RSS

Arquivo da tag: desculpas

Nintendo pede desculpas por não incluir relação homossexual em game

Game de simulação de vida 'Tomodachi Life' não permite casamentos homossexuais (Foto: Nintendo/AP)Game de simulação de vida ‘Tomodachi Life’ não
permite casamentos homossexuais
(Foto: Nintendo/AP)

A Nintendo pediu desculpas nesta sexta-feira (9) por não incluir relações homossexuais no jogo de simulação de vida para o portátil Nintendo 3DS “Tomodachi Life”. A empresa diz que decepcionou muitas pessoas ao não incluir o recurso e que não seria possível incluí-lo em uma atualização gratuita pela internet pois “seria uma mudança significativa que afetaria todo o jogo”.

A companhia japonesa, criadora de “Super Mario”, disse que se fizer outra versão do jogo no futuro, que “ela será mais inclusiva”.

Em comunicado publicado no site oficial da empresa, ela pede “desculpas por desapontar muitas pessoas ao falhar em incluir relacionamentos com indivíduos do mesmo sexo em ‘Tomodachi Life'”. “Infelizmente, não é possível para nós mudar essa decisão de design do jogo e uma mudança tão significativa no jogo não pode ser adicionada por meio de uma atualização”.

“Tomodachi Life” foi lançado no Japão em 2013 e o jogo foi simplesmente traduzido para o inglês, sem adição de conteúdo ou mudanças no esquema de jogo.

O comunicado continua: “Na Nintendo, a dedicação sempre foi motivo de ir além dos jogos para promover um espírito de comunidade e compartilhar um espírito de diversão e alegria. Estamos comprometidos em levar adiante nossos valores de diversão e entretenimento para todos. Caso haja uma nova versão da série ‘Tomodachi’, iremos criam uma nova experiência do zero que será mais inclusiva e que melhor representará todos os jogadores”.

O comunicado da Nintendo foi divulgado depois que a empresa recebeu críticas por não incluir relacionamentos do mesmo sexo no simulador de vida. Em comunicado anterior, a empresa disse que “as opções de relacionamento no jogo representam um mundo de brincadeira e não é uma simulação da vida real. Esperamos que nossos fãs encarem o ‘Tomodachi’ como um jogo esmerado e único, e que, em nenhum momento, tivemos a intenção de fazer qualquer crítica social”.

No game, que, por enquanto, só é vendido no Japão, o usuário escolhe para si um “Mii” – avatares personalizados pelos próprios jogadores – que habitam uma ilha virtual. O jogador pode, então, povoar o local com “personagens Mii de família, amigos ou qualquer um em que você possa pensar”.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Justin Bieber pede desculpas por visita polêmica a templo japonês

Justin Bieber durante show em Paris, no dia 19 de março do ano passado (Foto: Francois Mori/AP)Justin Bieber durante show em Paris, no dia 19 de
março do ano passado (Foto: Francois Mori/AP)

O cantor pop canadense Justin Bieber, frequentemente envolvido em confusões, pediu desculpas nesta quarta-feira (23) por ter visitado um santuário de Tóquio que está no centro de uma amarga disputa internacional em relação às guerras do Japão no passado.

Bieber, de 20 anos, postou uma foto em mídias sociais de sua visita ao Santuário de Yasukuni, com o título: “Obrigado por suas bênçãos”. A foto foi posteriormente excluída, apesar de ter sido republicada em outros lugares na Internet, inclusive por um grupo de fãs de Bieber, e provocou críticas da Coreia do Sul e China.

O santuário homenageia 14 líderes japoneses condenados como criminosos de guerra após a Segunda Guerra Mundial, ao lado de japoneses mortos. Visitas de políticos japoneses ao santuário enfurecem as vítimas dos conflitos passados do Japão, incluindo a Coreia do Sul e a China. Autoridades chinesas afirmam que visitas de políticos japoneses ao santuário seriam equivalentes a políticos alemães colocarem flores no bunker de Hitler.

O assunto é especialmente delicado esta semana, quando cerca de 150 parlamentares visitaram o local e o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, fez uma oferenda para marcar o festival anual de primavera do santuário.

Bieber disse mais tarde que havia visitado Yasukuni por engano após avistar um santuário bonito e ter pedido a seu motorista para parar, acreditando que era “apenas um lugar de oração”. “Peço desculpas a qualquer pessoa que eu possa ter ofendido”, disse Bieber no Instagram. “Eu te amo China e eu te amo Japão”.

O porta-voz da chancelaria chinesa, Qin Gang, disse anteriormente que esperava que Bieber tivesse aprendido alguma coisa com a sua visita. “Espero que este cantor canadense, depois de visitar o santuário de Yasukuni, possa compreender e conhecer esse período de militarismo da história de invasões do Japão”, disse Qin.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Música

 

Tags: , , , , , ,

Após ataque, ministro da Defesa de Israel pede desculpas a Kerry

O ministro da Defesa de Israel, Moshe Yaalon, pediu desculpas nesta terça-feira (14) ao secretário americano de Estado, John Kerry, após um forte ataque pessoal contra o chefe da diplomacia dos Estados Unidos.

Yaalon acusou Kerry de não entender o conflito na região.

Em um comunicado, Yaalon afirma que ‘não teve qualquer intenção de ofender o secretário de Estado e que apresentará suas desculpas caso o tenha ofendido com as declarações atribuídas ao ministro da Defesa’.

‘Israel e Estados Unidos têm como objetivo comum fazer avançar as discussões de paz entre israelenses e palestinos conduzidas por John Kerry. Apreciamos os múltiplos esforços realizados por Kerry para atingir isto’.

Segundo o jornal israelense Yediot Aharonot, Yaalon afirmou em conversa com altos funcionários israelenses que ‘o secretário de Estado John Kerry chegou aqui determinado e animado por uma obsessão incompreensível e por uma espécie de messianismo, mas não pode nos ensinar nada sobre o conflito com os palestinos’.

‘A única coisa que pode nos salvar é Kerry ganhar o Prêmio Nobel (da Paz) e nos deixar tranquilos’, ironizou o ministro israelense da Defesa.

Após a divulgação das declarações de Yaalon, o Departamento de Estado solicitou ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, um repúdio público aos comentários contra Kerry, e a presidência americana lamentou a situação.

‘As declarações do ministro da Defesa israelense (…) são ofensivas e estão fora de lugar, especialmente tendo em conta tudo o que os Estados Unidos fazem para satisfazer as necessidades de Israel em matéria de segurança’, afirmou o porta-voz da presidência, Jay Carney.

‘O secretário Kerry e sua equipe não têm parado de trabalhar para promover uma paz segura para Israel em função de seu profundo compromisso’ com o Estado hebreu.

‘Duvidar das motivações de Kerry e deformar suas propostas não é algo que se espera de um ministro da Defesa de um país aliado’, disse o porta-voz.

Mais cedo, Yaalon já havia tentado apaziguar os ânimos, publicando um primeiro comunicado, mas sem negar as controversas declarações que teriam vazado do encontro privado com representantes da Defesa dos EUA e de Israel.

‘Os Estados Unidos são nosso mais importante amigo e aliado. Quando temos discordâncias entre nós, discutimos em privado’, declarou, acrescentando que ‘vou continuar a ser responsável e manter firmemente a segurança do povo israelense’.

Em discurso no Parlamento, o premier Benjamin Netanyahu também tentou amenizar o episódio, mas com indireta repreensão ao ministro da Defesa. ‘Às vezes, há divergências com os Estados Unidos, mas elas são sempre sobre o assunto em pauta, não sobre a pessoa’, frisou Netanyahu.

Falcão do governo de Benjamin Netanyahu, Yaalon criticou mais especificamente as propostas americanas sobre a segurança na Cisjordânia, em particular, no Vale do Jordão, ao longo da fronteira com a Jordânia.

‘O plano americano de segurança que nos foi apresentado não vale o papel sobre o qual ele foi escrito. Não garante nem a segurança, nem a paz’, atacou.

Polêmica sobre as colônias ‘No momento, somos os únicos a ter concedido alguma coisa – a libertação dos presos (palestinos) -, enquanto os palestinos não deram nada’, completou Yaalon, um dos líderes do Likud (direita nacionalista) de Netanyahu.

