RSS

Arquivo da tag: bloqueio

Presidente turco denuncia bloqueio do Twitter pelo governo

O presidente turco, Abdullah Gul, enviou nesta sexta-feira (21) uma mensagem no Twitter denunciando o bloqueio durante a noite desta rede social por parte do governo islamita conservador do primeiro-ministro, Recep Tayip Erdogan, atingido por um escândalo de corrupção.

“Não podemos aprovar um bloqueio total de uma plataforma de redes sociais (…) Espero que esta situação não dure muito tempo”, escreveu o presidente.

A Turquia bloqueou, na noite de quinta-feira (20), o acesso ao Twitter, algumas horas após Erdogan ameaçar proibir a rede social, havia informado o jornal local Hurriyet.

“Nós vamos bloquear o Twitter. Não estou nem aí para o que a comunidade internacional vai dizer”, afirmou Erdogan diante de milhares de simpatizantes durante um comício realizado a 10 dias das eleições municipais, previstas para o próximo dia 30 de março.

“Eles verão a força da Turquia”, provocou.

O Twitter reagiu imediatamente e explicou que os turcos podem driblar o bloqueio enviando mensagens através de seus smartphones.

“Usuários da Turquia podem enviar tweets usando os SMS. Avea e Vodafone texto Start para 2444. Turkcell texto Start ao 2555”, publicou nesta quinta-feira a rede social em turco e em inglês no perfil oficial de sua equipe de política pública global (@policy).

Em Bruxelas, a comissária europeia para Novas Tecnologias, Neelie Kroes, afirmou que a “proibição do Twitter na Turquia não tem fundamento, é inútil e covarde”, e tanto o povo turco quanto a comunidade internacional a verão como “censura”.

Há três semanas, Erdogan virou alvo de investigações após a divulgação, nas redes sociais, de gravações de conversas telefônicas grampeadas.

As escutas, que o chefe do governo havia inicialmente classificado de ‘montagens’, antes de reconhecer a veracidade de algumas, provocaram a ira da oposição e causaram diversas manifestações nas maiores cidades do país, todas pedindo sua renúncia.

A partir de meados de dezembro, o premiê, que governa a Turquia desde 2002, está envolvido em escândalos de corrupção relacionados a desvios de dinheiro.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Estados Unidos criticam bloqueio do Twitter na Turquia

O Departamento de Estado americano denunciou nesta sexta-feira (21) o bloqueio ao Twitter ordenado pelo primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, e declarou que a decisão é “contrária ao desejo da Turquia de ser um modelo de democracia”.

“Os Estados Unidos apoiam a liberdade de expressão na Turquia e rejeitam qualquer ação que infrinja o direito de liberdade de expressão”, disse a porta-voz da pasta, Jen Psaki, aos jornalistas.

“Pedimos ao governo turco que desbloqueie o acesso de seus cidadãos ao Twitter e garanta o livre acesso a todas as plataformas de redes sociais”, acrescentou.

Por instruções do governo, as autoridades turcas das Telecomunicações proibiram o acesso à rede social na quinta-feira (20) à noite. A oposição tem usado o microblog para divulgar registros de conversas por telefone grampeadas e que envolvem Erdogan em um enorme escândalo de corrupção.

Funcionários americanos, entre eles o embaixador dos Estados Unidos na Turquia, vêm trabalhando no assunto, revelou Psaki. “Nós temos de expressar nossa preocupação por esses canais”, frisou.

“Os governos democráticos têm de aceitar ouvir as vozes que estão em desacordo com eles”, insistiu a porta-voz.

“Que os meios independentes se manifestem sem travas constitui um elemento essencial das sociedades abertas e democráticas”, defendeu.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Presidente turco denuncia bloqueio do Twitter pelo governo

O presidente turco, Abdullah Gul, enviou nesta sexta-feira (21) uma mensagem no Twitter denunciando o bloqueio durante a noite desta rede social por parte do governo islamita conservador do primeiro-ministro, Recep Tayip Erdogan, atingido por um escândalo de corrupção.

“Não podemos aprovar um bloqueio total de uma plataforma de redes sociais (…) Espero que esta situação não dure muito tempo”, escreveu o presidente.

A Turquia bloqueou, na noite de quinta-feira (20), o acesso ao Twitter, algumas horas após Erdogan ameaçar proibir a rede social, havia informado o jornal local Hurriyet.

“Nós vamos bloquear o Twitter. Não estou nem aí para o que a comunidade internacional vai dizer”, afirmou Erdogan diante de milhares de simpatizantes durante um comício realizado a 10 dias das eleições municipais, previstas para o próximo dia 30 de março.

“Eles verão a força da Turquia”, provocou.

O Twitter reagiu imediatamente e explicou que os turcos podem driblar o bloqueio enviando mensagens através de seus smartphones.

“Usuários da Turquia podem enviar tweets usando os SMS. Avea e Vodafone texto Start para 2444. Turkcell texto Start ao 2555”, publicou nesta quinta-feira a rede social em turco e em inglês no perfil oficial de sua equipe de política pública global (@policy).

Em Bruxelas, a comissária europeia para Novas Tecnologias, Neelie Kroes, afirmou que a “proibição do Twitter na Turquia não tem fundamento, é inútil e covarde”, e tanto o povo turco quanto a comunidade internacional a verão como “censura”.

Há três semanas, Erdogan virou alvo de investigações após a divulgação, nas redes sociais, de gravações de conversas telefônicas grampeadas.

As escutas, que o chefe do governo havia inicialmente classificado de ‘montagens’, antes de reconhecer a veracidade de algumas, provocaram a ira da oposição e causaram diversas manifestações nas maiores cidades do país, todas pedindo sua renúncia.

A partir de meados de dezembro, o premiê, que governa a Turquia desde 2002, está envolvido em escândalos de corrupção relacionados a desvios de dinheiro.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Twitter analisa possível bloqueio na Turquia após promessa de premiê

A empresa Twitter disse nesta quinta-feira (20) que está analisando denúncias de que seu serviço foi bloqueado na Turquia. O Twitter publicou uma mensagem aconselhando usuários turcos a enviar tweets usando mensagens por telefones celulares. O possível bloqueio ocorre horas depois que o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, prometeu em um comício eleitoral ‘erradicar’ esta rede social.

Erdogan disse não se importar com uma reação internacional, em sua mais nova explosão emocional em uma campanha eleitoral cada vez mais amarga.

A campanha para as eleições locais de 30 de março foram marcadas por explosões de raiva, ameaças e teorias da conspiração. Erdogan enfrenta um escândalo de corrupção que diz ser orquestrado por seus inimigos, e as informações estão sendo vazadas principalmente via Twitter e YouTube. “Twitter… Vamos varrer tudo isso do mapa”, disse ele.

“A comunidade internacional pode dizer isso ou aquilo. Não me importo. Todos verão quão poderosa é a República da Turquia”, disse em seu característico tom inflexível.

Duas semanas atrás, Erdogan disse que a Turquia poderia banir o Facebook e o YouTube que, segundo ele, têm sido usados por seus inimigos, depois que gravações revelando corrupção de seus colaboradores foram publicadas on-line.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Twitter oferece alternativa a usuários turcos para bloqueio do governo

O Twitter ofereceu a seus usuários na Turquia códigos para que possam seguir enviando seus comentários através das mensagens de texto do celular depois que a direção de telecomunicações desse país tenha bloqueado o acesso à rede social.

“Usuários da Turquia podem enviar tweets usando os SMS. Avea e Vodafone texto Start para 2444. Turkcell texto Start ao 2555”, publicou nesta quinta-feira a rede social em turco e em inglês no perfil oficial de sua equipe de política pública global (@policy).

Contatados por vários meios de comunicação após a notícia da proibição do Twitter na Turquia, os porta-vozes do gigante tecnológico se limitaram a comentar que estão “investigando” o que ocorreu.

A direção de telecomunicações da Turquia bloqueou nesta quinta-feira o acesso ao Twitter, horas depois que o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, prometeu em um comício eleitoral “erradicar” esta rede social.

O bloqueio foi efetivado à meia-noite local (19h de Brasília), como pôde comprovar a Agência Efe, e foi comentado imediatamente na própria rede sob a hastag #TwitterisblockedinTurkey.

No entanto, era ainda possível evitar o bloqueio mediante o uso de ferramentas de anonimato na conexão à internet.

O site oficial da direção de telecomunicações destacou que o Twitter estava bloqueado por ordem do Ministério Público de Istambul com data de hoje.

Erdogan tinha prometido em um comício eleitoral, realizado hoje em Bursa, que “arrancaria da raiz” o Twitter, sem importar-se com a opinião da comunidade internacional.

Horas mais tarde, o escritório do primeiro-ministro assinalou em comunicado, recolhido pela emissora “NTV”, que tal medida seria tomada como “último recurso”, se a rede social seguisse sem fazer caso a “decisões judiciais” turcas e se negasse a eliminar determinados links.

No último mês, várias gravações com supostas conversas telefônicas entre Erdogan e seu círculo, que na opinião da oposição turca demonstram a corrupção nas esferas governamentais, foram divulgadas pelo Twitter.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Twitter analisa possível bloqueio na Turquia após promessa de premiê

A empresa Twitter disse nesta quinta-feira (20) que está analisando denúncias de que seu serviço foi bloqueado na Turquia. O Twitter publicou uma mensagem aconselhando usuários turcos a enviar tweets usando mensagens por telefones celulares. O possível bloqueio ocorre horas depois que o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, prometeu em um comício eleitoral ‘erradicar’ esta rede social.

Erdogan disse não se importar com uma reação internacional, em sua mais nova explosão emocional em uma campanha eleitoral cada vez mais amarga.

A campanha para as eleições locais de 30 de março foram marcadas por explosões de raiva, ameaças e teorias da conspiração. Erdogan enfrenta um escândalo de corrupção que diz ser orquestrado por seus inimigos, e as informações estão sendo vazadas principalmente via Twitter e YouTube. “Twitter… Vamos varrer tudo isso do mapa”, disse ele.

“A comunidade internacional pode dizer isso ou aquilo. Não me importo. Todos verão quão poderosa é a República da Turquia”, disse em seu característico tom inflexível.

Duas semanas atrás, Erdogan disse que a Turquia poderia banir o Facebook e o YouTube que, segundo ele, têm sido usados por seus inimigos, depois que gravações revelando corrupção de seus colaboradores foram publicadas on-line.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Twitter oferece alternativa a usuários turcos para bloqueio do governo

O Twitter ofereceu a seus usuários na Turquia códigos para que possam seguir enviando seus comentários através das mensagens de texto do celular depois que a direção de telecomunicações desse país tenha bloqueado o acesso à rede social.

“Usuários da Turquia podem enviar tweets usando os SMS. Avea e Vodafone texto Start para 2444. Turkcell texto Start ao 2555”, publicou nesta quinta-feira a rede social em turco e em inglês no perfil oficial de sua equipe de política pública global (@policy).

Contatados por vários meios de comunicação após a notícia da proibição do Twitter na Turquia, os porta-vozes do gigante tecnológico se limitaram a comentar que estão “investigando” o que ocorreu.

A direção de telecomunicações da Turquia bloqueou nesta quinta-feira o acesso ao Twitter, horas depois que o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, prometeu em um comício eleitoral “erradicar” esta rede social.

O bloqueio foi efetivado à meia-noite local (19h de Brasília), como pôde comprovar a Agência Efe, e foi comentado imediatamente na própria rede sob a hastag #TwitterisblockedinTurkey.

No entanto, era ainda possível evitar o bloqueio mediante o uso de ferramentas de anonimato na conexão à internet.

O site oficial da direção de telecomunicações destacou que o Twitter estava bloqueado por ordem do Ministério Público de Istambul com data de hoje.

Erdogan tinha prometido em um comício eleitoral, realizado hoje em Bursa, que “arrancaria da raiz” o Twitter, sem importar-se com a opinião da comunidade internacional.

Horas mais tarde, o escritório do primeiro-ministro assinalou em comunicado, recolhido pela emissora “NTV”, que tal medida seria tomada como “último recurso”, se a rede social seguisse sem fazer caso a “decisões judiciais” turcas e se negasse a eliminar determinados links.

No último mês, várias gravações com supostas conversas telefônicas entre Erdogan e seu círculo, que na opinião da oposição turca demonstram a corrupção nas esferas governamentais, foram divulgadas pelo Twitter.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,