RSS

Arquivo da tag: bloqueia

Tailândia bloqueia Facebook para evitar críticas sobre golpe

O Ministério da Tecnologia da Informação da Tailândia bloqueou nesta quarta-feira (28) o acesso ao Facebook no país, e informou que planeja conversar com outras redes sociais para evitar protestos contra o golpe no país, informou um oficial da pasta.

“Nós bloqueamos temporariamente o Facebook e amanhã vamos marcar uma reunião com outras redes sociais, como Twitter e Instagram, para pedir cooperação”, disse Surachai Srisaracam, secretário do ministério, à Reuters.

“Está em andamento agora uma campanha para incentivar as pessoas a realizar protestos contra o Exército, por isso precisamos pedir cooperação da mídia social para nos ajudar a deter a disseminação de mensagens críticas ao golpe”, disse ele.

A mídia impressa e televisiva já foi instruída a se abster de críticas ao novo governo e ao golpe ocorrido no dia 22 de maio.

Em Bangcoc, alguns usuários da rede social relataram conseguir acessar normalmente o Facebook, enquanto outros tiveram o acesso bloqueado.

A junta militar que governa a Tailândia também bloqueou 219 sites sob a alegação de que os portais são uma ameaça para a segurança nacional.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Tailândia bloqueia Facebook para evitar críticas sobre golpe

O Ministério da Tecnologia da Informação da Tailândia bloqueou nesta quarta-feira (28) o acesso ao Facebook no país, e informou que planeja conversar com outras redes sociais para evitar protestos contra o golpe no país, informou um oficial da pasta.

“Nós bloqueamos temporariamente o Facebook e amanhã vamos marcar uma reunião com outras redes sociais, como Twitter e Instagram, para pedir cooperação”, disse Surachai Srisaracam, secretário do ministério, à Reuters.

“Está em andamento agora uma campanha para incentivar as pessoas a realizar protestos contra o Exército, por isso precisamos pedir cooperação da mídia social para nos ajudar a deter a disseminação de mensagens críticas ao golpe”, disse ele.

A mídia impressa e televisiva já foi instruída a se abster de críticas ao novo governo e ao golpe ocorrido no dia 22 de maio.

Em Bangcoc, alguns usuários da rede social relataram conseguir acessar normalmente o Facebook, enquanto outros tiveram o acesso bloqueado.

A junta militar que governa a Tailândia também bloqueou 219 sites sob a alegação de que os portais são uma ameaça para a segurança nacional.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Motorista bloqueia celulares de carros ao redor e pode ser multado

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Motorista pode ser multado em mais de R$ 100 mil por usar bloqueador de celular portátil no carro (Foto: Reprodução/cellphonejammers)Motorista pode ser multado em mais de R$ 100 mil
por usar bloqueador de celular portátil no carro
(Foto ilustrativa: Reprodução/cellphonejammers)

Um motorista de Tampa, na Flórida (EUA), pode ser multado em mais de R$ 100 mil após ser flagrado dirigindo com um bloqueador de celular para impedir que outros motoristas usassem seus aparelhos enquanto estivessem guiando seus carros.

A Comissão Federal de Comunicações (FCC, em inglês) emitiu um relatório afirmando que Jason R. Humphreys foi pego com o equipamento ilegal, depois que uma operadora fez uma denúncia a respeito de problemas de sinal em determinadas regiões da cidade em horários específicos.

Como a utilização de bloqueadores é ilegal, oficiais realizaram uma operação e encontraram o equipamento portátil que estava emitindo as ondas, escondido no carro de Jason.

O americano alegou que utilizava há pelo menos dois anos, e que fazia isso para impedir que motoristas ao seu redor utilizassem o celular enquanto dirigiam, para supostamente evitar acidentes.

A FCC explicou que os bloqueadores não são permitidos pois podem interferir na infraestrutura de comunicações importantes, como chamadas de emergência.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Greenpeace bloqueia petroleiro russo na Holanda; 30 ativistas detidos

Imagem disponibilizada pela ONG Greenpeace mostra ambientalista em parapente com faixa escrita "Não ao óleo ártico". Abaixo, é possível ver o cerco de embarcações da ONG ao navio russo com carga de petróleo extraída da região polar (Foto: Ruben Neugebauer, Greenpeace/AP)Imagem disponibilizada pela ONG Greenpeace mostra ambientalista em parapente com faixa escrita “Não ao óleo ártico”. Abaixo, é possível ver o cerco de embarcações da ONG ao navio russo com carga de petróleo extraída da região polar (Foto: Ruben Neugebauer, Greenpeace/AP)

Trinta ativistas do Greenpeace, incluindo o capitão da embarcação “Rainbow Warrior”, foram detidos nesta quinta-feira (1º) no porto holandês de Roterdã quando tentavam impedir um navio-tanque russo de entregar petróleo extraído no Ártico. “O capitão foi detido e o barco está sendo levado a outro local”, disse Roland Eckers, um porta-voz da polícia holandesa.

Alguns ativistas haviam saltado uma cerca para impedir a passagem do navio, enquanto outros se posicionaram a bordo de pequenos barcos, entre o cais e o navio “Mikhail Ulianov”, para evitar que ele atracasse. “Vários ativistas foram presos, cerca de 30”, disse o porta-voz.

O capitão foi o único a bordo do “Rainbow Warrior” a ser detido, e o petroleiro, que transporta a primeira carga de petróleo extraída em alto mar do Ártico, conseguiu finalmente ancorar sem problemas, acrescentou.

O ativista Willem Wiskerke tuitou a partir do “Rainbow Warrior” que a polícia havia detido brevemente a tripulação no refeitório do barco.

O “Mikhail Ulianov” transportava uma carga procedente da plataforma ártica Prirazlomnaya, contra a qual estava dirigida a ação do Greenpeace de setembro.

Esta carga foi comprada pelo grupo francês Total, acusado pelo Greenpeace de hipocrisia, já que seu presidente, Christophe de Margerie, afirmou em 2012 que não exploraria a região devido a sua fragilidade.

Contra a exploração no Ártico

Outra imagem disponibilizada pela ONG mostra bote com ativistas ao lado do navio Mikhail Ulyanov, que transporta óleo retirado da região do Ártico e que atracaria no porto de Roterdã, na Holanda (Foto: Marten van Dijl/Greenpeace/AP)Outra imagem disponibilizada pela ONG mostra bote com ativistas ao lado do navio Mikhail Ulyanov, que transporta óleo retirado da região do Ártico e que atracaria no porto de Roterdã, na Holanda (Foto: Marten van Dijl/Greenpeace/AP)

Com esta ação, o Greenpeace protesta contra a exploração de hidrocarbonetos no Ártico, zona de ecossistemas frágeis. Seus ativistas abriram uma bandeira com a inscrição “Não ao petróleo do Ártico” no casco do petroleiro. No total, cerca de 80 pessoas participaram da ação.

O capitão do “Rainbow Warrior” é Peter Wilcox, um dos 30 detidos por autoridades da Rússia em setembro passado após tentativa de invasão da plataforma petroleira do grupo Gazprom.

Prisão de ativistas em 2013
O “Rainbow Warrior” saiu na segunda-feira para enfrentar o navio-tanque, mas o petroleiro russo desativou seu sistema de localização por satélite.

Após as ações do ano passado no Ártico, nas quais os ativistas tentaram subir na plataforma em duas ocasiões, as autoridades russas tomaram o barco “Arctic Sunrise” com bandeira holandesa do Greenpeace e detiveram 30 ativistas e jornalistas a bordo, entre eles a brasileira Ana Paula Maciel.

O Greenpeace afirma que a plataforma da Gazprom gera um risco de catástrofe ambiental que pode ocorrer a qualquer momento e arruinar o ecosssistema do mar de Barents, onde a jazida se localiza. Os 26 ativistas estrangeiros e quatro russos estiveram detidos até Moscou anunciar sua anistia, depois de quase três meses.

A tripulação permaneceu várias semanas detida em prisões locais, antes de ser levada a São Petersburgo e libertada sob fiança. Os militantes, inicialmente acusados de pirataria, finalmente foram acusados de crimes menos graves de vandalismo. O Tribunal Internacional do Direito do Mar ordenou à Rússia em novembro a libertação dos ativistas e do barco, em resposta a uma demanda formal apresentada pela Holanda.

A Rússia boicotou as audiências do tribunal, com sede em Hamburgo (Alemanha), e ignorou sua sentença. Embora os ativistas tenham sido libertados, a Rússia mantém o ‘Arctic Sunrise’ sob seu poder. O Greenpeace processou a Rússia perante o Tribunal Europeu de Direitos Humanos por detenção ilegal de seus ativistas, ao considerar uma violação do direito à liberdade de expressão.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Tribunal turco bloqueia decreto que limita os poderes da polícia

O Conselho de Estado, principal jurisdição administrativa turca, bloqueou nesta sexta-feira (27) um polêmico decreto governamental que obriga a polícia a informar a sua hierarquia antes de realizar prisões no país, atingido por uma crise político-financeira.

Uma circular publicada no domingo obrigava os funcionários da polícia a informar aos seus superiores hierárquicos antes de efetuar inspeções e prisões ordenadas pela justiça. O governo islamita moderado turco foi salpicado por várias investigações de corrupção.

O Conselho de Estado decidiu suspender a execução deste texto porque sua aplicação “pode provocar danos irreparáveis” ao funcionamento do Estado, segundo o site do jornal “Hurriyet”.

O texto havia sido muito criticado por juristas e pela oposição parlamentar.

O primeiro-ministro islamita moderado, Recep Tayyip Erdogan, atravessa a pior crise desde que seu Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP) chegou ao poder, em 2002.

Em resposta a uma operação anticorrupção realizada no dia 17 de dezembro, Erdogan lançou uma punição sem precedentes contra a polícia, acusada por ele de não tê-lo informado sobre esta investigação que manchou sua imagem.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Criador de antivírus cria dispositivo de US$ 100 que bloqueia espionagem

O criador do antivírus McAfee, John McAfee, divulgou uma invenção que promete bloquear em PCs e smartphones qualquer tentativa de espionagem do governo sobre os usuários. Chamado de “D-Central”, a proposta do dispositivo é se comunicar com smartphones, tablets, notebooks e PCs, criando redes descentralizadas que não podem ser acessadas pelas agências.

McAfee, em discurso no sábado (28) durante um evento, disse que quer vender o aparelho por menos de US$ 100 nos Estados Unidos. “Não haverá meio de o governo dizer quem você é ou onde você está”, disse o executivo. Ele contou que trabalha com o dispositivo há anos, mas que intensificou seu desenvolvimento nos últimos meses. O protótipo final deve ser testado dentro de seis meses.

Na prática, o aparelho cria pequenas redes privadas que não podem ser acessadas por terceiros. Ele não foi feito para substituir a internet. Em vez disso, fornece redes dinâmicas que permite aos usuários se comunicarem de forma privadas e a compartilhar arquivos em segurança. O dispositivo terá um modo privado e outro público.

O “D-Central”, explicou McAfee, tem um alcance limite de três quadras e que todos dentro dessa área podem se comunicar entre si. Foi criado um sistema de proteção de dados que o executivo afirma que não poderá ser quebrado pelas agências de espionagem norte-americanas

Questões como terrorismo e crimes podem fazer com que o “D-Central” não seja comercializado. “É claro que ele pode ser usado para crimes, do mesmo modo como o telefone pode ser usar para cometer crimes”, disse. “Caso o aparelho seja banido nos EUA, podemos vendê-lo em outro país como Japão, Reino Unido ou nos países da América Latina e da Ásia”.

Ainda não há previsão de um anúncio oficial do aparelho. Entretanto, McAfee criou um site com um relógio que avisará quando o aparelho terá novas informações divulgadas (clique aqui).

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Protesto de professores bloqueia acesso a aeroporto no México

Centenas de professores bloqueavam nesta terça-feira (1º) o tráfego na principal avenida de acesso ao aeroporto internacional da Cidade do México, com centenas de policiais tentando conter o avanço, em um novo protesto contra uma recente reforma do ensino.

A estação de metrô da praça do Monumento Revolución – onde milhares de professores estão acampados há vários dias – e outras áreas próximas ao aeroporto foram fechadas nesta terça-feira.

Desde o início dos protestos na Cidade do México, em 19 de agosto, os professores bloquearam acessos ao aeroporto em três ocasiões. Eles também impediram várias sessões no Congresso e organizaram passeatas nas principais avenidas da capital do país para pressionar o governo a desistir ou renegociar a reforma educacional, promulgada em sua totalidade no início de setembro.

Os professores consideram que a reforma viola seus direitos trabalhistas, já que pode condicionar as promoções e aumentos salariais a avaliações periódicas que, eles temem, seriam aplicadas de forma generalizada, sem levar em consideração as grandes diferenças econômicas e culturais que existem no país.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,