RSS

Arquivo da tag: Assad

Assad aparece em público com sua esposa em evento para professores

O presidente sírio, Bashar Al-Assad, fez nesta quinta-feira (20) junto a sua esposa, Asma, uma rara aparição pública, motivada pelo Dia do Professor na Síria, segundo publicam nesta sexta-feira (21) os meios de comunicação oficiais, que divulgam fotografias da ocasião.

O casal recebeu vários professores “ameaçados por grupos terroristas armados” em um lugar não precisado pela imprensa, embora pareça um dos palácios presidenciais.

Ele felicitou os docentes pela festividade e louvou os sacrifícios feitos durante o conflito.

Bashar al-Assad e sua mulher, Asma, participam de evento para professores no dia 20 de março (Foto: Sana/Reuters)Bashar al-Assad e sua mulher, Asma, participam de evento para professores no dia 20 de março (Foto: Sana/Reuters)

Assad considerou que atacar professores e escolas revela a realidade “daqueles que fazem a guerra contra a Síria e demonstra que os sírios estão em uma guerra contra a ignorância e o obscurantismo, que supõem uma ameaça para a sociedade e para as gerações futuras”.

Por sua vez, Asma assegurou que o papel dos professores após o fim da “crise” não será menos importante que seu papel atual, e que devem assumir sua responsabilidade junto às famílias para conscientizar às próximas gerações e educá-las da maneira correta.

Ambos intercambiaram opiniões com os professores, que agradeceram o casal pela atenção recebida.

Desde o início do conflito na Síria há três anos, Assad e sua esposa quase não apareceram em público e inclusive se chegou a especular que Asma poderia estar vivendo no Reino Unido, o que foi desmentido em várias ocasiões pelas autoridades.

De fato, em outubro, a primeira-dama síria afirmou em entrevista à televisão oficial que estava na Síria junto a seu marido e seus filhos, em meio aos rumores de que residia no exterior .

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Assad sai de Damasco em incomum visita a deslocados sírios

O presidente sírio, Bashar al-Assad, saiu nesta quarta-feira de Damasco em uma incomum visita fora da capital para averiguar as condições em que vivem os deslocados na cidade de Adra.

A televisão oficial precisou que o líder esteve pela manhã no refúgio para deslocados de al-Duair em Adra, uma população da província de Damasco situada a nordeste da capital.

Assad percorreu as instalações do lugar e escutou as necessidades dos refugiados.

O presidente da Síria, Bashar al-Assad conversa com deslocados no refúgio de al-Duair em Adra, uma província de Damasco situada ao nordeste da capital (Foto: AP)O presidente da Síria, Bashar al-Assad conversa com deslocados no refúgio de al-Duair em Adra, uma província de Damasco situada ao nordeste da capital (Foto: AP)

O presidente afirmou que o Estado continua garantindo as necessidades básicas dos deslocados até que possam retornar a seus lares tanto em Adra como em outros lugares da Síria.

Desde o início do conflito, há quase três anos, Assad saiu oficialmente fora da capital em raras ocasiões.

Em 27 de março de 2012, Assad visitou o bairro de Baba Amre, na cidade de Homs, no centro do país, que tinha sido palco de bombardeios e de combates entre os rebeldes e as forças do regime até o começo desse mês.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Assad anuncia apoio a Putin na crise ucraniana

O presidente sírio Bashar al-Assad, que conta com o apoio da Rússia em sua guerra contra os insurgentes, expressou “solidariedade” ao presidente russo Vladimir Putin na crise da Ucrânia.

Em um telegrama enviado ao presidente russo e divulgado pela agência estatal Sana, Assad “expressa a solidariedade da Síria com os esforços de Putin para restabelecer a estabilidade e a segurança na Ucrânia ante as tentativas de derrubada da legitimidade e da democracia em favor de extremistas terroristas”.

O presidente sírio elogiou a “liderança política sábia” de Putin e seu “respeito pela legalidade internacional que rege as relações entre os povos e as nações”.

O presidente sírio também reiterou o apoio de seu país ao “enfoque reflexivo, pacifista que tenta estabelecer uma ordem mundial apoiando a estabilidade e lutando contra o extremismo e o terrorismo”.

A Rússia é um dos poucos apoios ao regime de Assad, ao qual fornece armas.

A crise ucraniana, provocada por um banho de sangue e a fuga para a Rússia do presidente Viktor Yanukovytch, se transformou em um confronto entre Moscou e os países ocidentais, inédito desde a Guerra Fria.

Estes mesmos países ocidentais apoiam a rebelião síria que luta contra Assad.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Líder da oposição síria visita Rússia para pressionar Assad por transição

O líder da oposição síria se reúne nesta terça-feira (4) com o chanceler russo para tentar convencer Moscou a pressionar o regime de Damasco, seu aliado, a aceitar a instauração de um governo de transição.

A reunião entre o líder da Coalizão Nacional de Oposição síria, Ahmad Jarba, e Serguei Lavrov acontece após 10 dias de negociações de paz infrutíferas em Genebra.

“Os principais temas de discussões com o líder da diplomacia russa serão o envio de ajuda humanitária às cidades sírias, a libertação dos detidos das prisões sírias e a formação de um governo de transição na Síria”, declarou o porta-voz da coalizão, Munzer Aqbib.

“Temos muitas perguntas para Moscou sobre esta questão”, completou.

