RSS

Arquivo da tag: arquivos

Livraria do Vaticano irá digitalizar arquivos e publicá-los na Internet

 A livraria do Vaticano iniciou um projeto nesta quinta-feira (20) para digitalizar milhares de manuscritos históricos, datados da origem da Igreja ao século XX, que ficarão disponíveis online.

Trabalhando com a empresa japonesa de tecnologia NTT Data, a livraria pretende escanear e digitalizar arquivos de cerca de 1,5 milhão de páginas de sua coleção de manuscritos, que compreende 82 mil itens e 41 milhões de páginas. O projeto inicial levará quatro anos e pode ser ampliado.

A livraria do Vaticano data do século XIV e é uma das coleções de documentos históricos mais importantes do mundo. Inclui 1,6 milhão de livros e grande coleção de fotografias e moedas, assim como arquivos manuscritos.

“Os manuscritos que serão digitalizados remetem à América Pré-Colombiana à China e ao Japão, passando por todas as línguas e culturas que marcaram a Europa”, disse monsenhor Jean-Louis Brugues, arquivista e bibliotecário da Igreja Católica.

A livraria usará scanners NTT para gravar os manuscritos e software para gerenciar a coleção. Técnicos da companhia japonesa irão trabalhar com bibliotecários do Vaticano.

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Livraria do Vaticano irá digitalizar arquivos e publicá-los na Internet

 A livraria do Vaticano iniciou um projeto nesta quinta-feira (20) para digitalizar milhares de manuscritos históricos, datados da origem da Igreja ao século XX, que ficarão disponíveis online.

Trabalhando com a empresa japonesa de tecnologia NTT Data, a livraria pretende escanear e digitalizar arquivos de cerca de 1,5 milhão de páginas de sua coleção de manuscritos, que compreende 82 mil itens e 41 milhões de páginas. O projeto inicial levará quatro anos e pode ser ampliado.

A livraria do Vaticano data do século XIV e é uma das coleções de documentos históricos mais importantes do mundo. Inclui 1,6 milhão de livros e grande coleção de fotografias e moedas, assim como arquivos manuscritos.

“Os manuscritos que serão digitalizados remetem à América Pré-Colombiana à China e ao Japão, passando por todas as línguas e culturas que marcaram a Europa”, disse monsenhor Jean-Louis Brugues, arquivista e bibliotecário da Igreja Católica.

A livraria usará scanners NTT para gravar os manuscritos e software para gerenciar a coleção. Técnicos da companhia japonesa irão trabalhar com bibliotecários do Vaticano.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Professora troca arquivos e exibe vídeo de sexo caseiro para alunos

Pais dos alunos da 7ª série de uma escola em Little Rock, no estado de Arkansas (EUA), ficaram chocados ao saberem que uma professora exibiu por engano uma gravação amadora de sexo feita por ela, em vez de um vídeo didático programado para a aula.

A professora da Forest Heights Middle School, que não foi identificada, teria se confundido ao abrir os arquivos da aula, que estavam gravados no mesmo lugar do vídeo de sexo, de acordo com o site de notícias “Arkansas Matters”.

Os pais dos alunos teriam ficados revoltados com o incidente, e ouviram dos filhos que as imagens mostravam a professora durante um ato sexual com seu noivo.

A direção da escola garantiu que a exibição foi um acidente e que a professora pediu desculpas aos alunos pelo erro.

Os representantes da instituição disseram também que buscam a ação disciplinar adequada para o incidente, além de uma explicação a respeito de como o vídeo íntimo foi parar junto com os arquivos destinados à aula.

Professora da Forest Heights Middle School exibiu vídeo de sexo com o noivo por engano para alunos da 7ª série nos EUA (Foto: Reprodução/Google Street View)Professora da Forest Heights Middle School exibiu vídeo de sexo com o noivo por engano para alunos da 7ª série nos EUA (Foto: Reprodução/Google Street View)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

35% dos arquivos hospedados no ‘The Pirate Bay’ são conteúdo pornô

A pornografia abrange mais de um terço do conteúdo hospedado no “The Pirate Bay”, o mais conhecido site de busca de arquivos que levam a conteúdo protegido por direito autoral, segundo informações do “Torrentfreak” publicadas nesta segunda-feira (27).

