RSS

Arquivo da tag: derrubar

iPhones e Android vão derrubar a RIM nas empresas ainda este ano, diz IDC

O iPhone estará no “topo corporativo” das vendas de smartphones em 2016, quando atingirá 68,9 milhões, segundo a consultoria

Os iPhones e os smartphones com Android irão substituir o BlackBerry como os smartphones mais utilizados pelos trabalhadores de todo o mundo em 2012, segundo a IDC, em uma previsão atualizada.

O relatório da IDC sobre o uso corporativo de smartphones nota que as empresas estão comprando iPhones “em massa”, embora dispositivos baseados em Android estejam no topo da lista dos comprados diretamente pelos trabalhadores. A empresa de pesquisa de mercado separa esses smartphones para fins corporativos comprados pelo funcionário ou pela empresa daqueles adquiridos pelo consumidor comum.

A IDC projeta que, para todos este ano, as vendas de smartphones Android para consumo chegará a 351,9 milhões, as “funcionais” serão 87,7 milhões, e as corporativas, 15,1 milhões. Por outro lado, a Apple venderá 78,6 milhões de iPhones aos consumidores, 37,1 milhões aos funcionários e 31,1 milhões para empresas.

Combinadas, as vendas corporativas de iPhones e smartphones Android irão se distanciar das vendas semelhantes do BlackBerry pela a primeira vez. As vendas do smartphone da RIM para funcionários em 2012 chegarão a 5,2 milhões, enquanto para consumidores serão de 14,8 milhões, projeta a IDC.

O iPhone estará no “topo corporativo” das vendas de smartphones em 2016, quando atingirá 68,9 milhões, segundo a IDC em sua previsão. O smartphone da RIM liderou as vendas corporativas em 2011, com 22,4 milhões. “O BlackBerry continua a ser o padrão de ouro para a segurança”, disse a IDC, mas acrescentou que o reduzido interesse dos consumidores e desenvolvedores “dificulta sua viabilidade no futuro.” A Research in Motion prometeu lançar dois novos smartphones BlackBerry 10 em 30 de janeiro.

Android x Segurança
Analistas da IDC disseram que o futuro do Android tem o “problema oposto” daquele enfrentado pelo BlackBerry. O sistema operacional de código aberto do Google tem uma grande comunidade de desenvolvedores, mas um ecossistema de dispositivos fragmentado e “mais lacunas em segurança do que muitas organizações aceitam”, disse a IDC.

Enquanto isso, a popularidade da Apple com os consumidores e um forte esquema de segurança “fizeram dela uma vencedora para uso empresarial”, disse a IDC. 

A IDC chamou o Windows Phone de “ovelha negra” e prevê que poucas empresas irão adotar a nova plataforma da Microsoft em breve. A empresa projeta que o número de vendas de smartphones deve chegar a 1,25 bilhão em 2016.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

iPhones e Android vão derrubar a RIM nas empresas ainda este ano, diz IDC

O iPhone estará no “topo corporativo” das vendas de smartphones em 2016, quando atingirá 68,9 milhões, segundo a consultoria

Os iPhones e os smartphones com Android irão substituir o BlackBerry como os smartphones mais utilizados pelos trabalhadores de todo o mundo em 2012, segundo a IDC, em uma previsão atualizada.

O relatório da IDC sobre o uso corporativo de smartphones nota que as empresas estão comprando iPhones “em massa”, embora dispositivos baseados em Android estejam no topo da lista dos comprados diretamente pelos trabalhadores. A empresa de pesquisa de mercado separa esses smartphones para fins corporativos comprados pelo funcionário ou pela empresa daqueles adquiridos pelo consumidor comum.

A IDC projeta que, para todos este ano, as vendas de smartphones Android para consumo chegará a 351,9 milhões, as “funcionais” serão 87,7 milhões, e as corporativas, 15,1 milhões. Por outro lado, a Apple venderá 78,6 milhões de iPhones aos consumidores, 37,1 milhões aos funcionários e 31,1 milhões para empresas.

Combinadas, as vendas corporativas de iPhones e smartphones Android irão se distanciar das vendas semelhantes do BlackBerry pela a primeira vez. As vendas do smartphone da RIM para funcionários em 2012 chegarão a 5,2 milhões, enquanto para consumidores serão de 14,8 milhões, projeta a IDC.

