RSS

Arquivo da tag: armados

Homens armados sequestram mais meninas na Nigéria

AppId is over the quota
AppId is over the quota
Arte mapa sequestro Nigéria (Foto: G1)

Homens armados que seriam integrantes do grupo extremista Boko Haram sequestraram mais oito meninas com idades entre 12 e 15 anos em uma vila no nordeste da Nigéria na noite desta segunda-feira (5), informaram a polícia e residentes locais nesta terça-feira (6).

O rapto das meninas, com idades entre 12 a 15 anos, ocorre depois do sequestro de outras 200 estudantes pelo grupo militante islâmico no mês passado.

“Eles eram muitos, e todos carregavam armas. Eles vieram em dois veículos pintados com cores do Exército. Eles começaram a atirar contra nossa vila”, disse Lazarus Musa, morador de Warabe, onde o ataque aconteceu.

Uma fonte da polícia disse que as meninas foram levadas em caminhões, junto a gado e aos alimentos saqueados.

O líder do Boko Haram, Abubakar Shekau, ameaçou em um vídeo divulgado para a imprensa na segunda-feira vender no mercado as meninas raptadas de uma escola secundária em 14 de abril.

Os sequestros por parte dos islamitas, que dizem estar lutando por um Estado islâmico na Nigéria, chocaram um país acostumado à violência na região nordeste.

“Muita gente tentou correr para trás da montanha, mas quando ouviram tiros, eles voltaram”, disse Musa. “Os homens do Boko Haram estavam entrando nas casas, mandando as pessoas para fora de suas casas.”

O Boko Haram, a principal ameaça à segurança do maior produtor de energia da África, está se tornando mais ousado e aparentemente mais bem armado do que nunca. Os sequestros em massa de abril ocorreram no dia da explosão de uma bomba, também reivindicada pelo Boko Haram, que matou 75 pessoas nos arredores de Abuja, no primeiro ataque contra a capital em dois anos.

O fracasso dos militares em encontrar as meninas em três semanas levou a protestos no nordeste, Abuja e Lagos, a capital comercial do país.

View the original article here

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de maio de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Homens armados atacam Congresso líbio antes de escolha de novo premiê

Homens armados atacaram nesta terça-feira (29), na cidade de Tripoli, a sede do Congresso Geral Nacional (CGN, Parlamento) da Líbia, que se preparava para eleger um novo chefe de Governo, de acordo com deputados citados pela agência de notícias AFP.

“Homens armados atacaram o Congresso. Não sabemos suas motivações. Suspendemos nossos trabalhos e a votação foi adiada para a próxima semana”, indicou à AFP o deputado Tahar Mokni.

A sede do Congresso é alvo frequente de ataques de grupos armados, como o realizado em 2 de março, quando dois deputados foram feridos.

De acordo com os membros do Congresso, este novo ataque ocorreu após uma briga entre manifestantes armados e os guardas do Congresso.

Os deputados foram retirados do prédio, mas disparos continuaram a ser ouvidos nas proximidades do Congresso, segundo testemunhas.

Pouco antes do ataque, os congressistas se preparavam para escolher, entre dois candidatos, quem ocupará o cargo de primeiro-ministro.

A escolha ocorre mais de um mês após a demissão do então primeiro ministro Ali Zidan.

Ahmed Miitig, empresário da cidade de Misrata (oeste) e Omar Al-Hassi, universitário de Benghazi (leste), foram os mais votados no primeiro turno, com 67 e 34 votos respectivamente, de um total de 152 deputados presentes.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de abril de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Homens armados atacam hotel de luxo na capital afegã

Homens armados atacaram um hotel nesta quinta-feira (20) no centro da capital afegã, Cabul, disse a polícia à agência de notícias Reuters. A escala do ataque e o número de vítimas ainda é incerto. Segundo as forças de segurança, dois ou três homens entraram no hotel Serena pela porta dos fundos e deixaram dois feridos.

Uma hóspede que foi retirada do hotel em segurança disse que o tiroteio parecia ocorre no restaurante. Outro hóspede, trancado em seu quarto, disse que ouviu tiros sendo disparados.

O hotel foi atacado por um homem bomba em 2008, deixando seis mortos. Desde então, o local aprimorou sua segurança e hoje é considerado o lugar mais seguro para se hospedar em Cabul – e é onde estão muitos funcionários da ONU e delegações estrangeiras que chegaram para monitorar a eleição do próximo mês.

Na manhã desta quinta-feira, o Talibã atacou uma delegacia no sul da cidade de Jalalabad, com vários homens bomba e atiradores. Ao menos 11 pesssoas morreram.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Homens armados atacam navio de guerra ucraniano na Crimeia

Um grupo de homens armados se apoderaram nesta quinta-feira (20) de um navio corveta ucraniano ancorado em Sebastopol, na Crimeia, anunciou o porta-voz do ministério ucraniano da Defesa na Crimeia, Vladislav Seleznev.

Para o ataque, foram usadas granadas de som. Também foram ouvidas rajadas de armas automáticas. É desconhecido até o momento o que ocorreu com a tripulação.

O grupo seria formado por entre 15 e 20 homens.

Pouco antes das 19h (horário local, 14h em Brasília), o alferes de navio, Alexei Kirilov, enviou a seguinte mensagem: ‘Meu barco foi atacado, não posso continuar falando’, divulgou o jornal “Ukrainskaya Pravda”, conforme a agência de notícias EFE.

arte crimeia 17.03 (Foto: Arte/G1)

Na quarta-feira (19), integrantes de forças de autodefesasda Crimeia, junto com civis, tomaram o quartel-general da Marinha ucraniana em Sebastopol e capturaram o comandante-em-chefe, que foi libertado nesta quinta-feira (20) após negociações entre oficiais russos e ucranianos.

Sanções
O goveno da Rússia anunciou nesta quinta sanções contra os Estados Unidos em retaliação às sanções já impostas pelo governo Obama e pela União Europeia a integrantes do govnerno russo. As retaliações à Rússia tem como alvo integrantes do governo que participaram do processo de incorporação da Crimeia à Rússia. “Ante cada ato hostil, responderemos de modo adequado”, disse o ministério das Relações Exteriores russo em um comunicado.

Os EUA e a UE não aceitam a forma como a anexação ocorreu, após um referendo realizado no domingo e a incoporação assinada por Vladimir Putin.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta quinta que seu governo está se mobilizando para impor sanções adicionais contra indivíduos ligados à incorporação da península ucraniana da Crimeia pela Rússia.

Entre os atingidos pelas sanções estão membros do governo da Rússia, outras pessoas e um banco que fornece apoio material para as lideranças russas. Ele não citou nomes e nem quantos seriam afetados.

“Nós estamos impondo sanções adicionais a indivíduos sêniores da Rússia e também de alguns setores importantes da economia que fornecem suporte de apoio ao governo da Rússia”, disse Obama em pronunciamento realizado nos jardins da Casa Branca, em Washington.

Segundo Obama, ele assinou uma ordem executiva abrindo caminho para sanções em setores chaves da economia russa, se necessário. As sanções poderiam afetar inclusive a economia global, disse ele no pronunciamento.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Centenas de grupos armados operam na Síria, diz relatório da ONU

Centenas de grupos armados operam atualmente na Síria e facções de ideologia extremista, particularmente o Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL), cometem atrocidades cada vez maiores, segundo a comissão investigadora da ONU sobre as violações dos direitos humanos no país, órgão presidido pelo diplomata brasileiro Paulo Sergio Pinheiro.

“Combatentes estrangeiros ingressaram na Síria, incorporando-se frequentemente aos batalhões mais extremistas. Os grupos armados se organizam em coalizões, enquanto as tensões pelo controle político, dos recursos e ideológico persistem”, segundo um relatório apresentado nesta terça-feira (18) ao Conselho de Direitos Humanos da ONU (CDH).

Na etapa mais recente da guerra civil, que começou há três anos com revoltas civis a favor da democracia, os grupos radicais aumentaram atos como execuções em massa de detidos, torturas e a utilização de crianças no conflito.

A comissão apresentou uma versão mais atualizada de seu último relatório, que cobre o período de 20 de janeiro até o dia 10 de março.

Por meio da descrição detalhada de vários crimes contra civis, os membros da comissão denunciaram que os combatentes do EIIL concorrem com as forças governamentais em relação à gravidade de seus abusos.

