RSS

Arquivo da tag: derrota

Após derrota no Facebook, gêmeos Winklevoss voltam às redes sociais

Com investimento de US$1 milhão, site para negócios SumZero é a nova aposta dos irmãos. Projeto tem caráter mais exclusivo entre investidores de compra.Após ficarem famosos por “perderem” a maior rede social do mundo para Mark Zuckerberg, os gêmeos Winklevoss realizam uma nova investida no segmento.

Segundo o Wall Street Journal, os irmãos Tyler e Cameron Winklevoss investiram recentemente cerca de 1 milhão de dólares na rede social SumZero, criada pelo amigo e ex-companheiro de Harvard, Divya Narendra.

O trio ficou famoso em 2010 com o lançamento do filme “A Rede Social”, de David Fincher, que conta a história da criação do Facebook e as disputas judiciais entre o CEO da empresa, Mark Zuckerberg, e seus colaboradores iniciais, que incluem também o brasileiro Eduardo Saverin.

“O grupo está reunido de novo”, afirmaram os Winklevoss em entrevista ao WSJ. Vale lembrar que os gêmeos receberam pelo menos 65 milhões de dólares em acordo judicial com o Facebook.

Eles acusam Zuckerberg de se aproveitar de suas ideias para um site chamado Harvard Connection (depois renomeado para ConnectU) e enganá-los enquanto criava o Facebook às escuras para ganhar vantagem no lançamento da rede social que atualmente tem quase 1 bilhão de usuários no mundo.

winklevosspcworld01.jpeg

Gêmeos Winklevoss com Narendra, ao centro

A nova empreitada do trio, o SumZero, é uma rede social voltada para investidores e só aceita como membros aqueles que trabalham no “lado da compra”. Como nota o WSJ, o site lembra um pouco o Facebook, que no início só permitia membros de Harvard e outras faculdades da elite dos EUA – analistas do “lado da venda” de bancos de Wall Street, por exemplo, não são permitidos no novo site.

Criado há cerca de quatro anos, o SumZero tem cerca de 7.500 membros no momento e Narendra afirma revisar pessoalmente cada pedido de entrada – três quartos deles são recusados. Segundo ele, os próprios gêmeos Winklevoss só ganharam acesso ao site após tornarem-se sócios do projeto.

O principal apelo do SumZero seria permitir que seus membros leiam ideias de outros investidores, além de divulgar os seus próprios investimentos. “Estamos oferecendo o site como uma alternativa para a pesquisa do lado de venda”, explica Narendra.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Após derrota no Facebook, gêmeos Winklevoss voltam às redes sociais

Com investimento de US$1 milhão, site para negócios SumZero é a nova aposta dos irmãos. Projeto tem caráter mais exclusivo entre investidores de compra.Após ficarem famosos por “perderem” a maior rede social do mundo para Mark Zuckerberg, os gêmeos Winklevoss realizam uma nova investida no segmento.

Segundo o Wall Street Journal, os irmãos Tyler e Cameron Winklevoss investiram recentemente cerca de 1 milhão de dólares na rede social SumZero, criada pelo amigo e ex-companheiro de Harvard, Divya Narendra.

O trio ficou famoso em 2010 com o lançamento do filme “A Rede Social”, de David Fincher, que conta a história da criação do Facebook e as disputas judiciais entre o CEO da empresa, Mark Zuckerberg, e seus colaboradores iniciais, que incluem também o brasileiro Eduardo Saverin.

“O grupo está reunido de novo”, afirmaram os Winklevoss em entrevista ao WSJ. Vale lembrar que os gêmeos receberam pelo menos 65 milhões de dólares em acordo judicial com o Facebook.

Eles acusam Zuckerberg de se aproveitar de suas ideias para um site chamado Harvard Connection (depois renomeado para ConnectU) e enganá-los enquanto criava o Facebook às escuras para ganhar vantagem no lançamento da rede social que atualmente tem quase 1 bilhão de usuários no mundo.

winklevosspcworld01.jpeg

Gêmeos Winklevoss com Narendra, ao centro

A nova empreitada do trio, o SumZero, é uma rede social voltada para investidores e só aceita como membros aqueles que trabalham no “lado da compra”. Como nota o WSJ, o site lembra um pouco o Facebook, que no início só permitia membros de Harvard e outras faculdades da elite dos EUA – analistas do “lado da venda” de bancos de Wall Street, por exemplo, não são permitidos no novo site.

Criado há cerca de quatro anos, o SumZero tem cerca de 7.500 membros no momento e Narendra afirma revisar pessoalmente cada pedido de entrada – três quartos deles são recusados. Segundo ele, os próprios gêmeos Winklevoss só ganharam acesso ao site após tornarem-se sócios do projeto.

