RSS

Arquivo da tag: Descoberto

Descoberto o mais antigo ancestral dos animais herbívoros terrestres

Concepção artística mostra Eocasea, o ancestral mais antigo dos herbívoros (Foto: Danielle Dufault/Divulgação)Concepção artística mostra Eocasea, o ancestral mais antigo dos herbívoros (Foto: Danielle Dufault/Divulgação)

Paleontólogos descobriram o mais antigo ancestral dos herbívoros terrestres, com 300 milhões de anos. O espécime ajuda a esclarecer o aparecimento dessa forma de alimentação no mundo animal, determinante para a evolução do ecossistema terrestre atual.

O fóssil parcial deste animal, denominado Eocasea martini, que tinha menos de 20 centímetros de comprimento, representa “o primeiro vínculo entre os carnívoros e os herbívoros”, disse à AFP o paleontólogo Robert Reisz, professor da Universidade de Toronto, no Canadá, principal responsável pela descoberta, divulgada em artigo publicado nesta quarta-feira (16) na revista americana “PLOS ONE”.

O esqueleto do Eocasea, ainda um carnívoro, apresentava certas características estreitamente relacionadas a uma linhagem de herbívoros, acrescentou Reisz, indicando que apenas uma parte do crânio, o essencial da coluna vertebral, a pélvis e uma pata traseira foram recuperados no Kansas.

Este animal, que viveu 80 milhões de anos antes do aparecimento dos dinossauros, fazia parte da classe Synapsida, que inclui os primeiros herbívoros terrestres e os grandes predadores, ancestrais dos mamíferos modernos.

Antes da emergência dos herbívoros, um pouco depois do Eocasea, os animais terrestres, todos carnívoros, alimentavam-se uns dos outros, ou comiam insetos. O aparecimento dos herbívoros “foi uma revolução da vida sobre a Terra, porque significou que os vertebrados puderam ter acesso diretamente a vastos recursos alimentares oferecidos pelos vegetais”, destacou o pesquisador.

Os herbívoros, que se multiplicaram e cresceram, por sua vez, viraram uma fonte importante de nutrição para os grandes predadores, completou.

Assim, o Eocasea foi o primeiro animal a ativar um processo que resultou no ecossistema terrestre atual, no qual um grande número de herbívoros assegura o aporte alimentar de um número cada vez menor de grandes predadores, observou o professor Reisz.

Este fenômeno ocorre depois separadamente em outros grupos de animais, em pelo menos cinco ocasiões, afirmou.

“Uma vez que a via para o mundo da alimentação herbívora foi aberta pelo Eocasea (…), vários grupos de animais continuaram evoluindo para desenvolver os mesmos traços”, permitindo-lhes digerir a celulose, um glicídio que é a principal fonte de energia fornecida pelas plantas.

“Os primeiros dinossauros eram todos carnívoros antes que um grande número se tornasse herbívoro” no curso da evolução, revelou o cientista. Mas, ele admitiu, “não compreendemos porque essa evolução de carnívoro para herbívoro não aconteceu mais cedo, nem as razões pelas quais ela ocorreu separadamente em várias linhagens animais”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Cânion de 750 km de extensão é descoberto na Groenlândia

Um imenso cânion foi descoberto por cientistas sob uma camada de mais de 1 quilômetro de gelo na Groenlândia. A formação tem cerca de 750 quilômetros de comprimento (o que o torna mais longo que o Grand Canyon, nos EUA) e, em alguns pontos, 800 metros de profundidade.

Para conseguir mapear o cânion sob tamanha camada de gelo, os cientistas precisaram reunir dados de radar coletados em sobrevoos feitos pela Nasa e por pesquisadores alemães e britânicos ao longo de décadas.

“Presumia-se que a paisagem terrestre já foi totalmente explorada e mapeada. Nossa pesquisa mostra que ainda há muito por descobrir”, disse o líder do estudo que revelou a formação geológica na Groenlândia, Jonathan Bamber, da Universidade de Bristol, no Reino Unido. O trabalho foi publicado na revista “Science”.

Imagem de animação da Nasa mostra o formato do cânion sob o gelo (Foto: Nasa/Divulgação)Imagem de animação da Nasa mostra o formato do cânion sob o gelo (Foto: Nasa/Divulgação)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Descoberto novo mamífero da família dos guaxinins na América do Sul

Olinguito é nova espécie de mamífero encontrada na América do Sul (Foto: Mark Gurney/Divulgação)Olinguito é nova espécie de mamífero encontrada na América do Sul (Foto: Mark Gurney/Divulgação)

Artigo publicado no jornal científico “Zookeys” nesta quinta-feira (15) aponta a descoberta de uma nova espécie animal, o olinguito. Cientistas do Instituto Smithsonian, de Washington, afirmam que este é o primeiro mamífero da ordem Carnivora descoberto no Hemisfério Ocidental em 35 anos. Em nota, a instituição afirma que o bicho parece um cruzamento de “gato doméstico com urso de pelúcia”.

O olinguito (Bassaricyon neblina) pertence à mesma família dos guaxinins, olingos e quatis, e pode ser encontrado na Colômbia e no Peru. O mamífero tem pelo marrom alaranjado, hábitos noturnos e gestação de um filhote por vez. Ele pertence à ordem Carnivora, mas sua principal fonte de alimen tação são as frutas.

“A descoberta do olinguito mostra que o mundo ainda não está completamente explorado e seus segredos ainda não foram revelados”, diz Kristofer Helgen, líder da pesquisa que durou aproximadamente dez anos.

Os cientistas também comentam que a descoberta não era o objetivo original do trabalho, que pretendia enumerar todas as espécies de olingo existentes no mundo. Pesquisas em catálogos de museus e testes de DNA mostraram que o olinguito tem crânio e dentes menores que os olingos, além de habitar uma área diferente.

A constatação foi seguida de uma expedição de três semanas à América do Sul para descobrir se o novo mamífero ainda existe na natureza. Os olinguitos foram encontrados nas chamadas florestas nubladas, próximas aos Andes, e os pesquisadores preocuparam-se em prestar atenção a todos os detalhes do comportamento e do habitat do animal em busca de informações sobre a espécie.

Espécie da família dos guaxinins tem hábitos noturnos (Foto: Poglayen-Neuwall/Divulgação)Espécie da família dos guaxinins tem hábitos noturnos (Foto: Poglayen-Neuwall/Divulgação)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de agosto de 2013 em Música, Tecnologia

 

Tags: , , , ,