RSS

Arquivo da tag: configurar

Veja como configurar o Time Machine no Mountain Lion

Se você valoriza seus dados – seja algumas fotos tiradas numa festa importante, toda sua coleção de músicas no iTunes, ou um rascunho do seu trabalho de faculdade – você precisa ficar no topo dos sistemas regulares de backup. Uma das maneiras mais fáceis de fazer isso é usar o programa de backup embutido do OS X, o Time Machine. Esse software funciona com seu Mac e um HD externo para salvar documentos, fotos, e arquivos importantes com regularidade. 

Além de manter cópias de segurança de todos os arquivos, o Time Machine também cria um registro do seu sistema, para que você possa colocar tudo de volta como era antes caso algo dê errado.

O Mac OS X inclui o Time Machine desde a versão 10.5 (Leopard). Confira abaixo como configurá-lo no mais recente Mountain Lion (10.8) usando um HD externo. 

Passo 1: Escolha um HD externo

Para ter certeza que você tem espaço para várias versões dos arquivos, escolha um HD externo que seja pelo menos duas vezes maior do que o drive do seu Mac. Para ver qual o tamanho do disco rígido do seu Mac, selecione-o no Finder, e aperte Command+I. Se ele tiver 999GB de capacidade, por exemplo, é melhor escolher um HD externo de pelo menos 2TB.

O melhor tipo de HD para backup depende do modeo do seu Mac. Caso possua um Mac com Thunderbolt, escolha um HD compatível com essa tecnologia, para aproveitar ao máximo toda a velocidade dela para transmissão de dados. As opções para Macs sem Thunderbolt são HDs compatíveis com FireWire e USB. Apesar de conexões USB 3.0 e FireWire fornecerem desempenhos equivalente, os MacBooks Pro mais novos não possuem entradas FireWire, o que pode sugerir que essa conexão não está mais nos planos da Apple. Dessa forma, um HD com USB 3.0 pode continuar compatível com Macs futuros por mais tempo.

Passo 2: Prepare seu HD externo

Assim que tiver seu HD externo em mãos, é hora de confirmar que ele está formatado corretamente para o Mac. Se estiver em dúvida, conecte-o ao computador e abra o Utilitário de Disco (Dik Utility) do OS X – em Aplicativos/Utilitários). Na coluna esquerda da janela do Utilitário de Disco, selecione o HD que quer designar como seu backup do Time Machine. Na parte inferior da janela, você verá informações sobre isso. Se o Formato do HD estiver dizendo “Mac OS Extended (Journaled)”, você está pronto para seguir.

Caso não veja essa mensagem, será preciso formatar novamente o HD: clique na aba Apagar (Erase), escolha a opção Mac OS Extended (Journaled) no menu pop-up Formato, e apague em Apagar.

Passo 3: Configure seu primeiro backup

Após ter certeza que seu HD está formatado corretamente e é compatível com o Mac, apenas conecte-o ao computador. O Mac vai reconhecê-lo e abrir uma janela, perguntando se você quer usar o HD para fazer backup com o Time Machine. Clique em Usar Como Disco de Backup (Use as Backup Disk). E então um backup completo do sistema será iniciado imediatamente.

timemachinemac01

Se você não ver essa caixa de diálogo automaticamente, ou caso tenha reformatado novamente seu HD, cliquem no ícone de Preferências de Sistema (System Preferences) no Dock. Clique então em Time Machine e então em Selecionar Disco (Select Disk). Seu HD externo deve aparecer na lista. Selecione o disco e clique em Usar Disco (Use Disk). O Time Machine vai iniciar um backup completo do sistema.

timemachinemac02

Seu primeiro backup completo do sistema vai levar umas duas horas (ou mais), dependendo do tamanho do HD do seu Mac. Mas os backups seguintes a esse levarão muito menos tempo porque o HD vai se limitar a atualizar o que já está lá e salvar novos arquivos. Se o seu HD ficar conectado ao Mac, os backups agendados de hora em hora vão levar apenas segundos para serem completados.

Por padrão, agora você vai ver um ícone do Time Machine na sua barra de menu. Ele parece com um relógio  envolto por uma flech circular andando no sentio anti-horário. Clique no ícone para ter acesso rápido as informações sobre seu último backup e para painel de preferências do Time Machine. Se não gostar ele, pode evitar que o ícone apareça – para isso, vá até o painel de preferências e desmarque a opção Mostra Time Machine na barra de menu (Show Time Machine in menu bar).

Passo 4: Configure e customize seus backups

É possível ajustar várias configurações para otimizar seus backups com o Time Machine.

Exclua itens de que não precisa: Se você não precisa salvar alguns itens – screenshots variadas do seu desktop, por exemplo – pode selecionar os itens que não quer que entrem nos seus backups regulares. Vá até o painel de preferências do Time Machine e clique em Opções (Options). Então clique no botão de soma (+) na lista intitulada Excluir Esses Itens dos Backups (Exclude these itens from backups). Lá, selecione os itens que quer deixar de fora, e clique em Excluir (Exclude) quando terminar. Na lista de Excluir, você vai ver as pastas ou arquivos individuais selecionados. É possível mudar de ideia sobre eles a qualquer momento ao selecionar um arquivo/pasta e clicar no botão de substração (-).

timemachinemac03

Se você usa uma máquina virtual externa, como Vmware Fusion ou o Parallels Desktop, para rodar Windows no seu Mac, recomendamos que exclua-a dos seus backups do Time Machine. Fazer backup da sua máquina virtual vai encher rapidamente seu HD externo, uma vez que o Time Machine realizar um backup completo das máquinas virtuais por vez em vez de rodar uma simples atualização diária. Vários usuários já relataram casos em que o Time Machine travou uma sessão do Vmware ao tentar realizar um backup.

Apague backups mais antigos sem interrupção: Quando seu HD externo ficar cheio, o Time Machine vai automaticamente apagar seus backups mais antigos para liberar espaço para os novos. A configuração padrão é para o programa notificar sempre que apagar um backup mais antigo, mas se você não precisa dessa informação, desmarque a opção Notificar Após os backups antigos serem apagados (Notify after old backups are deleted) nas preferências do Time Machine.

Backup enquanto Macbook usa bateria: Se você é um usuário de MacBook, também pode optar por fazer backup enquanto usa a bateria do notebook. Vá até as preferências do Time Machine, clique em Opções, e selecione a opção Baclup enquanto usa a bateria (Back up while on battery power). Por padrão, o Time Machine só realiza backups quando seu laptop está conectado a uma fonte de energia, para assegurar que o MacBook continue ligado durante todo o processo. Vale notar que se a bateria acabar durante o backup, o processo pode não ser completado e acabar corrompido.

Passo 5: Continue fazendo backup

Usar o Time Machine regularmente para fazer backup dos seus arquivos é o último passo. Se possui um Mac desktop, deixe seu HD externo conectado – o Time Machine vai abrir automaticamente e realizar backups a cada hora. Você também pode iniciar manualmente um backup ao clicar no ícone Time Machine na barra de menu e selecionar Fazer Backup Agora (Back Up Now). Caso você não deixe seu HD de backups conectado ao Mac  – porque seu computador é um notebook e você usa ele em vários lugares – lembre-se de conectá-lo sempre que puder para manter seus dados protegidos. O ícone do Time Machine aparecerá com um ponto de exclamação quando fizer um tempo que você não realizar backup. Assim como fez quando criou seu primeiro backup de sistema, o Time Machine começará a rodar assim que o HD externo for plugado ao MacBook.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Saiba como configurar seus e-mails e telefones no Messages

Quando você configura o app Messages (Mensagens) no iOS ou OS X, é preciso fornecer uma Apple ID ativa. Mas uma única Apple ID pode ser associada a vários números de telefone e endereços de e-mail, e o sistema iMessage te permite enviar e receber mensagens com esse endereço de e-mail ou número de iPhone que esteja associado a essa ID.

