RSS

Arquivo da tag: atentado

Atentado a igreja cristã no Quênia deixa mortos e feridos

Pelo menos duas pessoas morreram e mais de dez ficaram feridas neste domingo (23) após um atentado contra uma igreja na cidade de Mombaça, no litoral do Quênia, informou a emissora local ‘Capital FM’.

Um grupo de homens armados invadiu a igreja cristã “Joy Jesus Church” e abriu fogo contra os fiéis que participavam da missa de domingo.

Militantes do grupo terrorista islâmico Al Shabab cometeram nos últimos meses vários ataques similares em Nairóbi, Mombaça e em cidades próximas a fronteira do Quênia com a Somália.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Atentado contra hotel no Afeganistão deixa ao menos 13 mortos

Um atentado contra um hotel de Cabul, no Afeganistão, matou nesta sexta-feira (21) nove civis e quatro insurgentes. Uma das vítimas é o ex-diplomata paraguaio Luis María Duarte, informou a chancelaria em Assunção à AFP.

Entre os mortos também está Sardar Ahmad, de 40 anos, jornalista afegão que trabalhava na AFP desde 2003 e era um repórter veterano no país. Sua mulher e dois de seus três filhos também morreram.

Os talibãs reivindicaram o ataque.

Policial afegão guarda a entrada do hotel Serena em Cabul, no Afeganistão, nesta sexta-feira (21). Homens armados invadiram o local e abriram fogo, matando pelo menos nove pessoas (Foto: Anja Niedringhaus/AP)Policial afegão guarda a entrada do hotel Serena em Cabul, no Afeganistão, nesta sexta-feira (21). Homens armados invadiram o local e abriram fogo, matando pelo menos nove pessoas (Foto: Anja Niedringhaus/AP)

Quatro jovens armados entraram no hotel se fazendo passar por clientes e dispararam contra as pessoas no restaurante, revelou o chanceler paraguaio, Eladio Loizaga.

O ministério do Interior afegão confirmou a morte de nove civis, incluindo crianças e cidadãos estrangeiros.

Os agressores “se esconderam durante várias horas em um banheiro do hotel e entraram no restaurante abrindo fogo”, disse Loizaga à AFP. “Esconderam as armas dentro das calças”, acrescentou.

Luis María Duarte, de 40 anos, trabalhava para o Instituto Nacional Democrata observando as eleições afegãs.

A ação ocorre poucas semanas antes da eleição presidencial no Afeganistão, da qual sairá o sucessor de Hamid Karzai.

Entre as vítimas civis estão duas crianças, três mulheres e quatro estrangeiros de Nova Zelândia, Canadá, Paquistão e Índia. Outros quatro civis ficaram feridos. As forças de segurança mataram os quatro insurgentes.

Nos últimos meses, aumentaram os ataques contra ONGs, instituições ocidentais e lugares frequentados por cidadãos de outros países.

O jornalista anglo-sueco Nils Horner foi assassinado a tiros no dia 11 de março no centro de Cabul enquanto fazia entrevistas. Em meados de janeiro, 21 pessoas, entre elas 13 estrangeiros, morreram em um atentado contra um restaurante frequentado por ocidentais no centro de Cabul, um dos ataques com maior número de vítimas de outros países.

Este não é o primeiro grande ataque contra o emblemático hotel de Cabul. Em 2008, oito pessoas morreram em um ataque contra o hotel, entre elas três americanos, um francês e um norueguês. Em 18 de janeiro de 2010, o Serena sofreu um novo ataque que causou a morte de 12 pessoas, entre elas sete terroristas.

O conflito afegão se encontra em um de seus momentos mais violentos desde a invasão dos Estados Unidos, que propiciou a queda do regime talibã há 12 anos.

A realização de eleições presidenciais no Afeganistão no dia 5 de abril intensificou as ações talibãs durante as últimas semanas.

Este ano é o último com presença de tropas da Otan no Afeganistão, de acordo com um calendário de retirada gradual que será concluído em dezembro, quando as forças locais assumirão a segurança em todo o território do país.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Atentado suicida mata mais de dez civis no Afeganistão

Policiais afegãos e civis inspecionam o local de um ataque suicida no Afeganistão. (Foto: AP Photo)Policiais afegãos e civis inspecionam o local de um ataque suicida no Afeganistão. (Foto: AP Photo)

Pelo menos 15 civis morreram, entre eles mulheres e crianças, e outros 39 ficaram feridos nesta terça-feira (18) em um atentado suicida em um mercado da cidade de Meymaneh, no norte do Afeganistão, informou uma autoridade local.

“O suicida explodiu nesta manhã as bombas que levava em um ‘rickshaw’ – veículo de três rodas -, em um movimentado mercado de Meymaneh, capital da província de Faryab”, disse o governador provincial, Ahmadullah Batash, de acordo com a agência “AIP”.

“Há mulheres e crianças entre as vítimas. Mas não podemos precisar o número exato neste momento”, acrescentou a fonte. Ele detalhou que o número de mortos e feridos pode aumentar, já que as vítimas ainda estavam sendo transferidas para os hospitais.

Afegãos ajudam no resgate de um ferido. (Foto: AP Photo)Afegãos ajudam no resgate de um ferido. (Foto: AP Photo)

Os atentados suicidas são, junto com os artefatos explosivos improvisados (IED, sigla em inglês), os métodos mais recorrentes dos talibãs para atacar as forças afegãs e internacionais, e que acabam causando um alto número de vítimas civis.

Segundo um relatório recente da ONU, a guerra do Afeganistão se tornou mais violenta para os civis em 2013, quando causou quase 3 mil mortes e 5,7 mil pessoas ficaram feridas, sendo que 34% do total foram atingidos pela explosão de artefatos improvisados – 962 mortos e 1.928 feridos.

O conflito afegão se encontra em um de seus momentos mais violentos desde a invasão dos EUA, que propiciou a queda do regime talibã há 12 anos.

O país asiático vai realizar eleições presidenciais no próximo dia 5 de abril.

Este ano é o último com a presença de tropas da Otan no Afeganistão, de acordo com um calendário de retirada gradual que será concluído em dezembro, quando as forças locais assumirão a segurança em todo o território do país.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Atentado suicida deixa mortos em cidade na Somália

Várias pessoas morreram em um atentado suicida contra um hotel da cidade somali de Buula Burde, que as forças da União Africana arrebataram na sexta-feira (14) dos islamitas shebab, anunciou nesta terça-feira (18) um funcionário das forças de segurança.

“Ocorreu um atentado suicida (…) perto de um hotel de Buula Burde durante a noite; há vítimas e quatro criminosos morreram”, declarou à AFP o funcionário, Suleman Adam.

Uma fonte do governo, que pediu o anonimato, indicou que quatro soldados da força africana (AMISOM) procedentes do Djibuti morreram. Até o momento esta força não pôde ser contactada.

Os vizinhos desta cidade informaram que oito pessoas morreram, e explicaram que um suicida detonou um carro na noite de segunda-feira em frente ao hotel, no qual estavam autoridades somalis e da AMISOM, e que depois ocorreu um tiroteio.

A AMISOM, que desde o início do mês realiza uma vasta ofensiva em várias províncias do centro e do sul da Somália, havia anunciado na sexta-feira a tomada de Buula Burde, até então nas mãos de islamitas shebab.

Os shebab, combatidos pelos 22.000 soldados da AMISOM, sofreram uma série ininterrupta de derrotas militares desde que em agosto de 2011 foram expulsos da capital somali, Mogadíscio.

Os islamitas seguem, no entanto, controlando amplas zonas rurais do sul e do centro do país, e atacam a capital com ações de guerrilha.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Espanha teme novo atentado islamita 10 anos após ataque em Madri

Dez anos depois dos atentados islamitas de 11 de março de 2004 em Madri, o governo espanhol considera que atualmente existe um “risco provável” de atentado na Espanha, que se prepara para homenagear na terça-feira os 191 mortos nos ataques.

Para o ministro, o nível de alerta está atualmente na categoria 2, o que significa um “risco provável” de atentado terrorista.

“Este nível 2 não foi alterado nos últimos anos”, disse o ministro.

Foto tirada em 11 de março de 2004 mostra equipes de resgate trabalhando no local de uma das explosões dos ataques terroristas que mataram 191 pessoas em Madri (Foto: Arquivo/Christophe Simon/AFP)Foto tirada em 11 de março de 2004 mostra equipes de resgate trabalhando no local de uma das explosões dos ataques terroristas que mataram 191 pessoas em Madri (Foto: Arquivo/Christophe Simon/AFP)

Em 11 de março de 2004, quatro bombas explodiram em quatro trens lotados em Madri e seus arredores. Os atentados deixaram 191 mortos e quase 1.900 feridos.

O então primeiro-ministro conservador José María Aznar atribuiu em um primeiro momento a autoria do atentado ao grupo separatista basco ETA, apesar de um um grupo vinculado à Al-Qaeda ter reivindicado no mesmo dia o ataque, o mais violento em território espanhol.

A obstinação do governo em apontar o ETA como culpado influenciou na derrota poucos dias depois do Partido Popular (PP) nas eleições legislativas, vencidas pelo socialista José Luís Rodríguez Zapatero.

“Houve um momento em que todo mundo pensou no ETA, porque era o terrorismo que estávamos sofrendo há muito tempo na Espanha”, declarou Fernández Díaz.

“O terrorismo jihadista era, pensávamos de maneira equivocada, um tanto distante”, completou.

O ministro recordou que os principais autores dos atentados se mataram com explosivos em 3 de abril de 2004, quando estavam cercados pela polícia em um apartamento de Leganés, nas proximidades de Madri.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Atentado com carro-bomba deixa mortos em Homs, na Síria

Um carro-bomba explodiu nesta quinta-feira (6) na entrada da cidade de Homs, fazendo 15 mortos e 12 feridos, todos civis, afirmou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A explosão foi registrada em “um bairro armênio”, onde vivem cristão e alauítas, comunidade à qual pertence o presidente sírio Bashar al-Assad.

A agência oficial Sana evocou “um atentado terrorista” na rua principal do bairro, “fazendo mártires, feridos e destruição”.

arte síria versão 18.02 (Foto: Arte/G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,

Atentado deixa mortos no Paquistão

Oito pessoas morreram e 26 ficaram feridas nesta terça-feira (4), em um atentado realizado diante de um hotel em Peshawar, noroeste do Paquistão, anunciaram as autoridades.

“A explosão ocorreu no bairro de Kisa Khwani, de maioria xiitas”, afirmou à AFP Faisal Mujtar, um alto oficial da polícia.

Shaqfat Malik, chefe da unidade de especialistas em bomba, indicou tratar-se de um atentado suicida.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , ,