RSS

Arquivo da tag: Colmbia

Desabamento de mina na Colômbia deixa mortos e soterrados

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Equipes trabalham no local do soterramento na Colômbia (Foto: Luis Robayo/AFP)Equipes trabalham no local do soterramento na Colômbia (Foto: Luis Robayo/AFP)

Ao menos três pessoas morreram no desabamento de uma mina de ouro artesanal que operava de forma ilegal no departamento de Cauca, no oeste da Colômbia, enquanto as equipes de resgate se apressavam nesta quinta-feira (1º) para resgatar entre 25 e 30 pessoas que ficaram soterradas.

“Conseguimos retirar três corpos, dois feridos foram transferidos” ao hospital, afirmou à rádio Caracol Víctor Claros, comandante do Corpo de Bombeiros do departamento de Cauca.

Os corpos encontrados estavam a 20 metros de profundidade. Organismos de socorro continuam trabalhando na região e entre 25 e 30 pessoas permanecem presas no interior da mina, acrescentou Claros.

“É impossível que estejam com vida porque a terra e a lama são em grande quantidade”, declarou o comandante do Corpo de Bombeiros. “Acredito que é possível descartar que existam pessoas com vida”, afirmou.

Segundo Claros, os mineiros trabalhavam na região, próxima ao município de Santander de Quilichao, quando uma avalanche de terra e lama os soterrou na noite desta quarta.

Na mina de ouro onde ocorreu o desastre trabalham quatro retroescavadeiras. Os trabalhos de resgate em um profundo túnel de 15 metros são observados por 1.500 pessoas, declarou à AFP uma fonte oficial que pediu para não ser identificada.

A equipe de resgate é composta por agentes especializados apoiados por cães treinados, disse a fonte.

Risco latente
“As condições de informalidade trabalhista e infraestrutura significavam um risco latente para os trabalhadores” da mina de ouro artesanal, afirmou em um comunicado a Defensoria do Povo, encarregada por velar pelos direitos humanos dos colombianos.

O organismo emitiu desde o início do ano alertas pedindo o fim deste tipo de atividade no departamento, o que levou as autoridades a apreenderam máquinas escavadeiras.

No entanto, “os trabalhos de exploração ilegal de ouro prosseguiram”, acrescentou o organismo estatal.

De acordo com a Defensoria, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), presentes no oeste do país, se beneficiam deste tipo de atividade “mediante a cobrança de quotas pela entrada e operação das retroescavadeiras”.

A guerrilha das Farc é a mais importante do país, com 50 anos de existência e cerca de 8 mil combatentes, segundo números oficiais.

Um relatório recente da Agência Nacional de Mineração declarou que de janeiro a setembro de 2013 ocorreram 66 emergências relacionadas a esta atividade, nas quais 71 pessoas faleceram e 51 ficaram feridas.

Na Colômbia há 14.357 unidades de produção mineradora, 56% das quais não têm licença de exploração.

A participação da mineração no PIB colombiano foi de 2,3% em 2012, de acordo com o Departamento de Estatísticas.

Pelo menos três pessoas morreram no desabamento (Foto: Luis Robayo/AFP)Pelo menos três pessoas morreram no desabamento (Foto: Luis Robayo/AFP)

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Explosão de bomba em albergue para sem-teto mata três na Colômbia

A explosão de uma bomba em um albergue para sem-teto na cidade de Medellín, no noroeste da Colômbia, provocou neste sábado (22) a morte de três pessoas e deixou outras 15 pessoas feridas, informaram as autoridades locais.

As primeiras informações apontam que se trata de um ataque contra os programas de reintegração da prefeitura, já que o explosivo estava com um dos mortos e foi ativado do lado de fora por meio de um celular.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

ONG denuncia quadrilhas que esquartejam vítimas na Colômbia

Gangues criminosas submetem os habitantes do porto colombiano de Buenaventura a um regime de terror e cometem abusos generalizados como esquartejar pessoas vivas, denunciou a organização de direitos humanos Human Rights Watch nesta quinta-feira (20).

Buenaventura, no Departamento do Valle, é o principal porto colombiano no oceano Pacífico para o comércio internacional e se tornou um local estratégico para atividades ilegais como o tráfico de cocaína e de armas, segundo fontes de segurança.

“Os grupos sucessores de paramilitares foram responsáveis pelo desaparecimento de uma grande quantidade, possivelmente centenas, de moradores no porto de Buenaventura”, disse um relatório da organização de direitos humanos.

“Muitos bairros da cidade estão sob o domínio de poderosas organizações criminosas que cometem abusos generalizados como esquartejar pessoas, algumas vezes enquanto ainda estão vivas, para logo depois jogar seus restos ao mar”, acrescentou.

Além das quadrilhas formadas por antigos paramilitares de ultradireita, os guerrilheiros esquerdistas das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) também estão presentes na região.

O relatório chamado de “A Crise em Buenaventura: Desaparecimentos, Desmembramentos e Deslocamento no Principal Porto da Colômbia no Pacífico” alertou para a existência de fronteiras invisíveis em meio à disputa pelo controle territorial da cidade entre os grupos armados.

A Human Rights Watch citou testemunhas, moradores, representantes da Igreja Católica e autoridades públicas para denunciar a existência de “casas” onde desmembram as vítimas e que teriam ficado em evidência pelas manchas de sangue encontradas em lugares ocupados recentemente pela polícia.

Grupos armados ilegais disputam o controle territorial do porto, uma região habitada por 370.000 pessoas, na maioria afrodescendentes vivendo na pobreza.

O relatório garantiu que entre 2010 e 2013 foi registrado o desaparecimento de 150 pessoas em Buenaventura que teriam sido assassinadas, mas admitiu que a cifra poderia ser consideravelmente maior, já que muitos casos não foram denunciados pelo temor generalizado a represálias.

O país sul-americano de 47 milhões de habitantes sofre com um conflito interno de meio século que deixou mais de 200.000 mortos e milhões de deslocados.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Santos disputa reeleição na Colômbia contra cinco candidatos

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, chega à clínica Santa Fe, em Bogotá, para ser operado nesta quarta-feira (3) (Foto: AFP)O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, enfrentará cinco candidatos nas próximas eleições (Foto: AFP)

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, disputará sua reeleição, no próximo dia 25 de maio, contra cinco candidatos, informou nesta sexta-feira (14) a autoridade eleitoral, ao encerrar o período de inscrições.

Santos, 62 anos e no poder desde 2010, enfrentará Óscar Iván Zuluaga, de 55 anos, do partido Centro Democrático, fundado pelo ex-presidente Álvaro Uribe; a ex-prefeita de esquerda Clara López, de 62 anos; a ex-ministra conservadora Marta Lucía Ramírez, de 58 anos; o ex-prefeito de centro Enrique Peñalosa, de 59 anos; e o “verde” José Antonio Rocha, um político de pouca expressão.

O presidente, um economista de centro direita membro de uma das famílias mais poderosas da Colômbia, larga como favorito, mas ainda não tem o apoio suficiente para evitar um segundo turno.

Segundo o instituto de pesquisas Ipsos, Santos reúne 28% das intenções de voto, com uma vantagem de ao menos 20 pontos sobre os demais candidatos. O voto em branco responde por 24%.

Para vencer no primeiro turno são necessários mais de 50% dos votos.

“Parte da minha campanha será essa: pedir aos colombianos que me permitam terminar meu trabalho”, revelou Santos em entrevista concedida nesta sexta-feira.

Santos resumiu seu principal objetivo para o próximo mandato: concluir o processo de paz iniciado em novembro de 2012 com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), a guerrilha que ajudou a combater sem trégua como ministro da Defesa de Álvaro Uribe, o popular ex-presidente (2002-2010) que hoje se tornou seu principal adversário.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Chuvas na Colômbia deixam pelo menos 6 mortos e 6 desaparecidos

As chuvas que atingiram grande parte da Colômbia durante esta semana deixaram pelo menos seis mortos, quatro feridos e seis desaparecidos, além de danos materiais, informaram nesta sexta-feira (14) autoridades.

A União Nacional para a Gestão do Risco de Desastres (UNGRD) afirmou que o levantamento de vítimas leva em conta os fatos reportados em sete departamentos (estados) desde a última quarta-feira (12), dia em que começou a temporada de chuvas no país, segundo os meteorologistas.

Homem tenta retirar um carro de uma rua inundada após chuvas pesadas em Cali. (Foto: Jaime Saldarriaga / Reuters)Homem tenta retirar um carro de uma rua inundada após chuvas pesadas em Cali. (Foto: Jaime Saldarriaga / Reuters)

Três mortes foram registradas em Palmira e Cali, no departamento de Valle del Cauca, no sudoeste do país, outra em Palermo (Huila, no sul), e dois em Bucaramanga, capital de Santander, no nordeste, onde nesta sexta foram recuperados os corpos de duas pessoas de uma mesma família que teve sua casa soterrada por um deslizamento de terra.

As outras duas vítimas do desmoronamento em Bucaramanga continuam desaparecidas, assim como outras quatro no Valle del Cauca.

A UNGRD informou que foram registradas 17 emergências no território colombiano ‘entre avalanches, deslizamentos, vendavais, tempestades, enchentes e inundações’ que afetaram 16 municípios, principalmente nos departamentos de Huila, Santander, Valle, Cundinamarca e Cauca.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Colômbia e México vão dividir informações na luta contra o crime

Os Governos de Colômbia e México trocarão informações de segurança através de uma plataforma compartilhada para a identificação de delinquentes, segundo acertaram neste sábado (8) seus chanceleres em reunião realizada no marco da 8ª Cúpula da Aliança do Pacífico.

Os chanceleres da Colômbia, María Ángela Holguín, e do México, José Antonio Meade, fizeram um amplo repasse da relação bilateral em Cartagena, no norte da Colômbia, onde na próxima segunda-feira (10) ocorre a cúpula presidencial da Aliança, da qual também fazem parte Chile e Peru.

“Estamos lançando a plataforma em tempo real dessa troca de informação que permite aos dois países identificar essas pessoas que não queríamos que circulassem entre os dois países porque de alguma maneira estão causando muito prejuízo à imagem especificamente da Colômbia no México”, disse Holguín em entrevista coletiva.

Segundo a ministra, com o acesso a esta plataforma dará ao Governo mexicano “a possibilidade de não admiti-las”.

“É a primeira vez que a Colômbia entrega sua plataforma e acho que vai ser uma grande experiência para a qual poderemos olhar mais na frente se a ampliarmos aos outros países da Aliança do Pacífico”, acrescentou.

Colômbia e México mantêm uma estreita cooperação na luta contra o narcotráfico e outras formas de crime organizado, por terem sido ambos países vítimas da violência de diferentes tipos de máfias.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Farc descartam trégua unilateral por conta de eleições na Colômbia

A guerrilha das Farc descartou nesta sexta-feira (7) decretar um cessar-fogo unilateral para as eleições legislativas de 9 de março na Colômbia, mas está disposta a conceder uma trégua bilateral com o governo, anunciou um de seus delegados de paz.

“Não está previsto um cessar unilateral. Mas estamos prontos para instituir uma trégua bilateral se Bogotá aceitar”, afirmou Andrés París, integrante da delegação das Farc que negocia uma cordo de paz com o governo colombiano em Havana.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,