RSS

Arquivo da tag: clientes

‘Bar dos carecas’ oferece descontos para clientes sem cabelo no Japão

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Na capital Tóquio, no Japão, clientes sem cabelo são os maiores beneficiados em estabelecimento da região, que funciona como um “bar para carecas”.

O local, que também é um restaurante, oferece descontos que não estão disponíveis para clientes com bastante cabelo.

De acordo com os responsáveis pelo bar, a iniciativa é uma forma de fazer com que as pessoas aprendam a lidar com a perda de cabelo de maneira mais aberta, e não tenham vergonha de mostrar a calvície.

Shiro Fukai, de 48 anos, bebe ao lado da gerente Yoshiko Toyoda no 'bar para carecas' em Tóquio, no Japão (Foto: Toru Hanai/Reuters)Shiro Fukai, de 48 anos, bebe ao lado da gerente Yoshiko Toyoda no ‘bar para carecas’ em Tóquio, no Japão (Foto: Toru Hanai/Reuters)Estabelecimento oferece descontos especiais para quem não tem cabelo (Foto: Toru Hanai)Estabelecimento oferece descontos especiais para quem não tem cabelo (Foto: Toru Hanai)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

‘Bar dos carecas’ oferece descontos para clientes sem cabelo no Japão

Na capital Tóquio, no Japão, clientes sem cabelo são os maiores beneficiados em estabelecimento da região, que funciona como um “bar para carecas”.

O local, que também é um restaurante, oferece descontos que não estão disponíveis para clientes com bastante cabelo.

De acordo com os responsáveis pelo bar, a iniciativa é uma forma de fazer com que as pessoas aprendam a lidar com a perda de cabelo de maneira mais aberta, e não tenham vergonha de mostrar a calvície.

Shiro Fukai, de 48 anos, bebe ao lado da gerente Yoshiko Toyoda no 'bar para carecas' em Tóquio, no Japão (Foto: Toru Hanai/Reuters)Shiro Fukai, de 48 anos, bebe ao lado da gerente Yoshiko Toyoda no ‘bar para carecas’ em Tóquio, no Japão (Foto: Toru Hanai/Reuters)Estabelecimento oferece descontos especiais para quem não tem cabelo (Foto: Toru Hanai)Estabelecimento oferece descontos especiais para quem não tem cabelo (Foto: Toru Hanai)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Clientes da Amazon podem adicionar produtos à ‘sacola’ pelo Twitter

Amazon permite adicionar itens à 'sacola' usando o Twitter (Foto: Divulgação/Amazon)Amazon permite adicionar itens à ‘sacola’ usando o
Twitter (Foto: Divulgação/Amazon)

A empresa norte-americana de comércio eletrônico Amazon começou a aceitar nos Estados Unidos que seus clientes adicionem produtos à “sacola” por meio do Twitter. A novidade passa a funcionar no país a partir desta segunda-feira (5). As companhias não informaram quando o serviço deve chegar ao Brasil e a outros mercados.

Com o novo recurso, os norte-americanos não precisam acessar a loja on-line da Amazon para incluir um determinado produto à lista de itens que serão comprados pelo site. Para que o produto seja adicionado à cesta, os usuários devem retuitar uma mensagem que contenha o link da Amazon para o item desejado e incluir na postagem a “hashtag” “#AmazonCart” .

O sistema da Amazon cuida de associar o perfil no Twitter à conta do usuário na loja de comércio eletrônico. Para que a nova forma de selecionar produtos funcione, porém, é necessário estabelecer uma conexão entre as contas na Amazon e no Twitter.

A empresa diz que, além de aumentar a velocidade e a agilidade das compras, os usuários não precisam deixar o Twitter para escolher seus produtos.  “Não há mais a necessidade de trocar de aplicativo, de digitar senhas ou de tentar lembrar um produto visto no Twitter”, diz comunicado da Amazon.

O próximo passo é finalizar a compra. Para isso, porém, é necessário acessar o site da companhia de varejo.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Internautas relatam ataque que redireciona clientes da Net para vírus

Internautas relataram neste sábado (26) que acesso a alguns sites, entre eles Google e outros sites e portais, resultavam em um redirecionamento para uma página fraudulenta contendo um download falso do Flash Player. Se baixado, o arquivo contamina o computador com um vírus. O problema foi identificado em um servidor de DNS (Domain Name Service) do serviço de internet Net Vírtua. Os usuários compartilharam dados técnicos do problema no fórum de tecnologia “Adrenaline” (acesse aqui).

O G1 tentou contato com a Net na tarde deste sábado para comentar o caso, mas não recebeu resposta até a publicação desta reportagem.

O DNS é a “lista telefônica” da internet, que converte “nomes” como “g1.com.br” em números (endereços IP). Um serviço de DNS é necessário para o funcionamento normal do acesso à internet e faz parte do pacote oferecido pelo provedor. Um provedor normalmente oferece diversos servidores DNS para que o serviço continue funcionando no caso de alguma falha.

De acordo com os relatos dos internautas, o problema estaria em um DNS terciário do Net Vírtua, que retorna um número incorreto e fraudulento para certos endereços. Isso quer dizer que muitos usuários não verão o redirecionamento, porque quem usar os serviços primários e secundários não será redirecionado. Por esse motivo, o redirecionamento pode ser difícil de ser notado e até intermitente.

“Ainda bem que achei esse tópico, liguei pra NET e eles quase disseram que eu ‘tô’ maluco, fiz muitos testes aqui e o problema só podia vir do sinal deles”, afirmou um usuário do Adrenaline identificado como “ghamantorr”.

Esse tipo de ataque pode ocorrer por invasão do servidor de DNS ou com um ataque chamado de “envenenamento de cache” (entenda como funciona).

Não se sabe até o momento quais outros endereços podem ter sido redirecionados e qual o número de clientes que usa o endereço de DNS afetado.

Em 2009, a Net Vírtua sofreu outro ataque semelhante em que um site de uma instituição financeira foi redirecionado para um site clonado que roubava informações das vítimas.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Visa e Mastercard deixam de servir clientes russos por sanções dos EUA

Os grupos americanos de cartões bancários Visa e Mastercard deixaram nesta sexta-feira (21) sem aviso prévio de fornecer seu serviço de pagamento aos clientes de vários bancos russos após as sanções anunciadas na véspera pelos Estados Unidos.

O banco Rossia, alvo das sanções americanas, anunciou nesta sexta-feira em um comunicado que Visa e Mastercard “deixaram, sem aviso prévio, de fornecer seus serviços de pagamento aos clientes do banco”. Sua filial, Sobibank, também foi afetada por esta decisão.

O banco SMP, controlado pelos irmãos Arkadi e Boris Rotenberg, cujos nomes foram acrescentados à lista de pessoas atingidas pelas sanções americanas, também anunciou que seus clientes com cartões Visa e Mastercard estavam com seus cartões bloqueados.

Na prática, estes clientes só podem retirar dinheiro com seus cartões nos caixas destes bancos e dos bancos associados, e não conseguem mais fazer compras com eles.

Na quinta-feira, o presidente americano, Barack Obama, anunciou que a lista das pessoas russas afetadas por sanções havia sido ampliada para incluir também oligarcas e banqueiros próximos ao presidente russo Vladimir Putin, entre eles Guenadi Timchenko, Arkadi Rotenberg e Yuri Kovalchuk, presidente do banco Rossia e considerado “o banqueiro pessoal dos funcionários de alto escalão na Rússia, incluindo Vladimir Putin.”

Segundo Obama, ele assinou uma ordem executiva abrindo caminho para sanções em setores chaves da economia russa, se necessário. As sanções poderiam afetar inclusive a economia global, disse ele no pronunciamento.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Vendedor atrai clientes ao defender preservação ambiental em Maceió

Higienização da areia, placas que incentivam a preservação da natureza e lixeirinhas são alguns dos atrativos utilizados por um empreendedor, na orla de Maceió, que há seis anos busca despertar nos banhistas a importância da preservação ambiental. E essa preocupação com o meio ambiente tem atraído cada vez mais clientes.

