RSS

Arquivo da tag: criticam

Estados Unidos criticam bloqueio do Twitter na Turquia

O Departamento de Estado americano denunciou nesta sexta-feira (21) o bloqueio ao Twitter ordenado pelo primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, e declarou que a decisão é “contrária ao desejo da Turquia de ser um modelo de democracia”.

“Os Estados Unidos apoiam a liberdade de expressão na Turquia e rejeitam qualquer ação que infrinja o direito de liberdade de expressão”, disse a porta-voz da pasta, Jen Psaki, aos jornalistas.

“Pedimos ao governo turco que desbloqueie o acesso de seus cidadãos ao Twitter e garanta o livre acesso a todas as plataformas de redes sociais”, acrescentou.

Por instruções do governo, as autoridades turcas das Telecomunicações proibiram o acesso à rede social na quinta-feira (20) à noite. A oposição tem usado o microblog para divulgar registros de conversas por telefone grampeadas e que envolvem Erdogan em um enorme escândalo de corrupção.

Funcionários americanos, entre eles o embaixador dos Estados Unidos na Turquia, vêm trabalhando no assunto, revelou Psaki. “Nós temos de expressar nossa preocupação por esses canais”, frisou.

“Os governos democráticos têm de aceitar ouvir as vozes que estão em desacordo com eles”, insistiu a porta-voz.

“Que os meios independentes se manifestem sem travas constitui um elemento essencial das sociedades abertas e democráticas”, defendeu.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Homem que seria ‘criador do Bitcoin’ e familiares criticam reportagem

Homem que supostamente teria criado o Bitcoin, Satoshi Nakamoto, é fotografado ao sair de casa na Califórnia (Foto: David McNew/Reuters)Homem que supostamente teria criado o Bitcoin,
Satoshi Nakamoto, é fotografado ao sair de
casa na Califórnia (Foto: David McNew/Reuters)

Dorian Nakamoto, identificado pela revista “Newsweek” como criador da moeda virtual Bitcoin, fez uma negação formal, por meio de um advogado, dizendo que não tinha conhecimento da moeda antes da reportagem da publicação. Enquanto isso, o irmão dele, Arthur, está interagindo com a comunidade no site Reddit (acesse aqui), acusando a reportagem da Newsweek de ter publicado mentiras e citações fora de texto.

A reportagem da Newsweek, escrita por Leah McGrath Goodman em conjunto com investigadores, baseia-se principalmente em um perfil traçado por entrevistas com os próprios familiares. Outras evidências apresentadas pela reportagem, como semelhanças na forma de escrita, foram criticadas por pessoas que leram textos ou interagiram com “Satoshi Nakamoto” criador do Bitcoin. Segundo eles, não há semelhança alguma.

“Como essa Leah se atreve a humilhar e a violar o conforto de um velho homem de saúde debilitada que mal tem dinheiro para se alimentar e cuida gentilmente da nossa mãe de 93 em uma casa modesta?”, escreveu Arthur, referindo-se ao irmão, que já sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e se recupera de uma cirurgia na próstata. Dorian não tem um emprego fixo desde 2001.

Usuários da moeda Bitcoin abriram um fundo de doação para Dorian Nakamoto que deve ser finalizado no final de março e entregue a ele. O fundo, caso Dorian seja mesmo o criador da moeda, é um agradecimento. Caso não seja, é um pedido de desculpas por todos os problemas que a atenção indesejada tem causado ao homem de 64 anos.

Dorian, por sua vez, acusou a reportagem da “Newsweek” de “falsa”. “A reportagem falsa da ‘Newsweek’ tem sido a causa de muito estresse e confusão para mim, para minha mãe de 93 anos, para meus irmãos e para suas famílias”, escreveu Dorian em sua negação oficial publicada com auxílio de um advogado. “Essa será nossa última declaração pública sobre esse assunto. Eu peço agora que respeitem nossa privacidade”, finaliza a carta, que também agredece o apoio de pessoas “nos Estados Unidos e ao redor do mundo”.

Goodman defende sua reportagem, informando que tem outras evidências não publicadas. A “Newsweek”, porém, não sinalizou que faria uma nova publicação. A reportagem que declarou Dorian como o criador do Bitcoin foi a primeira capa da revista de 81 anos na volta à publicação impressa.

O jornalista Joe Mullin, escrevendo para o site de tecnologia “Ars Technica”, acusou a “Newsweek” de ter uma “arrogância colossal” em sua reportagem. Mullin afirmou que é hora da “Newsweek” apresentar qualquer outra evidência que possui ou admitir que estava errada em uma retratação. Mullin afirma que a pressão sobre a repórter deve ter sido grande depois de dois meses trabalhando na investigação, o que pode ter contribuído para ela se convencer de que achou a pessoa certa para não admitir que todo o trabalho tinha sido em vão.

Mullin ainda acusa a repórter de ter baseado seu “achado” em estereótipos e que muitas outras pessoas poderiam se encaixar no perfil, especialmente se pessoas com outros nomes forem consideradas. Não há prova de que Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, tenha realmente esse nome. “O problema da história da Newsweek é que ela parece não ser verdade”, escreveu ele.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Rússia e Irã se opõem a ação militar na Síria e criticam armas químicas

AppId is over the quota
AppId is over the quota

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente do Irã, Hassan Rohani, concordaram que o uso de armas químicas é inaceitável e sinalizaram sua oposição compartilhada a uma intervenção militar na guerra da Síria, informou o Kremlin depois que os líderes conversaram por telefone.

“Os dois lados consideram o uso de armas químicas por qualquer um intolerável”, disse o serviço de imprensa de Putin em um comunicado sobre a conversa desta quarta-feira (28), iniciada pelo Irã.

“Levando em conta os apelos que estão sendo feitos por uma intervenção militar externa no conflito sírio, eles também destacaram a necessidade de buscar um caminho para uma resolução através de meios exclusivamente políticos e diplomáticos”, acrescentou.

Os EUA criticaram o fato de a Rússia e a China, outra aliada do regime sírio, barrarem resoluções contra o governo de Bashar al-Assad no âmbito do Conselho de Segurança da ONU.

Há uma expectativa de que EUA e aliados ocidentais e locais possam lançar um ataque às forças sírias mesmo sem aval do conselho.

arte síria versão 28.08 (Foto: Arte/G1)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,