido incomunicável no aeroporto de Heathrow por período de 9 horas, em ação baseada na legislação britânica de combate ao terrorismo. Trata-se de medida injustificável por envolver indivíduo contra quem não pesam quaisquer acusações que possam legitimar o uso de referida legislação. O Governo brasileiro espera que incidentes como o registrado hoje com o cidadão brasileiro não se repitam”, afirmou Itamaraty na nota.

Os oficiais britânicos agiam de acordo com lei do Ato Terrorista, de 2000, que permite a interceptação de indivíduos, pesquisa e aplicação de interrogatório em aeroportos, portos e áreas de fronteira. Segundo Miranda, 97% das pessoas que passam por esse escrutínio não ficam detidas por mais de uma hora.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Magnata do hip-hop Suge Knight é detido pela polícia em Los Angeles

Suge Knight em foto de maio de 2012 (Foto: Reuters/Steve Marcus)Suge Knight em foto de maio de 2012 (Foto:
Reuters/Steve Marcus)

O magnata do hip-hop Suge Knight foi preso em Los Angeles na madrugada desta quarta-feira durante uma blitz da polícia, disse um porta-voz da polícia.

Knight, cujo nome verdadeiro é Marion, foi levado em custódia pouco antes de 1h da manhã e liberado três horas mais tarde, após pagar fiança de US$ 20 mil, de acordo com registros da prisão.

Knight, de 48 anos, é considerado uma das forças motrizes por trás do surgimento do hip-hop como gênero musical influente nos Estados Unidos. Junto com o rapper e produtor Dr. Dre, ele fundou em 1991 a Death Row Records, que ajudou a lançar a carreira de Snoop Dogg e Tupac Shakur, entre outros.

Knight já teve vários problemas com a Justiça. Ele cumpriu cinco anos de prisão por violação de liberdade condicional em 1990. A Death Row Records entrou em declínio em 1996 após a prisão de Knight, o assassinato de Shakur e a saída de Dr. Dre. Knight agora é presidente da Black Kapital Records.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de setembro de 2013 em Música

 

Tags: , , , , ,

Justin Bieber é detido por dirigir Ferrari sem habilitação

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Justin Bieber no Billboard Music Awards 2013 (Foto: Ethan Miller/ Getty Images North America/ AFP)Justin Bieber no Billboard Music Awards 2013
(Foto: Ethan Miller/ Getty Images North America/ AFP)

O cantor canadense Justin Bieber foi detido brevemente por dirigir sua Ferrari sem a habilitação da Califórnia, informou a polícia nesta quarta-feira (28), em mais um episódio de trânsito envolvendo o ídolo adolescente.

Bieber, de 19 anos, foi detido quando ultrapassou uma placa de “pare” nas proximidades de sua casa, em Calabasas, luxuoso bairro do noroeste de Los Angeles no qual os moradores se queixam com frequência à imprensa das festas dadas pelo jovem vizinho e de sua maneira de dirigir.

“Não sei quantas vezes ele foi abordado por sua maneira de dirigir, mas ele deve ter um histórico”, disse o porta-voz da polícia de Los Angeles Steve Whitmore.

Os motoristas podem dirigir com habilitação de outros estados, mas quando têm domicílio fixo na Califórnia, devem providenciar uma carteira do estado em até dez dias.

O porta-voz da polícia disse ainda que o amigo que estava com Bieber assumiu a direção da Ferrari branca do cantor, e o conduziu até sua casa. Em junho passado, a polícia investigou Bieber por ter atropelado um paparazzo, mas concluiu que o fotógrafo teve culpa no incidente.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 1 de setembro de 2013 em Música

 

Tags: , , , , ,

Homem que transportava urânio nos sapatos é detido em Nova York

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Um homem foi detido nesta quarta-feira (23) no Aeroporto John Fitzgerald Kennedy (JFK), em Nova York, com amostras de urânio escondidas nos sapatos visando uma suposta venda ao Irã, informou a Justiça americana.

Patrick Campbell, de 33 anos, oriundo de Serra Leoa e procedente de Paris, é acusado de servir de intermediário para vender ao Irã mil toneladas de urânio purificado, violando a legislação americana.

Campbell estava sob vigilância desde maio de 2012, quando respondeu a um anúncio no site Alibaba.com sobre a compra de urânio 308 (yellow cake). A mensagem era uma isca de um agente americano do serviço de imigração.

O agente disse a Campbell que pretendia comprar mil toneladas de urânio purificado para o Irã, que seria misturado a outros minerais para o transporte.

Campbell respondeu que não havia problema e que o carregamento seguiria de Serra Leoa para o porto iraniano de Bandar Abas, em um carregamento de cromita.

Em vários contatos – por telefone, Skype e e-mail – Campbell revelou que estava ligado a uma empresa que vendia urânio, ouro, diamantes e cromita na fronteira entre Libéria e Serra Leoa, segundo a ata de acusação.

O urânio purificado deve ser enriquecido para uso em aplicações nucleares.

Procedente de Paris, Campbell foi detido na quarta-feira, quando chegava a Nova York, com o objetivo de apresentar a seu “contato” amostras de urânio.

Capmbell foi acusado de violar a legislação americana sobre transações com o Irã, e pode pegar uma pena de até 20 anos de prisão e multa de US$ 1 milhão.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,