RSS

Arquivo da tag: CocaCola

Google e Coca-Cola são as marcas mais fortes no Brasil; veja ranking

Larry Page, cofundador e CEO do Google. (Foto: Reuters)Larry Page, cofundador e CEO do Google. (Foto: Reuters)

O Google é a marca mais fortes no país na opinião dos consumidores brasileiros, segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira (25) pela BrandAnalytics, empresa do grupo global Millward Brown Optimor.

A Coca-Cola que no último ranking da pesquisa tinha ficado em primeiro lugar, caiu para a segunda posição. O Facebook aparece em 3º lugar. Na sequência aparecem Omo, Johnnie Walker e Trident (Veja ranking mais abaixo)

O ranking das 20 marcas mais fortes foi elaborado a partir de uma pesquisa feita com 2.800 consumidores de todo o Brasil. Segundo a presidente da Millward Brown Brasil, Valkiria Garré, o ranking reflete a percepção dos consumidores, que colocam na liderança as “marcas que oferecem algo significativo e diferente para as suas vidas, tanto em termos emocionais como funcionais”

A pesquisa também elencou as marcas brasileiras mais valiosas. Como em 2013, a Skol ficou no topo ro ranking. Segundo o levantamento, a marca de cerveja aumentou seu valor de em 8%, passando a US$ 7,055 bilhões, favorecida por uma “excelente performance financeira e sólido posicionamento de marca”.

Em segundo lugar aparece o Bradesco (US$ 4,177 bilhões) e em terceiro, a Brahma (US$ 3,585 bilhões). Na sequência, estão o banco Itaú (US$ 3,376 bilhões) e a Petrobras (US$ 3,252 bilhões)

O ranking BrandZTM Top 50 Marcas Brasileiras foi elaborado a partir de 12.800 entrevistas e contou com informações financeiras da Bloomberg. Segundo a empresa de pesquisa, o levantamento considera também a percepção dos atuais e potenciais compradores da marca, além dos dados financeiros para calcular o valor das marcas.

O valor total das marcas no Top 50 em 2014 chegou a US$ 45,868 bilhões, representando uma queda de 13,7% em relação a 2013, quando o valor de mercado das marcas atingiu US$ 53,132 bilhões.

Segundo a pesquisa, as marcas que mais cresceram no último ano foram Seara, Pão de Açúcar, Embraer, Estácio de Sá, Sadia, Cielo e Adria.

Ranking das 20 marcas mais fortes no Brasil

1 Google
2 Coca Cola
3 Facebook
4 Omo
5 Johnnie Walker
6 Trident
7 Colgate
8 Oral B
9 McDonald’s
10 Natura
11 Nescafé
12 Skol
13 Brahma
14 Pilão
15 Petrobras/BR
16 Nike
17 Ipiranga/Atlantic
18 Porto Seguro
19 Shell
20 Microsoft

Ranking das marcas brasileiras mais valiosas
(Posição/Marca/Valor em US$ milhões)

1 Skol  7.055
2 Bradesco 4.177
3 Brahma 3.585
4 Itaú 3.376
5 Petrobras 3.252
6 Sadia 2.466
7 Natura 2.236
8 Antarctica 1.145
9 Ipiranga 1.103
10 Bohemia 1.094
11 Perdigão 1.005
12 Casas Bahia 915
13 BTG Pactual 896
14 Vale 862
15 Lojas Americanas 845
16 Cielo 791
17 Pão de Açúcar 702
18 Porto Seguro 665
19 Extra 609
20 Vivo 555

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Apple passa Coca-Cola e é a marca mais valiosa do mundo, diz pesquisa

A Apple é a marca mais valiosa do mundo, de acordo com o relatório anual de Melhores Marcas Globais da Interbrand, divulgado nesta segunda-feira (30). Desde quando o levantamento começou a ser feito até o ano passado, a Coca-Cola liderava o ranking.

Na sequência, aparecem o Google, em segundo lugar, e a Coca-Cola, em terceiro.

MarcaClassificação
em 2013Classificação
em 2012SetorValor de marca (em bilhões de US$)Variação  de valor de marca

 Em 2000, a Apple ocupava o 36º lugar e sua marca valia U$ 6,6 bilhões. Hoje, o valor subiu para US$ 98,3 bilhões, quase 15 vezes o número de 13 anos atrás, segundo a pesquisa.

“Tim Cook montou uma equipe de liderança sólida e tem mantido a visão de Steve Jobs intacta – uma visão que tem permitido a Apple cumprir a sua promessa de inovação”, disse Jez Frampton, chefe da Interbrand’s Global.

