RSS

Arquivo da tag: capital

Suposto incêndio criminoso deixa parte da capital venezuelana sem luz

Um suposto incêndio criminoso no maciço montanhoso que separa Caracas do Mar Caribe afetou o serviço elétrico e de transporte subterrâneo em diversas zonas da capital venezuelana, Caracas, informaram nesta terça-feira (25) fontes oficiais.

“O incêndio no Parque Nacional Waraira Repano (o antigo Ávila) afetou as linhas 1 e 2 do sistema elétrico Tacoa-Boyacá” e deixou sem abastecimento as regiões de La Candelaria, San Bernardino, San Agostinho, Sabana Grande e El Bosque, no norte da cidade, precisou o ministro da Energia Elétrica, Jesse Chacón.

Já o ministro de Ambiente, Miguel Rodríguez, assegurou ontem à noite à emissora estatal ‘VTV’ que o incêndio tinha sido “um ato provocado” com fins políticos, embora tenha evitado a especificar sua acusação.

Segundo Rodríguez, as chamas consumiram na segunda-feira (24) à noite cerca de 25 hectares de terra, enquanto as brigadas terrestres trabalham em sua extinção e a Guarda Nacional (polícia militar) aguarda para atuar com helicópteros.

O ministro de Energia Elétrica da Venezuela afirmou que o fornecimento de energia será estabilizado antes do entardecer, quando, segundo ele, os funcionários dos corpos de Bombeiros, Defesa Civil e da estatal Corporação Elétrica (Corpoelec) já terão controlado as chamas.

O ministro venezuelano de Transporte, Haiman El Troudi, revelou que o serviço do Metrô de Caracas ‘apresentou problemas’ em decorrência do incêndio e das conseguintes falhas, ‘o que impediu sua abertura no horário habitual’ (05h30 locais).

Troldi acrescentou que o incêndio ‘foi provocado intencionalmente para gerar falhas e paralisações dos serviços’ elétrico e de transporte subterrâneo, embora também não tenha oferecido mais detalhes.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Militantes atacam hotel na capital afegã; polícia mata quatro

Homens armados do Talibã atacaram um hotel de luxo nesta quinta-feira (20) no centro da capital afegã, Cabul. Segundo a polícia, quatro dos agressores foram mortos em um tiroteio com as forças de segurança afegãs.

O porta-voz do Ministério do Interior, Sediq Sediqqi, declarou que todos os invasores foram mortos e as forças de segurança controlam o hotel Serena. Ele disse não estar ciente de nenhuma morte entre os funcionários ou hóspedes, mas afirmou que estavam sendo feitas averiguações e as forças especiais afegãs estavam no local. O Serena é um dos hoteis mais seguros da capital afegã. É lá que ficam hospedados funcionários da ONU e delegações estrangeiras.

O porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, assumiu a responsabilidade pelo ataque e disse que os militantes tinham disparado contra os estrangeiros e afegãos em uma comemoração do ano novo afegão.

“Homens-bomba entraram no Serena Hotel, houve uma batalha, os inimigos sofreram pesadas baixas”, disse ele em uma mensagem de texto.

Sua informação não pôde ser imediatamente verificada e ninguém com quem a reportagem da agência Reuters conversou disse ter ouvido explosões.

Fontes do setor de segurança afirmaram que atiradores armados com pistolas entraram no hotel por uma porta dos fundos. Duas pessoas ficaram feridas, disseram. Não foram dados detalhes sobre a nacionalidade dos feridos.

Uma pessoa que foi levada para local seguro com outros hóspedes afirmou que o tiroteio parecia ter começado no restaurante do hotel.

Em 2008, um atentado de um homem-bomba ao hotel deixou seis mortos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Dois foguetes explodem em pista de aeroporto da capital líbia

Dois foguetes explodiram na madrugada desta sexta-feira (21) em uma pista de pouso do aeroporto de Trípoli, provocando danos e a suspensão dos voos, informaram fontes aeroportuárias.

“Dois foguetes explodiram na pista principal do aeroporto, provocando danos. Por razões de segurança, os voos foram suspensos até nova ordem”, indicou esta fonte, que pediu o anonimato.

A origem dos foguetes ainda é desconhecida.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Homens armados atacam hotel de luxo na capital afegã

Homens armados atacaram um hotel nesta quinta-feira (20) no centro da capital afegã, Cabul, disse a polícia à agência de notícias Reuters. A escala do ataque e o número de vítimas ainda é incerto. Segundo as forças de segurança, dois ou três homens entraram no hotel Serena pela porta dos fundos e deixaram dois feridos.

Uma hóspede que foi retirada do hotel em segurança disse que o tiroteio parecia ocorre no restaurante. Outro hóspede, trancado em seu quarto, disse que ouviu tiros sendo disparados.

O hotel foi atacado por um homem bomba em 2008, deixando seis mortos. Desde então, o local aprimorou sua segurança e hoje é considerado o lugar mais seguro para se hospedar em Cabul – e é onde estão muitos funcionários da ONU e delegações estrangeiras que chegaram para monitorar a eleição do próximo mês.

Na manhã desta quinta-feira, o Talibã atacou uma delegacia no sul da cidade de Jalalabad, com vários homens bomba e atiradores. Ao menos 11 pesssoas morreram.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Hienas atacam moradores de rua na capital da Etiópia

Hienas urbanas que atacam moradores de rua estão se tornando um problema sério para as autoridades da capital da Etiópia, Adis-Abeba. Os animais são comuns nos morros ao redor da cidade, mas nos últimos anos eles vêm se mudando para as regiões residenciais.

Em alguns casos, as hienas contribuem para manter um certo equilíbrio na capital, reduzindo a população de gatos selvagens e cães vadios. Elas também ajudam a ‘limpar’ as ruas, se alimentando da carcaça de cavalos e outros animais.

Mas a população de hienas tem saído do controle das autoridades locais. Hoje ela está estimada entre 300 e mil.

Hienas atacam moradores de rua na capital da Etiópia. (Foto: BBC)Hienas atacam moradores de rua na capital da Etiópia. (Foto: BBC)

O governo etíope diz que as hienas são perigosas. Em 2011, os administradores do aeroporto da cidade contrataram caçadores para matar hienas que invadiam as pistas aéreas durante pousos e decolagens.

Moradores próximos ao cemitério Ketchene também reclamaram de hienas que cavaram buracos no local e se alimentaram dos restos de pessoas mortas enterradas lá.

As hienas costumam caçar em bandos. Um guarda noturno da Embaixada britânica na Etiópia disse ter visto uma fila de 40 hienas caçando nas redondezas.

A principal ameaça é aos moradores de ruas. Um voluntário em um posto de saúde disse que algumas vezes ao mês ele atende pessoas sem-teto que tiveram dedos arrancados por hienas.

Um morador de rua chegou à clínica com seu couro cabeludo parcialmente arrancado por um dos animais. No ano passado, uma mulher que morava próximo à igreja St. Stephanos e a um hotel da cadeia Hilton perdeu o filho. O bebê foi arrancado de seus braços por hienas.

Em dezembro, as autoridades de Adis-Abeba organizaram um abate. Dez caçadores licençiados mataram dez hienas que estavam vivendo em um terreno baldio no coração da cidade.

Meia dúzia de tocas também foram detectadas perto do centro da cidade.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Protesto antigoverno reúne milhares no centro da capital da Ucrânia

Manifestantes antigoverno protestam neste domingo (9) em Kiev, na Ucrânia (Foto: Sergei Supinsky/AFP)Manifestantes antigoverno protestam neste domingo (9) em Kiev, na Ucrânia (Foto: Sergei Supinsky/AFP)

Cerca de 70 mil opositores ucranianos se reuniram ao meio-dia deste domingo (9)  na praça da Independência de Kiev.

O militante torturado Dimytro Bulatov, que está sendo tratado na Lituânia, se dirigiu por telefone aos manifestantes através dos potentes alto-falantes da praça.

“Não temos a intenção de nos render. Iremos mais longe”, disse, acrescentando que falava de um hospital. Os manifestantes responderam com aplausos.

O número de manifestantes era comparável ao de um ato similar convocado na semana passada, mas inferior à multidão que foi vista durante os grandes protestos de novembro, dezembro e janeiro.

A Ucrânia atravessa a crise política mais longa de sua história, e o centro da capital está ocupado há 80 dias por manifestantes e cercado de barricadas. A oposição pede a saída do presidente Viktor Yanukovitch.

Outros dois opositores que foram vítimas de violência, entre eles a jornalista Tetiana Chornovol, se dirigiram aos presentes no início desta manifestação.

Igor Lutsenko, sequestrado e espancado junto com outro opositor que foi encontrado morto, disse que “os sequestros e torturas não deram resultados. Chornovol, eu mesmo e Bulatov não nos renderemos”, disse.

Alerta antiterrorismo
O serviço de segurança estatal da Ucrânia elevou o alerta antiterrorismo, por conta de “ameaças não-específicas” contra instalações sensíveis, como estações de energia atômica, aeroportos, rodoviárias, estações ferroviárias e oleodutos e gasodutos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Violência deixa dezenas de mortos na capital da República Centro-Africana

A Cruz Vermelha recolheu “30 mortos e 60 feridos” nos últimos três dias nas ruas de Bangui, a capital da República Centro-Africana, declarou nesta sexta-feira em uma coletiva de imprensa um responsável da organização de caridade.

O chefe da delegação do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR), Georgios Georgantas, disse estar extremamente preocupado pela deterioração da situação em Bangui e afirmou que o nível da violência não tinha precedentes.

Georgantas pede que as autoridades centro-africanas e a força internacional “assumam suas responsabilidades” e que a população civil “respeite o emblema da Cruz Vermelha e os funcionários”.

“Quando cruzamos postos de controle para retirar os feridos, todas as vezes precisamos de longas e árduas negociações para avançar. Isto coloca em risco a vida dos feridos e gera muito estresse para os funcionários”, declarou.

O número de vítimas pode ser ainda mais alto, já que em Bangui muitas famílias enterram elas mesmas seus mortos ou não podem transferir os feridos a centros de saúde devido à insegurança que reina em alguns bairros.

A República Centro-Africana está afundada no caos desde março de 2013, quando os combatentes do Seleka derrubaram o presidente François Bozizé. A violência tomou um aspecto sectário entre cristãos (80% da população) e muçulmanos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,