Seis horas e Hozana trabalham juntos na praia de Ponta Verde. (Foto: Jonathan Lins/G1)Seis horas e Hozana trabalham juntos na praia de Ponta Verde. (Foto: Jonathan Lins/G1)

Erisvaldo Nascimento, conhecido como “Seis Horas”, e sua esposa Hozana de Lima, proporcionam atendimento diferenciado aos seus clientes. “A prioridade é apenas uma, atender da melhor forma o visitante. É lamentável quando uma pessoa planeja se divertir e relaxar e, infelizmente, acaba tendo uma má experiência, seja com a sujeira ou com o atendimento”, explica Seis Horas.

A área onde o empresário trabalha, diferente de outras regiões do litoral, é bem limpa. “Qualquer bituca de cigarro ou papelzinho já me deixa mal. Fui criado com esse costume de manter tudo limpo e hoje faço uso disso no meu trabalho”, falou.

Seis Horas confeccionou plaquinhas com frases como “Lixo e praia não combinam” ou “Não jogue filtros de cigarro na areia”. “Cada placa tem uma frase diferente, mas a mensagem é uma só: não sujar o meio ambiente”, fala. Em uma das placas, o empresário mostra o tempo de decomposição de alguns materiais na natureza.

Placas são colocadas na areia para estimular o cuidado com a natureza (Foto: Jonathan Lins/G1)Placas são colocadas na areia para estimular o cuidado com a natureza (Foto: Jonathan Lins/G1)

O comerciante, que é baiano, mas vive há anos em Alagoas, começa logo cedo. Às 6h, quando chega em seu local de trabalho, na praia de Pajuçara, ele começa o trabalho de limpeza da areia. “Molho toda a área, o que revela pequenos resíduos deixados durante a noite e elimina impurezas como fezes de pombos”, explica.

Seis Horas também separa o lixo para a coleta seletiva e, mesmo o que não pode ser reaproveitado, também é recolhido. “Se todos fizessem o mínimo, a praia seria o melhor para todos, tanto para o meio ambiente como para os visitantes”, completa.

Para o empresário Alex Portela, o atendimento oferecido por “Seis Horas” torna a experiência de ir à praia mais agradável. “Eu e meus amigos já temos destino certo. Só quem vai para outro lugar é quem não o conhece”, revela.

Placas são facilmente visualizadas por quem visita a praia. (Foto: Jonathan Lins/G1)Placas são facilmente visualizadas por quem visita a praia. (Foto: Jonathan Lins/G1)

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Net prevê conserto a cada 12 horas, e clientes estão sem web há dias, no AM

Site da Net informando sobre os serviços de internet (Foto: Reprodução/Net)Site da Net informando sobre os serviços de
internet (Foto: Reprodução/Net)

O número de telefone 3003-7303 vem sendo utilizado há dias por clientes da empresa Net, em Manaus, como meio de reclamação pelos serviços de internet que estão ausentes ou irregulares há mais de uma semana em diferentes bairros da capital. Cansados de esperar pelo sinal que “não volta” e pelas respostas de atendentes da empresa, os clientes denunciaram o problema ao G1, nesta sexta-feira (14). A Net informou que o problema já foi resolvido, mas os clientes garantem que a inviabilidade de acesso continua.

Os clientes dizem que do outro lado do call center da Net, um atendente virtual avisa que o problema existe, mas que “técnicos estão providenciando o conserto e o serviço voltará a funcionar até meia-noite”. O problema, segundo o bancário Alfredo Cruz, é que o sinal de internet não volta, e o mesmo atendente diz no dia seguinte que o serviço estará normalizado até meio-dia.

“Estou cansado de tanta desculpa e de tanta previsão mentirosa. Além da máquina virtual, os outros atendentes uma hora falam que o problema pode ser na minha casa, outra hora dizem que o problema é geral na região em que moro. O fato é que desde o carnaval estou sem internet, estou pagando pelo serviço, e eles dizem que não podem mandar técnico para resolver, pois o problema é coletivo”, disse Cruz, morador do Bairro Planalto, na Zona Centro-Oeste da capital.

O estudante Victor Brasil, morador do Bairro Aleixo, Zona Centro-Sul, diz que há semanas está utilizando o sinal 3G do telefone celular como forma de conseguir acesso à internet. De acordo com ele, apesar de não ser um serviço com velocidade boa na capital, o 3G está melhor que a banda larga da empresa Net. “Preciso fazer trabalho da escola e não consigo navegar com o sinal da Net. Quem me salva é a internet do celular, que apesar de ser mais lenta está mais eficiente no momento”, afirma.

Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa da Net divulgou nota informando que uma ocorrência técnica em um fornecedor de conexão com a internet causou instabilidade no serviço de banda larga da empresa em alguns bairros de Manaus. Segundo a empresa, equipes técnicas foram acionadas e o serviço foi normalizado na quinta-feira (13).

Ao G1, na tarde desta sexta, os clientes garantiram que os problemas continuam e que não estão acessando a internet. A assessoria da empresa disse que vai solicitar que técnicos entrem em contanto com os clientes afetados pelo problema.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , ,

‘Sinal de chamada’ de celulares de clientes de voo que sumiu é ‘habitual’

O fato de os parentes dos passageiros do voo MH370, desaparecido desde sábado (8) na rota Kuala Lumpur-Pequim com 239 pessoas a bordo, alegarem ter completado ligações para os celulares de seus familiares aumentou a aura de mistério sobre o caso, mas pode não passar de uma peculiaridade técnica e “habitual” das redes de telefonia móvel.

O que acontece é que os celulares precisam trocar sinais com uma Estação Radio Base (ERB) para conseguir se comunicar entre si, explica ao G1 Carlos Nazareth, vice-diretor do Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), de Santa Rita do Sapucaí (MG).

Quando dois aparelhos estão tão distantes um do outro a ponto de não serem cobertos pela mesma estação, essa comunicação não é feita instantaneamente. Com isso, a ligação tem de “pular” de central em central telefônica até localizar a ERB correta. Nesse intervalo, para o usuário não ficar com o telefone mudo, o tom de chamada pode ser emitido.

Sendo assim, mesmo que o celular de quem tenha discado emita esses sinais de chamada, o que dá a entender que a ligação foi completada, pode ser que o outro aparelho nem esteja chamando ainda. Segundo o site “China.org.cn”, 19 famílias assinaram um comunicado afirmando que as ligações telefônicas para seus familiares chamaram.

VALE ESTE 2 - mapa avião desaparecido malásia (Foto: Arte/G1)

Nazareth conta que o celular manda “mensagenzinhas para a operadora, dizendo: ‘eu estou aqui'”. A informação é registrada pela ERB que cobre a região em que ele está. No caso de o usuário estar em roaming internacional, a operadora internacional informará a localização do assinante à sua operadora de origem.

Se após “pular” de central em central a ligação chegar até a última ERB em que o celular foi avistado e não conseguir localizá-lo, a chamada não é completada. Em uma ligação como essa, em que os tons de chamada tocam por um tempo, a impressão que fica é que a outra pessoa simplesmente não atendeu.

No entanto, os especialistas ouvidos pelo G1 não descartam totalmente a possibilidade de a chamada ter sido completada. Para Fabrício Lira Figueiredo, engenheiro de telecomunicações do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD), de Campinas (SP), a única hipótese nesse caso seria o telefone estar guardado em alguma bagagem e ter sobrevivido ao evento, além de estar dentro da área de cobertura de uma ERB.

“Imagine que ele está próximo à costa. Nesse caso, pode, sim, ter o sinal de uma torre de celular e receber a chamada”, diz.

O boeing 777-200, que ia da Malásia à China, foi visualizado pela última vez nas telas dos controladores de voo entre a localidade malaia de Kota Bharu e a ponta sul do Vietnã na madrugada de sábado (8). Depois de inicialmente focar as buscas no mar do Sul da China, a Malásia ampliou a operação de busca do avião para o Estreito de Malaca.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Garçonete emociona clientes com história e ganha gorjeta de R$ 14 mil

Uma garçonete de apenas 18 anos de Licoln, no estado de Nebraska (EUA), ganhou uma gorjeta bastante generosa de dois clientes misteriosos, que ficaram encantados com a história de vida – e simpatia – da moça.

A dupla entrou no “Cracker Barrel” e foi atendida por Abigail Sailors e, após fazer o pedido, perguntaram por que a moça estava tão feliz, de acordo com o jornal “JournalStar”.

Abigail Sailors recebeu gorjeta de R$ 14 mil após contar sua história para dois clientes em restaurante nos EUA (Foto: Reprodução/Facebook/Abigail Sailors )Abigail Sailors recebeu gorjeta de R$ 14 mil após contar sua história para dois clientes em restaurante nos EUA (Foto: Reprodução/Facebook/Abigail Sailors )

Enquanto servia os clientes, Abigail contou que ainda era um bebê quando seus pais sofreram um acidente de carro, deixando a mãe com sequelas permanentes. Após o fato, ela e a irmã foram deixadas com três famílias adotivas diferentes, que não tratavam bem as crianças.

No entanto, depois das experiências traumáticas, as meninas acabaram adotadas por John e Susi Sailors, que deram todo o carinho e atenção necessários, tornando-as parte da família. Abigail chegou até a adotar o sobrenome da família como o seu desde então. Ela disse que mantém contato com a mãe, que recebe tratamento em uma clínica, mas que não fala com o pai.

A garçonete contou também que se sentia grata por ter sido acolhida por pessoas tão boas, e que estava trabalhando para pagar seus estudos em psicologia, mas não teria dinheiro para custear o próximo semestre.

Depois de ouvirem a história e perguntarem diversas coisas, um dos homens fez dois cheques: um de US$ 5 mil em nome da instituição de ensino, e outro de US$ 1 mil para que a jovem usasse para outras despesas, totalizando US$ 6 mil (cerca de R$ 14 mil). Por fim, o cliente deixou mais US$ 100 de gorjeta, que Sailors dividiu com outra garçonete.

“Não conseguia acreditar. Tentei agradecer e eles disseram ‘agradeça a Deus’”, contou Abigail, que decidiu preservar o nome dos clientes.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Por promoção, clientes chegam a loja na Itália usando só roupas de baixo

Clientes chegam a loja em Turim usando só roupa de baixo para aproveitar promoção (Foto: Giorgio Perottino/Reuters)Clientes chegam a loja em Turim usando só roupa de baixo para aproveitar promoção (Foto: Giorgio Perottino/Reuters)

Em pleno inverno europeu, uma multidão de clientes chegou a uma loja em Turim, na Itália, usando apenas roupas de baixo na manhã deste sábado (4). 

Eles queriam aproveitar uma promoção da loja da rede “Desigual”, que, no primeiro dia das liquidações de inverno, prometeu dar duas peças de roupa de graça aos cem primeiros consumidores que viessem apenas de lingerie ou cueca.

Clientes chega a loja em Turim usando lingerie (Foto: Giorgio Perottino/Reuters)Cliente chega a loja em Turim usando lingerie (Foto: Giorgio Perottino/Reuters)Homem corre para ser um dos 100 primeiros a chegar de roupa de baixo a loja em Turim (Foto: Giorgio Perottino/Reuters)Homem corre para ser um dos 100 primeiros a chegar de roupa de baixo a loja em Turim (Foto: Giorgio Perottino/Reuters)

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 4 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,