A metodologia da Interbrand analisa as muitas maneiras pelas quais uma marca atinge e beneficia uma organização, desde a influência sobre os resultados finais até a satisfação das expectativas dos clientes.

Para desenvolver seu relatório, a Interbrand examina o que considera os três aspectos chave que contribuem para o valor da marca, ou seja, o desempenho financeiro dos produtos ou serviços da marca; o papel que a marca desempenha ao influenciar a escolha do consumidor; e o poder que a marca possui para comandar um preço premium, ou garantir os lucros da companhia.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Coca-Cola cancela promoção no Canadá após tampinha trazer ofensa

A Coca-Cola cancelou uma campanha no Canadá que gerava palavras em inglês e francês aleatoriamente dentro de tampinhas de água com sabor depois que um casal se deparou com uma palavra ofensiva em uma tampinha: “Você é retardado”.

Coca-Cola cancelou promoção após casal encontrar palavras ofensivas em tampinha de água com sablor (Foto: Blake Loates/The Canadian Press/AP)Coca-Cola cancelou promoção após casal encontrar palavras ofensivas em tampinha de água com sablor (Foto: Blake Loates/The Canadian Press/AP)

Blake Loates, que mora na cidade de Edmonton, disse que ela e seu marido estavam em um restaurante em Edmonton no início desta semana, quando o marido leu na tampinha de uma garrafa de Vitaminwater, água com vitaminas e sabor, as palavras “You Retard”.

Shannon Denny, diretora de comunicação da Coca-Cola no Canadá, lamentou o incidente e disse que os consumidores deveriam encontrar palavras bem-humoradas.

Ela destacou que o problema ocorreu porque a lista de palavras de cada idioma (francês e inglês) foi aprovada separadamente. Em francês, segundo Shannon, “retard” significa simplesmente atrasado.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Consumidor encontra cabeça de rato em garrafa de Coca-Cola

O goiano Wilson Batista de Rezende luta desde o ano 2000 na justiça contra a Coca-Cola por ter ingerido um refrigerante contaminado e com restos de rato. Será que isso é verdade?

A notícia não é nova, mas reapareceu com força nas redes sociais após uma reportagem veiculada na Rede Record de TV no dia 12 de setembro de 2013. De acordo com várias matérias publicadas na web, o relojoeiro Wilson Batista de Rezende, de 46 anos de idade, estaria processando a fabricante da bebida Coca-Cola aqui no Brasil por dano moral, por ter ficado doente após ingerir um refrigerante contaminado.

Na reportagem que foi ao ar pela Rede Record, Wilson conta que, no ano de 2000, ao tomar um gole da Coca-Cola de uma das garrafas que ele havia acabado de comprar, imediatamente sentiu a boca e garganta queimando, obrigando-o a cuspir o resto do liquido que tinha na boca.

Consumidor teria encontrado uma cabeça de rato dentro de uma garrafa de Coca-Cola! (foto: Reprodução/Youtube) Consumidor teria encontrado uma cabeça de rato dentro de uma garrafa de Coca-Cola! (foto: Reprodução/Youtube)

O goiano disse que daquele dia em dia em diante, nunca mais a sua saúde foi a mesma e mostrou que atualmente anda de bengala e usa um colete que, segundo ele, lhe ajuda no equilíbrio ao caminhar.

Além disso, a repórter também exibe uma das garrafas que o Sr. Wilson tem guardado até hoje, com um objeto estranho dentro, parecendo uma cabeça de rato.

Assista à reportagem abaixo que já ultrapassou a marca de 600 mil visualizações e veja o que descobrimos:

Antes de prosseguir com a leitura desse nosso artigo, é preciso que entenda que não estamos do lado de nenhuma das partes envolvidas no caso. Apenas usamos a própria internet para tentar desmistificar as histórias que nela circulam e isso é o que o E-farsas sempre fez desde a sua criação (em 2002).

Voltando ao caso Sr. Wilson contra a Coca-Cola, o processo é real! Foi movido pelo goiano Wilson Batista de Rezende contra a Spal Indústria Brasileira de Bebidas S/a. por Dano Moral.

O processo pode ser consultado aqui! O requerente está pedindo a quantia de R$ 10.000,00.