O iPhone estará no “topo corporativo” das vendas de smartphones em 2016, quando atingirá 68,9 milhões, segundo a IDC em sua previsão. O smartphone da RIM liderou as vendas corporativas em 2011, com 22,4 milhões. “O BlackBerry continua a ser o padrão de ouro para a segurança”, disse a IDC, mas acrescentou que o reduzido interesse dos consumidores e desenvolvedores “dificulta sua viabilidade no futuro.” A Research in Motion prometeu lançar dois novos smartphones BlackBerry 10 em 30 de janeiro.

Android x Segurança
Analistas da IDC disseram que o futuro do Android tem o “problema oposto” daquele enfrentado pelo BlackBerry. O sistema operacional de código aberto do Google tem uma grande comunidade de desenvolvedores, mas um ecossistema de dispositivos fragmentado e “mais lacunas em segurança do que muitas organizações aceitam”, disse a IDC.

Enquanto isso, a popularidade da Apple com os consumidores e um forte esquema de segurança “fizeram dela uma vencedora para uso empresarial”, disse a IDC. 

A IDC chamou o Windows Phone de “ovelha negra” e prevê que poucas empresas irão adotar a nova plataforma da Microsoft em breve. A empresa projeta que o número de vendas de smartphones deve chegar a 1,25 bilhão em 2016.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

iPhone e Android vão derrubar BlackBerry nas empresas ainda em 2012, diz IDC

Os iPhones e os smartphones com Android irão substituir o BlackBerry como os smartphones mais utilizados pelos trabalhadores de todo o mundo em 2012, segundo a IDC, em uma previsão atualizada.

O relatório da IDC sobre o uso corporativo de smartphones nota que as empresas estão comprando iPhones “em massa”, embora dispositivos baseados em Android estejam no topo da lista dos comprados diretamente pelos trabalhadores. A empresa de pesquisa de mercado separa esses smartphones para fins corporativos comprados pelo funcionário ou pela empresa daqueles adquiridos pelo consumidor comum.

A IDC projeta que, para todos este ano, as vendas de smartphones Android para consumo chegará a 351,9 milhões, as “funcionais” serão 87,7 milhões, e as corporativas, 15,1 milhões. Por outro lado, a Apple venderá 78,6 milhões de iPhones aos consumidores, 37,1 milhões aos funcionários e 31,1 milhões para empresas.

Combinadas, as vendas corporativas de iPhones e smartphones Android irão se distanciar das vendas semelhantes do BlackBerry pela a primeira vez. As vendas do smartphone da RIM para funcionários em 2012 chegarão a 5,2 milhões, enquanto para consumidores serão de 14,8 milhões, projeta a IDC.

iphone5_435

O iPhone estará no “topo corporativo” das vendas de smartphones em 2016, quando atingirá 68,9 milhões, segundo a IDC em sua previsão. O smartphone da RIM liderou as vendas corporativas em 2011, com 22,4 milhões. “O BlackBerry continua a ser o padrão de ouro para a segurança”, disse a IDC, mas acrescentou que o reduzido interesse dos consumidores e desenvolvedores “dificulta sua viabilidade no futuro.” A Research in Motion prometeu lançar dois novos smartphones BlackBerry 10 em 30 de janeiro.

Android x Segurança
Analistas da IDC disseram que o futuro do Android tem o “problema oposto” daquele enfrentado pelo BlackBerry. O sistema operacional de código aberto do Google tem uma grande comunidade de desenvolvedores, mas um ecossistema de dispositivos fragmentado e “mais lacunas em segurança do que muitas organizações aceitam”, disse a IDC.

Enquanto isso, a popularidade da Apple com os consumidores e um forte esquema de segurança “fizeram dela uma vencedora para uso empresarial”, disse a IDC.

A IDC chamou o Windows Phone de “ovelha negra” e prevê que poucas empresas irão adotar a nova plataforma da Microsoft em breve. A empresa projeta que o número de vendas de smartphones deve chegar a 1,25 bilhão em 2016.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

iPhone e Android vão derrubar BlackBerry nas empresas ainda em 2012, diz IDC

Os iPhones e os smartphones com Android irão substituir o BlackBerry como os smartphones mais utilizados pelos trabalhadores de todo o mundo em 2012, segundo a IDC, em uma previsão atualizada.

O relatório da IDC sobre o uso corporativo de smartphones nota que as empresas estão comprando iPhones “em massa”, embora dispositivos baseados em Android estejam no topo da lista dos comprados diretamente pelos trabalhadores. A empresa de pesquisa de mercado separa esses smartphones para fins corporativos comprados pelo funcionário ou pela empresa daqueles adquiridos pelo consumidor comum.

