RSS

Arquivo da tag: Correios

Ministério das Comunicações libera Correios para operar telefonia celular

Correios atualiza a sua identidade visual (Foto: Divulgação)Correios atualiza a sua identidade visual (Foto: Divulgação)

O Ministério das Comunicações liberou os Correios para prestar serviços de telecomunicações como uma operadora de telefonia celular. Portaria publicada nesta quinta-feira (8) no “Diário Oficial da União” autoriza a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos a explorar os serviços de telefonia móvel virtual.

Isso quer dizer que os Correios estão autorizados a entrar no mercado como operadora virtual, chamada de MVNO, ou seja, não terão infraestrutura própria mas utilizarão a rede de outra companhia para oferecer serviços de telecomunicação com sua marca.

Assinada pelo ministro Paulo Bernardo, a Portaria nº 416 avaliza os planos dos Correios libera a empresa para buscar algum parceiro disposto a alugar sua infraestrutura. O plano da estatal é faturar R$ 1,5 bilhão a partir do quinto ano de operação do serviço de telefonia móvel, afirmou ao G1 o vice-presidente de Tecnologia e Infraestrutura da companhia, Antonio Luiz Fuschino.

Capilaridade
A aposta é usar as cerca de 12 mil agências instaladas em todo o Brasil para levar o novo braço de negócios a todos os cantos do país. O aval da pasta, a qual os Correios estão vinculados, é feito no momento em que a empresa que detém o monopolio pelas entrega das correspondências no país começa a renovar a identidade visual de sua marca e de suas agências.

Segundo a portaria, a empresa pode explorar o serviço de MVNO “mediante a constituição de subsidiárias ou a aquisição de controle ou de participação acionária em sociedades empresariais já estabelecidas”.

Para sustentar a operação, os Correios têm um acordo com a holding do Grupo Poste Italiane, o serviço de correio da Itália, com a qual formará uma joint venture. Será essa empresa que pedirá à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorização para se tornar uma operadora virtual.

O investimento previsto na operação é de R$ 150 milhões dentro de cinco anos. O serviço de telefonia dos Correios deve começar a funcionar até o fim do ano.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Ministério das Comunicações libera Correios para operar telefonia celular

Correios atualiza a sua identidade visual (Foto: Divulgação)Correios atualiza a sua identidade visual (Foto: Divulgação)

O Ministério das Comunicações liberou os Correios para prestar serviços de telecomunicações como uma operadora de telefonia celular. Portaria publicada nesta quinta-feira (8) no “Diário Oficial da União” autoriza a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos a explorar os serviços de telefonia móvel virtual.

Isso quer dizer que os Correios estão autorizados a entrar no mercado como operadora virtual, chamada de MVNO, ou seja, não terão infraestrutura própria mas utilizarão a rede de outra companhia para oferecer serviços de telecomunicação com sua marca.

Assinada pelo ministro Paulo Bernardo, a Portaria nº 416 avaliza os planos dos Correios libera a empresa para buscar algum parceiro disposto a alugar sua infraestrutura. O plano da estatal é faturar R$ 1,5 bilhão a partir do quinto ano de operação do serviço de telefonia móvel, afirmou ao G1 o vice-presidente de Tecnologia e Infraestrutura da companhia, Antonio Luiz Fuschino.

Capilaridade
A aposta é usar as cerca de 12 mil agências instaladas em todo o Brasil para levar o novo braço de negócios a todos os cantos do país. O aval da pasta, a qual os Correios estão vinculados, é feito no momento em que a empresa que detém o monopolio pelas entrega das correspondências no país começa a renovar a identidade visual de sua marca e de suas agências.

Segundo a portaria, a empresa pode explorar o serviço de MVNO “mediante a constituição de subsidiárias ou a aquisição de controle ou de participação acionária em sociedades empresariais já estabelecidas”.

Para sustentar a operação, os Correios têm um acordo com a holding do Grupo Poste Italiane, o serviço de correio da Itália, com a qual formará uma joint venture. Será essa empresa que pedirá à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorização para se tornar uma operadora virtual.

O investimento previsto na operação é de R$ 150 milhões dentro de cinco anos. O serviço de telefonia dos Correios deve começar a funcionar até o fim do ano.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Aranhas exóticas da África são descobertas nos Correios de Curitiba

Quatro aranhas caranguejeiras exóticas foram enviadas ilegalmente de Johanesburgo para o Paraná (Foto: Divulgação/ Ibama)Quatro aranhas caranguejeiras exóticas foram enviadas ilegalmente de Johanesburgo para o Paraná (Foto: Divulgação/ Ibama)

Em uma operação conjunta, os Correios e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreenderam, na quarta-feira (29), em Curitiba, quatro aranhas caranguejeiras exóticas enviadas ilegalmente de Johanesburgo, na África do Sul, para o interior do Paraná. A cidade não foi informada pelo Ibama. A pessoa que iria receber os animais foi identificada e notificada por uma auto de infração. Ela também terá que pagar multa de R$ 2.800,00 e deve responder criminalmente pela importação.

Este tipo de encomenda se configura tráfico internacional de animais silvestres. As aranhas estavam vivas e acondicionadas em recipientes plásticos. Elas foram descobertas após uma inspeção pelo Raio-X.

Os animais apreendidos foram encaminhados à Secretaria de Saúde do Estado do Paraná para identificação e, tratando-se de espécie exótica, para as devidas destinações que impeçam a introdução da espécie no meio ambiente.

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

E-mail público dos Correios deve se chamar Mensageria Digital

O serviço de e-mail público e gratuito que os Correios pretendem começar a oferecer em meados de 2014 deve se chamar Mensageria Digital, informou a estatal nesta terça-feira (10).

O projeto, que já vinha sendo estudado pelos Correios, ganhou força nas últimas semanas após as denúncias de que informações de usuários de serviços como o Gmail, do Google, e o Hotmail, da Microsoft, são acessadas por programas de espionagem do governo dos Estados Unidos.

No dia 1º de setembro, reportagem do Fantástico mostrou documentos classificados como ultrassecretos, que fazem parte de uma apresentação interna da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que indicam que a presidente Dilma Rousseff e o que seriam seus principais assessores foram alvo direto de espionagem da NSA. Um código indica isso.

A revelação, que abalou as relações entre Brasil e EUA, foi classificada pelo ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, como “inadmissíveis” e “inaceitáveis”, caso comprovadas.

Diante da denúncia, o Ministério das Comunicações revelou que os Correios trabalham no projeto de e-mail nacional e apontou que ele poderia ser oferecido aos brasileiros como opção aos serviços de empresas norte-americanas. Para tentar dar mais privacidade aos usuários brasileiros contra a vigilância dos EUA, o e-mail dos Correios será criptografado.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Correios podem ter e-mail gratuito e criptografado, diz ministério

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Genildo Lins, disse nesta segunda-feira (2) que os Correios estudam a criação de um serviço público e gratuito de e-mail que contaria com criptografia, para tentar evitar espionagem como a realizada pelo governo dos Estados Unidos.

De acordo com Lins, a intenção de criar o serviço foi discutida em uma reunião que aconteceu antes de surgirem as denúncias de que brasileiros têm mensagens de email e informações telefônicas monitorados pela inteligência norte-americana.

O objetivo dos Correios, disse ele, é criar uma certificação digital, serviço pago que funciona como uma espécie de carimbo que garante a veracidade de documentos enviados pela internet. Para proteger esses documentos, a estatal quer criptografá-los. Num passo seguinte, a mesma tecnologia poderia ser utilizada para oferecer email gratuito à população.

“Para os Correios, trata-se de uma oportunidade de negócios”, disse Lins. “Tratamos desse assunto antes das denúncias, por isso não se trata de uma resposta contra a espionagem. Mas acelerar esse processo [para criar o email criptografado], é uma boa resposta”, completou.

O secretário-executivo admitiu que o custo para manter um serviço de e-mail criptografado é alto. Mas apontou que, a exemplo do que fazem hoje empresas como Google e Facebook, os Correios podem vender anúncios para financiá-lo.

Espionagem contra Dilma
No domingo (1º), reportagem do Fantástico mostrou documentos classificados como ultrassecretos, que fazem parte de uma apresentação interna da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que indicam que a presidente Dilma Rousseff e o que seriam seus principais assessores foram alvo direto de espionagem da NSA. Um código indica isso.

O jornalista Glenn Greenwald, coautor da reportagem, foi quem recebeu os papéis das mãos de Edward Snowden – o ex-analista da NSA que deixou os EUA com documentos da agência com a intenção de divulgar o sistema de espionagem americano no mundo.

Nesta segunda, o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, afirmou que, se comprovadas, as denúncias de espionagem contra a presidente Dilma são “inadmissíveis” e “inaceitáveis”. Figueiredo deu entrevista coletiva ao lado do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e os dois falaram em nome do governo brasileiro.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Correios podem ter e-mail gratuito e criptografado, diz ministério

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Genildo Lins, disse nesta segunda-feira (2) que os Correios estudam a criação de um serviço público e gratuito de e-mail que contaria com criptografia, para tentar evitar espionagem como a realizada pelo governo dos Estados Unidos.

De acordo com Lins, a intenção de criar o serviço foi discutida em uma reunião que aconteceu antes de surgirem as denúncias de que brasileiros têm mensagens de email e informações telefônicas monitorados pela inteligência norte-americana.

O objetivo dos Correios, disse ele, é criar uma certificação digital, serviço pago que funciona como uma espécie de carimbo que garante a veracidade de documentos enviados pela internet. Para proteger esses documentos, a estatal quer criptografá-los. Num passo seguinte, a mesma tecnologia poderia ser utilizada para oferecer email gratuito à população.

“Para os Correios, trata-se de uma oportunidade de negócios”, disse Lins. “Tratamos desse assunto antes das denúncias, por isso não se trata de uma resposta contra a espionagem. Mas acelerar esse processo [para criar o email criptografado], é uma boa resposta”, completou.

O secretário-executivo admitiu que o custo para manter um serviço de e-mail criptografado é alto. Mas apontou que, a exemplo do que fazem hoje empresas como Google e Facebook, os Correios podem vender anúncios para financiá-lo.

Espionagem contra Dilma
No domingo (1º), reportagem do Fantástico mostrou documentos classificados como ultrassecretos, que fazem parte de uma apresentação interna da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que indicam que a presidente Dilma Rousseff e o que seriam seus principais assessores foram alvo direto de espionagem da NSA. Um código indica isso.

O jornalista Glenn Greenwald, coautor da reportagem, foi quem recebeu os papéis das mãos de Edward Snowden – o ex-analista da NSA que deixou os EUA com documentos da agência com a intenção de divulgar o sistema de espionagem americano no mundo.

Nesta segunda, o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, afirmou que, se comprovadas, as denúncias de espionagem contra a presidente Dilma são “inadmissíveis” e “inaceitáveis”. Figueiredo deu entrevista coletiva ao lado do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e os dois falaram em nome do governo brasileiro.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 4 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,