RSS

Arquivo da tag: Ativistas

Polícia da França prende 34 ativistas do Greenpeace em usina nuclear

Ativistas colocam faixas em usina nuclear na França (Foto: Bente Stachowske/Reuters)Ativistas colocam faixas em usina nuclear na França (Foto: Bente Stachowske/Reuters)

A polícia francesa prendeu 34 ativistas do Greenpeace na terça-feira (18) que forçaram a entrada em uma usina de energia nuclear explorada pela EDF em Fessenheim, no leste da França, informou a empresa.

Os ativistas penduraram bandeiras na usina, a mais antiga em operação na França, mas a autoridade de segurança nuclear do país disse que os manifestantes não chegaram a entrar em seus edifícios e que a segurança não foi comprometida.

Os ativistas usaram um caminhão para forçar a entrada no local no início da manhã, de acordo com manifestantes do lado de fora. Em seguida, policiais cercaram e entraram na usina.

“A polícia tem 56 ativistas sob controle e 34 foram presos”, disse um porta-voz da EDF. “Não houve nenhum impacto sobre a segurança da planta, que continua a funcionar normalmente.”

O presidente francês, François Hollande, prometeu fechar a Fessenheim até 2016 e reduzir a dependência da França da energia nuclear para 50 por cento dos 75 por cento usados no “mix” de seu abastecimento de energia.

“Símbolo”
O Greenpeace quer que dois reatores de 900 megawatts da Fessenheim, que estão em operação desde 1977, deixem de operar imediatamente.

“A planta de Fessenheim é um símbolo”, disse o ativista do Greenpeace Cyrille Cormier .

“Seu fechamento planejado deve ser o início de uma série de fechamentos de usinas na Europa para limitar os riscos acidentais e financeiros ligados ao envelhecimento (das plantas) e o início de uma transição energética.”

Os ativistas penduraram uma faixa do telhado da usina e convidaram Hollande, e a chanceler alemã, Angela Merkel, para se comprometer em uma cúpula da UE na quinta-feira com a geração de energia a partir de fontes alternativas.

Ativistas do Greenpeace têm um histórico de ocupações de usinas nucleares na França. Cerca de 30 foram presos em julho passado depois de entrar na planta de Tricastin da EDF, no sul da França.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Agora ativistas, integrantes da Pussy Riot prometem voltar aos palcos

Nadezhda Tolokonnikova agora é ativista da Anistia Internacional (Foto: Don Emmert/AFP)Nadezhda Tolokonnikova agora é ativista da Anistia
Internacional (Foto: Don Emmert/AFP)

Duas integrantes da banda punk russa Pussy Riot se transformaram em ativistas globais dos direitos humanos depois de serem presas por vandalismo. Mas, nesta semana, prometeram voltar aos palcos como artistas.

“É absolutamente impossível tirar isso de nós”, disse Nadezhda Tolokonnikova, de 24 anos, em uma entrevista coletiva em Nova York, onde participará de um show nesta quarta-feira (5) como parte de um evento da Anistia Internacional, às vésperas da abertura da Olimpíada de Inverno de Sochi, na Rússia.

Tolokonnikova e sua colega Maria Alyokhina, de 25 anos, serão apresentadas no show da anistia pela pop star Madonna. Elas devem falar, mas não está previsto que toquem.

As duas artistas foram condenadas em 2012 por terem feito um protesto contra o presidente russo, Vladimir Putin, numa catedral ortodoxa de Moscou. Uma terceira integrante do grupo, Yekaterina Samutsevich, teve sua sentença suspensa na fase de recurso.

Nadezhda Tolokonnikova e colega agora são ativistas da Anistia Internacional e subirão ao palco em show durante evento (Foto: AFP)Nadezhda Tolokonnikova e Maria agora são ativistas da Anistia Internacional e subirão ao palco em show durante evento (Foto: AFP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 6 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Confrontos entre ativistas pró e contra Morsi deixam 1 morto no Egito

Uma pessoa foi morta a tiros nesta quinta-feira (30) à noite, em Alexandria, no norte do Egito, durante confrontos entre partidários e opositores do ex-presidente islâmico Mohamed Morsi, informaram fontes de segurança.