Os vídeos pornôs, 35% do total, são apenas o segundo tipo de conteúdo mais hospedado no site, atrás somente de vídeos relacionados a programas de TV e filmes (44%). No terceiro lugar ficam os uploads de música que contabilizam 9% dos arquivos.

Nos últimos dois anos, segundo o “Torrentfreak”, a quantidade de arquivos dobrou para 75 mil postados no site por mês.

O “The Pirate Bay” opera de um endereço “.gy”, que identifica domínios da República da Guiana. A página surgida na Suécia tem peregrinado de país em país para escapar do arrocho promovido por entidades que protegem os direitos autorais.

Antes da República da Guiana, o site estava no Peru. Aquela era a terceira mudança de endereço em sete dias. Para se resguardar, o site avisava ter 70 domínios disponíveis para usar.

Os códigos “.org” e “.se” também ainda funcionam, embora apenas para redirecionar ao endereço real do site. Porém, essas terminações estão bloqueadas em alguns países devido a decisões judiciais contrárias ao “The Pirate Bay”.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Facebook testa mudanças, como adicionar fotos arrastando arquivos

Atualmente, para postar uma única foto é preciso um mínimo de seis cliques e exige que você navegue pelo sistema de arquivos do computador

Em uma tentativa de deixar sua interface mais eficiente, a caixa de publicação do Facebook começará a permitir que os usuários façam upload de várias fotos de uma só vez, arrastando e soltando as imagens. Conforme relatado pelo Inside Facebook, a mudança fará com que fique muito mais fácil criar álbuns de fotos – anteriormente, você tinha que navegar até a guia de fotos, clicar em “Álbuns”, e, em seguida, selecionar “Novo álbum”. As informações são do The Verge.

Atualmente, para postar uma única foto é preciso um mínimo de seis cliques e exige que você navegue pelo sistema de arquivos do computador, então a interface do usuário atualizada provavelmente será popular entre os usuários mais ativos. Até agora, não vimos mudanças em nossos próprios perfis, mas o Inside Facebook diz que a nova interface também estará disponível para a foto de capa da Linha do Tempo e Mensagens quando for lançada em um futuro próximo.

fb_arrastar_fotos

Imagem postada pelo site “The Verge” mostra como será novo esquema de postagem de fotos no Facebook

A rede social também está brincando com a nova interface de outra maneira, reportou a ABC News – colocando as abas “Sobre”, “Amigos”, e “Fotos” na mesma página, retirando as miniaturas da Timeline. O resultado é um documento único, onde  os usuários podem clicar uma só vez para percorrer por tudo isso ao invés de entrar em várias páginas.

As postagens na Linha do Tempo também estão sendo simplificadas. A ideia é que as duas tradicionais colunas de postagens passem a ser apenas uma, deixando o visual da página mais limpo. A coluna da esquerda ficará maior e será responsável por exibir todas as postagens do mural – atualizações de status, mensagens que seus amigos postam e outras mensagens desse gênero. A  coluna da direita ficará reservada apenas para informações do perfil da pessoa, como atividades recentes, caixa de amigos, fotos postadas recentemente, check-ins de lugares e páginas curtidas.

FB timeline

Outra imagem do “The Verge”mostra como ficará a Linha do Tempo com as mudanças propostas pelo FB

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Como editar arquivos do PowerPoint no seu iPad

Já que a Microsoft não planeja lançar versão do Office para iOS, a solução é recorrer a alternativas. Lista inclui aplicativos da Apple e de terceiros.Você adora seu iPad, e existem boas chances de que precise usar o pacote Microsoft Office para trabalhar. Existem várias opções para editar documentos criados no Word e no Excel no seu tablet, mas e o terceiro programa principal do suite, o PowerPoint?

