RSS

Arquivo da tag: Confiana

Congresso do Peru aprova voto de confiança ao gabinete do presidente

O presidente peruano, Ollanta Humala, conseguiu nesta segunda-feira (17) que o Congresso aprovasse a composição de seu novo gabinete, superando as tensões políticas no país andino provocadas por fortes críticas da oposição sobre o papel da primeira-dama no governo.

O Parlamento registrou 66 votos a favor, 52 contra e 9 abstenções para dar um “voto de confiança” ao gabinete de 19 ministros encabeçados por René Cornejo, o quinto primeiro-ministro em mais de dois anos e meio do governo de Humala.

O apoio ao gabinete de Cornejo havia sido rejeitado na sexta-feira em duas votações, levando as autoridades a colocar seus cargos à disposição e Humala a advertir que a situação provocaria uma instabilidade no país.

Segundo as normas constitucionais do Peru, o Congresso deve submeter o gabinete à aprovação cada vez que seja feita uma renovação de ministros, como aquela ocorrida em fevereiro.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Zuckerberg diz que espionagem dos EUA fere confiança dos usuários

Mark Zuckerberg durante evento em Washington (EUA) (Foto: Jonathan Ernst/Reuters)Mark Zuckerberg durante evento em Washington
(EUA) (Foto: Jonathan Ernst/Reuters)

Mark Zuckerberg, presidente-executivo e um dos fundadores do Facebook, disse na quarta-feira (18) que as revelações sobre espionagem no governo dos Estados Unidos ferem a confiança dos usuários em empresas de internet. Zuckerberg afirmou ainda que saber mais sobre os programas de vigilância ajudaria a aliviar algumas preocupações públicas.

Em rara aparição, o bilionário de 29 anos esteve em Washington (EUA) para um evento organizado pela revista The Atlantic. Na ocasião, Zuckerberg pediu ao governo federal que contasse mais sobre as solicitações de dados feitos às empresas de internet.

“A partir do que aparece na mídia, você não tem noção se o número de pedidos que o governo fez está mais perto de 1 mil ou de 100 milhões. O que eu posso dizer a partir dos dados que vejo no Facebook é que quanto mais transparência o governo tiver [em relação aos pedidos], melhor todos irão sentir sobre isso”, disse.

Zuckerberg também expressou preocupações com a reação pública aos vastos programas de espionagem administrados pela Agência Nacional de Segurança (NSA) e a resposta dos Estados Unidos, o que poderia provocar indisposição com outros países e prejudicar a inovação global.

Em San Francisco, na semana passada, Zuckerberg disse que o governo norte-americano havia “estragado tudo” com os programas de espionagem.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

ElBaradei será julgado no Egito por ‘traição de confiança’

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Mohamed ElBaradei, o ex-vice-presidente do Egito, será processado em um tribunal por “traição de confiança” por conta de sua decisão de renunciar ao cargo que tinha no governo apoiado pelas Forças Armadas em protesto à sangrenta repressão das forças de segurança contra membros da Irmandade Muçulmana.

O caso, movido por um professor de direito egípcio, será ouvido no tribunal do Cairo no dia 19 de setembro, informaram fontes judiciais nesta terça-feira (20).

O episódio aponta para a perspectiva de uma onda de processos judiciais com motivação política após a deposição do preidente Mohamed Morsi, cujos simpatizantes promoveram uma série de processos judiciais contra membros da oposição durante o ano em que ele esteve no poder.

Os processos, muitos deles por “insultar o presidente”, foram criticados por ativistas contrários ao governo como sendo uma intimidação política.

ElBaradei, ex-chefe da agência de energia nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU), era o liberal mais proeminente a apoiar a deposição de Mursi pelos militares depois de uma onda de protestos contra o presidente.

Mas ele fez novos inimigos no dia 14 de agosto quando renunciou depois das forças de segurança esmagarem acampamentos de manifestantes montados por simpatizantes de Morsi no Cairo, matando centenas de pessoas.

Mohamed ElBaradei, à esquerda, toma posse como vice-presidente interino no Egito, neste domingo (14), em frente ao presidente interino Adli Mansour, no Cairo (Foto: AFP)Mohamed ElBaradei, à esquerda, toma posse como vice-presidente interino no Egito no dia 14 de julho. Ele deixou o cargo um mês depois (Foto: AFP)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de agosto de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Google lança projeto “Lojas de Confiança” para incentivar e-commerce

De acordo com a empresa, programa permitirá que usuários saibam que estão comprando com um varejista de boa reputação

O Google lançou um programa de “Lojas Confiáveis”, que irá fornecer aos compradores on-line pontuações de satisfação do cliente para os participantes comerciais, de acordo com um post no blog da empresa.

A companhia irá colocar um emblema de Loja Confiável em sites de comércio eletrônico que enviam as encomendas de forma confiável e oferecem serviço “excelente” ao cliente, disse a empresa. Quando um usuário descansar o mouse sobre o emblema no site, ele verá as métricas do Google sobre o desempenho do comerciante.

O programa permitirá que os usuários saibam que “estão comprando com um varejista de boa reputação e poderão se sentir confiantes ao fazer uma compra”, disse a empresa.

As vendas de itens ilegais, pornografia e outros tipos de produtos, incluindo “curas sem fundamento, remédios ou outros produtos comercializados como soluções rápidas para problemas de saúde”, estão barrados do programa.

A gigante das buscas irá gerar métricas usando uma combinação de dados que os comerciantes compartilham sobre seus envios e comentários dos usuários coletados quando e se os clientes procuram a ajuda do Google para saber se um comerciante faz parte das “Lojas de Confiança”. Antes que uma empresa possa participar do programa, o Google irá monitorar sseus envios e atendimento ao cliente por 28 dias.

Além de fornecer o emblema, a empresa irá fazer a mediação entre as lojas de confiança e seus clientes. Os usuários que comprarem nas lojas de confiança poderão optar por receber até 1.000 dólares em proteção de compra da companhia de Mountain View para transações elegíveis. Se os consumidores tiverem algum problema com um pedido, o Google diz que “irá trabalhar com o comerciante e com o cliente para resolver o problema”.

A gigante começou a testar o programa no ano passado e diz que agora inclui 50 comerciantes on-line, incluindo O.co, Wayfair e Timbuk2. O programa recebeu mais de 10 milhões de pedidos, de acordo com a companhia.

O Google vem anunciando que a participação no programa trará mais negócios aos comerciantes. Como exemplo, diz que a Timbuk2, uma empresa de São Francisco que vende mochilas da moda e malas de carteiro, teve taxas de conversão melhoradas em 2,9% e viu a quantidade média de pedidos aumentar rapidamente.

Na semana passada, o Google anunciou que até o final do ano seus resultados de busca de produtos, listados em “shopping”, serão limitados à publicidade paga. Eles disseram que isso levará a “melhores resultados de lojas para os usuários” e “tráfego de maior qualidade para os comerciantes”.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de junho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Google lança projeto “Lojas de Confiança” para incentivar e-commerce

De acordo com a empresa, programa permitirá que usuários saibam que estão comprando com um varejista de boa reputação

O Google lançou um programa de “Lojas Confiáveis”, que irá fornecer aos compradores on-line pontuações de satisfação do cliente para os participantes comerciais, de acordo com um post no blog da empresa.

A companhia irá colocar um emblema de Loja Confiável em sites de comércio eletrônico que enviam as encomendas de forma confiável e oferecem serviço “excelente” ao cliente, disse a empresa. Quando um usuário descansar o mouse sobre o emblema no site, ele verá as métricas do Google sobre o desempenho do comerciante.

O programa permitirá que os usuários saibam que “estão comprando com um varejista de boa reputação e poderão se sentir confiantes ao fazer uma compra”, disse a empresa.

As vendas de itens ilegais, pornografia e outros tipos de produtos, incluindo “curas sem fundamento, remédios ou outros produtos comercializados como soluções rápidas para problemas de saúde”, estão barrados do programa.

A gigante das buscas irá gerar métricas usando uma combinação de dados que os comerciantes compartilham sobre seus envios e comentários dos usuários coletados quando e se os clientes procuram a ajuda do Google para saber se um comerciante faz parte das “Lojas de Confiança”. Antes que uma empresa possa participar do programa, o Google irá monitorar sseus envios e atendimento ao cliente por 28 dias.

Além de fornecer o emblema, a empresa irá fazer a mediação entre as lojas de confiança e seus clientes. Os usuários que comprarem nas lojas de confiança poderão optar por receber até 1.000 dólares em proteção de compra da companhia de Mountain View para transações elegíveis. Se os consumidores tiverem algum problema com um pedido, o Google diz que “irá trabalhar com o comerciante e com o cliente para resolver o problema”.

A gigante começou a testar o programa no ano passado e diz que agora inclui 50 comerciantes on-line, incluindo O.co, Wayfair e Timbuk2. O programa recebeu mais de 10 milhões de pedidos, de acordo com a companhia.

O Google vem anunciando que a participação no programa trará mais negócios aos comerciantes. Como exemplo, diz que a Timbuk2, uma empresa de São Francisco que vende mochilas da moda e malas de carteiro, teve taxas de conversão melhoradas em 2,9% e viu a quantidade média de pedidos aumentar rapidamente.

Na semana passada, o Google anunciou que até o final do ano seus resultados de busca de produtos, listados em “shopping”, serão limitados à publicidade paga. Eles disseram que isso levará a “melhores resultados de lojas para os usuários” e “tráfego de maior qualidade para os comerciantes”.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de junho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,