Israel se comprometeu a libertar em quatro fases um total de 104 prisioneiros palestinos para permitir a retomada das negociações com os palestinos. Nas primeiras fases, porém, as libertações foram acompanhadas de anúncios de construções nas colônias.

A ministra da Justiça israelense, Tzipi Livni, encarregada das negociações com os palestinos, criticou o colega da Defesa: ‘Você pode se opor às negociações de maneira argumentativa e responsável, sem comprometer as relações com nosso melhor amigo’.

Uma outra polêmica também surgiu nesta terça depois de uma declaração do ministro israelense da Habitação, Uri Ariel. Ardoroso defensor da colonização, ele garantiu que os recentes projetos de construção anunciados por Israel foram pensados ‘em coordenação’ com os Estados Unidos.

Um diplomata americano reiterou, porém, a condenação americana à colonização e disse que Kerry nunca ‘se encontrou, nem falou com Uri Ariel e, em consequência, não coordenou ou concordou em nada com ele’.

Recentemente, autoridades israelenses de alto escalão também atacaram Kerry na imprensa local, sob anonimato. Um deles afirmou que o secretário americano desconhece o tema.

Apesar de sua determinação e energia e de ter feito dez viagens à região desde março de 2013, Kerry ainda não conseguiu convencer os dois lados do conflito a aderirem a seu plano de paz. Desde 2008, a relação entre Estados Unidos e Israel tem sido abalada por desentendimentos contínuos, seja sobre o programa nuclear iraniano, seja sobre o processo de paz no Oriente Médio.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Snapchat pede desculpas e corrige falha que expôs dados de 4,6 milhões

A equipe responsável pelo aplicativo “Snapchat”, que permite o envio de fotos que se apagam,  liberou nesta quinta-feira (9) uma atualização para corrigir uma falha usada para expor as informações de 4,6 milhões de usuários.

A companhia aproveitou o post no blog em que fez o anúncio para pedir desculpas a quem teve dados expostos. “Nós nos desculpamos por qualquer problema que esse assunto possa ter causado e realmente agradecemos pela paciência e apreço”, informou o a equipe do “Snapchat”.

O update dá aos usuários a opção de desvincular o número do telefone da sua conta cadastrada no aplicativo quando alguém faz uma busca pelo seu nome no app.

A brecha no aplicativo poderia ser usada nos chamados de ataque do tipo “força bruta”: os interessados em explorar a falha precisam “tentar” informar números aleatórios até que um deles seja encontrado no Snapchat, que informará o nome de usuário atrelado ao número.

De acordo com a Gibson Security, as medidas para evitar que isso acontecesse tomadas pelo Snapchat desde agosto, quando foi informado da brecha, não foram satisfatórias.

Como muitos usuários utilizam o nome de usuário no Facebook ou Twitter, mesmo quem escolhesse não revelar o número de telefone em redes sociais teria essa informação disponibilizada pelo Snapchat.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Dennis Rodman pede desculpas por comentários na Coreia do Norte

O ex-jogador de basquete da NBA Dennis Rodman pediu desculpas pelos comentários que fez sobre um missionário americano preso na Coreia do Norte, informou a rede CNN nesta quinta-feira (9), citando um comunicado.

“Quero pedir desculpas, eu assumo toda a responsabilidade”, disse Rodman, acrescentando que havia bebido em um dia “estressante”.

O pedido de desculpas se refere a declarações dadas pelo ex-jogador em uma entrevista à CNN, na qual Rodman sugeriu que o missionário Kenneth Bae era o responsável por sua própria prisão, e não o governo norte-coreano.

A declaração gerou críticas por parte de ativistas dos direitos humanos e também da família de Bae.

Na quarta-feira (8), Rodman chegou a se curvar diante do líder norte-coreano Kim Jong-un, antes do início de uma partida de basquete em comemoração ao aniversário do ditador.

