RSS

Arquivo da tag: Comunista

Filipinas capturam um dos líderes políticos de guerrilha comunista

As autoridades das Filipinas capturaram um dos líderes políticos da guerrilha comunista, acusados de vários ataques e do bloqueio das negociações de paz, informou neste domingo (23) a imprensa local.

Forças policiais interceptaram um veículo na cidade de Carcar, província de Cebu, por onde viajava o líder insurgente Benito Tiamzon, chefe do Partido Comunista das Filipinas, considerado ilegal, e sua mulher, declarou o diretor das Forças Armadas, Emmanuel Bautista.

Ele qualificou a detenção como “uma vitória do trabalho conjunto das autoridades para conseguir a paz e segurança” do país.

Tiamzon é acusado de ordenar ataques contra plantações, minas, empresas de telecomunicação e construtoras, e de pedir um imposto revolucionário para custear a guerrilha, explicaram as fontes militares.

O NEP, braço armado do Partido Comunista das Filipinas, tem cerca de seis mil combatentes regulares e há 45 anos está em armas contra as o governo, um conflito que já causou cerca de 30 mil mortes.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Irmã de líder norte-coreano teria obtido cargo no poder comunista

Kim Yeo-jong, irmã mais nova do jovem líder norte-coreano Kim Jong-un, pode ter passado a fazer parte da exclusiva elite de poder do Estado comunista, publicou nesta segunda-feira (10) o jornal sul-coreano “Chosun”.

A imprensa estatal norte-coreana mencionou pela primeira vez o nome de Kim Yeo-jong, o que faz supor que a irmã do líder conquistou uma posição com certa influência nos círculos de poder do hierarquizado regime, explicaram analistas consultados pelo jornal do Sul.

A televisão estatal norte-coreana ‘KCTV’ informou que Kim Jong-un visitou um centro de votação em Pyongyang para as eleições da Assembleia Popular Suprema acompanhado pela “camarada Kim Yeo-jong”, além de outras altas figuras do regime, como o considerado número dois Choe Ryung-hae.

O termo “camarada” sugere, segundo a análise, que a irmã do líder possui uma categoria superior ao de subdiretora no Partido.

Alguns dos analistas especulam também que, com menos de 30 anos, Kim Yeo-jong poderia ostentar a categoria de secretária do partido da mesma forma que sua tia Kim Kyong-hui, irmã de Kim Jong-il e viúva de Jang Song-thaek, ex-número dois do regime e executado em dezembro por traição.

“Chosun” já especulou anteriormente sobre a ascensão da jovem Kim, a quem atribuiu diversas responsabilidades relacionadas à tesouraria do Estado e a captação de divisas estrangeiras.

Mas o extremo isolamento que caracteriza o regime da Coreia do Norte torna impossível confirmar as informações das elites do poder do Estado comunista e da família do líder Kim Jong-un.

Por isso, os meios de comunicação e analistas se limitam a repercutir a informação dos veículos estatais de Pyongyang e dos poucos dados que vazam do país mais hermético do mundo.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Partido Comunista de Cuba afasta diretor do jornal oficialista ‘Granma’

Capas dos jornais cubanos 'Granma' e 'Juventud Rebelde' (Foto: AFP)Capas dos jornais cubanos ‘Granma’ e ‘Juventud Rebelde’ (Foto: AFP)

O Birô Político do Partido Comunista de Cuba afastou o diretor do jornal oficial “Granma’, Lázaro Barredo, segundo informou o próprio jornal oficialista, sem dar detalhes sobre os motivos de sua saída.

Barredo, 65 anos e considerado um jornalista ortodoxo comprometido com as posições mais rígidas do comunismo cubano, foi substuído por Pelayo Terry, que dirigia até então o jornal “Juventud Rebelde”, o órgão oficial da Juventude Comunista.

A direção do “Juventud Rebelde” passou para sua subdiretora, Marina Menéndez.

Estas mudanças acontecem dois meses depois que o número dois do governo cubano, Miguel Díaz-Canel, pediu ao Congresso da União de Jornalistas de Cuba que crie um “novo modelo de imprensa” de acordo com “as atuais exigências de nosso desenvolvimento e de nossa sociedade”.

Criticada até pelo presidente Raúl Castro como “triunfalista” e “apologética”, a imprensa cubana enfrenta reclamações de muitos intelectuais e artistas.

O “Granma”, por exemplo, destina boa parte de suas oito páginas para ressaltar os êxitos do regime e a longas resenhas sobre a luta revolucionária dos anos 1950.

Organizações internacionais de direitos humanos e de imprensa denunciam regularmente a falta de liberdade de expressão em Cuba, país onde toda oposição é ilegal.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,