RSS

Arquivo da tag: argentina

Presidente da Argentina faz exames para investigar lombalgia

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, fez vários exames nesta quarta-feira (29) devido a um problema lombar, informou o Hospital Austral, em um comunicado.

Cristina “está fazendo exames e consultas com a Equipe de Traumatologia do Hospital Universitário Austral, após apresentar sintomas de lombociatalgia”, de acordo com a nota distribuída pela Presidência.

A presidente procurou o hospital pouco depois de chegar à capital argentina, procedente de Havana, onde participou da cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

Cristina Kirchner, de 60 anos, foi submetida a uma cirurgia no cérebro para a drenagem de um hematoma, em 8 de outubro, na Fundación Favaloro. Depois da intervenção, ela ficou de repouso durante um mês, por determinação médica, e retomou gradualmente suas atividades.

Em 10 de dezembro, ela foi autorizada a viajar de avião. A cúpula em Cuba foi sua primeira viagem ao exterior desde a cirurgia.

A presidente argentina, Cristina Kirchner, acena para apoiadores após falar em público pela 1ª vez em 42 dias, em cerimônia no palácio do governo em Buenos Aires. Oponentes começavam a questionar o governo após a cirurgia a que ela se submeteu em outubro. (Foto: Natacha Pisarenko/AP)A presidente argentina, Cristina Kirchner, acena para partidários em Buenos Aires em 23 de janeiro (Foto: Natacha Pisarenko/AP)

Fonte G1

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Documentário sobre o Papa terá estreia em favelas na Argentina

O documentário “Francisco de Buenos Aires”, uma coprodução argentino-italiana que atualmente ainda está sendo rodada, vai ser lançado nas favelas da Argentina em 13 de março, quando se completa um ano de pontificado de Jorge Bergoglio.

“As filmagens estão muito adiantadas. O documentário vai ter pré-estreia em várias favelas e hospitais de Buenos Aires, porque deve ser fiel ao protagonista da biografia”, afirmou o diretor argentino Miguel Rodríguez Arias.

Ainda não se tem certeza se o próprio Papa aparecerá na cinebiografia, que abordará sua fé, sua paixão pelo futebol, seu deleite pela música e a literatura e sua amizade com o escritor Jorge Luis Borges.

Não deverá fazer referência a questões mais polêmicas como o papel do jesuíta Bergoglio durante a ditadura argentina (1976/83) nem sua militância no peronismo, o principal movimento político desde a segunda metade do século 20 na Argentina.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 13 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , ,

Incêndio que atingiu 48 mil hectares de pasto na Argentina é controlado

Um incêndio que chegou a atingir 48 mil hectares de uma área de pastagens na Argentina, incluindo uma reserva natural ao pé de Sierra de la Ventana, a 570 km ao sudoeste de Buenos Aires, foi controlado neste sábado (4), informou um chefe do Corpo de Bombeiros regional.

“Depois de uma semana de trabalho árduo, o fogo está controlado”, disse Martín Haag, chefe dos bombeiros, em declarações ao canal de TV “Todo Noticias”.

“Foram características extremas, com altas temperaturas, mais a seca e ventos que giram e aumentam em velocidade”, contou o porta-voz ao explicar que “o incêndio ganhou rápida proporção” em meio à onda de calor histórica em grande parte do país.

O fogo afetou grande parte dos 6,7 mil hectares do Parque Ernesto Tornquist, em Sierra de la Ventana, uma reserva natural da província de Buenos Aires.

Trabalharam para apagá-lo 35 equipes de bombeiros, 250 soldados, 40 infantes da Armada (marinha de guerra) e 25 guardas florestais, além de dois aviões hidrantes e dois helicópteros, informaram as autoridades.

“A prioridade é controlar esta situação definitivamente e depois passar à etapa de assistência onde é preciso reforçar e recuperar o patrimônio perdido”, disse o governador da província de Buenos Aires, Daniel Scioli, que sobrevoou nesse sábado a região afetada.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Argentina constrói primeira casa autossustentável no ‘fim do mundo’

A cidade argentina de Ushuaia, conhecida como “cidade do fim do mundo” por ficar muito próxima da Antártica, iniciou nesta terça-feira (7) a construção de uma das primeiras casas autossustentáveis da América Latina, que utilizará energia solar e eólica para manter a temperatura durante todo o ano e reciclará seus próprios resíduos.

O projeto, que leva o nome de “Tol-Haru, Ushuaia. A Nave Terra do Fim do Mundo”, foi criado pela ONG Natureza Aplicada à Tecnologia (NAT), e conta com a colaboração do arquiteto Michael Reynolds, que promove o conceito de casas autossustentáveis.

