RSS

Arquivo da tag: corrida

Mais de 6 mil encaram lama e outros obstáculos em corrida na Letônia

AppId is over the quota
AppId is over the quota

The page you requested has been blocked because it contains some inappropriate contents.

Sorry, I could not read the content fromt this page.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Britânicos disputam corrida de obstáculos na lama

Britânicos participaram neste sábado (26) de uma corrida de obstáculos na lama em Henley-on-Thames, a oeste de Londres.

A corrida é disputada em um circuito com entre 18 km e 20 km e com 20 obstáculos.

Britânicos disputam corrida de obstáculos na lama (Foto: Justin Tallis/AFP)Britânicos disputam corrida de obstáculos na lama (Foto: Justin Tallis/AFP)Britânicos disputam corrida de obstáculos na lama (Foto: Justin Tallis/AFP)Britânicos disputam corrida de obstáculos na lama (Foto: Justin Tallis/AFP)Britânicos disputam corrida de obstáculos na lama (Foto: Justin Tallis/AFP)Britânicos disputam corrida de obstáculos na lama (Foto: Justin Tallis/AFP)Britânicos disputam corrida de obstáculos na lama (Foto: Justin Tallis/AFP)Britânicos disputam corrida de obstáculos na lama (Foto: Justin Tallis/AFP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Simulador de corrida ‘Project Cars’ sai em novembro para XOne e PS4

O simulador de corrida “Project Cars” será lançado para Xbox One, PlayStation 4 e PC em novembro, de acordo com o estúdio Slightly Mad. O game é aguardado pelos fãs de corrida por apresentar visual realista de carros e de pistas.

Tanto o vídeo ao lado quanto as imagens, segundo o estúdio, são do game rodando em tempo real, sem nenhuma adição de filtro ou efeito especial.

O game foi desenvolvido por meio de doações da comunidade. Por conta do sistema World of Mass Development, os colaboradores também podem testar as diversas fases de desenvolvimento, podendo dar opiniões e sugestões que influenciarão no projeto.

O visual do game é bastante realista. A qualidade das imagens mostra veículos com visual muito superior ao visto em “Gran Turismo 6”, do PlayStation 3, e melhores do que os belos carros de “Forza 5”, do Xbox One. O game teria versões para X360 e PS3, mas a empresa decidiu focar apenas na nova geração de videogames para conseguir um resulado visual mais convincente.

'Project CARS' chega aos consoles e PC no final de 2014 (Foto: Divulgação/Slightly Mad Studios)‘Project CARS’ chega aos consoles e PC no final de 2014 (Foto: Divulgação/Slightly Mad Studios)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

G1 jogou: ‘Trials Fusion’ é corrida de obstáculos ‘hipertrofiada’

'Trials Fusion' tem cenários muito maiores e com aspirações futuristas (Foto: Divulgação/Ubisoft)‘Trials Fusion’ tem cenários muito maiores e com inspirações futurísticas (Foto: Divulgação/Ubisoft)

Guiar as motocicletas de “Trials HD” era uma dádiva e uma maldição. Sua física hiperrealista tornava a festa de rampas e loopings uma diversão, mas exigia que o jogador engolisse seco nos níveis avançados e se entregasse à lógica viciante, porém cruel, de dirigir, cair e levantar – só mais uma vez – até escalar uma vertiginosa parede em 90º.

Essa sensação é ampliada em “Trials Fusion”, estreia da série nos games de nova geração. Durante o rápido teste do G1 na sede da Ubisoft, em São Paulo, “Fusion” se mostrou uma experiência potencializada dos games anteriores: uma corrida de obstáculos hipertrofiada com cenários maiores, inspirações futurísticas e novas formas de te derrubar da moto. Assista trechos do game ao lado.

Depois dos controles capciosos – característica que se mantém irretocada no novo game – a diversidade de pistas é o principal elemento da série “Trials”. Pois “Fusion” dá sequência às mudanças de “Trials Evolution” e substitui de vez os ambientes fechados do primeiro jogo por cenários ao ar livre ainda maiores.

‘Trials Fusion’ se mostrou uma experiência potencializada dos games anteriores: uma corrida de obstáculos hipertrofiada com cenários maiores, inspirações futurísticas e novas formas de te derrubar da moto.

Essa expansão em comprimento e altura torna os saltos e quedas de “Trials Fusion” mais agudos e velozes, criando alguns dos percursos mais grandiosos que a série já viu. Somados à tecnologia gráfica do game, que sustenta o rastro dos pneus na terra e reflete a luz do Sol mais naturalmente, os novos cenários são uma evolução visual incrível.

“Fusion” também tem mundos variados, que vão de desertos a montanhas cobertas de neve. As pistas têm em comum a presença de tubos, alumínio e neon, um toque extraterreno que torna a experiência mais excêntrica e refinada.

Algumas das novas rampas e quedas de 'Trials Fusion' são de tirar o fôlego (Foto: Divulgação/Ubisoft)Algumas das novas rampas e quedas de ‘Trials Fusion’ são de tirar o fôlego (Foto: Divulgação/Ubisoft)

Mas talvez a principal novidade de “Trials Fusion” seja a inclusão de um sistema de manobras, o FMX, uma nova camada de dificuldade que pode colar entre os veteranos. O jogador usa o direcional analógico direito para executar as mais variadas peripécias sobre duas rodas. Quanto mais movimentos, mais pontos para a conta. Mas basta cair para tudo ir por água abaixo.

Infelizmente (e contraditoriamente), o FMX só é habilitado no terceiro conjunto de missões, e o tempo de teste com o game não foi suficiente para visualizá-lo em ação. Outra novidade que deve agradar e punir, no bom sentido, os aficionados por “Trials” é uma mecânica de desafios. São três por pista, cada um com seu requisito peculiar, o que incentiva os jogadores a tentar finalizar os cenários de maneiras diferentes e criativas.

Criador de pistas de 'Trials Fusion' é complexo e oferece várias opções de personalização (Foto: Divulgação/Ubisoft)Criador de pistas de ‘Trials Fusion’ é complexo e
oferece várias opções de personalização (Foto:
Divulgação/Ubisoft)

E por falar em criatividade, se tudo que você quer é gastar seus preciosos minutos pensando em percursos mirabolantes, “Trials Fusion” continua sendo uma boa pedida. Incrivelmente complexo, o modo de criação oferece várias opções de personalização e pode assustar os novatos.

De acordo com a RedLynx, o criador tem mais de 1 mil peças e obstáculos que podem ser usados das maneiras mais loucas possíveis. O jogador pode navegar livremente pelo mundo do game e começar a criar onde bem entender, alimentando uma comunidade de conteúdo gerado por fãs que não para de crescer desde o primeiro jogo.

“Trials Fusion” tem lançamento marcado para 16 de abril no Xbox 360, Xbox One, PC e pela primeira vez em uma plataforma da Sony, o PlayStation 4.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Cisnes parecem disputar corrida ao serem fotografados nos EUA

08/03/2014 10h00 – Atualizado em 08/03/2014 10h00

Dois cisnes pareciam disputar corrida ao serem fotografados em um reservatório em Purdys, no estado de Nova York (EUA) (Foto: Eduardo Munoz/Reuters)Dois cisnes pareciam disputar corrida ao serem fotografados em um reservatório em Purdys, no estado de Nova York (EUA) (Foto: Eduardo Munoz/Reuters)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Australiana é penta na corrida das escadarias do Empire State

Os vencedores Suzy Walsham, da Austrália, e Thorbjorn Ludvigsen, da Noruega, mostram seus troféus nesta quarta-feira (5) em Nova York (Foto: Eric Thayer/AFP)Os vencedores Suzy Walsham, da Austrália, e Thorbjorn Ludvigsen, da Noruega, mostram seus troféus nesta quarta-feira (5) em Nova York (Foto: Eric Thayer/AFP)

A australiana Suzy Walsham venceu nesta quarta-feira (5), pela quinta vez, a tradicional corrida vertical pelas escadas do Empire State Building em Nova York, estabelecendo um novo recorde de vitórias na categoria feminina.

Walsham percorreu os 86 andares (1.576 degraus) do famoso arranha-céu nova-iorquino em 11 minutos e 57 segundos, conquistando o maior número de vitórias entre as mulheres, pois estava empatada com a americana Cindy Harris até agora.

Na categoria masculina, o norueguês Thorbjorn Ludvigsen, com o tempo de 10 minutos e 6 segundos, quebrou o domínio australiano do ano passado, quando também dois atletas desse país chegaram na frente.

O alemão Thomas Dold venceu em sete ocasiões (2006-2012).

Mais de 500 corredores participaram da 37ª edição desta prova, que faz parte do circuito de corridas até o topo de alguns dos edifícios mais altos em todo o mundo.

A prova do Empire State é disputada em uma escadaria estreita e sem janelas em que só cabem duas pessoas ao mesmo tempo, por isso os corredores enfrentam, além do cansaço, uma dificuldade adicional na hora de ultrapassar outros participantes.

Desde 1978 o grupo esportivo New York Road Runners (NYRR) organiza essa popular corrida pelo edifício de 102 andares e 381 metros de altura, situado na Quinta Avenida entre as ruas 33 e 34 de Manhattan.

A prova decorreu com normalidade, mas o famoso observatório do 86º andar do arranha-céu ficou fechado por motivos de segurança, devido à nevasca, seguida de chuva gelada, que caiu pela manhã em Nova York.

Corredores sobem as escadarias do Empire State nesta quarta-feira (5) em Nova York (Foto: Jason DeCrow/AP)Corredores sobem as escadarias do Empire State nesta quarta-feira (5) em Nova York (Foto: Jason DeCrow/AP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de fevereiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Mulher é presa por não pagar corrida de taxi de US$ 980 nos EUA, diz jornal

Uma mulher pegou um taxi de US$ 980 do aeroporto JFK, em Nova York, até sua casa e foi presa após não pagar a longa corrida, informou a mídia local americana nesta sexta-feira (7).

Denise Rebelato, moradora de Framingham, em Massachusetts, pegou um taxi no aeroporto na tarde de quarta-feira após voltar do Brasil e o motorista, Adnun Chaudhry, disse a ela que a corrida custaria ao menos US$ 850. Ela concordou e Chaudhry a levou em casa. O preço final era US$ 980, segundo o jornal “New York Post”.

Ainda de acordo com a reportagem, quando o carro chegou à sua casa de Wilson Drive, ela disse ao motorista que iria até a casa buscar o dinheiro e pediu que ele descarregasse sua bagagem. Ele disse que não, que ela deveria dar o dinheiro primeiro. Denise teria voltado da casa dizendo que não tinha um bom cartão e que não tinha dinheiro.

Segundo o jornal, ela disse à polícia que tentou usar o cartão, mas não passou. A polícia disse ao periódico que ofereceu um telefone para Denise tentar achar alguém que pudesse pagar a conta para ela, mas ela não conseguiu identificar ninguém.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,