A IDC projeta que, para todos este ano, as vendas de smartphones Android para consumo chegará a 351,9 milhões, as “funcionais” serão 87,7 milhões, e as corporativas, 15,1 milhões. Por outro lado, a Apple venderá 78,6 milhões de iPhones aos consumidores, 37,1 milhões aos funcionários e 31,1 milhões para empresas.

Combinadas, as vendas corporativas de iPhones e smartphones Android irão se distanciar das vendas semelhantes do BlackBerry pela a primeira vez. As vendas do smartphone da RIM para funcionários em 2012 chegarão a 5,2 milhões, enquanto para consumidores serão de 14,8 milhões, projeta a IDC.

iphone5_435

O iPhone estará no “topo corporativo” das vendas de smartphones em 2016, quando atingirá 68,9 milhões, segundo a IDC em sua previsão. O smartphone da RIM liderou as vendas corporativas em 2011, com 22,4 milhões. “O BlackBerry continua a ser o padrão de ouro para a segurança”, disse a IDC, mas acrescentou que o reduzido interesse dos consumidores e desenvolvedores “dificulta sua viabilidade no futuro.” A Research in Motion prometeu lançar dois novos smartphones BlackBerry 10 em 30 de janeiro.

Android x Segurança
Analistas da IDC disseram que o futuro do Android tem o “problema oposto” daquele enfrentado pelo BlackBerry. O sistema operacional de código aberto do Google tem uma grande comunidade de desenvolvedores, mas um ecossistema de dispositivos fragmentado e “mais lacunas em segurança do que muitas organizações aceitam”, disse a IDC.

Enquanto isso, a popularidade da Apple com os consumidores e um forte esquema de segurança “fizeram dela uma vencedora para uso empresarial”, disse a IDC.

A IDC chamou o Windows Phone de “ovelha negra” e prevê que poucas empresas irão adotar a nova plataforma da Microsoft em breve. A empresa projeta que o número de vendas de smartphones deve chegar a 1,25 bilhão em 2016.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Cinco maneiras como o Outlook.com pode derrubar o GMail

Substituição para o Hotmail é surpreendentemente boa e oferece uma porção de ferramentas interessantes, mas peca em um ponto principal

Como vocês se lembram, na semana passada a Microsoft lançou o Outlook.com, também conhecido anteriormente por Hotmail, certo?

Depois de tudo, o que o Outlook.com poderia possivelmente fazer, que o GMail já não tenha feito – ou fazer melhor?

Como temos visto, um monte de coisas. Passei os últimos dias testando o novo serviço e, enquanto ele está longe de ser perfeito, o Outlook.com de fato oferece uma série de ferramentas que podem atrair usuários corporativos para bem longe do e-mail do Google.

Aqui estão cinco itens que considero bons motivos para o Outlook.com derrubar seu rival. E um no qual, infelizmente, peca um pouco.

1. Mais armazenamento, maiores anexos
O GMail dispõe de 10GB de espaço para armazenamento e limita seus anexos em 25MB ou menos. Já com o Outlook.com, não há limite para armazenagem e você pode enviar anexos de 100MB. Na verdade, se você conectar o e-mail à sua conta no SkyDrive, você pode aumentar esse limite para 300MB.

2. Filtragem inteligente
O Outlook classifica automaticamente mensagens recebidas em documentos, fotos, e atualizações de compras. Um clique é tudo o que precisa para visualizar todas as mensagens que atendem a esses critérios.

Essa ferramenta é chamada de Quick Views (Visualização Rápida, em tradução livre) e é muito útil. Claro que você pode fazer o mesmo com os recursos de Marcadores e Filtros do GMail, mas essa novidade no serviço da Microsoft faz todo o trabalho para você.

O Outlook.com também oferece pastas, um bônus para usuários que nunca ligaram para o sistema de marcadores do GMail.

3. Visualmente atraente
Embora o Google tenha feito alguns avanços ao melhorar a interface do seu serviço de e-mail, ela continua desordenada, uma bagunça completa.

O Outlook.com, por outro lado, tem interface simples, dinâmica e visualmente atraente, com amenidades como um painel de leitura (localizado abaixo ou à direita, fica a seu critério) e opções de marcar como lido/não lido, excluir e sinalizar.

Pode rir se quiser, mas é por causa do GMail ser tão esteticamente desafiador que eu continuo a usar um cliente de e-mail de verdade – programa de computador utilizado para acessar e gerenciar uma conta de e-mail. O Outlook é simplesmente mais bonito.

4. Melhor gerenciamento de lixo eletrônico
O GMail manda muito bem ao filtrar spam, mas o Outlook.com parece ter filtros mais eficientes. Melhor ainda, ele automaticamente acha e seleciona newsletters e dá a opção de não recebê-las mais – mesmo que a newsletter não tenha essa opção. 

De fato, é isso que você verá: “Pedimos a AlgumaCompanhiaChata para tirá-lo de sua lista de e-mails. Se eles continuarem a enviar quaisquer mensagens nesse meio tempo, as colocaremos direto no Lixo Eletrônico”

Um belo e útil exemplar de antispam. 

5. Inteligente e com redes sociais integradas
Atualmente, e-mails são um tipo de negócio social, o que a meu ver significa que deveria ter uma conexão com suas redes sociais favoritas.

O e-mail da Microsoft pode se conectar com o Facebook, LinkedIn, e/ou Twitter. Uma vez logado com qualquer uma delas, você poderá ver as atualizações de status de seus contatos e outras informações. E mais, você estará habilitado a retuitar, deixar comentários no FB e assim por diante, tudo por meio de uma barra lateral.

Agora, as más notícias.

Nem preciso dizer que o GMail tem trabalho a fazer, ao menos nessas áreas. Mas há um recurso do Outlook.com que faz extrema falta, um que provavelmente irá me manter com o pé atrás: não há suporte IMAP – ou Internet Message Access Protocol, um protocolo de gerenciamento de correio eletrônico, que permite aos usuários armazenar mensagens servidor e possibilita acessar pastas e mensagens de qualquer computador, tanto por webmail como por cliente de correio eletrônico (como o Thunderbird, ou Outlook Express).

Considero o IMAP essencial a todas as minhas atividades dentro do e-mail e essa é uma área que o GMail realmente se destaca.

Espero que a Microsoft adicione essa capacidade ao seu serviço e continue a refinar os ajustes do Outlook.

Concorda? Discorda? Compartilhe seus pensamentos nos comentários.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Cinco maneiras como o Outlook.com pode derrubar o GMail

Substituição para o Hotmail é surpreendentemente boa e oferece uma porção de ferramentas interessantes, mas peca em um ponto principal

Como vocês se lembram, na semana passada a Microsoft lançou o Outlook.com, também conhecido anteriormente por Hotmail, certo?

Depois de tudo, o que o Outlook.com poderia possivelmente fazer, que o GMail já não tenha feito – ou fazer melhor?

Como temos visto, um monte de coisas. Passei os últimos dias testando o novo serviço e, enquanto ele está longe de ser perfeito, o Outlook.com de fato oferece uma série de ferramentas que podem atrair usuários corporativos para bem longe do e-mail do Google.

Aqui estão cinco itens que considero bons motivos para o Outlook.com derrubar seu rival. E um no qual, infelizmente, peca um pouco.

1. Mais armazenamento, maiores anexos
O GMail dispõe de 10GB de espaço para armazenamento e limita seus anexos em 25MB ou menos. Já com o Outlook.com, não há limite para armazenagem e você pode enviar anexos de 100MB. Na verdade, se você conectar o e-mail à sua conta no SkyDrive, você pode aumentar esse limite para 300MB.

2. Filtragem inteligente
O Outlook classifica automaticamente mensagens recebidas em documentos, fotos, e atualizações de compras. Um clique é tudo o que precisa para visualizar todas as mensagens que atendem a esses critérios.

Essa ferramenta é chamada de Quick Views (Visualização Rápida, em tradução livre) e é muito útil. Claro que você pode fazer o mesmo com os recursos de Marcadores e Filtros do GMail, mas essa novidade no serviço da Microsoft faz todo o trabalho para você.

O Outlook.com também oferece pastas, um bônus para usuários que nunca ligaram para o sistema de marcadores do GMail.

3. Visualmente atraente
Embora o Google tenha feito alguns avanços ao melhorar a interface do seu serviço de e-mail, ela continua desordenada, uma bagunça completa.

O Outlook.com, por outro lado, tem interface simples, dinâmica e visualmente atraente, com amenidades como um painel de leitura (localizado abaixo ou à direita, fica a seu critério) e opções de marcar como lido/não lido, excluir e sinalizar.

Pode rir se quiser, mas é por causa do GMail ser tão esteticamente desafiador que eu continuo a usar um cliente de e-mail de verdade – programa de computador utilizado para acessar e gerenciar uma conta de e-mail. O Outlook é simplesmente mais bonito.

4. Melhor gerenciamento de lixo eletrônico
O GMail manda muito bem ao filtrar spam, mas o Outlook.com parece ter filtros mais eficientes. Melhor ainda, ele automaticamente acha e seleciona newsletters e dá a opção de não recebê-las mais – mesmo que a newsletter não tenha essa opção. 

De fato, é isso que você verá: “Pedimos a AlgumaCompanhiaChata para tirá-lo de sua lista de e-mails. Se eles continuarem a enviar quaisquer mensagens nesse meio tempo, as colocaremos direto no Lixo Eletrônico”

Um belo e útil exemplar de antispam. 

5. Inteligente e com redes sociais integradas
Atualmente, e-mails são um tipo de negócio social, o que a meu ver significa que deveria ter uma conexão com suas redes sociais favoritas.

O e-mail da Microsoft pode se conectar com o Facebook, LinkedIn, e/ou Twitter. Uma vez logado com qualquer uma delas, você poderá ver as atualizações de status de seus contatos e outras informações. E mais, você estará habilitado a retuitar, deixar comentários no FB e assim por diante, tudo por meio de uma barra lateral.

Agora, as más notícias.

Nem preciso dizer que o GMail tem trabalho a fazer, ao menos nessas áreas. Mas há um recurso do Outlook.com que faz extrema falta, um que provavelmente irá me manter com o pé atrás: não há suporte IMAP – ou Internet Message Access Protocol, um protocolo de gerenciamento de correio eletrônico, que permite aos usuários armazenar mensagens servidor e possibilita acessar pastas e mensagens de qualquer computador, tanto por webmail como por cliente de correio eletrônico (como o Thunderbird, ou Outlook Express).

Considero o IMAP essencial a todas as minhas atividades dentro do e-mail e essa é uma área que o GMail realmente se destaca.

Espero que a Microsoft adicione essa capacidade ao seu serviço e continue a refinar os ajustes do Outlook.

Concorda? Discorda? Compartilhe seus pensamentos nos comentários.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Tribunal do MT condena TIM a indenizar cliente por derrubar chamada

Juiz do Quinto Juizado Especial Cível da Comarca de Cuiabá, mandou operadora pagar R$ 24,8 mil a consumidora do plano Infinity. Tele é acusada de desligar propositalmente chamadas de usuários.

O juiz Yale Sabo Mendes, do Quinto Juizado Especial Cível da Comarca de Cuiabá, condenou a TIM a paga pagar uma indenização de 24,8 mil reais a uma cliente por “derrubar” chamadas.

O magistrado firmou entendimento que a empresa vinha desligando de forma proposital as chamadas de usuários do plano Infinity, como alegou a consumidora. Ao valor da indenização devem ser acrescidos juros de 1% ao mês a partir da citação inicial e correção monetária a partir da presente decisão.

Em matéria publicada no jornal Folha de S.Paulo desta terça-feira (7/08), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) acusou a TIM, por meio de um relatório, de interromper de propósito chamadas feitas no plano Infinity, no qual o usuário é cobrado por ligação, e não pelo tempo da chamada.

Na decisão, o juiz ressaltou que ficou comprovada a responsabilidade na conduta da operadora, pois no sistema do Código de Defesa do Consumidor (CDC) é dever e risco profissional do fornecedor de serviços agir corretamente e segundo lhe permitem as normas jurídicas imperativas.

“O simples fato de a parte reclamada ter constantemente ‘derrubado’ de forma proposital as chamadas de usuários do plano Infinity já é suficiente para configurar o dano moral, pois é pacífico que o dano moral não depende de prova, bastando comprovação do fato que o causou”, assegurou o magistrado.

Em ação de cunho indenizatório, o magistrado avaliou que, além da ação ou omissão, há que se apurar se houve ou não dolo ou culpa do agente no evento danoso bem como se houve relação de casualidade entre o ato do agente e o prejuízo sofrido pela vítima. “Concorrendo tais requisitos, surge o dever de indenizar”, salientou.

*Com informações da Coordenadoria de Comunicação do Tribunal de Justiça do MT

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,