O principal apelo do SumZero seria permitir que seus membros leiam ideias de outros investidores, além de divulgar os seus próprios investimentos. “Estamos oferecendo o site como uma alternativa para a pesquisa do lado de venda”, explica Narendra.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Após derrota da Samsung, CEOs da Apple e Google já discutem patentes

Os presidentes de Apple e Google vem conversando nos bastidores sobre assuntos relacionados a propriedade intelectual, incluindo a disputa por patentes entre as duas gigantes. As informações são da Reuters, que cita como fontes pessoas próximas do assunto.

Segundo a agência, Tim Cook, da Apple, e Larry Page, do Google, tiveram uma conversa por telefone na semana passada. Além disso, também estão acontecendo discussões entre executivos mais baixos das companhias.

Os chefões devem se encontrar para novas conversas nas próximas semanas, mas ainda não há uma data definida para o novo encontro.

Vale lembrar que no último dia 21 o Google usou pela primeira as patentes da Motorola para entrar com um processo contra a Apple, acusando a rival de violar seus direitos com o assistente controlado por voz Siri, e-mail e outros recursos. A rivalidade entre as empresas esquentou nos últimos anos com o crescimento do mercado mobile, com o iOS, da Apple, e o Android, do Google.

Além disso, na última sexta-feira, 24/8, um júri na Califórnia determinou que a Samsung deve pagar cerca de 1 bilhão de dólares em danos para a Apple por violar as patentes da companhia de Cupertino.

De acordo com a Reuters, Apple e Samsung não quiseram comentar o assunto.

timcook01.jpg

Tim Cook assumiu o cargo de CEO há cerca de um ano na Apple

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Após derrota da Samsung, CEOs da Apple e Google já discutem patentes

Os presidentes de Apple e Google vem conversando nos bastidores sobre assuntos relacionados a propriedade intelectual, incluindo a disputa por patentes entre as duas gigantes. As informações são da Reuters, que cita como fontes pessoas próximas do assunto.

Segundo a agência, Tim Cook, da Apple, e Larry Page, do Google, tiveram uma conversa por telefone na semana passada. Além disso, também estão acontecendo discussões entre executivos mais baixos das companhias.

Os chefões devem se encontrar para novas conversas nas próximas semanas, mas ainda não há uma data definida para o novo encontro.

Vale lembrar que no último dia 21 o Google usou pela primeira as patentes da Motorola para entrar com um processo contra a Apple, acusando a rival de violar seus direitos com o assistente controlado por voz Siri, e-mail e outros recursos. A rivalidade entre as empresas esquentou nos últimos anos com o crescimento do mercado mobile, com o iOS, da Apple, e o Android, do Google.

Além disso, na última sexta-feira, 24/8, um júri na Califórnia determinou que a Samsung deve pagar cerca de 1 bilhão de dólares em danos para a Apple por violar as patentes da companhia de Cupertino.

De acordo com a Reuters, Apple e Samsung não quiseram comentar o assunto.

timcook01.jpg

Tim Cook assumiu o cargo de CEO há cerca de um ano na Apple

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Samsung vai recorrer de derrota para a Apple no tribunal

A empresa de tecnologia sul-coreana Samsung reagiu duramente à decisão de um tribunal dos Estados Unidos de que a companhia deve pagar mais de US$ 1 bilhão (R$ 2 bilhões) em danos e prejuízos à Apple por “roubar” modelos desenvolvidos pela empresa americana para smartphones e tablets. Em comunicado, os executivos da gigante sul-coreana disseram que o veredito “não deve ser visto como uma vitória da Apple, mas como uma derrota para o consumidor americano. “Ele levará a menos escolhas, menos inovação e preços potencialmente mais altos”.

A Samsung avisou ainda que o veredicto “não é a última palavra” na guerra de patentes aberta entre as duas gigantes da tecnologia em quatro continentes. A sul-coreana Samsung informou neste sábado, 25/8, que planeja recorrer da decisão de um tribunal dos Estados Unidos e acrescentou que se não tiver sucesso em seu recurso levará o caso ao Tribunal de Apelação, segundo a agência “Yonhap”.

A decisão do júri pode causar grande impacto no mercado de telefones e tablets e nas negociações sobre patentes. O caso foi iniciado com um processo da Apple em abril de 2011, seguido por um outro da Samsung. As duas ações foram combinadas em um só julgamento, que começou há menos de um mês.

A fabricante do iPhone pedia um total de US$ 2,5 bilhões em danos e prejuízos, uma cifra que poderia ser triplicada pelo tribunal no caso de que a Samsung fosse condenada. A Apple dizia ser vítima de sete violações de patentes, além de outras infrações comerciais. Entre as violações, estariam cópias do design das carcaças do iPhone original e do iPad, assim como elementos de interface com o usuário – toque para ampliar a imagem e resposta imediata quando a pessoa corre o dedo pela tela para chegar ao fim de uma lista.