Em contato com a fabricante do refrigerante por telefone, as informações que nos foram passadas são:

A empresa tem ciência do processo e está aguardando a determinação da justiça;É impossível que uma cabeça de rato passe pelo encanamento que abastece as garrafas;A Coca-Cola cumpre com as exigências sanitárias determinadas pelos órgãos competentes;O consumidor que tiver dúvidas pode entrar em contato através do Fale Conosco;

Entendemos que a Coca-Cola, que é uma das maiores marcas do mundo e aqui no Brasil é representada pela Spal Indústria Brasileira de Bebidas S/a., já teria tomado alguma providência a respeito como, aliás, já fez em outros casos envolvendo produtos contaminados.

Por outro lado, podemos acompanhar o trabalho que o Sr. Wilson está tendo para fazer com que o seu processo ande mais depressa nas diversas publicações que andam fazendo sobre ele na web. No dia 6 de março de 2013, ele resolveu fazer uma greve de fome na Praça João Mendes (no centro velho de São Paulo) em protesto à demora no julgamento da sua indenização.

De acordo com a página de Wilson no Facebook, uma comissão dos Direitos Humanos chegou ao local, após dois dias de greve de fome, e o convenceu a parar com a greve, mediante um acordo não revelado. Wilson parece ter conseguido uma audiência para dar andamento no seu caso.

Não tivemos acesso aos laudos periciais que o requerente afirma possuir. Também não falamos diretamente com ele (o E-farsas está aberto para o contato) para coletar mais informações a respeito do caso. No entanto, algumas dúvidas levantadas pelos internautas ainda merecem ser sanadas como, por exemplo:

Se o refrigerante era mesmo ácido como o Sr. Wilson afirma, como e por que o liquido ainda não dissolveu a suposta cabeça de rato encontrada dentro da garrafa?O Sr. Wilson foi o único a comprar garrafas daquele lote? Outros consumidores não apresentaram problemas?O rato poderia ter entrado na garrafa antes do envase?Vários leitores afirmam que é muito fácil forjar uma garrafa com lacre intacto. A forma mais simples é inutilizar uma garrafa (deixando apenas a tampa intacta), tirar a tampa da outra garrafa e encher de “objetos estranhos” lá dentro e depois fechar a garrafa com a tampa intacta do vasilhame que foi destruído. Isso não quer dizer que o Sr. Wilson tenha feito isso, mas uma tampa com o lacre inviolado não significa muita coisa.No vídeo abaixo podemos ver como é fácil substituir o conteúdo de algumas garrafas, deixando o lacre das tampas intacto (obrigado, amigo Alexandre Inagaki, pela dica) :

Mais sobre a história de Wilson Batista de Rezende aqui!

Em maio de 2012, o Center for Science in the Public Interest (CSPI – Centro para a Ciência a Favor do Interesse Público) realizou testes de análises químicas nos refrigerantes consumidos nos Estados Unidos e detectou a presença de altos níveis de 4-metilimidazol (4-MEI) em níveis bastante altos em duas marcas da bebida: A Pepsi e a Coca-Cola.

O 4-metilimidazol (4-MEI) é um produto usado para dar a cor caramelo aos refrigerantes e segundo estudos, o consumo exagerado da substância pode (ou não) causar câncer.

Nos Estados Unidos, as empresas se comprometeram a reduzir a quantidade do 4-MEI na fabricação dos refrigerantes. Aqui no Brasil, em nota ao Portal R7, a Coca-Cola informou que o uso do caramelo IV segue critérios definidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e que a quantidade utilizada (apesar de ser muito maior do que a usada nos EUA) não indica riscos à saúde.

O processo do Sr. Wilson Batista de Rezende existe mesmo e ele alega ter sido envenenado pelo refrigerante. Agora, temos que aguardar o final do julgamento e o desfecho dessa história.

[update: 18/09/2013, às 16:30]
Hoje, a Coca-Cola publicou uma nota em seu site e em seu perfil no Facebook se posicionando a respeito dessa notícia.
O conteúdo do texto publicado pela empresa reforça o que nos foi passado por telefone:

“[…] que todos os produtos são seguros e os ingredientes utilizados são aprovados pelos órgãos regulatórios, em um histórico de 127 anos de compromisso e respeito com os consumidores.“.

Reprodução da nota publicada no perfil da Coca-Cola no Facebook! Reprodução da nota publicada no perfil da Coca-Cola no Facebook!

Na nota, a Coca-Cola lamenta o estado de saúde do consumidor, mas afirma que o fato alegado não tem fundamento e “[…] é totalmente equivocada a associação entre o consumo do produto e o seu estado de saúde.“.
[/update]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Fonte E-farsas

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,