RSS

Arquivo da tag: custa

Sem previsão de chegar ao Brasil, iPad mini custa até R$3.200 no país

Com preços a partir de US$329 nos EUA, tablet de 7,9″ tem preços a partir de R$1.200 em versões importadas por aqui. Homologado juntamente com o iPad 4, que chegou ao Brasil em dezembro do ano passado, a versão “mini” do tablet da Apple continua sem previsão de lançamento por aqui.

Com isso, os consumidores que querem colocar as mãos no tablet com tela de 7,9 polegadas precisam desembolsar até 3.200 reais por versões importadas do aparelho.

Em pesquisas da Macworld Brasil por sites de leilão como Mercado Livre, os preços de modelos novos do iPad mini variam entre 1.200 reais e 3.200 reais dependendo da capacidade de armazenamento, que fica entre 16GB e 64GB, e da conectividade – apenas Wi-Fi ou Wi-Fi mais dados.

Lançado há alguns meses nos EUA, o iPad mini tem preços entre 329 dólares e 659 dólares naquele país.

Como o iPad 4, que custa 500 dólares nos EUA, tem preços a partir de 1.750 reais no Brasil, é possível que o Mini chegue oficialmente com preços maiores do que os cobrados pelas versões importadas por aqui.

Leia também:

– Review: iPad mini entrega experiência completa de tablet

– Review: iPad de quarta geração é maior, mais rápido e poderoso

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Mais caro do mundo, iPhone 5 brasileiro custa o mesmo que TV 3D

Mais uma vez, o Brasil é vencedor de um título nada bom: país com o iPhone mais caro do mundo. Após a operadora TIM revelar os preços do smartphone (desbloqueado) que chega na próxima semana, comparamos o valor inicial com outros 14 países.

Como esperado, o iPhone 5 mais barato do mundo é vendido nos Estados Unidos, em que o modelo desbloqueado sai por 1.354 reais. Logo ali do lado, no Canadá, está o segundo iPhone 5 mais barato do mundo, por 1.471 reais.

Assim como no lançamento do iPhone 4S, a Itália ocupa a segundo posição, bem atrás do Brasil. Por lá, o iPhone 5 desbloqueado é vendido a partir de 1.974 reais.

iphone5_435

Além disso, vale notar que o preço inicial do iPhone 5 no Brasil é suficiente para comprar uma TV LED 3D de 40 polegadas, ou mais, conforme pesquisa da Macworld Brasil em revendas nacionais, como Americanas e Submarino – em muitos casos, a TV era ainda mais barata que o iPhone 5.

Se pegarmos o preço mais alto do iPhone 5 por aqui, 3 mil reais pelo modelo de 64GB, é possível se espantar ainda mais. Com esse valor, é possível comprar dois videogames Xbox 360 com Kinect e dois jogos – o kit custa entre 1.400 reais e 1.500 reais nos sites consultados.

Mais caro que iPhone 4S na época do lançamento

Outro ponto que vale notar é que o iPhone 5 estreia no país custando bem mais do que o iPhone 4S, quando foi lançado por aqui no final de 2011. Por 2.400 reais, o novo modelo custa cerca de 500 reais a mais do que o modelo de entrada do seu antecessor na época do lançamento – atualmente, o 4S desbloqueado custa 2 mil reais nas operadoras e na loja da Apple Brasil.

Confira abaixo o ranking de preços do iPhone 5 no mundo (não foram computados ainda os preços dos países que recebem o aparelho na próxima semana, como Rússia e Coreia do Sul).

 Ranking preços do iPhone 5 no mundo (valores não incluem impostos locais que podem ser cobrados na hora da compra)

1- Brasil (2.400 reais)

2 – Itália (1.974 reais)

3 – Portugal (1.896 reais)

4 – México (1.854 reais)

5 – Alemanha (1.839 reais)

6 – França (1.839 reais)

7 – Áustria (1.839 reais)

8 – Nova Zelândia (1.820 reais)

9 – Espanha (1.812 reais)

10 – Luxemburgo (1.798 reais)

11 – Reino Unido (1.774 reais)

12 – Austrália (1.748 reais)

13- Suíça (1.632 reais)

14- Canadá (1.471 reais)

15- EUA (1.354 reais)

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

iPhone 5 desbloqueado custa a partir de US$ 650 nos EUA

Versão sem contrato ainda não tem previsão para chegar às lojas do país. Lançamento oficial em 21/9 terá apenas versões atreladas a planos de operadorasA Apple anunciou neste final de semana os preços para quem quer comprar o iPhone 5 desbloqueado nos Estados Unidos e Canadá. As informações são do The Verge.

Nos EUA, a sexta geração do smartphone da empresa tem preços a partir de 650 dólares, para o modelo de entrada com 16GB. A versão seguinte, com 32GB, sai por 750 dólares, enquanto que a mais completa, com 64GB, custa 850 dólares. 

No entanto, representantes da Apple afirmaram ao The Verge que a versão desbloqueada do iPhone 5 não chegará às lojas na próxima sexta, 21/9, data do lançamento oficial do smartphone. Na ocasião, só será possível comprar o aparelho por meio de planos atrelados a operadoras locais.

Em 2011, demorou cerca de um mês a partir do lançamento oficial do iPhone 4S para a chegada das versões desbloqueadas da Apple nos EUA. Os preços eram os mesmos anunciados para o iPhone 5.

Veja também

– Vídeo: Saiba tudo sobre o iPhone 5 e os novos iPods Touch e Nano

iphone5branco01.jpeg

Anunciado nesta semana, o novo iPhone tem tela maior de 4 polegadas, design mais fino e leve, processador A6 mais rápido, melhorias nas câmeras traseira e frontal, além de novos padrões de conector dock (agora com 8 pinos em vez do padrão de 30 pinos) e chip (sai o micro-SIM e entra o ainda menor Nano-SIM).

Para saber mais sobre o novo smartphone da Apple, confira nossas primeiras impressões com o aparelho.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

iPhone 5 desbloqueado custa a partir de US$ 650 nos EUA

Versão sem contrato ainda não tem previsão para chegar às lojas do país. Lançamento oficial em 21/9 terá apenas versões atreladas a planos de operadorasA Apple anunciou neste final de semana os preços para quem quer comprar o iPhone 5 desbloqueado nos Estados Unidos e Canadá. As informações são do The Verge.

Nos EUA, a sexta geração do smartphone da empresa tem preços a partir de 650 dólares, para o modelo de entrada com 16GB. A versão seguinte, com 32GB, sai por 750 dólares, enquanto que a mais completa, com 64GB, custa 850 dólares. 

No entanto, representantes da Apple afirmaram ao The Verge que a versão desbloqueada do iPhone 5 não chegará às lojas na próxima sexta, 21/9, data do lançamento oficial do smartphone. Na ocasião, só será possível comprar o aparelho por meio de planos atrelados a operadoras locais.

Em 2011, demorou cerca de um mês a partir do lançamento oficial do iPhone 4S para a chegada das versões desbloqueadas da Apple nos EUA. Os preços eram os mesmos anunciados para o iPhone 5.

Veja também

– Vídeo: Saiba tudo sobre o iPhone 5 e os novos iPods Touch e Nano

iphone5branco01.jpeg

Anunciado nesta semana, o novo iPhone tem tela maior de 4 polegadas, design mais fino e leve, processador A6 mais rápido, melhorias nas câmeras traseira e frontal, além de novos padrões de conector dock (agora com 8 pinos em vez do padrão de 30 pinos) e chip (sai o micro-SIM e entra o ainda menor Nano-SIM).

Para saber mais sobre o novo smartphone da Apple, confira nossas primeiras impressões com o aparelho.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de novembro de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Você sabe quanto custa parar o seu negócio?

AppId is over the quota
Estudo revela que um desastre de 2,2 dias pode gerar gastos à empresa de cerca de 290 mil euros, relacionados à perda de produtividade.

08 de fevereiro de 2012 – 07h30

Desastres e erros na infraestrutura são preocupações que rondam a cabeça de qualquer gerente de TI, especialmente se a empresa não tem soluções de recuperação e de backup. Assim, apesar da situação econômica instável, as organizações cada vez mais vão melhorar essa área com a ajuda da tecnologia.

A empresa norte-americana de software Acronis elaborou um estudo global para mapear de que forma as companhias lidam com a recuperação de desastres. O levantamento identificou que a capacidade de backup e recuperação de desastres aumentou 14%, em média, quando comparada com os resultados da pesquisa no ano passado.

Por trás desse aumento de confiança está o fato de que 66% das empresas estão revendo seus planos de backup e recuperação de desastres com mais regularidade, possivelmente como resultado de desastres naturais que afetaram várias regiões durante 2011, como as inundações na Austrália, Brasil e Tailândia, o terremoto na Nova Zelândia e Turquia, além de grandes tempestades nos Estados Unidos e, especialmente, o tsunami devastador no Japão. Em muitas dessas ocasiões, algumas empresas ainda não se recuperaram completamente.

Apesar dessas melhorias, a situação financeira global que mostra sinais de alerta tem estagnado orçamentos, fazendo com que as empresas invistam cerca de 10% do total orçamento de TI com backup e recuperação de desastres. Além disso, mais da metade das empresas do sul da Europa, por exemplo, consideram que os diretores da empresa não suportam adequadamente suas operações de backup e recuperação, em comparação a uma média global de 47%.

De acordo com o levantamento, a parada das atividades seja por falhas no sistema ou ainda em decorrência de desastres causa prejuízos para a empresa. Para um tempo de inatividade média de 2,2 dias, as organizações perdem 286.644 por ano em perda de produtividade.

A nuvem na recuperação de desastres
Outro dado interessante do estudo aponta que a grande maioria dos CIOs entrevistados, quase 75%, concorda que, pelo segundo ano consecutivo, seu maior desafio em um ambiente híbrido consiste na migração de dados entre ambientes físicos, virtuais e em nuvem.

No entanto, a pesquisa revela que a maioria das empresas continua a consolidar suas ferramentas sem investir em backup e recuperação de desastres adequados para enfrentar esse desafio. Grande parte é baseada em várias ferramentas, é comum companhias terem três ou mais soluções diferentes para proteger seus dados.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de março de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,