A conferência Genebra II, organizada por iniciativa de Estados Unidos e Rússia, não decidiu por um cessar-fogo, não discutiu a criação de um governo transitório e também fracassou na tentativa de enviar ajuda alimentar às pessoas cercadas em Homs.

As conversações devem ser retomadas em 10 de fevereiro, mas Damasco não confirmou a participação nesta nova fase de negociações.

Mikhail Bogdanov, vice-chanceler russi, afirmou acreditar que Damasco vai participar da nova rodada.

arte síria versão 24.01 (Foto: Arte/G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de fevereiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Candidatura de Assad é ‘absurda’, diz funcionário americano

Um funcionário do Departamento de Estado dos EUA considerou “absurda”, nesta segunda-feira (20), a possibilidade de que o presidente Bashar al-Assad possa voltar a se candidatar às eleições na Síria, conforme antecipado pelo próprio mandatário em entrevista exclusiva à agência de notícias France Presse (AFP).

“Falamos de um cara que usou foguetes Scud, de um cara que usou armas químicas várias vezes, matando milhares de pessoas. Falamos de um cara que sitiou cidades, deixando-se faminta”‘, afirmou o funcionário do Departamento de Estado que conversou com a AFP.

Ele manifestou ainda suas dúvidas sobre a capacidade do regime de Damasco para organizar ‘eleições livres e justas’.

No último domingo, em entrevista à AFP, Al-Assad afirmou que existe ‘muita probabilidade’ de se apresentar em hipotéticas eleições na Síria, tema central da conferência de Genebra II que começa nesta quarta-feira na Suíça.

Aos 48 anos, Al-Assad recebeu o poder de seu pai, Hafez al-Assad, que assumiu o controle da Síria em 1970. Desde essa data, não são realizadas eleições democráticas no país.

arte cronologia síria 31/12/2013 (Foto: 1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Forças de Assad matam dezenas de rebeldes na cidade síria de Homs

Forças leais ao presidente da Síria, Bashar al-Assad, mataram dezenas de combatentes rebeldes que tentaram escapar de um bloqueio do Exército à cidade de Homs, na região central do país, informaram a mídia estatal e um grupo de monitoramento da violência no país.

Segundo a agência de notícias Sana, uma fonte militar disse que unidades do Exército “confrontaram grupos terroristas armados” que tentaram invadir esta semana o bairro de Khaldiya, a norte da área controlada pelos rebeldes na Cidade Velha, no coração de Homs.

Trinta e sete rebeldes foram mortos pelo Exército, disse a Sana, que não informou o número de baixas entre as forças de Assad.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos disse que ao menos 45 rebeldes foram cercados e mortos quando deixavam a Cidade Velha na quarta-feira à noite e na quinta de manhã.

O Observatório, com sede na Grã-Bretanha e que monitora a violência na Síria através de uma rede de fontes médicas e combatentes, disse não ter informações sobre mortos entre as forças do governo.

As forças de Assad cercam os rebeldes há mais de um ano em Homs, local onde começou em 2011 a revolta contra o presidente. Os protestos deram origem a uma rebelião armada e posteriormente a uma guerra civil depois que as forças do presidente reprimiram as manifestações.

As mortes ocorreram menos de duas semanas antes de negociações na Suíça para tentar encontrar uma solução que encerre o conflito de quase três anos, que segundo o Observatório já matou mais de 130 mil pessoas.

arte cronologia síria 31/12/2013 (Foto: 1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Putin diz estar satisfeito por Assad cooperar na destruição de arsenal

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, participa na Indonésia da APEC (Foto: Beawiharta/ AFP)Presidente da Rússia, Vladimir Putin, participa na Indonésia da APEC (Foto: Beawiharta/ AFP)

O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou nesta terça-feira (8) que a Síria coopera “ativamente” com a destruição das armas químicas.

“Os líderes sírios se envolveram ativamente neste trabalho e atuam de forma muito transparente, ajudando as agências internacionais”, declarou Putin, citado pela agência RIA Novosti, à margem da reunião Ásia-Pacífico em Bali.

Acompanhe a cobertura em tempo real.

“Espero que este trabalho continue no mesmo ritmo e da mesma forma”, completou.

Putin também destacou que as dúvidas sobre a resposta adequada das autoridades sírias à decisão tomada sobre as armas químicas não se confirmaram.

Putin afirmou que durante a reunião em Bali conversou com o secretário de Estado americano, John Kerry, sobre a destruição das armas químicas sírias.

“Nós temos um entendimento comum sobre o que precisa ser feito e como. Estou muito feliz que o presidente (Barack) Obama esteja tomando essa posição (sobre as armas químicas)”, disse Putin a jornalistas no final do cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico na ilha indonésia de Bali.

Especialistas internacionais encarregados de iniciar o processo de verificação e eliminação das armas químicas chegaram à Síria no início deste mês. A Rússia, aliada de longa data da Síria e fornecedora de armas ao país, se ofereceu para ajudar no processo de destruição.

Putin disse que acredita que os peritos da Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq) será capaz de realizar o objetivo de eliminar as armas químicas da Síria dentro de um ano.

O presidente russo também propôs convidar os países com maioria da população muçulmana, como a Indonésia, para a conferência de paz sobre a Síria conhecida como Genebra 2.

Arte Síria 17/09 (Foto: Arte/G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,