Isso pode ter muitas repercussões se você estiver configurando o Messages no iOS (no iPhone ou outro aparelho) ou no Mac OS X 10.8 Mountain Lion. Por exemplo, em um iPhone, você pode optar por receber apenas as mensagens direcionadas ao seu número de telefone. Ao mesmo tempo, é possível configurar o app Messages em um Mac para receber mensagens pelo mesmo número de telefone assim como em uma dezena de endereços de e-mail diferentes.

Configurações de conta

Ao usar o iOS 6 e o OS X 10.8.2, quando você está logado com uma Apple ID e abre as configurações do Messages, verá uma lista de todo e-mail associado com essa Apple ID. Se você possui um ou mais iPhones, os números de telefone deles podem ser usados com qualquer outra cópia do Messages conectada com a mesma Apple ID – é assim que você consegue enviar iMessages para o seu número de telefone no Mac.

Para configurar todas essas opções no iOS, toque em Ajustes -> Mensagens -> Enviar e Receber (Settings > Messages > Send & Receive). Em um iPhone, o número de telefone será verificado e marcado em cinza, e não pode ser desmarcado; só é possível desabilitar o iMessage no aparelho. Em todos os outros aparelhos, você verá uma lista de números de telefone e endereços de e-mail que você já verificou com a sua Apple ID. Você pode tocar para marcar seu uso como destino nesse aparelho, ou tocar na seta azul para remover o endereço da lista. Também é possível apagá-lo da sua conta da Apple ID, após confirmar que quer fazer isso. Para adicionar e-mails extras, basta tocar em Adic. Outro E-mail… (Add Another Email), e seguir os procedimentos.

No Messages do OS X, você seleciona Mensagens > Preferências (Messages > Preferences), clica no botão Contas (Accounts), e seleciona a entrada de iMessage. Faça login com a Apple ID desejada, se ela já não estiver conectada. Então você verá uma lista de endereços de e-mail com os dizeres Você Pode Ser Encontrado para Mensagens Em (You Can Be Reached for Messages At). Selecione quais você quer ou não incluir. Clique em Adicionar E-mail (Add Email) para seguir o mesmo caminho do iOS para incluir outros endereços em sua conta da Apple ID, e assim torná-los disponíveis no Message para usar com iMessage.

dicaimessage01

Como no iOS 6 e no Mac OS X 10.8.2, sempre que você remove ou adiciona endereços de e-mail ou números telefônicos ao Messages, ou habilita ou desabilita um deles, todos os aparelhos associados com essa Apple ID para iMessage mostram uma notificação informando a alteração. Um alerta também aparece quando você adiciona um endereço à sua Apple ID ou ativa iMessage no iPhone. Geralmente é um caso de informação demais.

Se você possui um iPhone e o número dele não aparece como uma opção para receber iMessage no app Messages no Mac OS X, marque a opção Habilitar Essa Conta (Enable This Account). Se isso não funcionar, faça logout da sua Apple ID (clique em Sair/Sign Out) e então faça login novamente. Caso essa opção também não funcione, vá em Ajustes -> Mensagens (Settings > Messages) e mude a opção iMessage de On para Off e então para On novamente. Por último, mais um truque: toque em Enviar e Receber, depois no botão da Apple ID na parte superior, e selecione Finalizar Sessão. Faça login de novo, e o número do seu iPhone deve (finalmente) aparecer na lista de endereços de endereços disponíveis para receber mensagens no Mensagens do Mac.

Como falamos acima, você pode optar por receber mensagens em um conjunto diferente de endereços em cada aparelho que usa. Por exemplo, meu endereço antigo @mac.com foi convertido para @me.com e agora para @icloud.com. Não preciso necessariamente usar todos eles, por isso deixo apenas o @icloud.com habilitado. 

Estratégias

Quanto a escolher quais endereços usar, existem algumas estratégias que você pode seguir.

Número um, seja mais limitado: escolha um único endereço ou número de telefone para passar para todo mundo. Consolide toda a entrega de iMessage de colegas de trabalho, amigos, e outros, em um único endereço/número que você habilita em cada aparelho. Isso pode ser um problema se as pessoas tiverem vários endereços para você, porque o Mensagens no iOS e OS X permite que elas tentem te contatar por qualquer endereço de e-mail ou número telefônico. Além disso, o app Mensagens no OS X mostra um ícone azul de iMessage próximo a qualquer endereço de e-mail ou número associado com uma Apple ID ou conta de iMessage, não importando se ela está configurada para ser recebida em qualquer lugar.

dicaimessage02

Outra estratégia é ser mais amplo: escolha um conjunto comum de endereços e números em que você possa ser encontrado. Selecione (no iOS) ou marque as opções próximas (no OS X) as maneiras mais comuns para as pessoas entrarem em contato com você. Isso deve garantir que você receberá as iMessages sempre que precisar em qualquer aparelho.

Por último, seja específico: configure um conjunto diferente de opções de entrega em cada aparelho. Você pode querer usar seu número de iPhone apenas no smartphone, e combinações diferentes de endereços e números em seus outros aparelhos. Você pode então ver quem usa iMessage para falar com você para selecionar métodos específicos de as pessoas te encontraram. Isso pode virar algo bastante complicado, mas é sempre uma opção. A escolhe de número de telefone no iPhone e endereço de e-mail em outros aparelhos é uma divisão mais fácil e lógica, obviamente.

Enviar de

Até agora, falamos apenas sobre receber mensagens. Mas e sobre escolher um endereço para ser usado quando você envia uma iMessage? A solução está em uma opção simples: Star New Conversations From (Começar Novas Conversas Em) – ela aparece tanto no iOS quanto no OS X. Você pode escolher entre os métodos de contato disponíveis, incluindo um número de telefone conectado a um iPhone e endereços de e-mail, para escolher a maneira pela qual o Mensagens lida com novas conversas (Antes essa opção ficava nomeada de forma confusa como Caller ID no iOS 5 e versões anteriores ao OS X 10.8.2

dicaimessage03

Você pode escolher enviar mensagens a partir de qualquer endereço de e-mail ou número telefônico associado com sua Apple ID. Nos sistemas anteriores ao iOS 6 e ao OS X 10.8.2, a Apple usava qualquer coisa que você selecionava para essa opção como o endereço de retorno para novas conversas. Mas também usava-o como o endereço para “responder rapidamente” se alguém de quem você tinha aceitado iMessages antes iniciasse uma conversa. Felizmente, isso mudou: qualquer endereço que você e um amigo de iMessage estiverem usando continua sendo utilizado para a conversa. 

Apesar de gerenciar endereços para iMessages ser algo um pouco confuso às vezes, é algo mais racional do que era nas versões anteriores do iOS e OS X. A Apple tornou mais consistente e previsível saber o método de envio/recebimento e a origem/destino das suas iMessages.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de janeiro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Vídeo: saiba como configurar corretamente o teclado do seu Mac

Quem nunca foi usar um computador e se deparou com um teclado mal configurado? Esse problema afeta bastante usuários de Macs porque todos os teclados da Apple vendidos no Brasil – e aqueles que acompanham os MacBooks – possuem o padrão internacional “EUA – PC”.

O padrão norte-americano é bem parecido com o nacional ABNT2, mas a posição dos acentos é um pouco diferente, o que pode confundir usuários com pouca experiência em Macs. Corrigir esse problema é uma simples questão de acessar as Preferências do Sistema e alterar o formato do teclado.

Veja no vídeo abaixo como fazer esse ajuste – e também como instalar o padrão ABNT2 para usar teclados brasileiros em computadores Mac.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , ,