RSS

Arquivo da tag: bairro

Ataques aéreos matam crianças em bairro de Aleppo

AppId is over the quota
AppId is over the quota

Ao menos 18 pessoas, incluindo 10 crianças, morreram nesta quarta-feira em ataques da aviação do regime sírio contra uma escola em um bairro rebelde de Aleppo (norte), indicou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Pelo menos um professor está entre os mortos durante os ataques contra a escola de Ain Jalout, no bairro de Ansari, segundo a ONG.

Dois ataques ocorreram em intervalos de 10 minutos, explicaram militantes baseados em Aleppo.

Esses ativistas enviaram à AFP pela internet um vídeo mostrando uma fila de corpos de crianças em sacos cinzas, alguns dos quais cheios de sangue.

A Força Aérea síria lançou uma ofensiva em 15 de dezembro contra os setores rebeldes da ex-capital econômica da Síria, dividida entre bairros prós e anti-regime e sua província.

Estes bombardeios, realizados regularmente por helicópteros com barris explosivos, mataram centenas de pessoas desde meados de dezembro.

A ONG internacional Human Rights Watch acusou na terça-feira o regime de realizar “indiscriminadamente” esses bombardeios, que atingem regularmente civis.

arte síria versão 15.04 (Foto: Arte/G1)

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Papa Francisco vira nome de bairro pobre em Buenos Aires

O Papa Francisco se tornou nome de um bairro em uma região pobre de Buenos Aires, na Argentina. Trata-se de um assentamento que ele visitava com frequência quando fazia seu trabalho pastoral como arcebispo da capital argentina e onde agora a população reivindica moradia digna. Francisco completa nesta quinta-feira (13) um ano à frente da Igreja Católica.

“Escolhemos o nome do bairro entre todos os moradores. Nos identificados muito com o papa, já que ele conhece bem as necessidades das pessoas que vivem na pobreza”, afirmou à Agência Efe Marcelo, um dos integrantes das quase mil famílias que vivem junto à Villa 20, no distrito de Lugano.

Cerca de 3.500 pessoas fizeram desses terrenos seu lar com a esperança que as autoridades cumpram a lei ditada em 2005 que diz que a região tem que ser urbanizada. As jovens famílias, a maioria com pelo menos dois filhos, são compostas de argentinos, bolivianos e paraguaios, principalmente.

“Nosso problema é o da moradia digna. As autoridades alegam que a região está contaminada e que, por isso, temos que sair daqui, mas nos cansamos de mentiras. Dizem que vão dar as casas, os anos passam, e nada é feito”, denunciou Marcelo.

Assentamento em Buenos Aires ganhou o nome de ‘Papa Francisco’. Famílias pedem urbanização do local (Foto: Daniel Garcia/AFP)Assentamento em Buenos Aires ganhou o nome de ‘Papa Francisco’. Famílias pedem urbanização do local (Foto: Daniel Garcia/AFP)

Aguardando que a Justiça dite ordem de despejo, os moradores do bairro papa Francisco enviarão uma carta ao pontífice, que em dezembro do ano passado reivindicou publicamente casas dignas para todas as famílias sem-teto, explicando a luta, e assim fazê-la aparecer “através de uma voz tão importante quanto a dele”.

“A nossa luta é a mesma de todos os outros bairros pobres, a luta pela urbanização, que carecem de uma moradia digna para o povo”, disse Marcelo.

Em grandes panelas aquecidas no fogo, os moradores preparam a comida comunitária, com alimentos doados por vizinhos da região, e o leite para as crianças, que repartem entre as jovens mães.

“As pessoas vivem com normalidade, dentro da situação em que nos encontramos”, afirma Marcelo. “Não queremos nada de presente, só que urbanizem e que possamos pagar a luz, a água e a escritura da casa”.

Jovens passam por tendas construídas em assentamento que agora se chama ‘Papa Francisco’, em Buenos Aires (Foto: Daniel Garcia/AFP)Jovens passam por tendas construídas em assentamento que agora se chama ‘Papa Francisco’, em Buenos Aires (Foto: Daniel Garcia/AFP)

Fernando Murias, um dos três médicos que trabalham no local junto com uma enfermeira, afirma que, por enquanto, a situação está controlada, e que o problema virá no frio do inverno.

“Aqui há muitas meninas e mulheres grávidas. Ainda não há problemas sanitários, mas eles aparecerão com o frio. Estamos pegando informação sobre todos que podem ter antecedentes de bronquiolite para nos prepararmos”, disse.

Os médicos se dividem por regiões e visitam as precárias casas construídas com madeira e chapa anotando os antecedentes clínicos dos moradores, com especial atenção às crianças.

“Quando existia aqui um ferro velho de carros, tivemos 14 casos de saturnismo (intoxicação com chumbo). Daí veio uma ordem judicial para o saneamento e a urbanização, que até agora não foi cumprida” denunciou Murias.

“Sem o apoio familiar esta situação não poderia ser mantida. São famílias jovens que contam com o apoio dos avôs, que ficam tomando conta do pedaço de terra enquanto os pais trabalham e as crianças estão no colégio”, disse o médico.

Com uma missa, realizada pelo padre Franco, um dos conhecidos “padres da vila” que trabalham nas regiões marginalizadas de Buenos Aires, o bairro Papa Francisco foi inaugurado nesta quarta-feira (12).

“É uma excelente ideia apelar para o papa para dar notoriedade a situação desta gente e reivindicar que a igreja se envolva para encontrar uma solução para o problema”, afirmou Murias antes de continuar com sua visita casa pelas casas.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Jiboia é encontrada dentro de casa em bairro de Cariacica, ES

Uma jiboia foi encontrada na área de serviço de uma casa do bairro Nelson Ramos, em Cariacica, no Espírito Santo. Os vizinhos capturaram o animal, o colocaram dentro de uma gaiola. A polícia ambiental foi acionada e resgatou a cobra.

A dona da casa contou que  encontrou o animal quando foi buscar uma botija de gás. “O gás acabou e eu vim pegar aqui, ela estava atrás da botija. Saí correndo, gritando e chamando os vizinhos. Aí um vizinho veio e pegou tranquilamente, porque ele não tem medo”, disse Auxiliadora.

Os moradores acreditam que a cobra veio de um terreno baldio que fica em frente à casa onde ela apareceu. E essa não é a primeira vez que uma cobra aparece nas redondezas. “Desde o ano passado que vem dando essa frequência de cobra. O vizinho também já achou outra cobra de 1,5 metros”, contou a costureira Maria das Dores.

Após colocarem o animal em uma gaiola, os moradores acionaram a polícia ambiental. Depois de cerca de três horas de espera, uma equipe chegou no local e resgatou a cobra.

new WM.Player( { videosIDs: “3192573”, sitePage: “aftvgazetag1/es/videos”, zoneId: “128975”, width: 320, height: 200 } ).attachTo($(“#3192573”)[0]);

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,