A polícia reagiu com bombas de gás lacrimogêneo para separar os dois grupos.

Também em Alexandria, nesta quinta (30), um pequeno artefato explosivo atingiu uma delegacia, mas não deixou vítimas.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , , ,

Braço da Al-Qaeda na Síria executa dezenas de rivais, dizem ativistas

O Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL), ligado à rede terrorista da Al-Qaeda, executou dezenas de rivais islamitas durante os últimos dois dias, conforme recuperava o controle sobre a maior parte do território que havia perdido na província de Raqqa, no norte da Síria, disseram ativistas no domingo (12).

Um dos ativistas, falando a partir da província na condição de anonimato, disse que até 100 combatentes da Frente Nusra, outra afiliada da Al-Qaeda, e da brigada Ahrar al-Sham, capturados pelo EIIL na cidade de Tel Abiad, na fronteira com a Turquia, foram mortos a tiros.

Não houve confirmação independente sobre o relato.

arte cronologia síria 31/12/2013 (Foto: 1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Ativistas seminuas interrompem manifestação antiaborto na Espanha

Ativistas seminuas interrompem manifestação antiaborto na Espanha (Foto: mundo g1)Ativistas seminuas interrompem manifestação antiaborto na Espanha (Foto: mundo g1)

Ativistas seminuas da organização feminista ucraniana Femen protestaram nesta quarta-feira (9) durante um ato antiabordo no Congresso da Espanha, em Madri.

Três manifestantes sem camisa interromperam o evento gritando “O aborto é sagrado”, forçando o presidente da casa a interromper a sessão e a detê-las.

O incidente ocorreu na hora em que o ministro conservador espanhol da Justiça, Alberto Ruiz-Gallardón, falava sobre o tema.

Os seguranças levaram vários minutos até conseguir evacuá-la do plenário, sob aplausos de alguns deputados da oposição de esquerda.

O governo conservador de Mariano Rajoy quer apresentar até o final de outubro uma reforma da lei de aborto aprovada pelo governo socialista anterior.

A lei de julho de 2010, duramente criticada pela direita e pela Igreja católica, autoriza a interrupção voluntária da gravidez até as 14 semanas para todos os casos, e até 22 para o caso de má-formação do feto.

O conservador Partido Popular (PP), hoje no poder, apresentou um recurso contra esta lei ante o Tribunal Constitucional, que ainda não se pronunciou a respeito.

Ativistas seminuas interrompem manifestação antiaborto na Espanha (Foto: AFP)Ativistas seminuas interrompem manifestação antiaborto na Espanha (Foto: AFP)Ativistas seminuas interrompem manifestação antiaborto na Espanha (Foto: AFP)Ativistas seminuas interrompem manifestação antiaborto na Espanha (Foto: AFP)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Rússia minimiza ação da Holanda sobre ativistas do Greenpeace

Ativistas do Greenpeace seguram cartazes com fotos de seus colegas presos, durante protesto neste sábado (5) em Moscou, capital da Rússia (Foto: AFP)Ativistas do Greenpeace seguram cartazes com fotos de seus colegas presos, durante protesto neste sábado (5) em Moscou, capital da Rússia; a organização faz um dia de manifestações pelo mundo pedindo a libertação dos militantes (Foto: AP)

A Rússia minimizou uma ação legal da Holanda sobre a prisão e a instalação de um processo judicial contra ativistas do Greenpeace sob a acusação de pirataria, afirmando neste sábado (5) que o protesto do grupo em uma plataforma de petróleo no Ártico foi “pura provocação”.

A Holanda lançou uma ação legal contra a Rússia na sexta-feira, afirmando que o país prendeu ilegalmente ativistas, uma delas brasileira, e outras pessoas que estavam no navio de bandeira holandesa no mês passado, quando protestavam contra a exploração de petróleo no Ártico.

Dois cidadãos holandeses estavam entre as 30 pessoas a bordo do Artic Sunrise, que foi detido por autoridades russas perto da plataforma de petróleo marítima de Prirazlomnaya.

O vice-chanceler russo, Alexei Meshkov, disse à agência de notícias estatal RIA Novosti que a Rússia pediu repetidas vezes que a Holanda suspendesse o que os russos afirmam ser “atividade ilegal” do navio.

“Infelizmente, isso não foi feito. Portanto, temos muito mais questões para o lado holandês do que eles têm para nós”, disse Meshkov, segundo a agência.

“Tudo o que aconteceu com o Artic Sunrise foi pura provocação.”

Autoridades russas acusaram os ativistas de pirataria, o que pode resultar em penas de até 15 anos de prisão.

Além dos cidadãos holandeses, o grupo também tem seis britânicos, quatro russos, dois argentinos, dois canadenses, dois neo-zelandeses, um homem com cidadanias sueca e norte-americana, além de uma brasileira e um cidadão de cada um dos seguintes países: Estados Unidos, Austrália, Dinamarca, Finlândia, França, Itália, Polônia, Suíça, Turquia e Ucrânia.

Os ativistas estão detidos na cidade de Murmansk, no norte da Rússia.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Greenpeace faz mobilização mundial por ativistas detidos na Rússia

Rússia minimiza ação da Holanda sobre ativistas do Greenpeace (Foto: AP)Ativistas do Greenpeace protestam em Moscou neste sábado (5) (Foto: AP)

O Greenpeace convocou neste sábado (5) um dia de mobilização mundial para pedir a libertação dos 30 tripulantes do “Artic Sunrise”, entre eles a bióloga brasileira Ana Paula Maciel, detidos na Rússia pela tentativa de escalar uma plataforma de petróleo no Ártico.

Em São Paulo, o ato foi realizado na Avenida Paulista.

Os 28 ativistas e dois jornalistas estão detidos desde 19 de setembro em Murmansk (norte da Rússia), acusados de “pirataria em grupo organizado”, crime que pode ser punido com pena de até 15 anos de prisão no país.

O dia de mobilização, previsto em 47 países, começou na Nova Zelândia, passou pela Rússia e devehe chegar a Europa e Estados Unidos.

Entre as pessoas em prisão provisória está o capitão do “Artic Sunrise”, o americano Peter Willcox, que comandava o “Rainbow Warrior”, que foi atacado no porto neozelandês de Auckland em 1985 pelo serviço secreto francês, quando os militantes ecologistas protestavam contra os testes nucleares na Polinésia.

A Austrália expressou neste sábado inquietação com as acusações “muito graves” apresentadas por Moscou contra um de seus cidadãos, também em prisão provisória.

A Holanda iniciou uma ação judicial por considerar que Moscou deveria ter pedido sua permissão para deter a embarcação do Greenpeace, que navegava com uma bandeira holandesa.

Mas o vice-chanceler russo, Alexei Meshkov, rebateu os argumentos da Holanda e disse que o país havia sido alertado sobre o perigo das ações da equipe do Greenpeace.

Em Moscou, simpatizantes do Greenpeace se concentraram no parque Gorki para pedir a libertação dos ativistas.

O tribunal regional de Murmansk se pronunciará na terça-feira sobre os recursos apresentados contra a detenção dos militantes do Greenpeace, em especial o do fotógrafo russo Denis Siniakov.

Uma equipe da guarda costeira russa rebocou no dia 19 de setembro o ‘Arctic Sunrise’ para a costa russa, depois que alguns ativistas tentaram escalar uma plataforma de petróleo da empresa Gazprom para denunciar os riscos desta atividade para o meio ambiente.

A Rússia considera a exploração do Ártico uma prioridade estratégica, já que a região é rica em combustíveis e até o momento foi pouco aproveitada.

bur-bfi/fp

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,