A Samsung, por sua vez, queria que a Apple fosse multada em mais de US$ 600 milhões por supostamente ter plagiado sua tecnologia de telecomunicações 3G e sua câmera fotográfica para telefones, reconhecidas por cinco patentes da empresa sul-coreana.

Os sul-coreanos seguem batento na tecla de que as ideias da Apple para um celular não eram exclusivas e estavam sendo influenciadas pela Sony. Segundo a Samsung, a Apple teria “mudado do direção” depois de ler uma entrevista com um dos designers da Sony.

(*) Com agência internacionais

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Samsung vai recorrer de derrota para a Apple no tribunal

A empresa de tecnologia sul-coreana Samsung reagiu duramente à decisão de um tribunal dos Estados Unidos de que a companhia deve pagar mais de US$ 1 bilhão (R$ 2 bilhões) em danos e prejuízos à Apple por “roubar” modelos desenvolvidos pela empresa americana para smartphones e tablets. Em comunicado, os executivos da gigante sul-coreana disseram que o veredito “não deve ser visto como uma vitória da Apple, mas como uma derrota para o consumidor americano. “Ele levará a menos escolhas, menos inovação e preços potencialmente mais altos”.

A Samsung avisou ainda que o veredicto “não é a última palavra” na guerra de patentes aberta entre as duas gigantes da tecnologia em quatro continentes. A sul-coreana Samsung informou neste sábado, 25/8, que planeja recorrer da decisão de um tribunal dos Estados Unidos e acrescentou que se não tiver sucesso em seu recurso levará o caso ao Tribunal de Apelação, segundo a agência “Yonhap”.

A decisão do júri pode causar grande impacto no mercado de telefones e tablets e nas negociações sobre patentes. O caso foi iniciado com um processo da Apple em abril de 2011, seguido por um outro da Samsung. As duas ações foram combinadas em um só julgamento, que começou há menos de um mês.

A fabricante do iPhone pedia um total de US$ 2,5 bilhões em danos e prejuízos, uma cifra que poderia ser triplicada pelo tribunal no caso de que a Samsung fosse condenada. A Apple dizia ser vítima de sete violações de patentes, além de outras infrações comerciais. Entre as violações, estariam cópias do design das carcaças do iPhone original e do iPad, assim como elementos de interface com o usuário – toque para ampliar a imagem e resposta imediata quando a pessoa corre o dedo pela tela para chegar ao fim de uma lista.

A Samsung, por sua vez, queria que a Apple fosse multada em mais de US$ 600 milhões por supostamente ter plagiado sua tecnologia de telecomunicações 3G e sua câmera fotográfica para telefones, reconhecidas por cinco patentes da empresa sul-coreana.

Os sul-coreanos seguem batento na tecla de que as ideias da Apple para um celular não eram exclusivas e estavam sendo influenciadas pela Sony. Segundo a Samsung, a Apple teria “mudado do direção” depois de ler uma entrevista com um dos designers da Sony.

(*) Com agência internacionais

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de outubro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Samsung derrota Apple em processo contra violação de patentes na produção de Galaxy

Em decisão, juiz britânico afirmou que tablet da Samsung dificilmente será confundido com iPad por “não ser tão legal” quanto o rival e líder do mercado

A Apple perdeu um caso de disputa por patentes contra a Samsung após um juiz britânico afirmar que o Galaxy Tab da rival “não é tão legal” quanto o iPad. 

A vitória para a Samsung chega após um tribunal de Londres decidir que os tablets da família Galaxy não violam o design registrado pela Apple para o iPad. O triunfo veio com uma polêmica criada após o juiz do caso afirmar que os consumidores dificilmente confundiriam os dois tablets já que o aparelho da Samsung não é tão “cool” quanto o iPad, de acordo com informações da Bloomberg.

“Os tablets da Samsung não possuem a mesma simplicidade extrema e superestimada que está presente no design da Apple. Eles não são tão legais”, afirmou o juiz Colin Birss em sua decisão.

Recentemente, a Apple conseguiu barrar a venda do Samsung Galaxy Tab 10.1 nos Estados Unidos após o juiz local decidir que o tablet da empresa sul-coreana violava uma patente de design.

“Não é coincidência que os produtos mais recentes da Samsung se pareçam muito com o iPhone e iPad”, afirmou o porta-voz da Apple, Alan Hely. “Esse tipo de cópia descarada é errada e, como já dissemos muitas vezes, precisamos proteger a propriedade intelectual da Apple.”

galaxytab2-360px.jpg

Após ter venda proibida nos EUA, tablet da Samsung saiu vitorioso no Reino Unido

Especial - IT Leaders 2011

O ITBOARD materializa a nova plataforma de conversas do Século XXI. Concentra o diálogo sobre tecnologia e inovação movido a tweets de quem está imerso nesses assuntos. ENTRE NA CONVERSA

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , , , ,