RSS

Arquivo da tag: Coreia

LG lança G3, novo smartphone top de linha, na Coreia do Sul

Novo LG G3 foi lançado nesta quarta (28) na Coreia do Sul (Foto: Han Jong-chan/Yonhap/Reuters)Novo LG G3 foi lançado nesta quarta (28) na Coreia do Sul (Foto: Han Jong-chan/Yonhap/Reuters)

A fabricante sul-coreana LG lançou nesta quarta-feira (28) na Coreia do Sul o G3, seu novo smartphone topo de linha. O aparelho tem uma tela de 5,5 polegadas Quad HD – quase o dobro da resolução do seu predecessor, o G2 – câmera traseira de 13 Megapixels com foco a laser, recurso que permite tirar fotos com mais velocidade, e chega por 900 mil wons (cerca de US$ 880, ou R$ 1,98 mil).

O preço de lançamento do G3 na Coreia do Sul é cerca de 6% mais barato que o G2, ressaltando a concorrência que se acirra tanto em preço quanto em recursos entre as fabricantes de smartphone enquanto o crescimento do mercado desacelera.

O G3 vem ainda com a versão 4.4.2 KitKat do sistema operacional Android, modelos com armazenamento interno de 16 e 32 GB e um processador Qualcomm Snapdragon de 2,5 GHz.

A LG disse que pretende vender mais de 10 milhões de unidades do novo G3, que vem com um filme metálico na sua capa traseira de plástico, para melhorar seu combalido negócio de dispositivos móveis e fornecer um ímpeto de lucro significativo no próximo trimestre.

“Falando de maneira ampla, as condições de negócio devem ser melhores no segundo trimestre do que no primeiro”, disse Park Jong-seok, presidente-executivo do negócio de dispositivos móveis da LG, citando o lançamento mundial do G3 como um fator importante.

Embora a LG não tenha divulgado números de vendas para o G2, representantes da indústria estimam que mais de 5 milhões de unidades foram vendidas desde seu lançamento em agosto de 2013.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Choque entre trens do metrô fere centenas na Coreia do Sul

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Uma batida entre dois trens na linha 2 do metrô de Seul, capital da Coreia do Sul, deixou pelo menos 170 feridos nesta sexta-feira (2), segundo as autoridades locais que, por enquanto, não informaram sobre vítimas fatais.

O acidente aconteceu às 15h32 no horário local (3h32 de Brasília), quando uma composição colidiu com outra que estava parada na estação de Sang-wangsimni, no nordeste da capital sul-coreana, aparentemente devido a uma falha mecânica, segundo a agência local “Yonhap”.

A maioria dos feridos sofreu lesões leves, segundo funcionários do serviço de emergência que estavam na estação de Sangwangsimni. “Um trem bateu em outro que parou na estação”, disse um oficial do Corpo de Bombeiros Kim Kyung-su em entrevista a jornalistas.

Cerca de 1.000 pessoas foram retiradas do local, segundo Kim. Há mais de duas semanas o acidente com uma balsa deixou 300 mortos ou desaparecidos, no pior desastre do país em 20 anos.

Local do acidente é vistoriado após o choque entre trens que deixou feridos em Seul, na Coreia do Sul (Foto: Park Dong-ju/Yonhap/Reuters)Local do acidente é vistoriado após o choque entre trens que deixou feridos em Seul, na Coreia do Sul (Foto: Park Dong-ju/Yonhap/Reuters)Cabine do condutor de trem ficou com o vidro rachado após colisão nesta sexta-feira, na Coreia do Sul (Foto: Park Dong-ju/Yonhap/Reuters)Cabine do condutor de trem ficou com o vidro rachado após colisão nesta sexta-feira, na Coreia do Sul (Foto: Park Dong-ju/Yonhap/Reuters)Marcas de sangue de passageiros que ficaram feridos após colisão entre dois trens em Seul, na Coreia do Sul (Foto: Park Dong-ju/Yonhap/Reuters)Marcas de sangue de passageiros que ficaram feridos após colisão entre dois trens em Seul, na Coreia do Sul (Foto: Park Dong-ju/Yonhap/Reuters)new WM.Player( { videosIDs: “3319085”, sitePage: “g1/mundo/videos”, zoneId: “110461”, width: 620, height: 349 } ).attachTo($(“#3319085”)[0]);

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Número de mortos em naufrágio de balsa na Coreia do Sul sobe para 226

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Parente de vítima chora ao lado memorial com fitas que lembram mortos e desaparecidos no naufrágio do Sewol (Foto: Kim Hong-Ji/Reuters)Parente de vítima chora ao lado memorial com fitas que lembram mortos e desaparecidos no naufrágio do Sewol (Foto: Kim Hong-Ji/Reuters)

Chegou a 226 o número de corpos resgatados do naufrágio da balsa Sewol, na Coreia do Sul. As equipes de resgate localizaram mais cinco vítimas nesta sexta-feira (2) e seguem as buscas por outros 72 desaparecidos.

Os mergulhadores da Guarda Costeira e da Marinha, e também alguns particulares, se concentraram em buscas nas áreas do lado esquerdo e central do quarto e quinto andares da embarcação, que até o momento permaneciam inacessíveis, informaram os serviços de resgate.

As operações foram dificultadas pelo fortalecimento das correntes marinhas, que também ameaçam levar os corpos para longe do local do naufrágio. De fato, um dos corpos recuperados na madrugada desta sexta, foi encontrado a cerca de quatro quilômetros do local do acidente.

Segundo os serviços de resgate, a força das correntes marinhas está cerca de 40% maior que a habitual. A presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, garantiu que pedirá desculpas novamente às vítimas do naufrágio e seus familiares.

A chefe de Estado já pediu perdão há alguns dias durante uma reunião de seu gabinete ministerial, depois das muitas críticas que o governo recebeu pelo gerenciamento da tragédia. No entanto, a oposição e alguns veículos da imprensa consideraram que suas desculpas aconteceram de maneira forçada e sem as formalidades suficientes.

Das 476 pessoas que estavam no Sewol, 325 eram estudantes de um instituto de ensino médio da cidade de Ansan, na periferia de Seul. Os funerais se multiplicaram nessa cidade nos últimos dias pelo elevado número de jovens mortos, que pode ser superior a 250, uma vez que todos os corpos sejam resgatados e identificados.

Acredita-se que a embarcação afundou depois de uma manobra brusca que deslocou todo o peso de sua carga para um lado, o que a desequilibrou e fez virar em pouco mais de uma hora.

O capitão foi criticado pela demora nos procedimentos de evacuação do navio no momento do acidente e permanece detido por supostamente ter deixado a embarcação e não ter zelado pela segurança dos passageiros.

Além disso, nesta sexta foram interrogados vários membros da família que gerencia a empresa operadora da embarcação, mas todos se negaram a responder as perguntas dos promotores e, por isso, mandados de prisão podem ser emitidos contra eles nas próximas horas. Eles são suspeitos de corrupção no caso.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Coreia do Norte lança mais 16 mísseis ao mar pelo 2º dia seguido

A Coreia do Norte lançou neste domingo (23) 16 mísseis de curto alcance em direção ao mar do Japão a partir da costa oriental, um dia depois de disparar outros 30 projéteis do mesmo tipo, informou o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul.

Os mísseis foram lançados a uma distância de 60 quilômetros entre 00h52 e 02h31 no horário local (13h52 e 13h31 de Brasília), no sexto teste deste tipo realizado pelo regime norte-coreano nas últimas quatro semanas.

Estes testes de mísseis são considerados um protesto pelas manobras que Coreia do Sul e EUA realizam no sul da península até o próximo dia 18 e que Pyongyang denuncia ser um teste para invadir seu território.

Na manhã de sábado (21), a Coreia do Norte lançou 30 mísseis entre 04h e 06h no horário local (19h e 21h de Brasília) desde a área litorânea da cidade de Wonsan, localizada 150 quilômetros a oeste de Pyongyang, seis dias após a Coreia do Norte disparar outros 25 mísseis do mesmo litoral.

O exército norte-coreano “mantém sua vigilância diante de lançamentos adicionais”, assinalou em comunicado o Estado-Maior Conjunto sul-coreano.

Seul acredita que os mísseis correspondem ao projeto soviético FROG (acrônimo que a Otan usou para designar a série de projéteis de curto alcance), empregados pelo exército norte-coreano desde a década de 60.

O exercício conjunto Foal Eagle que Seul e Washington realizam anualmente em território sul-coreano conta nesta edição com a participação de 7.500 militares americanos.

Os EUA mantêm permanentemente 28,5 mil militares na Coreia do Sul e se comprometeram a defender seu aliado desde a Guerra da Coreia (1950-53), que deixou as duas Coreias tecnicamente rompidas ao terminar com um armistício nunca consolidado em um tratado de paz.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Coreia do Sul pede devolução de empréstimos concedidos ao Norte

A Coreia do Sul pediu que a Coreia do Norte comece a devolver nos próximos dias um empréstimo que foi concedido em 2007, informou nesta sexta-feira um porta-voz do Ministério da Unificação em Seul.

A Coreia do Norte tem até a próxima segunda-feira (24) para quitar US$ 8,6 milhões como parte do primeiro pagamento, com juros incluídos, do empréstimo no valor de US$ 80 milhões concedido pelo país vizinho em 2007, explicou o funcionário do Ministério à agência local “Yonhap”.

O acordo selado na época obriga o regime de Pyongyang a devolver um total de US$ 86,03 milhões, com juros incluídos.

O Banco de Exportação e Importação de Coreia (Eximbank) remeteu no mês passado uma mensagem para lembrar seu equivalente norte-coreano, o Banco Comercial de Chosun, mas ainda não recebeu nenhuma resposta a respeito.

O empréstimo de 2007 consistiu essencialmente no envio de matérias-primas para a fabricação de roupas, calçados e sabão, avaliadas em US$ 80 milhões, enquanto a Coreia do Norte deveria fornecer em troca recursos minerais (especialmente zinco) equivalentes ao montante estipulado.

A Coreia do Sul já havia concedido anteriormente outros empréstimos que consistiam em arroz e milho no valor de US$ 724 milhões entre 2000 e 2007, um período marcado por um maior entendimento entre Seul e Pyongyang.

A Coreia do Norte já adiou duas vezes o prazo para quitar o valor de US$ 11,61 milhões em retorno por esses empréstimos.

Nesse sentido, Seul enviou um total de oito lembretes, mas os mesmos foram ignorados até o momento pelo regime norte-coreano.

Segundo o governo sul-coreano, o país comunista deve pagar um total de US$ 961,53 milhões até 2037, relativos aos valores principais e aos juros desses empréstimos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Coreia do Norte lança 18 mísseis no mar do Japão

A Coreia do Norte lançou 18 mísseis em direção ao mar, no último de uma série de disparos condenados por Coreia do Sul e Estados Unidos, confirmou neste domingo (16) o ministério da Defesa sul-coreano.

Os mísseis foram lançados da costa leste da Coreia do Norte e seguiram uma trajetória de 70 quilômetros para o mar do Japão.

Dez mísseis foram lançados às 18h20 (6h20 de Brasília) e oito às 20h03 (8h03 de Brasília), segundo o ministério.

‘Nossas Forças Armadas estão vigiando possíveis provocações norte-coreanas’, afirmou uma fonte do ministério sul-coreano.

A agência sul-coreana Yonhap havia anunciado os lançamentos de 10 mísseis de curto alcance.

As tropas sul-coreanas aumentaram a vigilância após uma série de lançamento de foguetes e mísseis.

A atividade coincide com as manobras anuais da Coreia do Sul e Estados Unidos, que começaram em fevereiro e devem prosseguir até meados de abril.

A Coreia do Norte critica os exercícios conjuntos, que considera testes para uma invasão, enquanto Seul e Washington afirmam que são puramente defensivos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , ,

Papa Francisco viajará para a Coreia do Sul em agosto

O Papa Francisco visitará a Coreia do Sul em agosto deste ano, informou o Vaticano nesta segunda-feira (10).

O pontífice participará no país da VI Jornada da Juventude asiática. A viagem será realizada entre os dias 14 e 18 de agosto.

Segundo o Vaticano, o Papa foi convidado pela presidência sul-coreana e pelos bispos do país. A Jornada da Juventude asiática será realizada na diocese de Daejeon, no centro da Coreia do Sul.

Esta deve ser a terceira viagem internacional de Francisco desde que se tornou Papa. Em agosto de 2013 ele realizou sua primeira viagem, para o Brasil, onde participou da Jornada Mundial da Juventude. Em maio deste ano está prevista uma peregrinação por Israel, Jordânia e territórios palestinos.

O Papa Francisco acena para os fiéis durante o Ângelus deste domingo (9) (Foto: Max Rossi/Reuters)O Papa Francisco acena para os fiéis durante o Ângelus deste domingo (9) no Vaticano (Foto: Max Rossi/Reuters)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,