Pinheiro afirmou que as rivalidades entre grupos rebeldes levaram a uma escalada da violência entre as facções no norte e noroeste da Síria.

A comissão acusa os grupos armados radicais, em diferentes passagens do documento, de crimes de guerra.

A Frente Síria Revolucionária, a Frente Islâmica e o Exército Mujahedin tomaram em janeiro o controle de bases do EIIL no norte, depois que o Estado Islâmico do Iraque e do Levante praticou uma execução em massa de detidos.

De acordo com o relatório, o EIIL, quando percebe uma derrota, seleciona prisioneiros e os mata no mesmo local onde estão detidos ou em algum lugar próximo.

A comissão também relata o uso por parte desse grupo extremista de um hospital infantil como base de operações e centro de detenção, assim como a utilização de menores no conflito, em funções como combatentes ou mensageiros.

O EIIL transformou em comuns -segundo os fatos documentados pela comissão da ONU- métodos terroristas como uso de carros-bomba e ataques suicidas contra alvos civis.

No relatório, a comissão denuncia também o governo por lançar ataques -incluído barris repletos de explosivos lançados do ar- “sem fazer nenhum esforço por distinguir civis e alvos militares”.

Em relação aos ataques, “o governo não adverte antes e há poucas possibilidade de se afastar da área sobre a qual se lança o barril, geralmente de helicópteros”.

O governo também é acusado de continuar praticando a tortura em seus centros de detenção.

Além disso, ambas as partes envolvidas no conflito utilizam o cerco militar e o bloqueio de áreas civis em suas estratégias que, finalmente, impactam principalmente os civis.

As forças oficiais mantêm seu cerco sobre Moadamiya, áreas periféricas de Damasco, o centro histórico de Homs e o restabeleceu no campo de refugiados palestinos de Yarmouk, onde residentes passaram por uma situação de fome extrema.

Por sua parte, os grupos radicais “cortaram o abastecimento de água e eletricidade de zonas civis como uma tática militar”.

arte síria versão 18.02 (Foto: Arte/G1)

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Homens armados invadem base militar na Crimeia e levam oficial

Homens armados invadiram uma base aérea militar ucraniana na península da Crimeia, atiraram para o alto e levaram o oficial de comando do local, disse um porta-voz militar nesta terça-feira (18).

O incidente, ocorrido na noite de segunda-feira (17) no aeroporto de Belbek, perto da base naval de Sebastopol, aconteceu um dia após a península no sul da Ucrânia ter votado a favor da adesão à Rússia em um referendo, que foi considerado ilegítimo pela Ucrânia e pelo Ocidente.

“Pessoas armadas desconhecidas vieram à base na segunda-feira à noite, atiraram para o alto e o oficial de comando foi levado para um local desconhecido”, disse à Reuters Vladislav Seleznov, porta-voz militar ucraniano.

Em um incidente separado na terça-feira, um grupo de cerca de 30 membros das chamadas “autodefesas” da Crimeia foram a um complexo de prédios onde moram as famílias de militares ucranianos e levaram o comandante do local, segundo Seleznov.

Os dois incidentes não puderam ser verificados de forma independente.

Na segunda-feira, o presidente do Parlamento da Crimeia, Vladimir Konstantinov, disse que unidades militares ucranianas na região seriam desmembradas, mas que seus integrantes poderiam continuar na península do mar Negro.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , , ,

Homens armados atacam ministério em Bagdá e tomam reféns

Homens armados atacaram nesta quinta-feira (30) um escritório do ministério dos Direitos Humanos em Bagdá e tomaram como reféns vários funcionários, informaram fontes das forças de segurança.

“Oito homens armados atacaram um escritório do ministério dos Direitos Humanos na rua Al-Qanat e tomaram como reféns todos os funcionários”, afirmou uma fonte policial.

As forças de segurança isolaram a área, na qual ficam vários edifícios governamentais, incluindo a sede do ministério dos Transportes.

A causa do ataque é desconhecida e nenhum grupo reivindicou a ação até o momento.

Os insurgentes sunitas do grupo Estado Islâmico no Iraque e Levante (EIIL, vinculado à Al-Qaeda) já cometeram vários ataques contra edifícios governamentais.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,