RSS

Arquivo da tag: Argentino

Zoo argentino permite ‘cafuné’ em tigres e leões

Especialistas alertam que prática pode oferecer riscos a humanos e animais (Foto: Reprodução/BBC)Especialistas alertam que prática pode oferecer riscos a humanos e animais (Foto: Reprodução/BBC)

Um zoológico de Buenos Aires está fazendo com que temidos animais selvagens possam interagir com visitantes como se fossem bichos domésticos.

O público que vai ao zoológico Lujan pode acariciar os animais e alimentar leões, tigres e ursos.

Segundo Jorge Alberto Semino, proprietário do zoo, o sistema para domesticar os animais leva até três anos e consiste em criar os animais em cativeiro ao lado de cães, para que eles possam, supostamente, superar seus instintos selvagens.

Especialistas e representantes de entidades de proteção de animais afirmam que a prática envolve riscos diversos, como a possibilidade de propagação de doenças entre humanos e os animais e a chance de que os animais venham a atacar os visitantes.

Criança faz carinho em filhote de tigre (Foto: Reprodução/BBC)Criança faz carinho em filhote de tigre (Foto: Reprodução/BBC)

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 18 de março de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , ,

Governador argentino demite metade de funcionários através do YouTube

O governador da sulina província argentina de Río Negro, Alberto Weretilneck, despediu metade de seus funcionários através de um vídeo publicado na terça-feira no YouTube (assista ao vídeo), no qual também anunciou outras medidas destinadas à “redução de despesas e reordenamento das contas públicas”.

Governador argentino despede metade de seus funcionários através do YouTube (Foto: Reprodução/YouTube/Comunicación Río Negro)Governador argentino despede metade de seus funcionários através do YouTube (Foto: Reprodução/YouTube/Comunicación Río Negro)

A surpreendente forma de comunicar os demitidos foi revelada nesta quarta-feira pelos meios de comunicação argentinos, nos quais é possível ver a mensagem do governista Weretilneck, que chegou ao cargo em janeiro de 2012 após o assassinato de seu antecessor pelas mãos de sua esposa.

No vídeo, o governador explica que dos 340 funcionários do Poder Executivo provincial, “só ficarão 170” e que estes terão uma redução de 15% do salário.

Weretilnech especificou que no transcurso dos próximos 90 dias o Executivo será “redesenhado”.

Além da redução do número de funcionários, o governador anunciou também que solicitou a renúncia de todos os diretores das empresas públicas provinciais, que passarão a ser dirigidas por apenas um presidente.

Finalmente, Weretilneck indicou que enviará dois projetos de lei à Legislatura de Río Negro, um que será destinado a equiparar os salários do promotor do estado e do tesoureiro da província com os dos ministros de seu Gabinete.

No segundo, o governador solicita que o defensor público e os membros do Tribunal de Contas provincial recebam o mesmo salário dos legisladores.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Argentino viveu dez anos com cadáver da mãe guardado na cozinha

Um homem encontrado morto na Argentina conviveu por uma década com o corpo da mãe, sentado em uma cadeira na cozinha de casa, informou a imprensa local nesta sexta-feira (10).

A macabra descoberta aconteceu quando a polícia entrou em uma casa de Carapachay, um bairro de classe média baixa da periferia norte de Buenos Aires, alertada por vizinhos que denunciaram um forte odor.

Ao entrar na casa, encontraram o corpo do proprietário, Claudio Alfieri, de 58 anos, e o de sua mãe, Margarita de Alfieri. Ela estava sentada em uma cadeira, envolvida em um lençol com o corpo quase mumificado, revelou uma fonte policial.

‘Embora tudo vá se confirmar com os resultados da perícia, a mulher teria falecido há pelo menos dez anos, e seu filho, há pelo menos 30 dias’, disse uma fonte policial citada pelo jornal ‘La Nación’.

Nos últimos anos, Claudio vinha dizendo as vizinhos que sua mãe, com quem não tinha uma boa relação, estava internada em uma clínica para idosos. Suspeita-se que ela tenha sido assassinada pelo filho.

O cadáver da mulher estava ‘mumificado naturalmente. Estava seco pela passagem do tempo’, completou a fonte.

Marcelo Colangelo, um vizinho que entrou na casa como testemunha junto com a polícia, contou que ‘a mulher estava sentada na cozinha, enrolada em um lençol branco e amarrada em uma cadeira. Era puro osso e ainda estava de chinelos’.

‘O homem estava jogado a dois metros da mãe e em estado avançado de decomposição’, detalhou.

O cheiro nauseante começou a ser sentido no bairro há cerca de 20 dias, mas se tornou insuportável em meio à histórica onda de calor sofrida por Buenos Aires em dezembro, disseram moradores. Segundo os vizinhos, o homem ‘não estava bem da cabeça’.

A polícia encontrou uma grande quantidade de resíduos no chão da casa inteira, garrafas de plástico, cartões e papéis guardados, poucos móveis e dezenas de contas atrasadas.

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 11 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Nobel da Paz argentino pede a Putin que liberte ativistas do Greenpeace

Prêmio Nobel da Paz (Foto: AFP/Adalberto Roque)Adolfo Pérez Esquivel, prêmio Nobel da Paz em 1980 (Foto: AFP/Adalberto Roque)

O argentino Adolfo Pérez Esquivel, ganhador do Nobel da Paz em 1980, pediu ao presidente russo Vladimir Putin a libertação dos 30 ativistas da organização Greenpeace presos nesse país, em carta divulgada neste sábado (28) em Buenos Aires.

“Como o senhor mesmo assumiu publicamente, os ambientalistas do Greenpeace não são piratas. A organização, há mais de 40 anos, trabalha por nosso planeta sempre de maneira pacífica”, afirmou Pérez Esquivel.

“O Greenpeace jamais usou a violência como método de protesto, por isso é incompreensível a prisão preventiva de cada um deles e a investigação que foi aberta”, acrescentou.

Ontem (27), o Greenpeace informou que vai recorrer da decisão de um tribunal russo de manter 30 integrantes da ONG detidos, a maioria deles por 60 dias.

A organização ambiental destacou que é a primeira vez que um Estado responde de forma tão agressiva a um protesto pacífico.

Os 30 membros da tripulação do quebra-gelos do Greenpeace ‘Artic Sunrise’, interceptado no Ártico pelas autoridades russas quando realizava uma ação de protesto, foram colocados sob detenção por um tribunal de Murmansk.

O Arctic Sunrise foi interceptado em 19 de setembro por um grupo da guarda costeira russa e rebocado para Murmansk.

Os tripulantes do barco estão sendo investigados por ‘pirataria’, um crime que pode ser punido com até 15 anos de prisão no país, pela tentativa de abordar uma plataforma da empresa de energia Gazprom no Ártico para protestar contra os projetos de extração de petróleo na região.

Entre os tripulantes há 26 estrangeiros de 18 nacionalidades, incluindo a bióloga brasileira Ana Paula Maciel, e quatro russos, incluindo o repórter fotográfico Denis Siniakov.

A comissão de investigação russa justificou esta medida considerando que os militantes poderiam fugir da Rússia caso fossem libertados.

Entre os detidos também está o capitão do navio do Greenpeace, o americano Peter Willcox, que ocupava esse mesmo posto à frente do Rainbow Warrior em 1985, quando o barco da ONG ambientalista foi afundado pelos serviços secretos franceses.

O presidente russo Vladimir Putin admitiu na quarta-feira que os 30 tripulantes do barco do Greenpeace não eram piratas, mas que ‘essa gente violou as normas da lei internacional’.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de outubro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Lista reúne ‘chupacabra argentino’ e outras criaturas estranhas

Argentina
Uma família que mora perto de Rosário, na Argentina, mantém em casa a carcaça de um animal que se parece como o mítico “chupacabra”, criatura que atacaria outros animais em áreas rurais em várias partes das Américas (leia a matéria).

Criatura gerou espanto e temor na província de Santa Fé (Foto: José Granata/Télam)Criatura gerou espanto e temor na província de Santa Fé (Foto: José Granata/Télam)

Espanha
A carcaça de uma criatura estranha foi achada no dia 15 de agosto em uma praia de Almería, na Espanha, e deixou moradores e banhistas intrigados sobre sua identidade. A carcaça tinha entre quatro e cinco metros de comprimento (leia a matéria).

Carcaça de criatura marinha estranha foi encontrada no dia 15 de agosto em uma praia de Almería (Foto: Reprodução/YouTube/Manguta100)Carcaça de criatura marinha estranha foi encontrada no dia 15 de agosto em uma praia de Almería (Foto: Reprodução/YouTube/Manguta100)

Canadá
Em 2010, a descoberta do corpo de uma criatura estranha em uma reserva indígena canadense remota deu início a uma intensa discussão sobre a identidade do animal, considerado “um mau augúrio” pelos indígenas. (leia a matéria).

Criatura encontrada perto de lago no Canadá (Foto: Reprodução)Criatura encontrada perto de lago no Canadá (Foto: Reprodução)

Texas
Em 2007, supostos “chupacabras” foram mortos em uma fazenda no Texas (EUA). O estranho animal teria sido responsável pela morte de galinhas, que tiveram o sangue sugado. Na época, uma caçadora guardou a cabeça de um deles (leia a matéria).

Phylis Canion mostra a cabeça do estranho animal, apelidado de chupacabra, que apareceu morto na região do seu rancho no Texas (Foto: Eric Gay/AP)Phylis Canion mostra a cabeça do estranho animal, apelidado de chupacabra, que apareceu morto na região do seu rancho no Texas (Foto: Eric Gay/AP)

Panamá
Em 2009, uma estranha criatura intrigou a população de uma cidade no Panamá. Morto por cinco adolescentes em um lago de Cerro Azul, o ser não identificado chegou a ser apontado como extraterrestre por moradores (leia a matéria).

Criatura estranha foi encontrada em lago no Panamá (Foto: Reprodução)Criatura estranha foi encontrada em lago no Panamá (Foto: Reprodução)

Nova Zelândia
Neste ano, o aparecimento de uma carcaça de animal com dentes afiados e nove metros de comprimento em uma praia da Nova Zelândia assustou banhistas da pequena cidade de Pukehina Beach. Segundo especialista, restos mortais seriam de orca (leia a matéria).

Reprodução de vídeo publicado na internet mostra carcaça encontrada em praia da Nova Zelândia (Foto: Reprodução/Elizabeth Ann/YouTube)Reprodução de vídeo publicado na internet mostra carcaça encontrada em praia da Nova Zelândia (Foto: Reprodução/Elizabeth Ann/YouTube)

EUA
Em 2012, uma criatura estranha fotografada pela americana Denise Ginley debaixo da ponte do Brooklyn, em Nova York (EUA), virou viral na internet e gerou especulações sobre a identidade do animal, segundo o site “Gothamist”. (leia a matéria).

Criatura estranha foi fotografada debaixo da ponte do Brooklyn (Foto: Reprodução/Flickr/Denise Ginle)Criatura estranha foi fotografada debaixo da ponte do Brooklyn (Foto: Reprodução/Flickr/Denise Ginle)

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de setembro de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , ,

Graças a algoritmo, bactérias podem entoar hino nacional argentino

Página do grupo de pesquisa explica o projeto capaz de transformar qualquer música em informações capaz de serem inseridas no DNA. (Foto: UADE/Divulgação)Página na internet do grupo de pesquisa argentino explica o projeto, que permite transformar qualquer música em informações capaz de serem inseridas no DNA. (Foto: UADE/Divulgação)

Cientistas argentinos conseguiram transformar, graças a um algoritmo, o hino nacional em informação não genética que pode ser armazenada no DNA de uma bactéria e, a partir dali, recuperada novamente em forma de música.

O projeto foi realizado por um grupo de alunos e pesquisadores do Instituto de Tecnologia da Universidade Argentina da Empresa (UADE), em Buenos Aires.

Além disso, desenvolveram uma ferramenta online para que qualquer pessoa possa transformar música em formato genético de DNA (ácido desoxirribonucleico) e vice-versa.

Graças a este algoritmo é possível, por exemplo, escutar o vírus HIV no piano ou dançar ao ritmo do colágeno.

‘Queríamos demonstrar que era possível armazenar informação não biológica em DNA utilizando ferramentas informáticas simples’, explicou Federico Prada, diretor da licenciatura em Bioinformática da UADE e responsável pelo projeto.

Prada explicou que a equipe usou como base duas publicações recentes das revistas ‘Science’ e ‘Nature’ para desenvolver seu próprio algoritmo.

‘A obra musical selecionada era um detalhe menor, mas optamos pelo hino nacional argentino porque este ano é o bicentenário de sua criação e queríamos fazer uma homenagem’, afirmou Prada.

‘Possivelmente, a característica mais importante das bactérias é a capacidade de duplicar a informação genética a cada 20 minutos. São nossas ‘fotocopiadoras de informação’. Em uma noite de crescimento e divisão celular, poderíamos conseguir uma cópia do hino para cada habitante do planeta terra’, concluiu.

Federico Prada coordenou as ações dos estudantes de Bioinformática Guido de Luca e Verónica Di Mateo e da docente Julieta Nafissi.

Página na internet
Guido de Luca explicou que o algoritmo, disponível no site do grupo, além de permitir transformar a música em informação armazenável no DNA, também guarda dados sobre a duração e o volume das notas.

O estudante acrescentou: ‘Hoje, (a ferramenta) só aceita informação musical em formato MIDI, mas estamos trabalhando para que possa aceitar qualquer informação digital’.

Segundo Julieta Nafissi, introduzir a informação não afeta a bactéria. ‘A bactéria só atua como um condutor, como uma biblioteca portadora de informação. As estantes de madeira que sustentam os livros em uma biblioteca não sabem ler, mas funcionam muito bem como suporte de informação’, disse.

A pesquisadora afirmou que ‘também não afetaria uma pessoa’, mas que ‘o projeto não está pensado para utilizar pessoas como transportadores de informação não biológica’.

A bactéria se transformou em um organismo transgênico que contém uma molécula de DNA recombinante: uma parte natural e outra modificada pelo homem.

O primeiro passo foi encontrar um algoritmo que permitisse transformar música em uma sequência composta por nove bases de DNA.

Estas sequências partem da combinação de quatro nucleotídeos, identificados com as letras A, C, G e T, que contêm informação sobre o tom e a duração de cada nota.

Não só conseguiram transformar a partitura do hino nacional argentino em uma extensa sucessão de letras como também descobriram uma forma de traduzir qualquer outra composição para a linguagem genética.

View the original article here

 
Deixe um comentário

Publicado por em 21 de agosto de 2013 em Tecnologia

 

Tags: , , , , , ,

Argentino cria rede social SojaBook para reunir agricultores

O site foi criado há cinco meses e já agrega mais de 13 mil usuários cadastrados, 75% dos quais brasileiros, diz seu criador

O argentino Mariano Torrubiano, de 31 anos, revendedor de insumos agrícolas e advogado, teve uma idéia, há cerca de um ano, enquanto passeava por uma feira agrícola na Argentina. Numa exposição de tratores, um agricultor, montado em um trator, ouvia música com fones de ouvido ligados a um netbook. Na tela do netbook, o agricultor consultava sua página no Facebook.

“Percebi que a explosão das redes sociais valia também para a área agrícola e era hora de aproveitar e criar uma rede específica”, diz Torrubiano. Assim nasceu a rede social SojaBook, a primeira específica para o segmento de agribusiness. Segundo seu criador, o nome – SojaBook – foi escolhido para facilitar a empatia com agricultores do mundo todo  já que a soja é o cereal mais popular mundialmente.

A rede começou a funcionar na Argentina há cinco meses e agora passa dos 13 mil usuários, sendo que a maioria – 75% – são brasileiros. “O produtor agropecuário brasileiro está muito mais conectado que o resto da América Latina”, diz Torrubiano. O mercado potencial é de 500 mil usuários e a expectativa do criador do SojaBook é chegar a 100 mil cadastrados até o final de 2012. “Temos uma intensa troca de informação entre eles e as páginas de cada um são tão ativas quanto as do Facebook. A diferença é que no lugar da foto de uma pessoa no perfil às vezes tem um trator, uma vaca…”, diz Torrubiano.

Atualmente os países mais ativos na rede são Brasil, Argentina, Uruguai, Rússia, Índia e China, mas há usuários do Leste Europeu, EUA e outros países. O site foi traduzido para dezenas de línguas diferentes visando atingir o contingente global de agricultores e agropecuaristas. O SojaBook tem aplicativos específicos, grupos de discussão, páginas para cada usuário e, como primeira forma de monetização, uma área de classificados. “Estamos apostando em patrocinadores, publicidade e classificados”, diz Torrubiano. O tempo médio por visita no site é de 7 minutos.

View the original article here

This post was made using the Auto Blogging Software from WebMagnates.org This line will not appear when posts are made after activating the software to full version.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de julho de 2012 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,