RSS

Arquivo da tag: Carteira

Mt. Gox afirma ter encontrado 200 mil bitcoins em carteira ‘esquecida’

A casa de câmbio Mt. Gox afirmou nesta sexta-feira (21) que encontrou 200 mil bitcoins “esquecidas” no dia 7 de março, uma semana depois de a empresa japonesa de moeda virtual ter entrado com pedido de falência. Ela diz ter perdido todas as 850 mil bitcoins que possuía, avaliadas em US$ 500 milhões.

De acordo com a Mt. Gox, liderada pelo francês Mark Karpeles, o montante foi encontrado em uma carteira on-line, de formato antigo, que não era usada desde junho de 2011 e que se pensava que estava vazia. Após o pedido de falência, ela foi checada novamente.

A empresa disse ainda que moveu as 200 mil bitcoins de carteiras on-line para off-line entre os dias 14 e 15 de março “por medidas de segurança”. “Essas movimentações de bitcoins, incluindo a mudança na maneira como essas moedas são armazenadas, foram reportadas à corte e a supervisores por conselhos”.

Muitos dos 127 mil credores da Mt. Gox, que temem ter perdido seus investimentos após a casa de câmbio pedir recuperação judicial, estão céticos em relação ao que a empresa disse que aconteceu com as bitcoins que perdeu. No pedido de falência, a Mt. Gox afirmou também que US$ 28 milhões estavam “faltando” de suas contas bancárias japonesas.

Bitcoins são compradas e vendidas por redes ponto a ponto que são independentes de um controle central. O valor da moeda digital disparou no ano passado e o total de valor é estimado hoje em cerca de US$ 7 bilhões.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Ladra é presa ao deixar carteira de motorista no local do roubo nos EUA

Breanna tentou roubar cinco tablets após escondê-lo na bolsa (Foto: Ocala Police Department/Divulgação)Breanna tentou roubar cinco tablets após escondê-lo
na bolsa (Foto: Ocala Police Department/Divulgação)

Uma jovem de 24 anos se deu mal na última sexta-feira ao tentar roubar produtos em uma loja do Walmart em Ocala, no estado da Flórida (EUA).

Breanna La’Tedra Salmon foi presa depois que esqueceu na loja sua carteira de motorista e celular.

Segundo as autoridades, a mulher tentou roubar cinco tablets após escondê-lo na bolsa. Ao tentar sair da loja, ela foi parada por seguranças, mas conseguiu fugir.

No entanto, como deixou para trás sua carteira de motorista, os policiais não tiveram trabalho para prendê-lo horas depois.

View the original article here

 
1 comentário

Publicado por em 3 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Jovem encontra carteira perdida há quase 30 anos em parque nos EUA

Ian Stankiewicz encontrou carteira que havia sido perdida há quase 30 anos (Foto: Reprodução/Facebook/Ian Stankiewicz)Ian Stankiewicz encontrou carteira que havia sido
perdida há quase 30 anos em parque nos EUA
(Foto: Reprodução/Facebook/Ian Stankiewicz)

Um jovem de 21 anos encontrou uma carteira no parque Eisenhower em Milford, no estado de Connecticut (EUA), que pertencia a uma senhora chamada Doris H. Coulombe, que havia sido perdida há quase 30 anos.

De acordo com o jornal “Huffington Post”, Ian Stankiewicz achou o objeto em um brejo seco e, dentro da carteira, havia fotos, identidade, a carteira de habilitação de Doris e cartões de crédito, todos com a validade vencida em 1987.

Ian afirmou que a carteira foi encontrada “a 15 minutos” de onde a mulher viveu durante toda a vida com o marido.

Após conseguir entrar em contato com a família para devolver o bem, o rapaz descobriu que a senhora havia falecido em 2012 com 95 anos de idade.

“Parece que Doris estava visitando o túmulo do marido quando alguém quebrou a janela do seu carro e roubou sua bolsa. Ela até perseguiu os ladrões pela rua!”, relatou Stankiewicz.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

‘Vovô’ vestido de mulher e com ‘carteira cheia’ é preso ao roubar loja

Um senhor de 80 anos vestido de mulher foi preso em uma loja na cidade de Ocala, na Flórida, após ser flagrado pelo segurança roubando itens do estabelecimento, mesmo tendo quase 10 vezes o valor da mercadoria roubada em sua carteira.

Ainda de batom, Manuel Rodriguez foi fichado na prisão após roubar mercadorias de uma loja, mesmo tendo dinheiro para pagá-las (Foto: Divulgação/Marion County Jail)Ainda de batom, Manuel Rodriguez foi fichado na prisão após roubar mercadorias de uma loja, mesmo tendo dinheiro para pagá-las (Foto: Divulgação/Marion County Jail)

Manuel Rodriguez entrou em uma unidade do Walmart e, vestido com roupas de mulheres e com maquiagem carregada, incluindo batom vermelho e blush, o senhor começou a arrancar as etiquetas das mercadorias e colocar dentro de uma bolsa, que também era roubada, de acordo com o jornal “Orlando Sentinel”.

O segurança percebeu a ação do homem e o flagrou na saída da loja, chamando a polícia logo em seguida. Rodriguez tinha mais de US$ 800 dólares na carteira mas, mesmo assim, tentou roubar US$ 87 em produtos.

Quando perguntado por que teria tentado sair da loja sem pagar, mesmo tendo dinheiro suficiente, ele não soube explicar. Manuel foi acusado de roubo e levado para a cadeia do condado de Marion.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Samsung lança “carteira digital” muito parecida com o Passbook da Apple

Novo serviço Wallet da fabricante sul-coreana traz funcionalidades e visual parecido com ferramenta lançada em 2012 para iPhone. A Samsung está criando seu próprio serviço de pagamento Wallet que permitirá aos usuários armazenarem ingressos, passagens, cupons, e cartões de clubes e afins nos seus smartphones.

Se isso parece familiar, é porque a Apple já fornece esse tipo de serviço no iPhone com uma ferramenta chamada Passbook. A versão da fabricante sul-coreana é bastante familiar – há até uma pilha de tíquetes multicoloridos no ícone do app – e se comporta da mesma maneira. Os usuários poderão acessar seus passes a qualquer momento, e também receberão notificações baseadas no horário e na localização deles para determinados itens. Por exemplo, os donos dos smartphones podem receber lembretes de sacarem suas “carteiras digitais” quando chegarem ao aeroporto.

E como no Passbook, da Apple, os desenvolvedores precisarão criar a funcionalidade Samsung Wallet em seus aplicativos – a empresa está listando Walgreens, Belly, Major League Baseball Advanced Media, Expedia, Booking.com, Hotels.com e Lufthansa como parceiros de lançamento. A Samsung na verdade ainda não lançou o serviço, mas está oferecendo ferramentas para os desenvolvedores que quiserem embarcar na novidade.

passbookicon01.png

Ícone do Passbook, muito parecido com o novo Samsung Wallet (no alto da página)

Google fica para trás

Presumindo que muitos desenvolvedores participem do Wallet, os esforços da Samsung devem ser apreciados por milhões de donos de aparelhos Galaxy. O ponto negativo disso é que o serviço da Samsung só vai criar mais dores de cabeça por conta de fragmentação para o Android como um todo. Segundo o The Verge, o Wallet não terá suporte para recursos NFC (Near-filed communications), mesmo com uma parceria recente anunciada entre Samsung e Visa para recursos do tipo “toque para pagar” em futuros smartphones. A Samsung disse que os comerciantes preferem fazer scan de códigos de barras, em vez disso, porque não exige nenhum infraestrutura nova.

O Google já disse anteriormente que gostaria de oferecer um serviço do tipo Passbook como parte do Google Wallet, mas até agora a gigante de buscas não anunciou nada nesse sentido. E apesar de o Google Now poder trazer bilhetes de embarque com base em localização, o serviço atualmente não está conectado a cartões de desconto, ingressos ou cupons.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Carteira virtual Instawallet para armazenar bitcoins é atacada

O serviço online de armazenamento da moeda digital bitcoins teve seu banco de dados de clientes atacado por hackers

O Instawallet, serviço de armazenamento online para a moeda virtual bitcoin, comunicou ao mercado que teve seu banco de dados de clientes invadido e que vai reembolsar clientes  que tiverem seus bitcoins roubados. O serviço não informou no comunicado quantos bitcoins foram roubados.

A moeda virtual teve um salto de valorização nos últimos meses e na quarta-feira passada (03/04) a cotação chegou a atingir o valor de 140 dólares por bitcoin. A Instawallet disse que nos próximos dias vai começar a aceitar pedidos de reembolso das carteiras individuais. Carteiras com até 50 bitcoins serão reembolsadas. Segundo a maior casa de câmbio mundial de bitcoins, a Mt. Gox, que fica no Japão, 50 bitcoins valiam nesta manhã cerca de 6 mil dólares.

Pedidos de reembolsos para somas maiores, segundo a Instawallet, serão revisados caso a caso. A Instawallet anunciou que seu serviço está “suspenso indefinidamente” até que ela possa desenvolver uma arquitetura alternativa. A empresa, aparentemente, tinha criado uma URL secreta que permita a seus clientes acessar suas contas sem login ou senha.

Bitcoin é uma moeda virtual que utiliza um sistema de peer-to-peer para confirmar transações entre indivíduos ou empresas utilizando uma chave pública de encriptação. O método para confirmar transações é altamente seguro, mas é possível roubar bitcoins se algum hackers conseguir acesso a uma chave privada para bitcoin que autorize uma transação. Desse modo, o serviço de armazenagem segura de bitcoins continua a ser um desafio.

Outras casas de câmbio para bitcoins e também os chamados serviços de carteira digital, como BitFloor, Mt. Gox e Bitcoinica, já sofreram outros ataques de hackers. As transações com bitcoin – incluindo aquelas classificadas como roubo – são anotadas num livro-caixa que está aberto para consulta por qualquer pessoa. O livro-caixa contém os “endereços” dos bitcoins usados nas transações.

É possível acompanhar as moedas roubadas mudarem de endereços virtualmente, mas as identidades das pessoas por trás desses endereços é desconhecida do público. Uma transação com bitcoin é irreversível, a menos que o recebedor das moedas decida devolver para o remetente.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,