Caso você só precise visualizar um documento do PowerPoint, pode usar quase todo aplicativo iOS que exibe documentos (incluindo o Mail e o Safari, da Apple). O iOS pode exibir de forma nativa, mas não editar, documentos PowerPoint (.ppt e .pptx) – mas eles são mostrados como um scroll contínuo em vez de slides individuais. Também não é possível visualizar animações, transições, ou outros recursos especiais. Para exibir uma apresentação do PowerPoint já existente, uma boa escolha é o app gratuito SlideShark, que preserva a maioria dos recursos principais do software da Microsoft – mas não permite a edição de arquivos.

Quando precisar editar uma apresentação do PowerPoint (ou até mesmo criar uma “do zero”), suas alternativas caem em três categorias principais:  o Keynote (da Apple), um pacote de produtividade de terceiros, ou uma cópia virtual do PowerPoint para Windows.

Use o Keynote

O aplicativo da Apple para iOS é uma boa ferramenta para criar, editiar, e exibir apresentação. Essa versão móvel do Keynote (US$10) não possui todos os recursos da edição desktop do software, e se você importar uma apresentação (seja ela criada no Keynote no OS X ou no PowerPoint), pode perder alguns conteúdos importantes. Por exemplo, diga adeus a fontes, transições e criações que não estejam disponíveis no iPad, assim como áudio e outras coisas. Mesmo assim, usar o Keynote é provavelmente a melhor maneira para editar uma apresentação do PowerPoint no iPad. Isso porque o aplicativo oferece ferramentas de edição mais poderosas do que qualquer outro aplicativo de apresentação nativo para iPad, e possui uma melhor interface touchscreen do que uma cópia virtual do PowerPoint.

ipadpowerpoint02.png

No entanto, se você precisar ficar movendo uma apresentação entre um iPad e um Mac ou PC, onde vai editá-la usando o PowerPoint, a falha do Keynote em preservar a formatação pode representar um problema muito grande.

Use um pacote de produtividade

A próxima opção é usar um aplicativo de produtividade compatível com o Office. Atualmente, temos cinco concorrentes principais, e cada um deles oferece pelo menos as capacidades mínimas de edição para documentos PowerPoint. Todos te permitem inserir, duplicar, apagar, e (com uma exceção) rearranjar os slides de apresentações importadas do PowerPoint. E todos podem exibir apresentações, mas sem transições, animações, ou criações.

Documents To Go Premium (US$17): O aplicativo da Data Viz te permite editar apenas o texto de apresentações importadas do PowerPoint (incluindo as notas do apresentador); não é possível alterar formatação, layout, gráficos, ou qualquer atributo visual.

Office2 HD (US$8):  Já com o software da Byte Squared é possível mudar o texto, formação, e alinhamento – mas estranhamente, para uma ferramenta de apresentação, não oferece listas numeradas ou com tópicos (bulleted). É possível adicionar formatos e gráficos, mudar o arranjo dos elementos em um slide, e configurar o segundo plano de um slide para uma imagem ou cor sólida.

Polaris Office (US$13): Desenvolvido pela Infraware, esse programa oferece ferramentas razoavelmente abrangentes de arranjo para gráficos e formatação. Mas assim como o Office HD, não traz uma maneira automática para criar listas com tópicos ou números (apesar de as listas importadas aparecerem de forma correta). E assim como o Smart Office 2, o utilitário renderiza algumas fontes de forma estranha. Apesar de ser fácil adicionar, duplicar, ou apagar sliders, não consguimos encontrar uma maneira para rearranjá-los.

Quickoffice Pro HD (US$20): Esse programa te permite mudar atributos de textos (incluindo listas por tópicos), adicionar imagens e formas, e rearranjar elementos visuais. No entanto, o software não fornece um modo para mudar o fundo de um slide.

ipadpowerpoint03.png

Smart Office 2 (US$10): O software da Picsel fornece ferramentas de edição parecidas com as do Quickoffice Pro HD, mas renderizou algumas fontes de forma estranha em nossos testes.

Todos esses aplicativos devem poder editar documentos PowerPoint sem perder a formatação. Ou seja, mesmo que eles não tenham suporte para todos os recursos do PowerPoint, quando você enviar os arquivos de volta ao seu Mac ou PC, os documentos continuarão com a formatação que tinham quando você os importou na primeira vez. No entanto, vale notar que tivemos resultados variados com o Smart Office 2; alguns arquivos do PowerPoint que modifiquei e salvei no Dropbox não abriram no Mac. O Quickoffice é o nosso favorito da lista, mas sua escolha pode variar de acordo com as suas necessidades.

Use uma versão virtual do PowerPoint para Windows

Se você não está satisfeito com o grau de compatibilidade com o PowerPoint oferecido pelos apps para iPad, que tal então usar o próprio software da Microsoft? Apesar de a empresa criada por Bill Gates não ter planos de lançar uma versão para iPad do seu pacote Office, vários aplicativos te permitem conectar-se a servidores virtuais do Windows na nuvem – o que significa que você pode usar a versão completa do PowerPoint para Windows diretamente no seu iPad. Os apps que permitem essa “mágica” são CloudOn, Nivio, e OnLive Desktop.

ipadpowerpoint04.png

Outra opção nessa categoria é o AlwaysOnPC Personal Cloud Desktop (US$25). Em vez de apresentar a um desktop virtual Windows, o software usa o Linux. E em vez do Office, você terá o OpenOffice.org (um pacote open-source compatível com o Office).

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de junho de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , ,

Facebook testa mudanças, como adicionar fotos arrastando arquivos

Atualmente, para postar uma única foto é preciso um mínimo de seis cliques e exige que você navegue pelo sistema de arquivos do computador

Em uma tentativa de deixar sua interface mais eficiente, a caixa de publicação do Facebook começará a permitir que os usuários façam upload de várias fotos de uma só vez, arrastando e soltando as imagens. Conforme relatado pelo Inside Facebook, a mudança fará com que fique muito mais fácil criar álbuns de fotos – anteriormente, você tinha que navegar até a guia de fotos, clicar em “Álbuns”, e, em seguida, selecionar “Novo álbum”. As informações são do The Verge.

Atualmente, para postar uma única foto é preciso um mínimo de seis cliques e exige que você navegue pelo sistema de arquivos do computador, então a interface do usuário atualizada provavelmente será popular entre os usuários mais ativos. Até agora, não vimos mudanças em nossos próprios perfis, mas o Inside Facebook diz que a nova interface também estará disponível para a foto de capa da Linha do Tempo e Mensagens quando for lançada em um futuro próximo.

fb_arrastar_fotos

Imagem postada pelo site “The Verge” mostra como será novo esquema de postagem de fotos no Facebook

A rede social também está brincando com a nova interface de outra maneira, reportou a ABC News – colocando as abas “Sobre”, “Amigos”, e “Fotos” na mesma página, retirando as miniaturas da Timeline. O resultado é um documento único, onde  os usuários podem clicar uma só vez para percorrer por tudo isso ao invés de entrar em várias páginas.

As postagens na Linha do Tempo também estão sendo simplificadas. A ideia é que as duas tradicionais colunas de postagens passem a ser apenas uma, deixando o visual da página mais limpo. A coluna da esquerda ficará maior e será responsável por exibir todas as postagens do mural – atualizações de status, mensagens que seus amigos postam e outras mensagens desse gênero. A  coluna da direita ficará reservada apenas para informações do perfil da pessoa, como atividades recentes, caixa de amigos, fotos postadas recentemente, check-ins de lugares e páginas curtidas.

FB timeline

Outra imagem do “The Verge”mostra como ficará a Linha do Tempo com as mudanças propostas pelo FB

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 22 de março de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,