O organizador do projeto, Mariano Torre, explicou à Agência Efe que escolheram Ushuaia, a “cidade do fim do mundo”, como “um símbolo de uma nova relação entre o ser humano e a Terra que não seja tão destrutiva” e seja capaz de utilizar os resíduos para produzir novos recursos.

Além disso, Torre é nativo da cidade austral, e agradece “com a alma” poder devolver algo do que recebeu de seu lar.

A casa projetada por Reynolds é um “modelo de sobrevivência simples” e consiste em duas construções em forma de cilindro de 50 metros quadrados, fabricadas utilizando cerca de 300 pneus, três mil latas, cinco mil garrafas de plástico e três mil de vidro, entre outros materiais reciclados.

Ao seu redor, uma armação de vidro cria um efeito estufa para manter a temperatura da casa constante entre 18 e 22 graus e economizar assim energia elétrica em uma cidade onde o inverno é a única estação do ano.

O projeto é desenvolvido como um curso no qual participarão 70 voluntários de todo o mundo, de lugares tão afastados como a Turquia e a Austrália, junto com indígenas da comunidade Qom argentina.

Torre descreve a construção desta casa como “uma semente”, e espera que ‘todos os participantes plantem outras sementes em seus países, nos vizinhos e no mundo todo’.

O criador do conceito de “Naves Terra”, Reynolds, será o professor dos participantes durante as três semanas de desenvolvimento do projeto. Ele, que estudou arquitetura na Universidade de Cincinnati, no estado americano de Ohio, rejeita a grande quantidade de resíduos criados pelo urbanismo moderno e se especializou no design de casas ecológicas e que respeitam o meio ambiente.

Projeto começou em 2010

Ushuaia7 (Foto: Ingrid Brito/VC no G1)A cidade de Ushuaia fica no extremo sul da Argentina (Foto: Ingrid Brito/VC no G1)

O plano da casa ‘Tol-Haru’ começou em 2010, e conta com o apoio do governo da Província da Terra do Fogo, que declarou o projeto ‘de interesse legislativo’ em 15 de novembro de 2011.

A cidade de Ushuaia, além disso, é parte do pacto dos prefeitos da União Europeia assinado em novembro de 2012, no qual se comprometiam em desenvolver energias limpas para reduzir em 20% as emissões de dióxido de carbono até 2020.

Elena Roger, esposa e companheira de Torre na coordenação do projeto, agradeceu o esforço de Ushuaia por “cumprir com o compromisso” de fazer do mundo um lugar mais ecológico.

O prefeito da cidade, Federico Sciurano, qualificou a construção como mensagem de esperança e de futuro que indica para onde quer ir o município, em entrevista à agência oficial ‘Télam’.

Dentro da Argentina, aliás, já existem outros grupos que mostraram a intenção de seguir o exemplo ushuaiense e realizar construções ecológicas.

Na cidade de Mar del Plata, na província de Buenos Aires, o projeto ‘Navetierra MDQ’ começou a desenvolver uma ideia similar em 2010, embora ainda não tenha sido posto em prática.

Fonte G1

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Tecnologia

 

Tags: , , , ,

Americanos desaparecem durante escalada do Aconcágua na Argentina

Dois americanos desapareceram enquanto tentavam escalar o Monte Aconcágua, na Argentina, no Ano Novo. Segundo informaram familiares das vítimas na quarta-feira (8), dois corpos foram vistos na região por um helicóptero de resgate, mas ainda não há confirmação sobre a identidade das vítimas.

Jarod VonRueden, de 22 anos, morador do estado de Wisconsin, e Frank Keenan, de 28 anos, da Pensilvânia, desapareceram enquanto escalavam o Aconcágua no dia 31 de dezembro.

Segundo a Força Aérea americana, as buscas começaram no mesmo dia. As atualizações fornecidas diariamente pela Embaixada dos EUA às famílias eram desanimadoras – os ventos e o frio intenso tornariam a sobrevivência difícil, assim como os trabalhos de resgate.

Jarod VonRueden no Monte McKinley, no Alasca, EUA, em foto de junho de 2013 concedida por sua família (Foto: Família VonRueden/AP)Jarod VonRueden posa no Monte McKinley, no Alasca, EUA, em imagem de junho de 2013 concedida pela família (Foto: Família VonRueden/AP)

No domingo (5), uma equipe em um helicóptero de resgate visualizou dois corpos na montanha, abaixo de uma fissura no gelo. Porém, não foi possível recuperá-los – isso ainda deve levar dias.

Até agora, não se sabe como os dois escaladores caíram. Diane Lozinger, mãe de Frank, disse ter sido informada de que os dois atingiram o topo da montanha, mas caíram na decida. Segundo ela, o filho treinava diariamente há anos e era especializado em resgates e técnicas de sobrevivência.

Diane afirmou, porém, que seu filho reconhecia os riscos da escalada. Ela lembra ter parado Frank enquanto se despedia dele para a viagem. “Ele disse: ‘Se algo acontecer, apenas lembre, eu morri fazendo o que eu amava'”, contou.

Já Jarod estava começando a carreira como técnico na emergência de um hospital. Ele desenvolveu o gosto por escaladas após o fim do ensino médio e já havia escalado montanhas no Equador e no Alasca, segundo detalhou sua prima, Julie Feldman, porta-voz da família.

Os dois americanos se conheceram pela internet e combinaram juntos a viagem à Argentina.

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 10 de janeiro de 2014 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Tensão diminui na Argentina após onda de saques e protestos policiais

As autoridades provinciais argentinas e a polícia pactuaram nas últimas horas altas salariais que puseram fim aos protestos em quase todo o país e reduziram a tensão, após oito dias de conflitos e violentos saques que causaram ao menos nove mortes.

“Se resolveram todos os conflitos nas províncias argentinas. A situação está canalizada e resolvida”, disse nesta quarta-feira (11) à imprensa o chefe de Gabinete, Jorge Capitanich.

Horas depois, um setor da polícia na província nortista de Salta iniciou uma greve para exigir melhorias salariais e voltou a soar os alarmes pelo risco de incidentes perante a ausência de uniformizados.

A última vítima confirmada é um homem de 30 anos que morreu na terça-feira (10) ao ser supostamente baleado por moradores que protegiam um bairro da periferia sul de San Miguel de Tucumán, cerca de 1.100 quilômetros ao noroeste de Buenos Aires.

Com três vítimas fatais e cerca de uma centena de feridos, a província de Tucumán foi a mais afetada pelas interrupções policiais que começaram no último dia 3 de dezembro em Córdoba e se estenderam para outras 20 províncias do país, provocando saques e distúrbios em várias localidades.

Também foram registradas mortes nas províncias de Chaco, Jujuy, Córdoba, Buenos Aires e Entre Ríos.

Os policiais tucumanos retornaram nesta quarta às suas funções após a alta salarial pactuada com o governo provincial e a cidade recuperou progressivamente a calma, com a reabertura de escolas e edifícios públicos e a normalização do transporte público.

Com o retorno dos uniformizados a seu trabalho em Tucumán, desapareceram do espaço público as barricadas levantadas nas últimas duas noites por moradores, em alguns casos armados, para se proteger de ladrões e saqueadores que roubaram várias lojas da cidade.

Capitanich afirmou que os episódios de violência responderam a “uma ação premeditada com aleivosia para provocar incerteza com métodos extorsivos”.

Segundo o chefe de Gabinete, o objetivo dos protestos policiais e os saques foi “atacar em essência o sistema democrático republicano, e que os argentinos não pudessem comemorar os 30 anos de democracia”, que se completaram nesta terça-feira.

A presidente argentina, Cristina Kirchner, liderou na terça-feira à noite os festejos do aniversário democrático na Praça de Maio de Buenos Aires, apesar dos pedidos de vários líderes opositores para suspender o ato.

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 12 de dezembro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,

Cristina Kirchner se recupera bem de cirurgia na Argentina, diz boletim

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, evolui favoravelmente e sem compliocações no primeiro dia do pós-operatório, após a internação para a extração de um hematoma em sua cabeça, informou nesta quarta-feira (9) o boletim médico oficial.

O texto da Fundação Favarolo, onde Cristina foi operada, afirma que “seu estado de espírito é muito bom” e que nesta quarta ela inicia uma dieta oral.

A presidente foi operada de um coágulo entre o cérebro e o crânio, detectado no sábado e originário de um traumatismo sofrido em 12 de agosto.

“Ela tem os parâmetros vitais dentro dos níveis normais” e continua sob “estrito controle médico”, diz o texto.

O próximo boletim deve sair nesta quinta (10) ao meio-dia.

Simpatizantes da presidente argentina Cristina Kirchner fazem vigília em frente a clínica em Buenos Aires nesta terça-feira (8) (Foto: AFP)Simpatizantes da presidente argentina Cristina Kirchner fazem vigília em frente a clínica em Buenos Aires nesta terça-feira (8) (Foto: AFP)

Fonte G1

 
1 comentário

Publicado por em 9 de outubro de 2013 em Brasil

 

Tags: , , , , ,