Dennis Rodman curva-se diante do líder norte-coreano Kim Jong-un antes do início da partida comemorativa de seu aniversário (Foto: Kim Kwang Hyon/AP)Dennis Rodman curva-se diante do líder norte-coreano Kim Jong-un antes do início da partida comemorativa de seu aniversário (Foto: Kim Kwang Hyon/AP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Putin exige desculpas da Holanda por detenção de diplomata russo

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, participa na Indonésia da APEC (Foto: Beawiharta/ AFP)Presidente da Rússia, Vladimir Putin, participa na Indonésia da APEC (Foto: Beawiharta/ AFP)

O presidente russo, Vladimir Putin, exigiu nesta terça-feira (8) desculpas à Holanda pela detenção em seu domicílio de um diplomata da embaixada da Rússia em Haia, que foi interrogado durante a noite.

“É a maior violação da Convenção de Viena. Estamos esperando explicações e desculpas e que os culpados sejam castigados”, disse Putin, citado pela agência estatal de notícias Ria Novosti durante a cúpula regional Ásia-Pacífico na Indonésia.

“Nossa reação dependerá da maneira de agir da Holanda”, acrescentou.

O ministro russo das Relações Exteriores enviou na terça-feira uma nota de protesto ao embaixador holandês na Rússia sobre o inaceitável incidente, disse o porta-voz do ministério, Alexander Lukashevich, às agências de notícias russas.

Segundo o porta-voz, policiais holandeses invadiram no domingo à noite o domicílio de Dmitri Borodin, primeiro secretário da embaixada da Rússia na Holanda, “sob o pretexto inventado de que maltratava seus filhos”.

“Algemaram nosso diplomata e o levaram a uma delegacia, onde foi interrogado durante toda a noite”, disse Lukashevich, que declarou que o trabalhador da embaixada informou à polícia sobre seu status.

“Depois foi liberado sem nenhum tipo de explicações ou desculpas”.

A televisão estatal russa informou amplamente sobre o caso.

“Estamos cientes do incidente e estamos investigando-o antes de realizar qualquer comentário”, disse à AFP o porta-voz do ministério holandês das Relações Exteriores, Thijs van Son.

A polícia holandesa não quis comentar o incidente.

As relações entre Rússia e Holanda se deterioraram após a detenção na Rússia dos 30 tripulantes do barco do Greenpeace “Artic Sunrise”, com bandeira holandesa, durante uma operação de protesto pelas extrações petrolíferas no Ártico.

A Holanda informou sobre a adoção de iniciativas legais para libertar os ativistas da organização ecologista.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Konami pede desculpas por falhas em modo on-line de ‘PES 2014’

Rogério Ceni, do São Paulo, cobra falta em imagem de 'PES 2014' (Foto: Divulgação/Konami)Rogério Ceni, do São Paulo, cobra falta em imagem
de ‘PES 2014’ (Foto: Divulgação/Konami)

A produtora Konami pediu desculpa aos jogadores do game de futebol “Pro Evolution Soccer 2014” que não estão conseguindo realizar partidas on-line do game. O problema ocorre principalmente no videogame Xbox 360 e impede que os jogadores baixem uma atualização que ativa as partidas contra outros jogadores por meio da internet.

Alguns jogadores afirmam que, ao tentar baixar o arquivo gratuito por meio do game, eles recebem uma mensagem de erro ou download nem é iniciado.

O presidente da companhia, Shinji Hirano, divulgou uma mensagem em que pede “desculpas para todos os usuários que não conseguem aproveitar ‘PES 2014’ pela internet”. “Quero garantir aos fãs que estaremos resolvendo este problema rapidamente”. Uma solução foi prometida para a segunda-feira (7).

O game foi lançado mundialmente no dia 24 de setembro e desde então jogadores não conseguem acessar as funções on-line no X360.

Na página de suporte da Konami na Europa, a empresa diz que está trabalhando para solucionar o problema junto com a Microsoft, mas que ainda não descobriu as causas da falha. A recomendação da empresa, por enquanto, é que os jogadores tentem baixar e instalar o pacote de dados “1.00” do game, o que resolveu o problema de acesso em alguns consoles.

“Pro Evolution 2014” chegou ao Brasil no dia 24 de setembro. No PS3, o jogo é vendido por R$ 180 e, no X360, por R$ 200. O game conta com a narração de Silvio Luiz e os comentários de Mauro Beting.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , ,