RSS

Arquivo da tag: autoria

Novo grupo militante reivindica autoria de ataques no Egito

Um novo grupo militante reivindicou a responsabilidade por dois ataques a bomba no Cairo quem tinha como alvo a polícia egípcia, na sexta-feira, e prometeu realizar mais ataques, elevando o risco de uma onda de violência contra as forças de segurança.

O grupo -denominado Ajnad Misr, ou Soldados do Egito- disse, por meio de um comunicado postado em uma página do Facebook em nome da facção, ter realizado o ataque que feriu seis pessoas.

O comunicado foi reproduzido por um website usado por grupos militantes e pelo órgão de inteligência SITE, que monitora tais páginas.

Tiroteios e ataques a bomba contra forças de segurança se tornaram frequentes no país desde julho, quando o Exército depôs o presidente Mohamed Morsi, da Irmandade Muçulmana, após grandes protestos contra o seu governo.

O Estado classificou a Irmandade Muçulmana como um grupo terrorista, mas ela diz estar comprometida com o ativismo pacífico.

O Ajnad Misr surgiu no mês passado, reivindicando a autoria de seis ataques no fim de janeiro, de acordo com o SITE. “(As forças de segurança) não estão a salvo da retaliação contra elas”, disse o grupo no comunicado.

Muitos dos ataques foram reivindicados pelo Ansar Bayt al-Maqdis, um grupo com sede no Sinai do Norte, que transferiu sua atenção de Israel para o governo egípcio depois da queda de Morsi.

As autoridades, apoiadas pelo Exército, reprimem os simpatizantes de Mursi desde a sua queda. Centenas de partidários do ex-presidente foram mortos durante protestos nas semanas posteriores à troca. Milhares de pessoas foram presas.

Centenas de membros das forças de segurança foram mortos dsde então em bombardeios e tiroteios.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Grupo islâmico assume autoria de ataque armado a shopping de Nairóbi

A milícia radical islâmica somali Al Shabab assumiu a autoria do ataque armado realizado neste sábado (21) contra o centro comercial Westgate, em Nairóbi, no Quênia, que deixou pelo menos 39 mortos e dezenas de feridos.

Pessoas fogem do shopping Westgate em Nairóbi (Foto: Jason Straziuso/AP)Pessoas fogem do shopping Westgate em Nairóbi (Foto: Jason Straziuso/AP)quênia (Foto: Editoria de Arte/G1)

‘”Shabab confirma que está por trás do espetáculo de Westgate”, é a mensagem que pode ser lida na conta oficial do grupo fundamentalista no Twitter.  “Eles mataram mais de 100 infiéis quenianos e a batalha prossegue”, acrescenta a mensagem.

Os autores do atentado continuam no shopping com um número indeterminado de reféns.

Mais de 50 pessoas também ficaram feridas. “O balanço é de 30 mortos e 60 feridos. Isso inclui as pessoas que morreram no local e as que faleceram no hospital”, indicou um funcionário de alto escalão da polícia. A contagem foi atualizada para 39 mortos.

Um grupo armado e encapuzado invadiu o centro comercial Westgate Mall, um dos mais luxuosos de Nairóbi, cuja clientela é formada principalmente por quenianos ricos e estrangeiros.

Os criminosos dispararam e lançaram granadas contra a clientela cosmopolita – composta por africanos, indianos e ocidentais – e contra os funcionários do shopping.

Unidades de elite do exército queniano foram mobilizadas para reforçar as forças policiais no local e ajudar na retirada dos clientes e dos funcionários do centro comercial, que era sobrevoado por helicópteros.

Segundo uma fonte de segurança, policiais e soldados quenianos conseguiram isolar e encurralar os sobreviventes do grupo armado dentro do centro comercial.

“Os criminosos foram isolados e estão encurralados em uma área em um dos andares. O resto do shopping parece estar seguro”, afirmou a fonte à AFP no local.

Os criminosos, que ainda não tiveram sua identidade divulgada, mas que falam em árabe ou somali, segundo testemunhas, invadiram ao meio-dia o centro comercial Westgate Mall.

Muito movimentado nos fins de semana, o local é citado regularmente como possível alvo de grupos relacionados à Al-Qaeda, como os insurgentes somalis shebab.

Este tipo de ataque é algo que nunca havia ocorrido na capital queniana e pode ser o atentado mais sangrento desde o ataque suicida da Al-Qaeda de 1998, que teve como alvo em agosto daquele ano a embaixada americana em Nairóbi e que deixou mais de 200 mortos.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de setembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , , ,